MENU

9 de outubro de 2011 - 18:38F1

Sol que nasce

BLUMENAU | Estou numa semana de folga, o texto é curto, mas é válido apontar que o GP do Japão foi meio que uma boa amostra da temporada, sacramentando o mais que merecido título de Vettel e a fase estelar que vive Button.

Vettel deixou de se preocupar com a vitória depois que a Red Bull, principalmente, sossegou-lhe o pito. Ficou ali atrás de Alonso no vaivém das paradas dos pits e já havia perdido o primeiro lugar para Button numa anterior. De certa forma, McLaren e Ferrari andaram no ritmo dos carros taurinos, e até Massa acompanhou o ritmo dos cinco tops por um certo momento.

Depois, como sempre, caiu.

Mas Massa tem sido uma vítima feroz de Hamilton. E até que responde, em pista, de forma limpa. Não acompanhei o que Felipe pode ter falado a respeito daquele toque na curva 16, mas, se falou, certamente disse algo com razão. Até estranho que não tivessem punido Lewis, que está na fossa negra. Por isso a McLaren só pode apostar em Button no nascimento e posterior desenvolvimento de seu carro pro ano que vem.

Bela corrida de Pérez, outro que vai se firmando com força na F1. É o provável substituto de Massa na Ferrari em 2013. Schumacher, idem. Kobayashi também vinha bem, mas seus pneus acabaram no fim. Teve momentos de mito, claro. E Liuzzi, meudeusdocéu, aposenta.

Acho que é só, por enquanto. O tempo abriu aqui, e a Vila Germânica chama.

10 comentários

  1. Alonsista disse:

    Fase estelar de Button? Vc deve estar se referindo à fase de sorte de Button porque ele teve um carro competitivo o ano todo e não brigou pelo título. Fase estelar é a do Alonso desde que chgou na Ferrari, sempre disputando as primeiras posições mesmo com o carro inferior ao dos rivais.

  2. Gilles_Senna disse:

    Relativamente ao Bruno Senna, alguém sabe dizer se o carro dele era o mesmo de Petrov? Em Singapura o russo perdeu o primeiro treno livre com uma atualização que não funcionou e já li algures que o Bruno rodou todo o fim de semana do Japão testando essa atualização, mais difícil de acertar. É verdade? O certo é que na corrida os pneus degradaram-se mais no carro do Bruno.

    Outra coisa, se o Bruno estiver a ler desde já lhe digo que o toque na segunda curva (com o Petrov) deve ser assumido como um erro pelo piloto. Eu sei que na F1 (e não só) os pilotos tendem a culpar a má sorte em determinadas situações, mas não concordo com essa abordagem. Sobretudo no caso do Bruno, um piloto em que acredito muito mas que está em nítida desvantagem por ter entrado a meio num ano de KERS, DRS e sobretudo pneus Pirelli que necessitam de tempo para se poder tirar o melhor partido deles. Era muito melhor entrar no início de uma temporada, chegando ao primeiro GP já com milhares de Kms. de testes e consequentemente um bom conhecimento do carro e dos pneus. Assim está mais sujeito a errar mas tem de melhorar neste aspeto. Só em Monza não viu a sua corrida comprometida por um toque (1.ª volta em Spa, 16.ª volta em Singapura e de novo 1.ª volta em Suzuka). Tem também de melhorar nas partidas.

  3. Carlos Roberto da Silva Junior disse:

    O Felipe Massa já pode dar o seu adeus á Ferrari no ano que vem e ele só aparece nessa zica com o Hamilton que esta sendo prejudicial á ele também por que só tem levando a pior e ele ainda vem esquecendo da surra grande do Fernando Alonso e com isso deve ficar ausente do podium esse ano e ano vem ele vai ter que trabalhar para o Alonso que já tem a equipe na mão e será á unica opção da Ferrari na luta pelo campeonato.

  4. Fernando Passos disse:

    Óbvio que o bi do Vettel estava mais certo do que qualquer outra coisa, há muito tempo.
    .
    Poucas observações ou comentários conseguimos fazer que não “essa Redbull é demais” “esse menino é um prodígio e vai bater todos os recordes” e blá blá blá…
    .
    Pois bem, quando estamos sem assuntos e queremos desenvolver alguma discussão usamos o bom e velho “SE”.
    .
    Usando-o, pergunto (à la vestibular):
    .
    “1) SE o Button fosse o companheiro do Vettel este ano na Red Bull, o que você acha que aconteceria? a) Vettel campeão com mais distância ainda pro Button do que agora; b) Vettel campeão com Button na cola até a última corrida; c) Button campeão com Vettel na cola; d) Button campeão já no Japão; e) nenhum seria campeão, pois as festinhas regadas às capirinhas de John Button acabariam com a concentração dos dois pilotos”;
    .
    “2) SE o Alonso fosse o companheiro do Vettel este ano na Red Bull, o que você acha que aconteceria? a) Vettel campeão no Japão com mais distância ainda pro Alonso do que agora pro Button; b) Vettel campeão com Alonso na cola até a última corrida; c) Alonso campeão com Vettel na cola; d) Alonso campeão já no Japão; e) nenhum dos dois, pois a Red Bull estaria quebrada em duas, com a turma do Alonso e a turma do Vettel cada um lutando por seu piloto”.

  5. Diego Ximenes disse:

    É o provável substituto de Massa na Ferrari em 2013. Schumacher, idem.

    Schumacher substituindo Massa em 2013? Não seria uma má ideia…

  6. Adriano disse:

    O Massa precisa escolher melhor os amigos, o Hamilton era um dos tais amigos. O outro era o Alonso, logo quando o espanhol chegou chegou na Ferrari o Felipe declaraou que conversou com o Alonso em uma semana o que não conversou como o Kimi em tres anos.

    Mas o Kimi jamais exigiria da equipe a troca de posição como fez o asturiano.

  7. J.O. disse:

    Voltou a trabalhar ou se mantem de ferias ? Nada como ser chefe do proprio chefe…

    Estava revendo a corrida no SporTV ontem a tarde, nao estou louco, deu para ver nitidamente, o Alonso abriu a asa na volta 43 para se defender do Vetel sem nenhum retardatario na frente dele, sera possivel ? existe como ? Assistam novamente e me digam se estou louco.

  8. Ricardo Arcuri disse:

    Ta na hora do Massa, dar um daqueles “totozinhos” que assustam, sabe? Tipico de uma NASCAR. Garanto que o Hamilton sossega. Ou pelo menos, nao ataca mais o Massa… Ja que a F-1 nao faz nada a respeito, ele deveria fazer.
    Alias, esse Felipe Massa nao é o piloto combativo que conheci anos atras. Naquela epoca, ele ja teria respondido o Hamilton a altura. Sera que ele ta tao combalido que nem responde às agressoes que recebe?

  9. eufrasino disse:

    Bom descanso

  10. Rodrigo disse:

    Acho que, na largada, Vettel quis dar uma de Senna, mas Button não quis dar uma de Prost e tirou o pé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>