MENU

8 de abril de 2011 - 1:32F1

Mal azia

SÃO PAULO | Até poderia dar um pouquinho de dó. Porque essa gente se esmera em projetos, passa a vida a estudar, a compreender computadores e túneis de vento, a debruçar-se em números e dados, a encontrar soluções que façam aqueles carros beirarem a perfeição e completarem as voltas que a vida da F1 traz no menor tempo possível. Essa gente se enche de esperança quando inclina um retrovisor a 57º pro ar passar melhor, quando bota um escapamento perto do fluxo aquecido no dobro da temperatura ambiente, quando coloca o formato da entrada de ar numa letra cirílica, quando descobre que pode fazer uma suspensão que reúna os principais elementos alcalinos terrosos da tabela periódica. Aí essa gente se infla quando vê a obra completa e indo para a pista, quando vê um caminho bem trilhado e que pode sonhar grande. E, então, essa gente vê a Red Bull e murcha.

Até daria dó porque é abissal a diferença. E é partindo de Webber, o ‘nada mal para um segundo piloto’, para o primeiro resto, a McLaren, e o restão, que começa com Mercedes, passa por Williams e Force India antes de chegar à Ferrari, e por aí vai até chegar na catota da Hispania.1s6 para Hamilton, 2s1 para Schumacher, quase 3s para a Ferrari. Aí a Ferrari me vem com a desfaçatez no Twitter: “Não, porque há muitos fatores a serem analisados, principalmente no pneu, na nuvem cumulus-nimbus, nos pedaços de suspensões das Lotus Renault e nas 49 pessoas presentes nas arquibancadas”. Não que Flavio Briatore se aproxime de ser um paladino da verdade, mas essa gente em Maranello já podia pensar no ano que vem, mesmo. Ou torcer para que o apocalipse seja antecipado em um ano para que esconda o mal concebido Fiat 150º.

Falando no único carro decente, parece que acharam um problema no carro de Webber na Austrália — de fato não se explica que tenha andado tão mal lá —, e agora parece estar tinindo. Claro que a diferença para Vettel não existe, essa de 3s976. Mais fácil que Vettel lidere daqui pra frente, com pequena margem sobre o australopiteco. E, de novo, é só, meu povo. Não vai dar a mínima graça. Se querem ver uma corrida minimamente interessante, que façam que nem as outras equipes: peçam encarecidamente para que o clima tropical honre suas características e ponha abaixo um temporal que mexa com os touros.

Massa ficou à frente de Alonso, Barrichello tomou tempo de Maldonado, as coisas não estão lá muito normais neste sentido. E a Hispania saindo dos boxes fumando, hein? E de novo ficando acima dos 107%, não dá um pouquinho de dó, não?

Näo, nem um pouco.

4 comentários

  1. André disse:

    Torcida para que chova. Não tanto, pois hoje existe aquela frescura tremenda de começar corridas com Safety Car e fila unica. Pista um pouco molhada já fica legal.
    André / Piloto no http://www.f1bc.com

  2. Bruno disse:

    do da Hispania ? Nao mesmo

  3. Felipe Farg disse:

    Serio meu, vc me faz uma observacao de uma temporada inteira em cima do primeiro treino de uma sexta-feira na segunada corrida do campeonato.

    Nao soh a Ferrari, Mclaren e Mercedes tem condicoes e competencia de evoluir e lutar pelo titulo desse ano, como a Hispania em situacao normal vai ficar abaixo dos 107%.

    Para qm tem um blog sobre automobilismo em uma pagina respeitavel sobre o mesmo assunto, vc foi muito infeliz e leigo nesse post.

    Dah doh eh de vc, precisa se informar ou apenas pensar melhor antes de escrever.

    Dah doh eh de vc,
    Abraco.

    • Junior disse:

      Concordo em termos com o Felipe. No ano passado a Red Bull quase perdeu e a Ferrari, ou melhor, Alonso, mesmo com um carro pra lá de meia boca quase foi campeã. É um campeonato longo de 19 corridas, 20 com Bahrein se acontecer e você já tá escrevendo isso. Na corrida da Austrália se viu a Red Bull em forma mas em corrida não tão distante assim. Sem contar que pode chover na Malásia e tudo vira loteria. Calma lá, amigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>