MENU

21 de outubro de 2009 - 13:30F1

Tudo por Le Mans

SÃO PAULO | Giorno. Dia corrido. Bom, tem e pode continuar com Adrian Sutil, tem contrato com Vitantonio Liuzzi — que vai continuar por mais dois anos se a gerência do time não mudar —, teve longa conversa e negociação com Bruno Senna, mas a Force India estava atrás de outro piloto para 2010.

A meta dos indianos era resgatar Alexander Wurz do limbo, me afiançou um albatroz faminto. Mas Wurz não quis. Por um único motivo: Le Mans.

A tradicional corrida de 24 horas está marcada para os dias 12 e 13 de junho no ano que vem e coincidem com a realização do GP do Canadá de F1. O austríaco abriu mão de retornar à principal categoria do automobilismo para guiar o carro da Peugeot, onde tem mais chances de ganhar, na longa pista francesa.

Wurz abandonou o posto de titular na F1 ainda quando estava na Williams. Em 2007, após um pódio justamente em Montreal, abriu mão da vaga. No ano seguinte, foi chamado para ser reserva da Honda. Com a saída da montadora japonesa e a diminuição do valor de ser testador, ficou sem função na categoria.

8 comentários

  1. Pdr Rms disse:

    O Wurz deve ser o melhor piloto de testes do mundo. Só isso explica após desempenhos pifios como piloto titular o fato de sempre aparecerem novas oportunidades como titular para ele nesses mais de 10 anos de idas e vindas em diversas equipes da F1.

  2. Felipe Fugazi disse:

    Aplausos para o Wurz, entre ser mero coadjuvante em um enfadonho GP de F-1 e ser destaque nas 24 Horas de Le Mans, optou por Le Mans, que na minha humilde opinião é a corrida mais legal do mundo.
    Outro que seria muito legal em Le Sarthe seria o Michael Schumacher, já pensaram ele a bordo do Audi R15?
    Mas como o Sapateiro é totalmente devotado a Casa de Maranello, e a Ferrari não disputa as 24 Horas na LMP1…

    • Gustavo Oliveira disse:

      Felipe, são muito grandes as possibilidades da Ferrari voltar a Le Mans em 2011, seus engenheiros até compareceram a reunião da ACO que discutiu as novas regras…

  3. Sidinei disse:

    Acho que ele faz muito bem, acho bacana quando alguns pilotos não tratam qualquer oportunidade na F1 como a melhor coisa do mundo.
    O conhecimento do Wurz é tão grande quanto as equipes que o procuram nos faz pensar? Eu creio que sim.

    Sidinei Gadelha

  4. Verde disse:

    O que o povo vê tanto no Wurz? Se fosse o De La Rosa, que está há milhões de anos na McLaren e certamente deve ter uma infinidade de conhecimento técnico da equipe, tudo bem… mas o Wurz não mexe com Fórmula 1 há quase um ano!

    Deixo bem claro: o austríaco é muito bom. Ninguém ganha Le Mans duas vezes à toa.

  5. Gustavo Oliveira disse:

    Tá certíssimo o Wurz, Le Mans é muito mais legal que a F1, não tem nem comparação! E digo mais, se Max Chicotinho e Bernie Desconected não tivessem sacaneado o WSC (antigo mundial de endurance) em 91, o automobilismo mundial seria imensamente mais saudavel hoje. E por essa e muitas outras que votaria no Vatanen!

  6. Rubenilton Junior r disse:

    vez certo, se fosse eu faria também o mesmo, Le Mans é sensacional, a maior corrida já inventada, ganhar em Le Mans e ser consagrado pro resto da vida, se ao menos ele pudesse disputar os dois campeonatos simultaneamente, como faziam os grandes pilotos de antigamente, se dividindo entra GT é GP.

  7. KirK disse:

    Wurz?!? Serio?!?

    De onde a FIndia tirou que ele e’ o piloto que eles precisam pra continuar crescendo eu nao sei mas chamar um cara que nao guia de F1 regularmente ha pelo menos 3 anos parece uma ideia meio doida e sem nexo.

    Vai atras do Rubinho, Heidfeld, ou ate do desertor Fisichella se quer alguem com experiencia… mas Wurz… ta’ louco…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>