MENU

4 de novembro de 2009 - 16:39Sem categoria

Renault pode acompanhar Toyota

SÃO PAULO | É, o velho e promíscuo Max estava certo. Não se deve confiar nas montadoras. A Honda, a BMW e a Toyota se foram no espaço de um ano. A porta ainda não se fechou.

Isso porque a Renault chamou seu quadro de diretores para uma reunião de emergência em Paris hoje para discutir seu futuro na F1. Há a possibilidade de tanto a montadora francesa anunciar que vai apenas fornecer motores no ano que vem quanto definir sua retirada total da categoria, como fizeram as três outras colegas de área.

Participam da reunião o atual chefe da equipe, Bob Bell — que substituiu Flavio Briatore — e  Jean-François Caubet, diretor-geral. Mas serão apenas espectadores, por assim dizer. Não terão poder de decisão nenhum. Vão acompanhar o que o grupo chefiado por Carlos Ghosn — que não gosta da F1 e se viu num embaraço mundial por conta da história da armação no GP de Cingapura do ano passado — sacramentar. E a tendência, claro, é o adeus.

Um anúncio é esperado até o fim desta semana. Não para amanhã, porque Ghosn vai participar de um evento em que a Renault promove a apresentação de um projeto de fazer carros não-poluentes, e a notícia de uma debandada colocaria tal evento à sombra.

A eventual saída da Renault deixaria em péssimos lençóis o ótimo Robert Kubica. Que teve de deixar a BMW por conta de sua desistência da F1 e já havia fechado contrato com os franceses para correr em 2010. Timo Glock, idem: dispensado pela Toyota, o alemão vinha sendo visto como o principal nome para sentar na segunda vaga renaultzística.

51 comentários

  1. Eudemar disse:

    E devem parar com esse negócio de ficar mostrando papais de pilotos o tempo todo!
    Queremos ver carros e pilotos na pista, disputando freadas e ultrapassagens, e não imagens de seus papais fazendo cara e bocas!

  2. Eudemar disse:

    Mais um recado, e este vai pro hamilton.
    Com a equipe que ele tem em mãos, ou seja é uma equipe que tem poder de fogo, na f1, deve para de errar tanto e pilotar melhor, pois em 2008 pilotou horrorosamente, tendo que deixar em algumas corridas, o massa passar, e tomar uma volta.
    Em 2009, fez algumas corridas sensacionais e outras mediocres. Tinha carro pra fazer bem mais do que fez.
    O jenson button, campeão mais sem graça da f1!
    O damon hill venceu um campeonato disputando contra o schumacher, não contra o ruinzinho barrichello! Na segunda parte do campeonato, do gp da inglaterra em diante, o button nada fez, se escondendo atras do ruinzinho barrichello, para se tornar campeão. Levou dois passa fora de um novato chamado kamui kobaiashi, hehehe, adorei o que o japa fez com o button, hehehe, que marcou 3 pontinhos, bem merecidos, pois carimbou o campeão de 2009!
    Eu chefe da mclaren já teria fechado contrato com o kamui kobaiashi, para ser o segundo piloto, rebaixando o kovallainen pra reserva. Quem manda na equipe é o lewis hamilton ou o Ron Dennis e Ojed Mansur!? Ou o grupo mercedes!?

