MENU

6 de novembro de 2010 - 11:33F1

Brasileirinhas, 14

INTERLAGOS | Pelo menos dois torcedores foram impedidos de entrar em Interlagos para acompanhar o treino livre e a classificação deste sábado (6) simplesmente por estarem trajados com camisas de clube de futebol. A informação partiu de outros torcedores que presenciaram a cena, ocorrida no setor G, da reta oposta, do autódromo.

A Polícia Militar de São Paulo barrou o ingresso dos torcedores. Um vestia uma camisa do São Paulo. O outro, a do Santo André. Questionados, os policiais teriam dito que estavam seguindo recomendações baseadas no Estatuto do Torcedor — o mesmo que levou o promotor Paulo Castilho a dizer que poderia prender Felipe Massa caso permitisse passagem a Fernando Alonso durante a prova de amanhã.

Avisada, a assessoria do GP do Brasil entrou em contato com a base militar operada no próprio autódromo. O tenente-coronel Leonardo Torres Ribeiro, comandante do CPA/M-10, informou que nenhuma ordem foi dada aos membros de sua corporação para que houvesse o veto, mas admitiu que há uma orientação, principalmente para o domingo, para que se evite trajar camisas que remetam aos times de futebol.

Com todo respeito: quem é que vai brigar com um cara que traja a camisa do Santo André?

Vai se lascar.

24 comentários

  1. A hipocrisia é o grande mal do século XXl. Os politicamente corretos e os promotores medíocres como esse ai merecem prisão perpétua, na solitária, sem direito a visita ou aquela saidinha pra ver a mamãe no natal.

    • Terence disse:

      Pior é que daqui uns dias os errados é que serão livres e os corretos presos, pois, bandido não esta nem ai, vai tentar fugir, atirar, fazer o caralho a quatro para se safar, pois, sabe que será preso. e o cidadão de bem será preso por besteiras, como ir com camisa a algum lugar, ou por deixar o companheiro de equipe ultrapassá-lo.

      São essas regrinhas idiotas que fazem a formula 1 virar um lixo, se encostar no adversario é passagem pelos boxes.

      O Brasil é o pais dos lixos governantes e o povo paulista, que era para ser educado e com a cabeça melhor, me vota no tiririca, devem ser os milhares de nordestinos que trabalham ai, só pode, porque alguem com educação não faz isso, mesmo nordestino, porque o grande problema do nosso pais é EDUCAÇÂO, enquanto isso não melhorar e uma melhora são 10 ou 20 anos de escolas boas e com conteudo de qualidade, não vamos pra frente, eu não tenho esperança de ver essas mudanças, afinal, são anos para uma coisa dessas acontecer, é mais facil sermos a segunda economia do mundo do que sermos um povo com educação dinamarquesa, mas, espero que um dia mude.

  2. CACR disse:

    Culpa é dos briguentos das torcidas organizadas, tem que ser radical mesmo.

  3. toni disse:

    pais da ipocrisia e assim msmo1

  4. Rogério disse:

    Ao caro Sérgio Costa : são comentários como o seu, com sarcasmo e discriminação que fazem as confusões acontecerem seu idiota …guarde sua falta falta de respeito p/ a sua laia sua bicha enrustida, como a grande maioria do time que torce ! ( Vampeta com Vera Verão, Ronaldo com bichas cariocas, recolha-se na sua ignorância )

  5. Rato do Inferno disse:

    Questão de justiça. Se barrou um bambi, tem que barrar de qualquer outro time também…

  6. Sergio Cota disse:

    Foi um caso isolado, eu mesmo fui com a camisa do Corinthians e não tive problema nenhum no setor M. Também vi outras pessoas com camisas de clubes.
    Mas está certo, bambi tem que ser proibido de entrar mesmo… rs

  7. Fabio disse:

    Ué? vcs querem o q?
    É o Brasil, o país das piadas e piadistas.

  8. Luis disse:

    Olha … no setor A estava liberado. Tinha torcedor do Palmeiras, da Lusa, do Bahia … até um cara enrolado com a Bandeira do Santa Cruz caminhava tranquilamente por lá

  9. jose carlos disse:

    To indo cm a camisa do meu Mengão queridão e quero ver quem vai proibir-me de entrar no setor G … pode ate proibir mas sera processado … vou ganhar um din din certamente !!

    • Terence disse:

      É uma boa poupança, quem sabe seus netos não recebam o precatorio, mais uma palhaçada , que foi votada esse ano, que o estado não é obrigado a pagar… deveria ter um prazo maximo definido por valor, quanto maior, mais prazo, mas, com o maximo de uns 10 anos.

  10. Amauri ricardo de almeida disse:

    Ver políticos desfilando em cima de carros e fazer vista grossa é normal pra policia, mesmo sendo desrespeito a lei,
    Ja orientações eles impõem como lei ao cidadão.
    Pior é colocar isto aqui e o IG, uma empresa jornalistica retirar como fez a pouco.. falam de democracia mas vivem com sintomas de ditadura… Se se portam assim por que abrem forúm de debates?
    Mas to mandando de novo

  11. De time de fora pode hein, pelo menos na sexta tinha mta gente com camisa da Espanha…

  12. João Ramalho disse:

    Cadê a democracia?

