MENU

23 de fevereiro de 2011 - 10:18F-Indy

Kanaan sem Gil

SÃO PAULO | Giorno, e já com notícia quente. Faz quase duas semanas que começou a borbulhar de leve uma informação que Kanaan não estava assim tão garantido na De Ferran Dragon assim e que a situação poderia caminhar para uma indesejada separação. Eita, foi a reação.

Kanaan havia me dado dias antes uma entrevista, no Desafio das Estrelas, que pode ser vista na Revista Warm Up.  Num determinado momento, perguntei sobre a necessidade que ele tinha de levar patrocínios e fundos. TK ressaltou um “a gente precisa”, referindo-se aos dois lados. “Em termos financeiros da minha parte, estou investindo tudo que eu posso, salário e qualquer outra coisa, porque eu acredito que seja uma coisa que vale a pena”.

Na sequência, emendei perguntando sobre o que Gil vinha fazendo. Tony mencionou uma cláusula de sigilo em seu contrato. “Se eu falar, ele pode me mandar embora em fevereiro”, mês em que havia um prazo para que o orçamento total fosse completado — afinal o campeonato tem início em março. A verdade é que o fato de De Ferran ter feito uma coletiva aqui em São Paulo nas vésperas do Natal para anunciar seu amigo como seu piloto representou uma forma de Gil pressionar seus sócios, Jay Penske e Steve Luczo, a encontrar o dinheiro que era necessário para pôr um carro na pista.

Mais ou menos assim: “Ô, minha gente, não dá para fazer um barulho com o anúncio e chegar em fevereiro e não ter nada”.

Pois do lado da equipe não chegou nada. Kanaan conseguiu o que já se imaginava e se noticiava aqui e ali, um acordo com o Grupo Petrópolis. E ironica e curiosamente, um dia depois da oficialização desta parceria, é que as partes se separaram.

O calvário de Tony em busca de uma vaga recomeça. Pelo tempo escasso, provável que faça apenas algumas corridas em 2011. A não ser que surja ou mais dinheiro da companhia de bebidas ou um outro super patrocínio que lhe garanta a temporada toda.

Quanto a Gil, ou deixa a equipe ou esta deve fechar as portas.

Acréscimo: o acordo está encerrado entre as partes. Sempre houve um jogo aberto entre Kanaan e a De Ferran Dragon, que estava consciente de sua responsabilidade na parceria em arrumar um patrocínio — de uma empresa americana, que estava próximo e acabou dando para trás. A partir de agora, Tony começa a procurar um outro time na Indy.

Por outro lado, Gil sai de Ft. Laudardale, onde mora, e viaja para Indianápolis amanhã a fim de conversar com a equipe, provavelmente ex.

Siga-me no Twitter.

21 comentários

  1. Doctor_House disse:

    Não só o piloto ficou a pé, mas a equipe também acabou, tipo a queda de um CASTELO DE CARTAS, ou se preferirem, o fulminante EFEITO DOMINÓ.
    Lamentável ver um piloto competente como Tony Kanaan SUCUMBIR desta maneira. Quem serão os próximos? Vítor Meira, Hélio Castroneves? Espero que não.
    Mas, ao contrário do meu homônimo, sou um eterno otimista e espero ver KANAAN e BIA na INDY 2011. : )

  2. Joao disse:

    Pergunta ao pessoal: Vocês investiriam 1 real num piloto nota 10, uma pessoa 100% que depois de 1 título não fez mais nada numa categoria? Eu não. Amigos, amigo, negócios à parte. E se e for para a NASCAR vai tomar fumo. Há muito tempo só vejo o Tony andando bem de kart.

  3. Paulo disse:

    Estoria esquisita…….

  4. Thiago Barbosa disse:

    Temos duas opções, a primeira é Jay Penske ligar pro seu pai e pedir socorro, grupo Penske tem varias empresas que poderiam ajudar, a segunda é Tony ligar pro Kyle Busch, a equipe dele conta com apoio da Toyota, da Nascar, e pelo que se vê, não falta patrocinio.

  5. hendrix disse:

    kd o pé de chinelo q disse q ia assinar o cheque?

  6. roxxon valdez disse:

    que decadência ! é triste ver isso tudo!.

  7. marcelo ivo disse:

    Na Nascar East (categoria disputada pelo Miguel Paludo em 2010) foi criada uma equipe brasileira… acho que seria um bom início!

  8. cruz disse:

    e o barrichello, não ia socorrer o amigo?

  9. Mauricio Harada disse:

    Perguntas para o Victor Martins:

    Na sua opinião,

    qual seria a melhor opção para um piloto de 36 anos, que foi campeão da Indy em 2004 mas não tem conseguido grandes resultados nos úlotimos anos, e que na última equipe teve como destaque ser o ‘professor’ dos mais novos?

    O Tony Kanaan é considerado um piloto pra disputar título na Indy? E, em outras categorias, como a segunda divisão da Nascar, ou mesmo na principal, e também em categorias de prestígio como o DTM, por exemplo, ele é um piloto cobiçado, bem cotado?

