MENU

5 de outubro de 2011 - 10:57F1

Button segue

SÃO PAULO | O óbvio e esperado aconteceu, e a McLaren confirmou hoje de manhã que Button fica no time. Não deu detalhes da duração do acordo, como é de seu costume, mas soltou que é “a longo prazo”. Assim, o boato plantado de que Jenson seria o próximo na escala da Ferrari para substituir Massa em 2013 morre.

É uma vitória mútua. Button é hoje o líder da equipe e está numa fase estelar, tão boa quanto a que viveu no início de 2009. A diferença é que há dois anos, seu carro e seu desempenho eram equivalentes ao que são a Red Bull e Vettel hoje. Reitero: não fosse a impecabilidade deste conjunto, Button caminharia com méritos para seu segundo título na categoria. Guia o fino.

Além disso, a McLaren mantém seu clima intramuros ameno e com equilíbrio de gênios. O outro fiel da balança, Hamilton, está num ano para esquecer. Um pouco de descanso após essa temporada vai fazer bem ao rapaz. Com a dupla mais forte do grid e um passo à frente, o time de Woking tende a ser o grande rival da Red Bull.

34 comentários

  1. fagner andre disse:

    SOBRE O TREINO …. no aguardo….

  2. Marcelo disse:

    Pra que não tiver PREGUIÇA de ler…

    Dizem que Button foi campeão fraco em 09, isso não existe, piloto fraco é aquele que tem CHANCE de ser campeão e não aproveita a OPORTUNIDADE…caso de Rubens Barrichello em 09, nesse ano sequer as grandes feras estavam na disputa: Alonso, Kimi, Lewis e Massa, que estava em grande fase superando Kimi em 08 e 09.

    Hilário foi o que ouvi dias atrás, que a Ferrari tirava cv do carro de Rubens para favorecer Schumacher, pois é, a Brawn também fez isso nas 7 primeiras corridas em 2009? Porque Rubens tomou uma verdadeira SURRA entre o GP da Austrália e Turquia. Conte quantas “cagadas” Button e Rubens fizeram entre esses GPs. Que me lembro Button sempre foi veloz e raramente errou o ano todo, já Rubens além de ser mais lento, errou uma barbaridade do começo ao fim da temporada. Button quanto teve carro veloz foi IMPLACÁVEL, quando percebeu que o carro não era mais superior(a partir do GP da Inglaterra), o que fez Button? Administrou a tabela sempre “persseguindo” Rubens nas corridas, e muitas vezes chegou a frente na segunda parte da temporada, mostrando que além de veloz era um piloto cerebral. E várias vezes Button largou mais pesado que Rubens, portanto nem a batalha de Grid a favor de Rubens tem que ser levada em consideração.

    Sabe qual é o problema da pachecada? É ficar “endeusando” pilotos do passado e minimizando os feitos dos pilotos das últimas gerações.

    “Ahhhhhh mas o Vettel vence porque tem Newey projetando o carro”

    Pois é, mas no passado:

    Clark teve Champman, 63/65
    Gran Hill teve Champman,68
    Rindt teve Champman, 70
    FITTIPALDI teve Champman, 72
    Andretti teve Champman, 78
    Piquet teve Murray em 81/83
    Prost teve Barnard em 85/86
    Senna e Prost tiveram Murray em 88/89
    Mansell teve Newey em, 92
    Prost teve Newey em, 93
    Schumacher teve sempre Brawn Byrne.

    São vários os casos, isso acontece desde 1950! Observe os anos de 77 e 78, Andretti era PRIMERIO PILOTO, o caso “asa” em 77 não estava totalmente desenvolvido(venceu 5 corridas), mas todos na F1 sabiam o que estava por vir em 78. E o que aconteceu? Chapman contatrou Peterson, mas sob uma condição, por contrato ele não poderia disputar o título com Andretti, e são VÁRIOS os casos(esta no tube) em que Peterson tinha chance de ultrapassar Andretti, mas não o fazia por causa do contrato. Mario venceu um campeonato FÁCIL sem adversários em 78, já Button em 09 se fosse “vacilão”, provavelmente perderia o título para Vettel, que por pouco quase foi campeão.

