MENU

13 de outubro de 2011 - 23:43F1

Ruingam

SÃO PAULO | Eu me lembro bem do ano passado, quando a F1 chegou à Coreia do Sul, no meio do nada e incompleta, e aí, mesmo antes da chuva que deixou a primeira parte da corrida com a bela presença do safety-car, o povo já criticava a pista. Uns pediam paciência. Foram tolos.

Basta ver que se trata de um circuito pior que o de Abu Dhabi, o que premia os coreanos meridionais com muitos parabéns, com as ressalvas devidas a Hermann Tilke. Parece que foi feita no Corel Draw, me disse o Rodrigo Berton. E o Anselmo Caparica há de chorar e reclamar, mas é ruim demais. É sem graça. Mal dá vontade de ver o treino. Por um instante, fiquei vendo a Chiquinha no ‘Programa do Ratinho’. Porque esta pista irrita. É cretina. Parece apresentação do Beto Lee no ‘Rock in Rio’.

Pronto, passou.

No fim das contas, no aguaceiro, Schumacher entubou Vettel usando pneus intermediários no fim, coisa de meio centésimo. Di Resta foi terceiro e, se Sutil não tivesse sido atrapalhado pela carroça hispânica do limítrofe Karthikeyan, ficaria com algo melhor que o quarto lugar.

Barrichello reclamou da altura do baixíssimo (nível) carro da Williams e foi só o 14º, só à frente do pelotão da miséria. Seis pilotos não marcaram tempo, dentre eles Senna e Massa. No que fizeram muito bem. Cabô.

No segundo treino, só deu McLaren, com sobras. Choveu, então enganou bastante. Logo mais, a gente sabe bem o que há de dar.

11 comentários

  1. Papagaio disse:

    Pro Tilke fazer um circuito de gp é colocar em trecho de curvas em s, velozes, uma ou duas grandes retas e um trecho de kartodromo. Deu certo na Turquia e só. Todas as suas pistas são iguais, mequetrefes, como diria minha vó, não seria melhor fazer circuitos de alta ou baixa ao invés de colocar tudo em uma pista só??

  2. Vinicius disse:

    Esta pista até que não é tão ruim. No F1 2011 do PS3 dá muitos pegas. A curva antes da reta principal é muito legal e dá pra colar nos caras, mas a parte travada realmente é um saco. A da India é a mesma coisa, mas tem alguns relevos e se parece com a do Bahrein. Tem uma sequencia em “S” bacana. Já Abu Dhabi é sem graça e fácil. Foi onde consegui a minha primeira vitória no F1 2010. Mas talvez por isso dá bastante pega e ultrapassagem. O problema é que os carros hoje casam direitinho com circuitos do Tilke, onde é só frear forte, fazer a tomada, jogar o carro na zebra, na tangente, e acelerar o mais breve possível. Apesar de ariscos os F1 de hoje são isso.

  3. R.CASAGRANDE disse:

    Eu já pilotei em Yeongam no F1 2010 e é chato, tem muito “prá lá e prá cá”, um retão e só. Abu Dhabi também, além de Sakhir. O problema não é o país, mas a falta de ousadia e criatividade para desenhar circuitos, Parece que o Tilke só tinha uma régua e um transferidor travado em 90º quando fez Abu Dhabi. Aí deixam a Turquia de fora e mantém essas pistas teco-teco. Isso é o problema da F1 atual.

  4. André disse:

    Acho ótima a pista. Mais legal que Interlagos inclusive.
    André / Piloto no http://www.f1bc.com

  5. Eric Winkler disse:

    É, mas os deuses do automobilismo gostam da Coreia Meridional, pelo jeito. Pelo segundo ano seguido, devem salvar a pistinha com outra chuvarada que proporcionará uma boa corrida.

    Da pista, mesmo, gosto apenas da última curva que leva à reta. Não por ser desafiadora ou por proporcionar ultrapassagens. Apenas gosto do layout dela. Parece saída do pedágio na Imigrantes.

  6. Eduardo disse:

    Cara não adianta, é Suzuka, Spa, Melbourne, Interlagos e Monza. Silverstone ERA não é mais…mas a minha critica não é baseada tanto nos layouts mas sim nas localidades das corridas.

    Temos Coréia mas não temos Portugal
    Temos India mas não temos França
    Temos Cingapura mas não temos Holanda…

  7. Marcos Fish disse:

    Concordo… Ja joguei tanto o F1 2010 quanto o 2011 e Yeongam é um saco… Abu Dhabi nao fica muito atras nao… Nao sei o que há de dificil fazer circuitos legais e simples como o Canada e Monza …

  8. Marcão disse:

    Bom!!
    É mesmo uma porcaria, zebras altas, aquelas curvas sempre iguais, etc…
    Mas é um circuito de F-1, temos que assistir…
    Só que todo mundo sabia que aquela saida de box iria dar confusão, mais cedo ou mais tarde. Como deu..Inventaram uma dal de luz, branca e azul.. Não resolve…
    E ninguem tá falando da entrada para os boxes, é mais perigoso ainda.. Bom,, deixa pra lá, afinal se é ou não, quem bota na reta mesmo são os pilotos e eles não falam nada antes de acontecer alguma coisa.. Só falam mesmo depois do fato consumado. Ai já é tarde…
    Vou assistir os treinos e a corrida numa boa, sem torcer pra ninguem.. Como estou fazendo já a algumas corridas.. Se não chover esse negócio de asa aberta, mais pneu bom e Kers, vai ser mais falso do que nota de 150,00 reais… Mas tudo bem… Vamos ver mesmo assim…

  9. fabiol disse:

    As pista do Tilke são o simbolo da atual f1.Muita ¨perfumaria¨ e pouca ousadia que satisfaz quem não gostam do ¨risco¨do piloto controlando os carros por sua própria habilidade e reflexos controlando o no braço e não no software.Ainda assim vemos pilotos atuais eleitos com bases estatisticas ¨melhores de todos os tempos¨

  10. Ricardo Arcuri disse:

    Tive a oportunidade de pilotar nesse circuito pelo F1 2011. Apesar da 1a. impressao ser interessante, depois de jogar fui obrigado a concordar contigo: BAITA CIRCUITINHO CHATO!!! So nao concordo em dizer que é pior que Abu Dhabi. Pq Monaco é mais interessante que o circuito Arabe…

    Ah sim, sou fã dos circuitos do Tilke. Para vc ter ideia de como eu nao gostei desse circuito…

  11. Dennis Tae disse:

    Eu vi muitos pilotos criticarem Abu Dhabi mas não vi críticas a Yeongam. Pelo contrário, Fernando Alonso, Lewis Hamilton e outros até elogiaram a pista… Realmente não gosto da sessão mais lenta, mas a série de três retas é interessante…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>