MENU

12 de novembro de 2010 - 12:45F1

Abu seita, 2

SÃO PAULO | Deixei a TV rolando no treino livre e vim à internet para uma busca bem mais válida. Foram três palavras no Google, dei o enter e entrei no primeiro link. O primeiro item da lista aparecia assim: ’sites em flash: acesso dial-up ainda é maioria. Muitas regiões ainda não tem infraestrutura para receber conexão banda larga e não quer dizer que o visitante não tenha um bom poder de compra’. Ah, ok. Voltei a página, e o segundo resultado era sobre os vendedores. Depois, a moda dos participantes do BBB 10. Aí vinham, na ordem, os da maquiagem, os de guia da carreira, evangélicos e contos eróticos (como é que é?), e percebi ali que não conseguiria obter com êxito ou racionalidade o que gostaria.

Só queria uma lista de maiores pecados. Sei lá, esperava achar fácil crimes bíblicos, casos de polícia de assassinos em série, pessoas que se enquadrassem totalmente nos considerados sete capitais, e por aí vai. Porque gostaria de incluir este campeonato da F1 e o grupo de pecadores, encabeçado por Bernie Ecclestone e Hermann Tilke. É um pecado um título ser definido nesta pista ridícula, mequetrefe, sem-vergonha, insossa e canalha, para não me estender em predicados de mesma natureza. É pior que cagar de bruços, diria o poeta. Outro mais atento diz até que prefere ouvir RBR, STR e VRT durante 1/3 do dia como mantra. 

Também posso me considerar um pecador. Não poderia ter sido tão injusto com Yeongam. Foi na base do impulso ter dito que aquela pista era a coisa mais horrenda que tinham feito em termos de pista. O circuito da Coreia meridional pelo menos tem barro e algumas quatro ou cinco coisas interessantes, não mais que isso, mas muito mais que esta patifaria árabe que os Emirados Unidos se recusaram a pôr como nome no GP. A F1 paga o preço dessa gente gananciosa que enfia tubos de notas verdes goela abaixo e mandam a satisfação e a prática esportivas àquela casa que todos bem sabem qual.

Posto isso, no TL1 deu Vettel, e os tempos do treino convertidos em resultado de corrida dariam o título ao alemônico, com boa presença da McLaren se intrometendo na vida de Alonso e Webber. A confirmação de que os carros prateados estão bem, obrigado, veio no TL2, com Hamilton na ponta — e, aí, ajudando o hispânico. Webber vai precisar andar mais, é a conclusão a que se chega. Mesmo com a posição oficial do companheiro de que pode apoiá-lo, dependendo de como for, o australopiteco está atrás, em desempenho semelhante ao de Cingapura — em que, em nenhum momento, se pôs entre os primeiros. E se perder o título sem ao menos brigar por ele, que vá para a Tasmânia andar de bicicleta e não me apareça aqui nunca mais.  

E aí a Ferrari me esquece de colocar combustível no carro de Massa. “No fuel”, via rádio disse ele, que não vê a hora que esta temporada termine para comprar um sítio, se não o tem, para colocar uma tropa de cavalos com ferraduras brilhantes e reluzentes e uma ninhada de coelhos multipés, providenciar uma horta de trevos de quatro folhas e uma piscina cuja água já saia de um chuveiro com sal grosso. Nunca que este Massa vai conseguir ajudar Alonso. Aliás, tem um seguidor no Twitter que veio me dizer dias atrás que ouviu de fonte boa em Interlagos que o brasileiro vai para Mercedes, supostamente no lugar de Schumacher. Para não dizer que considero bobagem, por ora, direi polidamente que é improvável.

O resto é só resto, não importa, mas Schumacher está mostrando evolução, Kubica vem como sempre no bolo, Barrichello não deve acompanhar a turma porque a Williams se mostrou fraca, e o mais resto continua lá atrás como sempre. Ah, e Razia não andou no treino livre, transformando-se no único piloto das pequenas a não ter o gosto de sentar num carro de F1 durante um fim de semana de corrida. Creio que o boa gente da Bahia deveria rever alguns conceitos na sua carreira, paboen, mepabá…

Como o dia segue e é sexta-feira, o azedume dá lugar às gargalhadas. A entrevista de Silvio Santos à Mônica Bergamo na ‘Folha’ de hoje é digna de entrar nos anais. O dia em que SS morrer, a comoção nacional será semelhante à causada por Ayrton Senna.

10 comentários

  1. Marcio disse:

    Sinceramente?, antes do segundo treino começar pensava da mesma forma que você, até cheguei a fazer esse mesmo comentário ontem à noite com meu irmão. Mas, quandos o segundo treino começou, esse realizdo sob as mesmas condições de corrida e treino classificatório, me animei. Devido à rápida queda da temperatura há um maior equilíbrio entre os 4 postulantes ao título. Sob condições de forte calor seria um banho “taurino”, sob baixa temperatura… não sei. Se eu ou você está certo?, não sabemos. É aguardar e conferir. A todos um forte abraço.

  2. Guto Andrade disse:

    Sobre a pista… bom… o Sílvio Santos é F-O-D-A! Com todas as letras!

  3. Sérgio Lima disse:

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    SS é foda!!!!

    “Elque????” kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    O cara tirou onda.

  4. Silvio Rodrigues disse:

    Na corrida do Brasil o Galvão falou Red Bull, Virgin e Hispania!!! Acho que liberaram !!

  5. Aliandro Miranda disse:

    Sensacional esta entrevista do SS, ainda não tinha lido!

    Ele é meu ídolo. Quando ele morrer, acabou a TV brasileira.

    O cara é muito bom!

    Em outras palavras, ele disse à jornalista: “sai pra lá, sai pra lá”!

  6. RafinhaDias disse:

    Na mosca, na tampa e na pleura, Victor. Circuito de merda, o que é a saída dos boxes?????

  7. Leonardo disse:

    Assino embaixo na parte dos elogios à pista árabe. Gostaria de deixar aqui minha menção de agradecimento à Bernie Ecclestone e Hermann Tilke por estarem lentamente acabando com a categoria, que faz parte de minha vida e de milhões de outros fãs por mais de 30 anos. Por alguma razão ainda continuo assistindo religiosamente a todas as corridas, mas não com a mesma devoção de antes. Vejo chegar o dia que deixarei de perder horas de sono para assistir às 04h a uma corrida na Coréia, ou na Malásia. Circuitos risíveis e insípidos, e carros de aparência bisonha estão contribuindo para tal.

  8. Askjao disse:

    A essa hora, ele (SS) deve estar dando as suas famosas gargalhadas, ao ler a entrevista e a repercusão que ela teve.

    Sobre a F1, só amanhã, as 12:00h é que saberemos quem é quem!

  9. Jonas disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Essa entrevista do Silvio Santos na Folha não pode ser verdade.. kkkkkkkkkkkkk

    O cara é sensacional.. kkkkkkkk

    “Quem é Elque?” kkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>