    Rubinho em 09, nem sombra fez ao companheiro(esse sim foi piloto fraco em corridas e campeonato, jogou fora uma chance de ouro, se fosse campeão em 09, poderia esta no lugar de Button na Mclaren), mas sequer brigou pelo campeonato, por pura falta de competência. Por anos ouvi dizer que Keke Rosberg foi um campeão fraco, porque apenas venceu um GP em 82, mas nessa época(81/82/83) o que fazia diferença era a regularidade, poupar equipamento era fundamental, Prost nesse ano de 82 por 9 vezes quebrou quando era líder, ele mesmo admite que se fosse menos arrojado poderia ter sido campeão antes de 85.

    Button chegou como fora de série em 2000, assim como Kimi foi questionado se poderia receber a super licença, Villeneuve na época foi contra. Schumacher a favor: “Se tem talento, qual o problema? Eu vi Kimi em Mugelo, ele é rápido e não fica na cx de brita a cada 15 voltas”

    Em 04 Button se destacou em várias corridas, e pilotava apenas uma Honda, foi terceiro no mundial, um grande resultado. Em 2006 fez pole e venceu seu primeiro GP debaixo de chuva no GP da Hungria largando em décimo quarto, e a Honda estava longe de uma Ferrari ou Renault. Demorou, mas quando teve carro vencedor Button não decepcionou, dominou quando o carro era bom, e foi cerebral quando não tinha um carro veloz, campeão com méritos em 09. Erros de Button em 09? Coisa rara…

    Como mostrou velocidade e MATURIDADE, foi correr na Mclaren, mesmo sabendo que Hamilton era (e é) o queridinho da equipe. Vamos ser justos, Hamilton é mais arrojado que Button, isso chama a torcida, mas Button ao seu estilo “Prost” nos ultimos 3 anos vem fazendo um grande trabalho. Em 2011 esta dando “banho” em Hamilton, já são 8 pódios de Button contra 4 de Lewis, os dois venceram duas grandes corridas, mas Button deu show, foram duas vitórias na chuva e outras grandes performances…

    São 11 vitórias na carreira(10 nas últimas 3 temporadas), pelo menos 5 vitórias(contando a da HUN 06) Button venceu de forma espetacular na chuva. E ainda falam que Rubinho é que é muito bom de chuva…mas quantas corridas Rubens venceu na chuva nos tempos de domínio na Ferrari e Brawn?

    Hamilton esta em seu quinto ano de F1 e mostra que falta maturidade, esta virando piloto “mãos de alface”, sempre quer ganhar as corridas nas 10 primeiras voltas, isso não existe!

    Lewis esta mais preocupado em dar show em corridas que ser CAMPEÃO de Formula 1, só que, esquece que existe um longo campeonato por trás, arrojo e velocidade não é tudo, basta ver como Vettel é veloz e preciso. A Mclaren tenta de todas as formas fazer de Lewis um novo Senna na equipe, faz um FORTE marketing em cima disso, vive fazendo comparações inúteis. Bom, pelo menos Lewis esta lembrando o Senna da temporada de 89, onde o brasileiro fez uma temporada medonha cheia de erros, mas pelo menos não estragava a corrida de ninguém.

    Se for comparar, Button em 2011 e Rubens em 02/04, o brasileiro teve carro até melhor, mas sequer dava show como faz Button em 2011. E o domínio de Schumacher em 02/04 não é desculpa, Vettel faz o mesmo em 2011 e vários pilotos esse ano se destacaram. Até Schumacher com um carro longe de ser de ponta vem fazendo grandes corridas como: MON,CAN,BEL,ITA. Em Mônaco Schumacher fez grandes ultrapassagens na Lowes, estava a frente do Nico, mas o carro acabou quebrando. No Canadá pilotou uma barbaridade na chuva, Bélgica largou em último e fez uma espetacular recuperação, e o que dizer de Monza, dando AULA ao Lewis de como se deve defender uma posição?

    Pode colocar o Rubinho na RBR ao lado de Vettel que o resultado é…SURRA, Rubens só vai somar pontos e levar o carro até bandeirada, nada mais, foi isso que fez em 02/04/09.

    Essa é a grande questão, quando o piloto tem um bom carro (nem precisa ser o melhor), ele mostra do que é capaz, vimos isso com Senna na Lotus 85/86/87, Schumacher 91/92/93 na Benetton, Alonso na Renault em 03/04, Vettel na Toro Rosso 07/08. Todos chamaram atenção das grandes equipes, todos se estabeleceram e CONVENCERAM na F1. Rubens teve chances de sobra em 00/01/02/03/04//06/09, sempre com bons carros. Sequer Mclaren, Williams(fase boa) e Renault firmou contrato um dia. Rubens deu sorte de correr pela Ferrari, porque só fazia grandes corridas a cada 30 GPs, muito pouco pra quem quer formar campeões…Enquanto Schumacher disputava vitórias e títulos com Hakkinen, Alonso, Kimi, Montoya. Rubens disputava pódios com Coulthard, Ralf, Trulli e Vileneuve já em baixa na BAR…

    Fera que é fera, chega e “arrebenta”, não fica dando desculpas eternas botando a culpa no mundo, desculpas é para perdedor.

