MENU

7 de janeiro de 2010 - 11:13F1

Ajuste necessário

SÃO PAULO | Não faz nem um mês que a FIA aprovou a mudança no sistema de pontuação para a temporada 2010, e embora não tivesse promulgado a distribuição de pontos, já se sabia que o vencedor passaria a ter 25 pontos, o segundo, 20, o terceiro, 15, e que os dez primeiros passariam a ser premiados. Mal estreou, o formato pode sofrer nova alteração.

Aparentemente radical, o sistema novo que foi aprovado em 11 de dezembro pelo Conselho Mundial, 25-20-15-10-8-6-5-3-2-1, é proporcionalmente semelhante ao que vem sendo utilizado nos últimos anos. Tanto que, se a novidade fosse aplicada aos anos anteriores, pouca coisa mudaria. Lewis Hamilton continuaria campeão sobre Felipe Massa por um ponto de diferença em 2008 e Jenson Button seria campeão no GP do Brasil deste ano.

Cientes de que a divisão proposta não altera a fundo o cenário da F1,  a FIA e a Fota estudam uma nova gradação, de acordo com a revista Auto Motor und Sport. A ideia seria aumentar a diferença do primeiro para segundo de cinco para sete pontos, dar dois pontos mais para o quarto e o quinto colocados e fazer alguns ajustes para cima entre o sexto e o oitavo.

A pontuação, então, passaria a ser 25-18-15-12-10-8-6-4-2-1. Que, por exemplo, também não mudaria muita coisa na classificação do ano passado. Lewis Hamilton, quinto, passaria a ser sexto, invertendo posições com Kimi Raikkonen. Embora o campeonato do ano passado possa não ser o parâmetro ideal para a aplicação de qualquer fórmula.

No fim das contas, é mais agradável ver uma diferença de sete pontos entre o primeiro e o segundo e as demais posições não terem algo maior que três pontos entre elas, mostrando um incentivo claro à vitória. É uma mudança sutil que deve corrigir a inutilidade da ideia inicial.

17 comentários

  1. MAX disse:

    Oque tem de errado com os pontos atuais?
    o campeonato nao seguindo em aberto ateh as duas ultimas corridas?mesmo um Button ganhando 6 corridas logo de cara?pra que mudar???

  2. Marcus Lins disse:

    Só não entendo esse ponto de conceder 25 pontos? Pra que, se logo após vem vários espaços de 2 pontos?

    Pq não 15-12-9-7-6-5-4-3-2-1 ou 20-15-12-10-8-6-4-3-2-1?

  3. MAX disse:

    Isso ate aparecer um Schumacher que vence as 5 ou 6 primeiras provas..depois ninguem alcança mais…nao mudou a diferença de antigamente que era de 4 para 2 justamente para dar equilibrio??

  4. LuizSPK disse:

    Continua sendo uma porcaria. V8 F1 SuperFormula? Formula UMdy?

    Era mais fácil simplesmente aumentar a pontuação do primeiro pra 12, não precisa dessa papagaiada toda.

  5. Paulo Mina disse:

    Acho que a diferença entre o segundo e o terceiro, e a diferença do terceiro para o quarto deveria ser maior, pois se o lider disparar e o segundo e o terceiro estiverem próximos não haverá ataque, isso previlegiaria a vitória e cada degrau do pódio teria uma boa diferença para os demais.

    25, 18, 12, 08, 06, 05, 04, 03, 02, 01

  6. Dionisio disse:

    Então o Schumacher vai ser campeão com uns … 300 pontos ?

  7. Carlos disse:

    Tá bom assim, mas o pole e a volta mais rapida merecem um pontinho.

  8. Sou a favor da distribuição de mais pontos para os pilotos, pra quem faz a melhor volta, pra quem faz a pole, pra qualquer piloto que chegue a liderar a corrida, pra quem liderar por mais tempo. Parece exagero mas pode ter certeza que nos últimos anos teríamos resultados diferentes com uma pontuação nesses moldes.

  9. Clenio A. Vilela disse:

    Sou contra os 10 primeiros pontuarem. Deveria ser como antes: só os 6 primeiros e a diferença do primeiro para o segundo sendo de 50%. Tambem dar pontos para o pole position.

  10. Luiz Eduard disse:

    Porque será que é tão dificil desses caras sentarem, pensarem, ver a viabilidade e divulgar a idéia. Teve que o mundo inteiro fazer as contas e chiar para dar algo certo.

  11. Thiago disse:

    Ainda acho que o ideal é 30 / 20 / 15 / 10 / 8 / 6 / 4 / 3 / 2 / 1 (do primeiro para o 10) valorizando o podio e fazendo os pilotos lutarem pela vitoria e talvez eliminado uma situação parecida com a de 2008, onde Felipe Massa vez uma excelente corrida em Interlagos e terminando com Lewis Hamilton, com uma colocação final horrivel, sendo campeão.

  12. Demorou!
    Não aguento mais essas burrices de gente que é muito bem paga para pensar e não consegue ver o óbvio dentro da FIA.

  13. Luciano disse:

    Hey Victor, tem um errinho lá (e no grande premio tb)… onde se lê ” ter 25 pontos, o segundo, 20, o terceiro, 25, ”

    O terceiro não seria “15″ ?!?

    Abração!

  14. Rafael D'Auria disse:

    Viii, vc errou no primeiro parágrafo:

    “já se sabia que o vencedor passaria a ter 25 pontos, o segundo, 20, o terceiro 25″

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>