    O glorioso Ramalhão já é tungado nos campeonatos pela velha oligarguia do futebol e agora mais essa…
    Valeu Bravo Ramalhino!
    “Aos que lutam por um ideal”

  13. luiz carlos disse:

    Além do mais, o ET (Estatuto do Torcedor) NÃO proíbe a entrada de torcedores com camisas de clubes! Quer dizer, é falta de bom senso mesmo.

  14. anderson nascimento disse:

    Espero que amanha a policia de fragrante e voz de prisão se uma equipe vermelha desrespeitar o estatuto do torcedor. Será que posso amanha torcer pro Felipe Massa? Cabe a Ferrari deixar claro que ele não vencerá se precisar deixar a vitória pro Alonso, caso contrário eu não posso passar meu tempo vendo um fato que não irá acontecer.
    Vamos ver a ação da polícia amanhã então.

  15. Amauri Ricardo de Almeida disse:

    A polícia que aplica recomedações como se fosse LEI é a mesma que permite o Sr. Lula, Dilma, Kassab, Serra, Mercadante etc… a andar desfilando sobre carros em desacordo com a legislação de trânsito.
    Temos entidades que não governam e não trabalham para o povo. Quando o brasileiro entender que o governo e suas organizações sção do povo e para o povo e parar de olhar esses assuntos como se os orgãos governamentais mandassem na gente e somos submissos e perceber que devemos ter orgãos para nos proteger e nos defender isso vai acabar.

    • Terence disse:

      Ano 4312… como aqui não tem educação, o povo não sabe a diferença de voto nulo, branco e voto valido, e quais as consequencias de cada um, não sabe nem sobre a distribuição das cadeiras por partidos e depois a eleição dos candidatos dentro deles, que senador tem 2 suplentes, entre outras coisas, pode apostar que vai ser só nesse ano ai, e se for, ainda mais que quase todos que converso falam que detestam politica, enquanto o povo detesta politica, a politica adora o povo e poe no (*) dele todo dia.

  16. Julio Cesar Ruthes disse:

    Que coisa ridícula! Em 2006 quando eu fui a Interlagos estava com a camisa e bandeira do Paraná Clube, pra mim até serve como identidade. Da mesma forma tinha gente com a camisa do Paysandu, Bahia, Cruzeiro, Grêmio, Inter, Barcelona, Milan, Manchester United, etc…
    Acho que uma coisa não tem nada a ver com a outra!
    Sou de Curitiba e aqui, mesmo em dia de clássico, quem vai na corrida vai com a camisa do time e não acontece nada.

  17. Bruno Pessa disse:

    Se o Santos tivesse perdido a final do último Paulistão, eu brigaria!

    E se 2 dos 18 Bengalas Azuis do São Caetano apaixonados por F1 no mundo vissem o cara com a camisa do Ramalhão, eterno arquirrival do ABC? Podia dar pau, ou melhor, bengalada!

    Queria ver o que aconteceria se um cara baixinho de cavanhaque que nós conhecemos aparecesse com a camisa da Lusa…

  18. helvio silva disse:

    Absurdo. nunca ouvi falar de briga entre torcidas de futebol em Interlagos. Se estou errado me corrijam. Desta forma não há bom senso nessa proibição. E se o cidadão vier com uma camisa de clube de fora, Barcelona, Milan pode entrer? E se for da seleção Brasileira, fica fora também? É brincadeira de quem não tem o que fazer.

    • Terence disse:

      Estava num bar aqui em Belo Horizonte e não podia entra com camisa de Atletico e Cruzeiro, tirei entao a camisa e falaram que não podia entrar sem camisa, eu e um amigo e ele com a do Cruzeiro e eu com a do Galo. Ai ameacei chamar a policia e fechei a portaria do bar até resolver, com muito custo e o gerente liberou a entrada, mas, deu uma aporrinhação geral, tanto para nos, quanto para os seguranças e para os demais frequentadores, porque não aceitei ninguem da fila passar na frente até resolver, ainda mais quando tirei a camisa e a quadrada apareceu, ninguem se meteu a passar na frente, eu ja estava invocado com a situação ridicula. Depois até pedi desculpa para umas pessoas, e recebi apoio pela atitude, mas, é um absurdo, e o pior é que camisas de outros times pode, tinha um cara la dentro com camisa do Arsenal, vai entender. Isso cria mais rivalidade ainda, o povo desacostuma a conviver junto, quando comecei a ir no campo, não havia separação entre atleticanos e cruzeireinses e americanos, chegava a ter rodada dupla no mineirao com 4 torcidas, sem o menor problema, depois começaram a separar, a arquibancada com umas cordas e o america tinha um “chiqueirinho” separado de grade, hoje até a cadeira é separada, e cada dia a violencia aumenta e a capacidade do estadio diminui, e a policia diz que é por insegurança, mas, na verdade é falta de preparo dos policiais, uma vez que temos 80mil assentos no estadio, basta a policia melhorar seu patrulhamento, tanto dentro como fora, mas, por incapacidade, eles preferem criar um isolamento enorme entre as torcidas e colocar menos gente, quanto menos melhor, assinam sua incapacidade. Uma pena.

  19. Thiers disse:

    Com mais respeito ainda, quem de fato iria brigar com outro por usar camisa de um time que não é o dele? Que babaquice, aposto que muitos em outros GP’s, principalmente na Europa, vão com camisas do Real Madrid, do Milan, da Inter, e ninguem meche com ninguem, até gente com camisa do Brasil e da Argentina, babaquice gratuita…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>