MENU

25 de março de 2011 - 1:02F1

Austral

SÃO PAULO | Vou começar por baixo. Eu julgava desnecessária a volta da regra dos 107% à F1. Que um ano faria as nanicas aprenderem com seus erros, procurassem parcerias válidas e profícuas e engenheiros capazes de lhes darem 2s ou 3s nas pinceladas de seus projetos, sem precisar dos acertos dos pilotos. Agora vejo que foi providencial. O grid na Austrália vai ter 20 carros. E olhe lá se a Lotus não se cuidar.

A Hispania mal foi à pista. Seus carros, que muitos até duvidavam existir, eram legos esperando suas peças. Talvez tenham ficado partes da carenagem e pneus na alfândega em Melbourne. Karthikeyan ficou cinco anos fora da F1, rezou muito, visitou templos em Mumbai, voltou e viu que ainda tem pecados a pagar. Liuzzi paga o preço de um campeonato ridículo em 2010 pela Force India. Se ninguém comprar essa equipe, duvido que chegue ao fim da temporada. Picaretagem.

A Marussia, ainda Virgin, nascida Manor teimou em se afastar dos túneis de vento para apostar num carro totalmente feito por computador. Deve ter projetado esse MVR-02 num 486, só pode. D’Ambrosio tomou 2s7 dos tais 107%. Glock foi na mesma toada. Não vão achar tempo nunca, esqueçam.

Lá em cima, Vettel dominou o treino, Webber foi lá e tascou-lhe o primeiro lugar em sua volta final. O pessoal sentado na grama ali do Albert Park gostou. Aliás, imagino que Interlagos esteja propício para fazer o mesmo, ver gente em seu gramado extenso e infinito. Mas, rapaz, a Red Bull enfiou quase um segundo sobre Alonso. É muita coisa. E pior: parece bem próxima da realidade da F1. A Ferrari que brigue com a Mercedes e, vá lá, a McLaren.

Barrichello em quinto, belíssimo resultado, ali entre Rosberg e Button. Barrichello, velho de guerra, continua bom. Vai carregar a Williams nas costas para lutar contra os leões, mesmo. E a Williams tem de aproveitar esse momento de hesitação de equipes tipo McLaren e Renault para ir coletando pontos importantes. Já Massa foi o mesmo de 2010: escapadas, erros e muita distância para Alonso.

Sinceramente? A única coisa boa foi a transmissão em HD, um espetáculo. Não fiquei lá muito empolgado com o que vi em pista. Começo, tal, mas deixaram a F1 meio ‘fake’, com essa coisa de asa móvel e zona de ultrapassagem e Kers. Talvez esse pneu Pirelli que gera buracos vulcânicos como o Eyjafjallajokull e dissolve ao gosto de Bernie Ecclestone dê uma movimentada, mesmo. Senão essa Red Bull vai levar o título a galope.

19 comentários

  1. Cal Souza disse:

    Quantos??? How Many??? How much???
    See you…

  2. Torres disse:

    Comparar a Hispania com o LEGO? Como colecionador me sinto ofendido! O LEGO tem qualidade!!!

  3. Raphael disse:

    Rubinho mercenário ou um invejoso comentando sobre ele? Fico com a segunda opção… e a F1 inteira tambêm com certeza…

  4. Ricki disse:

    E PENSAR QUE O NELSINHO PIQUET ERA SÓ 0,2s MAIS LENTO QUE O ALONSO EM UMA RENAULT / BRIATORE ( ERAM 200% ALONSO) !!!

    IMAGINO QUE COM O MESMO TRATAMENTO E EQUIPAMENTO, SERIA O SEGUNDO HAMILTON NA VIDA DELE…

  5. Odilon disse:

    pelo amor de Deus . algum de vcs acreditam mesmo que a Ferrari da as mesma condições e exatamente o mesmo equipamento do Alonso p Massa ? com o patrocínio do Santander e o habitual jeito carcamano do italiano de ser ? o massa pode se esborrachar na parede que não terá nunca a mesma condição do Alonso, como o Rubens não tinha no tempo do Chupada. por favor , vejam corrida com amor e atenção e não apenas como desculpa entre uma entrada na privada e outra para uma descascada. é igual achar que o Mark terá o mesmo tratamento que o Vetel . se a maioria mantiver a boca fechada e os olhos atentos na hora da corrida pode ser que aprenda alguma coisa ( tem gente bacana e inteligente que comenta e segue a coluna ).

  6. Eduardo Miler disse:

    Eu e o Massa tbm somos mercenarios…Abs

  7. Mingau disse:

    Alguem sabe quem vai narrar a F1 pela Globo?