    Button sempre ficou “quietinho”, quando teve carro bom, começou o show, e se for comparar Prost e Button na chuva, Button dá surra no francês que era um tremendo fiasco em piso molhado, até D.Hill chegava a frente do francês, basta ver os GPs do Brasil e Europa de 1993 com carro “do outro mundo”, e Hill era apenas um novato, era o primeiro ano de Hill na F1 em 93..

    Button pode não ser um PILOTAÇO que transforma equipes(como foi o caso de Schumacher na Benetton e Ferrari), mas esta provando que nunca foi um piloto mediano, apenas faltava carro para mostrar que era bom…se encaixa no estilo de piloto velocista, diferente de Piquet, Prost, Schumacher, Alonso que são verdadeiros líderes de um time, porque sabem “transformar” uma equipe, sabem organizar e dão estabilidade por onde pilotam. Vettel também caminha pra isso, a Toro e RBR só começaram a vencer depois que teve Vettel ao volante, o jovem alemão faz a equipe trabalhar com vontade.

    Fico imaginando Button na Ferrari ao lado de Schumacher, poderia não bater o alemão, mas com certeza ia fazer grandes corridas com aqueles carros…

    Metem o pau em D.Hill, mas compare os “números” de Hill e Rubens abaixo, chega ser assustador!!! Hill chegou a vencer GP da BEL 98 de Jordan na chuva ,e por muito pouco certa vez, não venceu de…Arrows em 97.

    GP Bélgica 1998 – Última Vitória de Damon Hill(Jordan)
    http://www.youtube.com/watch?v=T1gmwimMYdo

    Damon Hill – Hungaroring 1997 – Última volta com Arrows
    http://www.youtube.com/watch?v=HSa9o6SwtiI

    Hill lidera as duas últimas voltas na Hungria, mas os tempos são dramáticos:

    D.Hill
    1:31.427

    Villeneuve
    1:23.499

    Na ultima volta Villeneuve passa Hill e vence a corrida, numa das maiores INJUSTIÇAS do destino na F1…

    Damon Hill:
    Temporadas, 8
    GPs disputados,115 largadas
    Títulos,1
    Vitórias,22
    Pódios,42
    Pole positions,20
    Voltas mais rápidas,19

    Barrichello
    Temporadas,19
    GPs disputados,318 largadas
    Títulos,0
    Vitórias,11
    Pódios,68
    Pole positions,14
    Voltas mais rápidas,17

    Damon Hill perdeu 2 títulos(94/95) antes de ser campeão em 96, mas com Prost isso também aconteceu em 83 e 84, e pior com Mansell em 86/87/91. Hill pode não ser “gênio”, mas piloto fraco como sempre foi taxado, isso Hill nunca foi. Pelo menos ele fez o BÁSICO em 96, bateu seu companheiro de equipe e foi campeão, coisa que Rubens sequer conseguiu em 09. Detalhe, Villeneuve em 96 era um novato, foi vice com 4 vitórias. Rubens com anos de F1, sequer foi vice em 09, e venceu apenas dois Gps…D.Hill venceu com carro inferior na Jordan, quase venceu de Arrows…
    …e Rubens? Cadê pelo menos uma vitória com carro inferior, nunca conseguiu uma(cadê o grande acertador de carro?), Rubens sempre venceu quando Ferrari e Brawn tinham carro de ponta, disputavam até título…Se Rubens venceu 9 corridas na Ferrari, é GRAÇAS ao Schumacher que “ergueu” a equipe desde 96, nos anos seguintes já brigavam por títulos…e se não fosse aquela perna quebrada em 99, a alemão seria o campeão, não Hakkinen…

    • Sérgio Balbino disse:

      zzzzZZZZZzzzzzZZZZzzzzz….