  3. Eudemar disse:

    Calma, gente boa, foram somente duas corridas e, com a toyotta, pois foi a 5 equipe neste campeonato, ficando à frente da bmw e da williams, force india e toro rosso.. Manda ele pegar uma force india ou uma toro rosso, e fazer o mesmo. Quero ver seu desempenho, na lotus de 2010, que é a equipe que onde ele negocia uma vaga.
    Ainda acho que o ruinzinho foi sacaneado pelo ross brawn, que é quem mada na equipe e ele sempre espinafrou o ruinzinho, com o apoio do todt, eleito para ser o novo mandachuva da FIA, em 2010.
    Neste finalzinho de f1, quem colocou mais combustível, saiu-se melhor dos que os que colocaram menos, vide hamiltom, vettel e button, que estavam lá no fundão, e terminaram na frente do ruinzinho, que estava em primeiro, na largada.
    Decepção de 2009, foi o nakajima, que não fez um pontinho sequer, em 17 corrridas. O grosjean, não acho que seja tão ruim assim, afinal na gp2, acho que a disputa lá seja pra valer, e não seria campeão.
    Acho que a renault, seja equipe de um carro somente com o alonso, que acabou nada fazendo em 2009, pois o carro estava mesmo uma bagaça. Conseguiu boas posições por estar no braço do alonso, se não teria descambado de vez, e teriam saido junto com a toyotta.
    Agora o alonso tá na ferrari. Este sim não tem direito a errar e deve pilotar pra valer e mostrar se é mesmo bom, esqueçamos esse negócio de dar pau, no felipe massa. Ele representa o todo poderoso grupo santander e vai andar na frente de qualquer um que colocar a bunda numa ferrari não importando qual piloto seja!
    Quero ver o kubica, em 2010, se a renault continuar, ver o que ele consegue, pois a bmw, investiu muita grana e quase foi campeã em 2007. Em 2008 e 2009, decepcionou completamente, e algumas vezes o heidfeld foi melhor que o kubica.
    A williams, pra se dar bem em 2010, deveriam fazer tudo pra terem um mercedes debaixo de seu chassis, pois com esse ford coswort, não vai conseguir nada não, por mais experiência que o ruinzinho tenha.
    Acreditei que ele iria correr, com a faca nos dentes, mas parece que conseguiu enganar todo mundo, porque se tivesse coragem, mesmo, deveria fechar a boca e mandar ver, e fazer como o piquet fez, sim, e não ficar reclamando sabendo que o ross brawn, estava mesmo espinafrando ele.
    Outra que quero ver levar ferrada em 2010 é a brawn gp. Eu torci para que a ferrari se ferrasse em 2009, por não ter se esforçado e ganho mais um título, com o felipe massa, e ela se ferrou em 2009. Se minha secada funcionar como a da ferrari, a brawn, tbém vai.
    Vettel foi sensacional e me supreendeu, pensei que apesar de já ter poucos motores à disposição pelas quebras, não ligou pra isso, e mandou ver. Que ele continue assim em 2010!
    E que a temporada de 2010 seja bem melhor que a que acabou.

  4. Nelson Santos disse:

    A única pessoa que penso neste momento é o Lucas Di Grassi, que tem que estrear na F-1 e mostrar seu potencial por outra equipe, se não a Renault. Particularmente, se sair já foi tarde depois dessa do Alonso e Briatore…se cuida Massa!!

  5. Juliano disse:

    Na hora do adeus, você olhou pra mim
    E não acreditou, ao ver chegar o fim
    Tentou me seduzir, chorando me agarrou
    Teu corpo ofereceu, pediu e suplicou
    E perguntou, Porque?
    Mas eu não respondi
    Só pra não te ofender, disse adeus e sai
    Sai da sua vida, eu só representava
    O cheque no final do mês
    Você não respeitou quem te amou de mais
    Só abusou de mim e me passou pra trás
    Sai da sua vida de cabeça erguida
    Coisa que você não fez
    Eu já chorei de mais agora é sua vez
    Eu acho que vai ser melhor
    Melhor pros três

    E perguntou, Porque?
    Mas eu não respondi
    Só pra não te ofender, disse adeus e sai
    Sai da sua vida, eu só representava
    O cheque no final do mês
    Você não respeitou quem te amou de mais
    Só abusou de mim e me passou pra trás
    Sai da sua vida de cabeça erguida
    Coisa que você não fez
    Eu já chorei de mais agora é sua vez
    Eu acho que vai ser melhor
    Melhor pros três

    Na hora do adeus, você olhou pra mim
    E não acreditou, ao ver chegar o fim

  6. Celso Silva disse:

    Bino pra Kubica: Foje Kubica, é uma cilada!!!

  7. Blackbird disse:

    Um pardal amarelo me contou que a Renault aproveitará a brecha deixada por Honda/Toyota e passará a ser nomeada NISSAN, sendo Kobayashi o segundo piloto da escuderia de Carlos Goshn, CEO da Renault Nissan, e assim, fazer um marketing populista no mercado nipônico que está mal das pernas.

  8. Jota disse:

    O Timo Glock e a Toyota merecem mesmo ficar fora da F1 depois do que fizeram no final da última volta do GP do Brasil do ano passado (2008).

  9. Rodrigo disse:

    A saída da Renault não seria uma palhaçada sem tamanho com o Kubica?
    Assinar com um piloto e anunciar que não vai correr duas semanas depois é uma palhaçada, visto que essas decisões não se toma do dia para a noite, leva-se tempo conversando, essa reunião não decide a saída ou não, só sacramenta o que já está decidido há tempos.

  10. Zeca Pimenteira. disse:

    Eu queria ter uma equipe igual ao do Kubica…

  11. anonimo disse:

    se abandonar vai dar kubica na mclaren

  12. EduardoRS disse:

    A F1 é o reflexo do que é o mundo hoje. O dinheiro vem sempre em primeiro lugar.