  8. Bruno disse:

    Caique, na boa…
    O Massa poderia ser um Mansell ? O inglês pode não ter ganhado tres ou quatro títulos como seus adversários, mas tinha arrojo e habilidade de sobra, e disso ninguém duvida…

    E essa de chamar o Rubinho de mercenário…. Sem comentrios.

    Sobre as pequenas, menos a Lotus malaia, tomara que suas fábricas peguem fogo e os donos desistam da F1, mudando para o ramo das bicicletes motorizadas, quem sabe…
    Aí o Bernie podia mudar de ideia sobre grids pequenos e chamar duas novas equipes. Quem sabe a Epsilon Euskadi ?

  9. Rodrigo Silva Rodrigues disse:

    Vejo comentários onde chamam Barrichello de mercenário… eu também sou! Trabalho com engenharia! E gosto… mas me pagam por isso! Eu não faço de graça!
    Ele também não faz de graça! E gosta do que fez! Recebe muito? Claro, nesse meio, USD 500,000 não é nada! Mas é bem vindo, lógico!
    FOCO : Eu acreditava também que as equipes pequenas iriam trabalhar para melhorar o rendimento, mas pelo visto, apenas a Lotus tentou esse upgrade!
    Claro que a seleção natural (regra dos 107%) vai melhorar o grid, mas isso também indica que termos menos carros e menos chances para novos pilotos (inclusive brasileiros)…
    Estas zonas de ultrapassagem realmente desanimam, mas enquanto o gagá estiver no comando, será assim! E esse gagá vai durar, viu… Ele é malandro!

  10. Rodrigo Pacheco disse:

    Ctrl C + Ctrl V no nome do vulcão. hahaha

  11. caíque disse:

    pra mim massa sempre foi um piloto meia boca, contudo toda via q, com o universo conspirando ele poderia ser campeão, tipo hill, button, mansel, Mika Hakkinen, etc
    antes ele era uns 300 miléssimos a menos q um alonso um shummy (com as mesmas condições) + com a molada em 2009 ele ficou mais de meio segundo à 900 milésimos, se antes já era dificil ser campeão, hoje nem milagre.
    massa já era, vai correr de linea em 2012
    é cba é rede bobo, a caldo desandou.
    2012: digrassi? 1° sobrinho? rubens o mercenário? ainda bem q meu amor pela f1 não depende de brasileiros

  12. JC Simonassi disse:

    É claro que a imprensa local (principalmente a RGT) tem mais é que encher a bola do Massa. Afinal é dele que dependem pra ter um brasileiro com alguma chance de andar na frente nas coridas … LEDO ENGANO !!! Nada mudou em relação ao ano passado … e nem vai mudar. Eu e tantos outros aqui (e ali em outros blogs) escrevemos que a Ferrari faria um carro ainda mais a mão do Alonso. Apesar do péssimo caráter, o espanhol é bom piloto e portanto a franca aposta da Ferrari e seus patrocinadores … Negócios são negócios !!! Se Massa pretende ter algum futuro na F1 tem que torcer pro espanhol se arrebentar num muro qualquer ou então procurar espaço em outra equipe. Na Ferrari quem manda é o espanhol !!!

    JCS

  13. Stanley Ragazzi disse:

    E o Lito teimando que o Kers recupera energia do calor dos freios? Essa foi a pior…

  14. Luiz Ronaldo disse:

    Faço coro com os demais fãs, desnecessária essa patacoada de asa móvel e KERS.

  15. Bruno disse:

    O carro da Hispânia já virou lenda urbana, que nem a loira do banheiro…

  16. Vinicius Sposito disse:

    Pelo que vi Victor, acho q teremos uma corrida bem interessante e movimentada…. principalmente em função do alto desgaste dos pneus pirelli, pois além do desempenho dos carros piorarem demais à medida q os mesmos se desgastarem, cada “fritada” vai abrir uma cratera no pneu, o que provavelmente deva gerar um pit-stop emergencial ou uma queda ainda maior nos tempos de volta…

    Acho q nova asa traseira móvel deva proporcionar mais ultrapassagens sim, mas não tantas como se especulava a ponto de banalizá-las…..

    De resto, acredito numa dobradinha da Red-Bull com Ferrari e McLaren disputando a segunda fila, mas com vantagem para a Ferrari ainda….

    E certamente, no máximo 20 carros largarão….

    Abraço

  17. Will disse:

    A liderança do campeonato desse ano ficará entre Mclaren e Red Bull. O desempenho da equipe inglesa nos treinos da pré-temporada não deve corresponder a realidade nos treinos oficiais e corridas (ou estavam escondendo o jogo ou conseguiram acertar o carro nos treinos ou computador). E a equipe austríaca deve manter a força dos últimos dois anos e vir com um carro forte, dependerá mais da constância e desempenho dos seus dois pilotos (tendo agora Vettel como campeão do mundo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>