    • Alex disse:

      Cara, até que enfim eu lí alguma coisa que presta, falou tudo… falou até muito, hehehe, mas assino embaixo. Para estes que criticam o Button, eu o considero, juntamente com o Vettel, um dos maiores pilotos da atualidade. Sabe o que fazer com um carro, não o maltrata, é só ver a pilotagem do Button e Vettel quando mostram as câmeras internas, é o fino da pilotagem. E não é uma questão de carro, o Weber e o Hamilton maltratam e brigam com os carros o tempo todo, e estes são iguais aos dos seus companheiros. O Hamilton é um piloto rápido e me lembra muito o que o Piquet dizia do Mansell, o Hamilton também é um “idiota veloz”, mas como dá show, os torcedores incautos acham que é um grande piloto. Grande piloto é o que chega na frente e tem mais pontos, isto é um fato, afinal, esporte, show ou seja lá o que se diz da F1, ainda existe uma competição e sempre ganha o melhor. Por que Vettel ganha do Weber? Por que Piquet ganhou do Mansell”, por que Schumy ganhou do Rubinho? Por que Alonso ganha do Masa? Óbvio, é porque são ou foram muito mais pilotos.

    • Andre disse:

      isso não é um comentario, é um post O_o

    • Luiz G disse:

      Marcelo, eu não li tudo, mas acho que peguei a idéia geral.
      Sua análise é interessante, mas esquece um ponto importante.
      A maior falha do Barrichello foi na escolha de parceiros.
      -Quando ele estava na Jordan, ele começou bem até Eddie Jordan (irlandês) contratar Eddie Irvine (irlandês) para o time.
      -Depois ele foi pra Stewart e Jackie Stewart (britânico) gostava dele. Mas contratou Johnny Herbert (Britânico) para ser comapanheiro de equipe. Herbert venceu uma corrida pela Stewart.
      -Depois ele foi pra Ferrari, onde TODO MUNDO sabia, era a equipe do Schumacher. A Marlboro pagava para ter Schumacher ali e fim de papo.
      -Depois ele foi pra Honda e a equipe não ganhou nada com ninguém.
      -Depois a Honda virou a equipe de Ross Brawn (inglês) e manteve Button (inglês) como companheiro de equipe.

      —Na lotus, Senna nunca teve um parceiro inglês como companheiro de equipe ( e barrou Derek Warwick, que era inglês)
      —Na Mclaren, o companheiro era francês (prost) e, depois, Austríaco(Berger)…e depois, um americano (Andretti) e, depois, um Finlandês (Hakkinen)….como se vê, Senna entendia mais de política do que Barrichello….ou Barrichello é um azarado mesmo.

      Pergunto: Se VOCÊ tivesse uma equipe de F1e Barrichello e Button fossem seus pilotos, quem você tornaria campeão?
      Se você pensa que um dono de equipe não pensa nisso, pense de novo.

      Abraços.

    • Luiz G disse:

      …Também é interessante lembrar que:

      -Hill (inglês) foi campeão numa equipe inglesa.
      -Mansell (inglês) foi campeão numa equipe inglesa.
      -Hamilton (inglês) foi campeão numa equipe inglesa.
      -Button (inglês) foi campeão numa equipe inglesa.
      Não estou dizendo que são incompetentes, mas, será que seriam campeões se as equipesnão fossem inglesas?

      ….Villeneuve foi campeão pela Williams quando tinha um companheiro de equipe alemão (Frentzen)
      ….Prost foi campeão pela Williams com um parceiro inglês (Hill), mas já era tri-campeão e assinou um contrato bem específico.

      O “nacionalismo” fala alto na F1. Existem excessões, claro, mas….mas fala alto.
      ….

    • Eudemar disse:

      Quanta paciencia de escrever tanto! Eu nem li! Vi só os prieiros parágrafos e resolvi dar meus pitacos, como torcedor de F1!
      Acho simplesmente estranho, a fase Schumacher e Irvine, que ficaram de 1996, 1997, 1998 e 1999, sempre chegando perto e não dando o título, q

    • Nelson Weiss disse:

      Deu para cansar, mas valeu a pena.

    • luiz alberto disse:

      Marcelo,parabens apesar de longas muito boas colocações.
      E para o chará Luiz G:
      Emerson campeão numa equipe Inglesa
      Piquet pai campeâo numa equipe Inglesa
      Senna campeâo numa equipe Inglesa
      Essa é a mais estúpida Pachecopdesculpa que já tenha lido ultimamente,mesmo porque não temos uma equipe brasileira atualmente e talvez nunca tenhamos,uma vez que nosso automobilismo doméstico tem se resumido a uma cópia mal feita do que é praticado nos EUA,o que convenhamos não é nenhum modelo para criar vencedores de F1,Pois nem os própios americanos tem vencido ultimamente em suas “maravilhosas´´formulas ,suas categorias de formulas tem sido dominadas por estrangeiros frustados nas categorias européias.