    • Godinho disse:

      ô Eduardo, desde de que existe, o dinheiro sempre vem em primeiro lugar… se vc é desses que acredita que dinheiro é um mal, e não traz felicidade, me dê o seu e vá ser feliz…

  13. Flavio disse:

    Quem sabe seja melhor assim. A Mercedes devia aproveitar a deixa e também pegar o beco. Talvez voltassemos a ter corridas em autodromos de verdade em países com aficcionados, arquibancadas cheias e o grid composto por pilotos talentosos. As montadoras gastaram tubos de dinheiro mais quem eram os donos? Que voltem Sauber, Ron Dennis, Jack Stewart e outros como donos de equipe.

  14. Claudio disse:

    É melhor mesmo que a renault saia, porque pra ter um presidentezinho que vive dizendo que não gosta de formula 1 e fazer dois pilotos de palhaço, como fizeram com o Kubica e o Glock, é melhor deixar espaço pra quem realmente é sério.
    Em alguns pontos eu acho o Frank Williams antipatico, esquisito, mas pra mim não há duvida que o negócio dele é Formula 1 com F maiusculo. Tomara mesmo que se recuperem e voltem a ser a equipe que já foram há algum tempo atrás.
    E longa vida às equipes independentes, tomara que no meio dessa boiolice de montadoras torcendo o biquinho pra formula 1 fique espaço livre pra gente competente como a Prodrive entrar finalmente na Formula 1.

  15. Jorge disse:

    Vamos salvar a carreira do Kobayashi.
    Assinem o Twitition!

    http://twitition.com/zv6yf

  16. Andelvan disse:

    Os bons tempos estão voltando….

  17. Edison disse:

    Bons tempos aqueles em que se valorizavam os talentos dos pilotos e não o ‘capitalismo’ de hoje na F1. Se pensa puramente em negocio, não no esporte propriamente dito.
    Montadoras/fabricas deveriam apenas fornecerem motores e deixar a competição para os apaixonados pelo esporte, que na realidade são quem promovem o espetaculo.

  18. Brandão disse:

    pra fabrica pagar a recisnao do kubica que pros normais é um dinheirão…pra eles é dinheiro de café…francês

  19. Mario Mesquita disse:

    Lamentável. Não entendo, pra esses gigantes, gastar na F1 é pingo. E o retorno publicitário com exposição da marca já paga o investimento. Tanto que a Toyota nunca gastou com pilotos top e staff vencedor, como fez a Ferrari. Mais: não foram as montadoras que eram contra o teto orçamentário? Estranho, não?

  20. Dionisio disse:

    Esse Kubica é um tremendo dum pé frio !!!

  21. Smirkoff disse:

    Garageiros sem patrocínio caem fora tão depressa quanto grandes corporações. Se tivermos dez equipes no Bahrain já vai ser um lucro.

  22. andre oliveira disse:

    Equipe que nao ganha nada após alguns anos deve mesmo retirar-se da Formula 1, ainda mais no caso da Renault que por causa da armação em Cingapura acabou por prejudicar Felipe Massa nos pontos, provavelmente Massa teria ganhado o campeonato nao fosse a armação da Renault.

  23. Adriano Muha disse:

    Reclamaram tanto quando o Mosley pediu teto de 40 milhões de libras, mas agora vejo que era a solução mesmo. A gente esperava 28 carros, mas poderemos ter só 22.

  24. Welton disse:

    Caro Victal, vc está se superando a cada dia. Sempre com informações de bastidores superinstigantes! Parabéns novamente. Pode pedir aumento pro seu chefe!

  25. É impressionante como a pressão por resultados na Fórmula 1 é tão rápida como a velocidades que os carros da categoria atingem e tão grande como os gastos astronômicos que as equipes gastam na categoria. Horas depois que a Toyota anunciou o fim de suas atividades na categoria de topo do automobilismo mundial, a F-1 pode receber um péssima e bombástica notícia, a saída de mais uma montadora. A Renault é outra fabricante que gastou muito dinheiro no seu projeto na Fórmula 1, desde 2002, quando voltou a ter equipe própria, mas ao contrário de outras montadoras, a Renault conquistou um bicampeonato de pilotos e de equipes, mas depois disso, a equipe francesa vem entrando numa curva decsendente e o carros deste ano, o R29, nasceu muito ruim, que era um modelo lento, instável, que sofria muitas quebras e difícil de ser desenvolvido e se já não bastasse o péssimo desempenho nas pistas, a Renault e seus chefes e o ex-piloto da equipe, Nelsinho Piquet tiveram que enfrentar os tribunais por causa do ”Cingapuragate”, no qual,o brasileiro foi ”obrigado” a bater de propósito para beneficiar o seu companheiro, Fernando Alonso, que acabou vencendo aquela corrida e depois disso, o futuro da montadora francesa na F-1 ficou duvidoso e além do quê, o grupo liderado pelo brasileiro Carlos Ghosn, presidente mundial da Renault não tem intereese na Fórmula 1 e planeja outros projetos. Ao que tudo indica, mais uma montadora dará o adeus à Fórmula 1.

