MENU

25 de outubro de 2011 - 14:12A várzea de rodas, Stock Car

A várzea de rodas, 4

SÃO PAULO | Aproveitando um comentário que foi feito neste agonizante blog — é que logo estamos em casa nova; desculpem o período em obras e ausência de posts —, é bom já dar alguns pitacos revelantes a respeito do assunto que já voltou à baila das mentes brilhantes do automobilismo nacional e que já tem sido comentado aqui e ali.

É sobre aquela ideia, se é que podemos assim definir, de impedir os pilotos que correm numa determinada ‘emissora’ de participar de campeonatos da outra.

O assunto já vem sendo debatido há algumas semanas, e segundo pude saber, partiu de dentro da própria Vicar — apesar de que, ao longo deste post, é incompreensível entender a razão. Basicamente, voltaram a conversar com a Globo para que nenhum piloto que esteja envolvido com as categorias da casa, o que inclui o SporTV, esteja em um campeonato transmitido por uma concorrente, no caso Bandeirantes e RedeTV!.

A proposta não tem tom de proibição; vai do piloto. As consequências serão vistas na própria transmissão: caso o competidor que peitar tal determinação vencer ou for ao pódio nas corridas Globo/SporTV, não será mostrado tampouco entrevistado. Ou seja: afeta diretamente a exposição dos patrocinadores, e daí se compreende onde entra a guilhotina.

O que causa estranheza na conversa é que isso afeta diretamente o Brasileiro de Marcas, exibido pela RedeTV!, que é de organização e promoção da própria Vicar. Mentora ou não da ideia, por que a empresa teria interesse em esvaziar um torneio de sua alçada, hein?

Outro fato curioso: como a Copa Montana também passa na RedeTV!, um piloto da categoria de base não teria como correr na Stock Car e vice-versa, num fato mais extremo.

Ainda sobre a Globo, uma info de bastidor: pegou muito mal a decisão da direção de prova em suspender a corrida realizada em Brasília por causa da chuva, em suas voltas iniciais. A TV, que não faz muita questão em mostrar o campeonato, teve de alterar às pressas sua programação no ‘Esporte Espetacular’. A última corrida, no Velopark, só vai ser exibida porque se trata justamente da decisão do campeonato — que envolve Cacá Bueno, além de Max Wilson.

Creio que seja mais um capítulo para a linda novela do automobilismo brasileiro, ‘A várzea de rodas’.

Adendo: Falcon Last, o irmão de Maicon Fast, informa que o Brasileiro de Marcas deve integrar a programação do SporTV em 2012.

>> E me siga no Twitter: @vitonez.

27 comentários

  1. Mauro Batera disse:

    Olha, não sei nem o que dizer, tamanha é minha indignação com esta RG!

    Uma das coisas mais legais que eu vi este ano, foi o Tiago Camilo logo após vencer em Salvador, deixar o carro e sair correndo comemorando!

    O reporter tomou um baita drible, e o mais legal, tudo ao vivo!!!!

    Tudo que a RG pega pra transmitir, ela estraga, isso é FATO!!!!!!!!!

  2. renato disse:

    Ola.Gostaria de salientar que essa stock-car brasileira e uma categoria que acima de tudo nao revela e nem desenvolve nada para qualquer coisa alguma.Nao existem fabricas envolvidas,ate porque nao existe industria automobilistica brasileira.Os pilotos da referida categoria sao na grande maioria omissos no que diz respeito aquilo que so interessam a eles proprios e sabem que se os dois Buenos,Caca e Popo sairem para outra categoria e para onde estiverem que ira a RG.Se esses pilotos se organizassem e criassem uma liga independente e seria poderiam sim faturar muito e assim como faz a F-Truck sobreviver muito e bem sem as babaquices impostas pela venus platinada.Basta olhar para a Truck:Scania,Volvo,Mercedes,Iveco,Volkswagen e Ford envolvidas e autodromos sempre lotados.Sera que eles e que estao errados ou o pessoal da Truck tem a receita certa para viver bem sem a RG?Abraços e obrigado.