  3. Ricardo Arcuri disse:

    Reitero: Aonde estava Button no começo do campeonato? Alguem percebeu que ele existia? Sendo assim, o que o credencia como tal candidato ao titulo? Ele pode ate estar guiando bem agora, mas lhe falta um pouco de agressividade e fases de inconstancia sempre foram constantes em sua carreira. Ele pode ate estar dirigindo o fino hj, mas dizer que ele poderia ser campeao com um bom carro é forçar a barra!

  4. Luiz Gustavo disse:

    Ótima notícia para todos os envolvidos, mas lá se vão minhas parcas esperanças de ver a amizade da família Senna com a McLaren se transformar em uma vaga para o Bruno em 2013.

    • Diego Augusto Queiroz disse:

      E desde quando esse Bruno Senna é um pilotaço que merece pular etapas?

      Ele, aos 28 anos, nunca foi nada no automobilismo (além de um sobrenome, claro)

  5. Wesleywess disse:

    Em tempos de pneus mediocres fica difícil saber quem pilota alguma coisa nessa porcaria que se transformou a F1. Quando vc acha que tem alguém despontando na corrida, vem logo a observação de que fulano está com pneu novo e fulano não, com atecnologia de hoje acho inacreditável que um pneu não dure 20 voltas… corridas há 20 anos atrás, o pau quebrava durante muitas voltas, e às vezes a parada acontecia não por falta de pneus, mas para reabastecimento.
    Fica a pergunta… vale a pena? Batalhar em várias categorias de fórmula, sempre procurando ser o mais veloz, o que arrisca tudo, e chegar na F1 e ver determinado piloto ser alçado a Deus, porque usa o pneu melhor que os outros, pra mim é demais… F1 é velocidade, mas fica um bando de velho gagá criando inúmeros artigos para valorizar o piloto mediano…

  6. João Luiz Marques disse:

    Button é o piloto mais inteligente em corridas na F-1 atual.

    A impressão que eu tenho diante da carreira dele é a de que ele deve ser o mais gente boa entre todos os pilotos.

  7. Rafael disse:

    o engraçado é que button guia o fno e está só 17 pontos na frente do hamilton, que tem o seu pior ano… vai entender

  8. Rafael (raphal101) disse:

    É verdade que o Rubinho declinou do convite da McLaren, pois já tinha assinado com a Willians?

    • Eduardo Nascimento disse:

      Sim

    • Ricardo Arcuri disse:

      Na verdade Rafael, Rubinho declinou convite da McLaren em 1996, pois queria ser leal à Eddie Jordan. Isso enfureceu Ron Dennis, que nao quis saber mais dele. E ao mesmo tempo, provou ser um erro grave de Rubens, que foi relegado ao destino que a Ferrari lhe proporcionou.

    • luiz alberto disse:

      Talvez seja bem mais inteligente do que eu pense pois na MacLarem iria ser M A S S A C R A D O em tempos pelo Hamilton ,só teria a seu favor ser um “brasileirinho´´ correndo numa equipe inglesa e com um ingles como primeiro piloto(ingles este que que andava de patinete quando ele estreiou na formula 1,e já é campeão mundial)

  9. Sanzio disse:

    A única coisa preocupante do anuncio da renovação, é que dão a notícia, logo abaixo vem uma declaração do Button sobre a renovação, em seguida uma do Hamilton e depois uma da McLaren. Que coisa é essa de colocar a palavra do Hamilton antes da do time? Pode não ter nada a ver, mas quebra-se uma hierarquia. Pode dar uma noção meio errada ao garoto do que ele realmente é dentro da equipe e consequentemente “subir na cabeça”.

    PS: Deem algo para esse tal de Tibério! O caso dele é grave!

  10. Luiz G disse:

    Button e Hamilton ficam na Mclaren por longo prazo.
    Alonso fica na Ferrari por longo prazo
    Vettel fica na Red Bull por longo prazo.
    Rosberg fica na mercedes por longo prazo.

    …E Massa? Pra onde vai?……Será que pega o lugar do Webber ou do Schumacher quando se aposentarem?