  26. Nick disse:

    Quase todo mundo jogou pedra no Max. E agora? =O

  27. clay regazzoni disse:

    Acho que esta reunião é para elaborarem a devida e merecida nota de desculpas aos Piquet’s.

  28. Megapower disse:

    Nao vão nem renovar a Copa Clio… imagina F1… heheheh

  29. Gustavo Lopes disse:

    Acho que a Renault, teria grande chance de conquistar o título ou ficar entre os 3 melhores times da f1em 2010, porque já não teriam a concorrência da BMW e nem Toyota. O motor deles é bom, conprovado pela Red Bull este ano. São capazes de fazer carro ganhadores, diferentemente da Toyota que nunca ganhou nada. Eles já ganharam 2 campeonatos com o Alonso e o Kubica é um ótimo piloto. E bem provável que o motor Cosworth seja o pior na proxima temporada. So basta ter competencia no próximo projeto.

  30. Rodrigo T. Lamonato disse:

    Sem falar no azar do Kobayashi…

  31. Rodrigo Rocha disse:

    Um índicio de que a equipe fica é a contratação do Kubica, o polonês “pés-gelados”!

    Só que tem outros 4829 índicios de que eles saem…

  32. Pablo disse:

    Espero que a Renault nao saia, pq iria ser uma incoerencia enorme além de uma bela da sacanagem com o Kubica em contratar-lo pro ano que vem e depois disso sair da F1
    E sobre respeitar o Pacto da Concórdia até 2012, a Toyota também assinou ele mas saiu da F1 mesmo assim…

    • Conrado Andrade disse:

      A Toyota faz algum tempo vem fortalecendo rumores de que sairia do campeonato. Acho que a maior prova disso, foi a não-renovação dos contratos de Trulli e Glock. Acho que agora, dá pra dizer que a tentativa de contratar um piloto de ponta como o Kimi, foi a última tentativa de obter sucesso na categoria. O ano da Toyota até que foi muito bom, na realidade. Ela ta saindo com um bom ano, ao contrário da BMW. Que simplesmente apagou a luz no meio da temporada e ficou por isso mesmo. Sem dar nenhum indício.

      A Renault por um outro lado, faz algum tempo que vem demonstrando vontade de ficar. Sei que é dificil levar em consideração o que uma empresa fala. Mas de vez enquando dá pra perceber a seriedade nas palavras de certos profissionais. Acho que foi o caso, principalmente depois do escândalo de Cingapura. Eles, inclusive o tal do Ghosn, frisaram bastante sobre o acordo feito com Bernie, pra permanecer na categoria até, pelo menos 2012. E naquela época, ainda por cima, que seria a melhor pra aproveitar e deixar o barco.

  33. Bruno disse:

    Caso a Renault saia, a Stefan Grand Prix poderia comprar o espólio e entrar na Fórmula 1, seria uma alternativa.

  34. Greg House disse:

    A fórmula 1 anda tão caída que qq dia vai aparecer um piloto palmeirense…

  35. Sergio Cresta de Moraes disse:

    A ausencia TOTAL de apoio as categorias de fórmula no Brasil,lastimável e constrangedor.Êste é o verdadeiro automobilismo.Na Argentina, são inúmeras as modalidades monoposto,no México,até na Colombia,enfim…Quem virá a saubstituir Massa, Barrichello, Bruno Sena, Di Grassi,etc…

  36. Wulf disse:

    Fã de F1 desde criança, unico esporte que acompanho, é com tristeza que vejo um esporte se transformar em show business, onde tudo é válido inclusive forjar resultados como o que ocorre hoje no box profissional e por que não dizer também no nosso futebol (lembrem da final da copa da frança), tudo em prol da ganancia de uns poucos. Onde está a F1 de ultrapassagens, de risco, onde o piloto valia mais q a maquina? Se exigissem de todos os circuitos o q exigem de Interlagos, Monaco e Silverstone não estariam no calendário a muito tempo, e Abu Dahbi, embora belo se mostrou ordinário em termos esportivos.