    Pergunto isso porque gostaria de saber mais sobre como este pessoal é visto fora do país. Aqui a gente tem pouca informação sobre a ‘moral’ deles lá fora e não conhece bem os meandros do esporte. Fora que, alguns veículos sempre tratam os pilotos brasileiros com um ufanismo que não revela nada sobre o quadro real das coisas.

    Tenho a impressão que os nossos pilotos não gozam de tanto prestígio assim, como alguns tentam propagar.

    Por outro lado, a dúvida também surgiu porque lembro de ter lido, há muitos anos atrás, que o Tony era considerado um dos pilotos mais técnicos já vistos no país, que era mais ‘relojinho’ até que o Senna em treinos e tal… Daí, fiquei sempre com uma boa imagem dele.

    Minhas dúvidas tem fundamento, ou, hoje em dia o que conta é grana mesmo e quem tem lugar garantido são só os campeões e olhe lá?

    Não sei se você é amigo do Tony e teria algum melindre em fazer alguma análise fria e que o rebaixaria de alguma forma. Se for o caso, até entendo e não o critico por isso mas, se puder, me esclareça sobre o quadro real.

    Desculpe o longo post e tantas perguntas. Obrigado e um abraço.

    • petrafan disse:

      Maurício, não sei se concordo com todas as suas impressões, mas sua pergunta é excelente.

      nenhum de nós precisou fazer esse tipo de pergunta a jornalistas e comentaristas para poder entender fenômenos como Senna, Schumacher, Pelé.

      mas no caso de Tony, Castro Neves, Massa, mesmo Barrichello, isso – ou seja, a real dimensão desses pilotos – é algo que nenhum jornalista, nem nossos caros amigos aqui do Grande Prêmio, jamais trouxe para nós.

      faço coro com o Maurício. alguém pode nos dar uma imagem mais real de Tony Kanaan?

  10. Rafael Palacio disse:

    Eu acho que tem a ver com os USD 5MM que vão ser distribuidos em Vegas…

    Tony corre na Nascar Truck… E tenta ganhar os USD 5MM na última corrida como convidado….

    Isso explicaria o porquê ontem Tony era piloto da De Ferran e hoje não é…

  11. luiz alberto disse:

    Tá na hora destes pilotos descobrirem que existe outras categorias fora das Open wheels.A menos que estas categorias tambem não os queiram.Pois eu tenho a impressão que o piloto que tem reputação de “virtual ganhador´´,qualquer equipe o quer,más aquele que só é mais um participante,que eventualmente possa ter um bom desempenho.Este sim tem que pagar,pois a sua participação não é garantia de boa exposição na midia.
    É hora de acordar-mos e ver que deste batalhão de pilotos que esta correndo fora do pais,só é constituida de bons pilotos ,nenhum acima da média como ja foi a algum tempo atrás.e de bons pilotos o mundo está cheio.Ou alguem aqui acredita que donos de equipe não saibam avaliar os potenciais campeões.Equipes de ponta,pilotos de ponta,sempre foi assim ,ninguem investe num carro carissímo e o entrega a alguem que só vai “tentar´´ fazer uma boa corrida,ele quer um ganhador.A nossa midia que por motivos óbvios,é muito ufanista,e enche de ilusão os torcedores brasileiros,
    Quem realmente gosta de automobilismo,assiste e acompanha as matérias,más sabe muito bem o quanto limitado estamos em ver brasileiros no pódium

  12. Fabio de Deus disse:

    É o fim dos tempos mesmo… Um pilotaço como o TK, campeão da categoria e tudo o mais sem equipe pra correr…
    E isso com cada braço duro no grid…

  13. André Nascimento disse:

    Bem que capaz do TK se bandear para a Nascar Truck, onde seu nome era falado e até o Nelsinho Piquet o queria por lá.

  14. Emerson Ribeiro disse:

    A Ipiranga que patrocina a Bia pode abrir a mão e patrocinar os 2 que sabe até numa equipe.

    Que coisa! O Tony junto com o Hélio são os que mais tem apelo publicitário e não consegui verba! Não dá para acreditar!

  15. Carlos disse:

    Vai pra Nascar que tu ganha mais amigo.

  16. Fernando C disse:

    Caro Vitor

    Não entendo muita coisa de negócios, mas será que o Tony e o Gil são são pessoas que possuem um bom apelo junto ao publico. Explorar a imagem deles, poderia sim trazer retornos excelentes para ambos e para a empresa que vai patrocinar.
    Eu acho que empresário aqui nesse país é muito fraco quanto a exposição da sua marca.
    Paciência, espero sorte aos dois!
    Abraços
    Fernando

  17. Cláudio Sobral disse:

    Essa é a realidade do nosso automobilismo, infelizmente. Sem $$, não corre. O TK é um campeão da Indy, piloto de alto nível e passa por isso. É incrível!

    Espero que dê tudo certo para o TK.

    • dinga boys disse:

      Pq do nosso automobilismo? Se o cara conseguiu 2.5 milhões ele corre de qq coisa no Brasil. O problema é que a Indy tá completamente quebrada. Ruim pro Kannaan, mas ruim pra vários outros tb, do mundo inteiro.

  18. José Inácio disse:

    Liga pro Rubens…

    Que sacangem fizeram com o Tony…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>