MENU

25 de novembro de 2009 - 18:55F-Indy

Um lugar a Indicar: o final feliz

SÃO PAULO | Sobe som. Emoção. O capítulo final chegou.

Ribeirão Preto foi eliminada. Salvador surgiu forte e foi para o vinagre. Tinha sobrado o Rio, e até então só o Rio. Mas o Rio se voltou para as Olimpíadas, e o prefeito Eduardo Paes sumiu para a Indy. A novela da corrida brasileira caminhava para um fim dos mais lacônicos, e os representantes brasileiros partiram para um plano de emergência. Que deu certo. E São Paulo vai receber a prova em suas ruas em 2010.

Chegou um momento em que os organizadores da IndyCar, lá dos EUA, pressionaram o pessoal daqui do Brasil, capitaneado pela figura de Carlo Gancia. Haviam estipulado um prazo até esta quarta-feira (25) para que a situação fosse definida, o vai-ou-racha. E vai. Gancia costurou o acordo nos últimos dias, falando com o presidente da SPTuris, Caio Luiz de Carvalho, e com o prefeito Gilberto Kassab. Acertaram até que rápido demais diante do imbróglio dos últimos quatro ou cinco meses.

A corrida vai acontecer em 14 de março e vai abrir a temporada de 2010. A prefeitura de São Paulo deve emitir um comunicado nas próximas horas confirmando o acordo. Será a primeira corrida da Indy no Brasil desde 2000. O Rio utilizou o oval de Jacarepaguá por cinco anos. O próximo passo da parceria São Paulo-Indy é definir o traçado urbano e verificar os planos e estratégias de engenharia sobre os pontos próximos à pista de rua.

Três áreas estão sendo avaliadas. Uma delas é na zona setentrional, a mais bela e interessante, nas proximidades do sambódromo do Anhembi.

Pela segunda vez, assim, São Paulo rouba do Rio um evento de grande porte no automobilismo. Em 1990, a prefeita Luiza Erundina tirou de Jacarepaguá a primazia de receber o GP do Brasil de F1. Agora, mais porque o prefeito Eduardo Paes se desfez da Indy, a capital paulista acaba se sobrepondo. Há, também, a possibilidade de São Paulo receber a A1 GP, na mesma data, 14 de março. Mas aí é outra novela, relacionada com a possível morte da categoria.

Confesso que não esperava que a corrida fosse sair. São Paulo vai ter menos de quatro meses de trabalho para bolar um plano mirabolante. Não só da pista em si. Porque vai precisar fechar algumas de suas vias importantes, a não ser que faça a prova em uma zona periférica. Um detalhe: a corrida da Indy vai acontecer no mesmo momento em que o governo de São Paulo pretende entregar as obras de melhoria no transporte público, como a expansão de linhas no metrô e o Rodoanel — se conseguirem adiantar os trabalhos depois da queda de parte da estrutura de um trecho na semana passada.

Lágrimas podem não ter rolado. Ao menos, um final feliz. Fim da novela.

7 comentários

  1. Sergio Magalhães disse:

    Êhhh São Paulo, êhhh São Paulo!!!

    Parabéns Sampa, a cidade merece, os paulistas e paulistanos merecem. São Paulo tem gente séria, que bom. Não por acaso eu torci feito um louco para que o Rio caisse fora. A corrida podia ser em qualquer lugarm até aqui na minha São Sebastião do Paraíso. Menos no Rio porque lá só tem fanfarrões. Ou será que perderam a F-1, Indy, MotoGP por outros motivos?

    Fiquei muito feliz por São Paulo e quero estar lá.

    Um abraço.

  2. Fernando Melo disse:

    Outra coisa que me deixa curioso é ver como a Globo vai se comportar, se vão ficar “indignados com os problemas causados à cidade” hehehe. Devem estar muito “P” da vida com essa história e não vão noticiar nada da corrida, apenas dos 200 km de lentidão causados por uma “corrida de monopostos” na cidade.
    Só pra ver a Globo nervosa ja vale a pena, mas é óbvio que o lugar apropriado seria Interlagos.

  3. vitor mendes disse:

    eu ja dizia, ou era em sampa ou não era no brasil, essa corrida se for bem planejada vai mexer mais com as emoções dos afixionados do que a formula 1 em interlagos, um circuito de rua que sem duvida sera fantastico, meu ingresso vou comprar logo que começar a vender, abraçossssss, a indy eh nossaaaaa

  4. Fernando Melo disse:

    Zona norte? Pode ser pelo Campo de Marte, construindo uma saída pela Olavo Fontoura, passando pelo Sambódromo (largura??) pegando uma parte da rotatória da Campo de Bagatelle e retornando para a pista do aeroporto…….
    Tem que ter imaginação, mas assim teria o estacionamento do Anhembi e só interditaria uma rua praticamente. Estou curioso.

  5. Andrea disse:

    Ainda acho que o meu circuito é o melhor de todos… haaha. Tá lá no post anterior.
    Final feliz e eu continuo fã “desse povo” do Grande Prêmio.
    Ai, que orgulho³! hahaha

  6. Ever Rupel disse:

    D+!!

    mas eu torço pra q fosse em interlagos!

  7. Rodolfo Amoroso Borges disse:

    Parabéns pelo furo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>