    Vale apostas?

    • João Luiz Marques disse:

      Luiz G, eu coloquei num comentário anterior que acho que ele vai pro que hoje é a Renault, ou na pior das hipóteses, Sauber ou Force India, com chances imprevisíveis de Mercedes, pois não há movimento de mudança lá.

      Acho que ele tá mais pra Sauber em 2013.

    • FTrack disse:

      Se o Massa achar um lugar na Mercedes, está no lucro total. Dependendo do tamanho do binóculo que tomar em 2012 (sim, ou alguém ainda acredita que ele vai ter outro papel senão de escudeiro de dom Fernando?), talvez sobre uma Sauber ou Toro Rosso e só.

  11. Rodrigo disse:

    Tibério, meu filho, vai cagar, vai.

    Grande noticia para a McLaren e para mim. Uma dupla forte. Se Hamilton voltar a ser consistente como em 2010 podemos esperar uma grande temporada da McLaren.

    A Ferrari já se diz focada no carro de 2012. “Um projeto agressivo” dizem pela bandas de Maranello. Podemos esperar uma grande temporada de Alonso.

    Mas o que espero mesmo é que esse domínio de FFFFettel pare por aqui e que tenhamos uma temporada como a de 2010. Com ultrapassagens (asa/kers) e o equilibrio de forças (não é possível que McLaren, Ferreri e Mercedes continuem penando para a Red Bull por mais um ano), acredito que 2012 será uma das melhores temporadas da F1.

    PS: Rodrigo, vai cagar, vai. Tá muito grande o texto, ninguém vai ler e só vai dar trabalho ao dono do Blog, puta merda.

    • TIBÉRIO disse:

      É o cúmulo da falta de educação da sua parte me mandar defecar, depois falam de Rafinha Bastos, Hebe, Chacrinha e comanhia. E as estatais? Dessas niguém fala, ninguém manda seus presidentes biônicos se calar…

      Cala tu, Rodrigo, filho ignaro e popular da malfadade “verdade”, que cambaleia trôpega pelos corredores dos hotéis 4 estrelas das capitais mundiais ao som de pianistas frustrados que afundam seus dedos no pesado piano da vida no lobby do esquecimento…

      Calai.

    • Rodrigo disse:

      hahahaha. Essa foi boa Tibério. Veja bem, quando mando você ir cagar, só estou dizendo que você deveria ir fazer (falar) merda no lugar correto, entende? Não aqui no blog. O Blogueiro, por vezes, diminutas devo dizer, fala de política, haverão posts onde você poderá desfilar sua verborragia afetada e falar dos políticos que tanto permeam seus pensamentos.
      Mas nesse aqui, vamos falar de corridas?

  12. Vitor Santos disse:

    Concordo com tudo que você colocou. Mas ainda cravo Hamilton na frente de Button no fim do ano.

  13. TIBÉRIO disse:

    Falem o que quiser: Button, Patrese, Peroni: todos pilotos, mas a Mclaren tem toda a questão de seus carro pra resolver, carros prateados, com motor Mercedes que um dia se vai e terão outros, de outra marca, tenha certeza, e aí a coisa vai pegar, sem Red Bull ou Williams pelas laterais.

    Se Ron Dennis continuar assim poderá perder seu grande ganho que esta ameaçado, como as florestas nativas de nosso país, esse, assolado pela corrupção dos políticos como Sarney, Renan, Zé Dirceu, Lula e outros, todos confortavelmentes em seus palacios acarpetados rindo entre longos tragos de whisky escocês, como Jackie Stewart e David Coulthard, hoje aposentados e fora da Mclaren, equipe pela qual um deles nunca correu, nem correrá, pois é idoso e tem olho caido, mais caido que a economia do Haiti, negligenciado pelos países ricos que só pensam em manter o euro, moeda cara que financia as equipes de F1 e os super salários dos pilotos, como Button, que teve seu contrato renovado por periodo indeterminado. Inderminado como o futuro de Barrichello, o que fará 40 ano que vem, metade deles na F1.

    E assim vamos, por mais que lentos como a Hispânia, mas com Raul Boesel na Indy isso acontecia, ele que só abandonava e nunca ganhava, hoje ganha como DJ, não o Marlboro, que nem fumar fuma (não cigarro, pelo menos).

    Enquanto isso Inezita Barroso e sua peruca é esquecida pela mídia. Durma-se com um barulho desse, senhor Hamilton, sem contrato além de 2012…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>