  3. Vapabuçu disse:

    Os interesses comerciais (ganância?) daqueles que foram se apoderando das categorias do automobilismo mundial, dos anos 80 em diante, é que vem levando o esporte nessa direção, mais show que competição. O dono da F1 torpedeou o antigo campeonato de esporte-protótipos e, mais tarde, a Indy, então CART, para que nenhuma categoria sequer fizesse um pouco de sombra, no plano mundial, com a categoria principal.

    Os donos da Stock fazem a mesma coisa hoje, aqui no plano nacional, não querendo dividir os ovos de ouro da galinha. Quase não assisto essa categoria, pois quando o faço, geralmente pego corridinhas bem insossas, com soluções artificiais, que não motivam a “fidelização” para o próximo evento. Outras categorias dão a sensação de competição mais autêntica, principalmente por contarem com a imprescindível fórmula de colocar carros de diferentes fabricantes para “tirarem a limpo”, na pista, quem pode mais. O protecionismo que os donos da Stock tentam, portanto é compreensível, pois se bobearem, a cloaca da galinha dos ovos de ouro virará para o lado do GT-Brasil, com seus carros variados e corridas disputadas, como o foi a etapa de Campo Grande.

    O problema, no meu entender, não é o equipamento da Stock ser bolha ou não, mas o fato de ser tudo padronizado, monomarca, aliado a alguns tópicos de regulamento que a tornam muito artificial, restando, portanto a qualidade e nome da pilotaiada, na maioria muito boa, tornando-se importante, para a categoria, ter “reserva de mercado” no quesito mão de obra.

    É compreensível, porém lamentável!

  4. Queiroz Junior disse:

    Quando agente pensa que está ficando bom vem essa noticia de que a Montana e Marcas vai pra sport tv ,se não bastasse passar raiva com a sacanagem que é essa transmissão da stock. Pelo menos a rede tv transmite toda corrida e ameniza um pouco da bronca, so que esses cartolas sabem que nem todos que gostam de corridas tem tv a cabo. Essa Globo não ta nem ai pro nosso automobilismo, eu nunca vi um locutor global lamentar a destruição do autodromo do Rio por exemplo, e agora vem com essa de exclusividade de pilotos.

  5. Jacaré e Capivara do Tietê disse:

    Nunca mais fui no campo de futebol, nunca mais assisti a stock. Arquibancada exclusiva cheia de secretária e gerente armando pra dar bimbada e enchendo o rabo de comida, de costas pra pista. Já os brother das kombi fazendo churras no topo do cimentado da geral, parar o carro dentro de interlagos, assistir de lugar bom e barato junto de quem gosta de corrida e dos funcionários do autódromo que ficam curtindo…isso tudo nunca mais!!! A Stock virou a cara do Cacá Bueno…cara de babaca, estilo da Rede globo de perua véia mal amada, e organização do futebol brasileiro, corrupta, ineficiente e cheia de crápulas!!!
    VTNC vicar
    E chamar isso de várzea é ofender minha residência!!!

  6. Cristiano disse:

    Na verdade a Globo está querendo arrumar desculpa para não mostrar o pódio também na TV, isso sim. Aí ganham mais 2 minutos para mostar o desafio internacional de Biribol e os jogos “mundiais” de verão.

  7. Henry Weinert disse:

    Para:

    “”andre 25/10/2011 23:22
    Falou somente bobagem…..
    Caramba…Cucú Bueno….hahaha pura inveja do unico piloto competente ali dentro e que fala as coisas na mídia….UNICO …
    INVEJAAAAAA””

    Único competente? Tão competente que já deu show na Nascar e Fórmula 1. hahahaha
    No nível dele há no mínimo uns 5 ou 6 pilotos ali. Se ligue, puxa saco dos Bueno. Inveja? De que? Tenho o que preciso aqui.

  8. Ricardo Arcuri disse:

    Victor, isso logo vai cair por terra. Basta observar o que vc mesmo disse. Campeonatos da propria chancela da VICAR que sao transmitidos por outras emissoras. Nao acho que isso tenha vindo dela mesma, mas é fato que uma hora ela vai bater o pé numa coisa: ou todos os seus campeonatos sao transmitidos pela Globo, ou essa coisa toda cai por terra. O que vc acha que deve acontecer?

  9. José Benedito disse:

    Interessante isso: a globo fará isso mas transmitirá todas as etapas da Stock ao vivo e integralmente? A Stock é uma categoria tão boa assim para dar conta de ser a categoria única de turismo no Brasil?
    Palhaçada esse papo! Dá vontade de falar um palavrão mas aqui não pode.
    Abraços, Victor!