  37. Bruno R. disse:

    O curioso é ver que no fim, o Heidfeld, tido como piloto sem opções, agora pode acabar tendo lugar na F1 (seja na McLaren ou na Sauber/Qadbak), e o Kubica/Glock ficarem de fora…

  38. dU disse:

    As vezes eles já até tem algum comprador pra equipe e quiseram garantir o Kubica logo, vai saber.

  39. Conrado Andrade disse:

    Estranho!

    É meio ‘non-sense’ pensar que a Renault contrataria um piloto, só pra depois, ter que pagar a recisão de contrato do Polonês. Não que não tenham dinheiro pra isso…

    Mas pq se preocupar em ter um piloto como o Kubica, se for pra dar adeus?

    Além do mais, após a polêmica de Cingapura, a Renault deu diversas declarações públicas afirmando que ia continuar na categoria; reafirmaram que assinaram e pretendiam respeitar o Pacto até 2012, além de outras coisas que lemos por aí…

    Bom, espero que não dêem uma de japoneses-precavidos!

    abs

    • Roberto disse:

      Amigo, em multinacionais com é a Renault, não tem essa de “non – sense”, quando a diretrizes tem que ser mudadas, que se dane o resto, o que representa Robert Kubica em relação aos números de uma empresa como a Renault,
      Nada, absolutamente nada !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Sidinei disse:

      Conrado, sem querer desmerecer sua opinião mas, o que as montadoras falam não se escreve. A divisão esportiva pode fazer mil planos, daí vem o alto clero da montadora e dá a ordem. Não sei se você se lembra, ao fim de 2004 a Jaguar havia feito acordo com Coulthard, a Ford decidiu cair fora e o escocês ficou a pé. Teve sorte da Red Bull aproveitá-lo.

      A Honda começou a desenvolver o carro de 2009 em meados de 2008, deu testes a Bruno Senna e Lucas di Grassi, pra ambos disputarem vaga, e no final….

      É isso aí, Mosley tinha razão, não que essa galéra que esteja entrando agora seja melhor, mas enfim.

      Na minha opinião o grande problema da F1 hoje, decorre de uma verdade fria do mundo globalizado: o capitalismo forte e desenfreado. Tudo gira em torno do dinheiro. É muito melhor fazer uma equipe pra lavar dinheiro ou pra promover uma marca, do que pra fazer automobilismo em sí. Os garagistas perderam vaga pras montadoras e agora vão perder pros picaretas (esses novos grupos de intenções duvidosas). Não vejo como isso mudar, infelizmente.

    • Mirax disse:

      Mas essa reunião pode ser pra decidirem ficar somente em 2010 e no final do ano que vem, darem adeus a F-1.

    • Fabrizio disse:

      vc pode ter razão, mas esses caras pensam que é melhor perder 30 agora mesmo tendo se precipitado no caso do Kubica, do que perder 300 ao final de 2010!!!

    • Godinho disse:

      Sidnei, não é só na F 1 que a picaretagem tá comendo solta… todos os esportes populares estão assim. É um conluio entre redes de tv, lavadores de dinheiros sujos e grandes conglomerados empresariais, cujo único objetivo é ganhar dinheiro fácil em cima dos fãs. Só pra dar um exemplo, o Rubens Barrichello já estava na disputa do título quando o Massa sofreu o acidente. Como o “Gavião” promoveu o piloto da Ferrari a heroi – o primeiro piloto nacional a ter uma chance real num time grande, desde o Airton – ele passou as quatro semanas seguintes sugerindo que o Felipe voltaria na corrida seguinte, e não dando a menor pelota para o que o Rubinho vinha fazendo, porque ele não era o “produto” da casa!

    • Rodrigo disse:

      As montadoras saem não por ganancia ou falta de compromisso com o esporte, mas porque a F-1 não faz mais sentido em termos de desenvolvimento de tecnologia para os carros de rua. O regulamento é muito restritivo e não aponta para as soluções energéticas do futuro. As empresas não querem mais se associar com isso. O mundo está mudando, mas a F1 quer ficar igual, não tem como dar certo.

  40. dU disse:

    DAqui a pouco só vai sobrar Ferrari e Cosworth, mas por outro lado é bom pois voltam os “garageiros”.

    • Mirax disse:

      Cosworth não, pq Cosworth não é montadora. É só fornecedora de motores.

      Enquanto isso, corre boatos que a Mercedes quer comprar 75% da Brawn.

      Quem entende???????

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>