  10. Wallace disse:

    Essa RGT pensa que é dona do mundo ????????? Quando teremos gente COMPETENTE NO AUTOMOBILISMO BRASILEIRO ??????? Coisa de amador isso hein????????
    Quem não cuida de seus clientes, abre espaço para a concorrência. Dá gosto ver a V8 Australiana e a ALMS, parece que lá tem profissionais no negócio…….. Papai paga, cacá leva,,,, Simples assim….. Me engana que eu gosto.

  11. Cezar disse:

    Sem comentários…
    Rede Bobo transmitindo Stock? tá rindo da minha cara?
    Se a Globo se empenhasse pela Stock… Até concordo com tais atitudes…
    Mas a globo desdenha da Stock e o pessoal continua lá, lambendo o saco deles, por duas voltas de exibição quando da na telha…
    Daqui uns dias a stock vai largar, interromper a corrida, aí globo entra no ar… aí larga de novo, ao vivo, e termina a prova nessa mesma volta. Se o galvão (claro que ele não vai estar narrando) não gostar de algo, ele liga para o pessoal e phoda-se, faz-se uma nova largada…
    awesome how awful it is……

  12. Carlos Roberto da Silva Junior disse:

    Essa Rede Globo destrói nossa cultura brasileira.

  13. andre disse:

    Mais quem começou com tudo isso foi a Vicar ano passado ao tentar proibir os pilotos em correr em categorias que não fossem deles( Marcas, Montana, Stock ou Mini) na verdade queriam proibir os pilotos de correr no Fiat Línea e GT3 ai pra não falar discaradamente inventaram essa “REGRA”
    Não deu certo lógico, ate pq ngm ali tem carteira assinada com a VICAR neh …hahahaha e a VICAR não garante aposentadoria, Inss de nenhum piloto……
    Rídiculo…..Porque agora isso virou contra os pilotos….
    Como que pode isso, somente no Brasil mesmo….
    O cara quer correr fazer seu trabalho e não pode….pq?…..jogador de futebol pode passar em qualquer lugar….
    Ai ai ai tem gente que só olha pro próprio umbigo mesmo.

  14. Daniel Daisson disse:

    Sou brasiliense, estive no autódromo pra assistir a estoque e digo que a decisão de suspender a prova foi ridícula. Primeiro porque a chuva já tinha parado, segundo porque logo antes da estoque a Mini correu com muito mais água na pista.

    A respeito do impedimento de correr em outra categoria, é outra coisa ridícula. Mas é até compreensível, dada a incompetência da própria Vicar em organizar um campeonato que leve em consideração o esporte, e não as áreas VIP, arquibancadas exclusivas dos patrocinadores e o escambau. Reserva de mercado, igual ao aumento do IPI dos importados pra proteger as “carroças de ouro” nacionais.

  15. piloto virtual disse:

    em um ano de tragedias estao preocupados com a rainha globo que se nao promover o esporte de forma mais democratica vai ficar sem o que transmitir , pena que band e record nao valorizem o automobilismo e motociclismo

  16. Daniel disse:

    É impressionante como são importantes para a Stock os “15min de fama” na RG. Praticamente fazem de tudo para que a categoria vire um programa de TV, um reality-show de automobilismo. Acho que é isso que vem acabando com a Stock, mais do que os “carros”.

    Entendo que os custos são altos e os patrocinadores se interessam pelo seu tempo de exposição na RG, mas será que, como já disseram nos comentários, não seria interessante migrar para outra emissora e ter TODAS as etapas ao vivo?

    A Rede TV! tem feito um trabalho legal com o campeonato de Marcas e Pilotos e com a Copa Montana. Parece que a tendencia é que ambas sejam incorporadas na grade de programação da RG (ou SporTV) e assim vamos perder mais duas categorias em canal aberto.

  17. Henry Weinert disse:

    Uma vergonha atrás da outra essa “categoria”. Quase tudo é palhaçada:
    - Regulamento suspeito, que muda toda hora.
    - A transmissão pela Rede Globueno é fraquíssima. Se formos contar o percentual de voltas transmitidas ao vivo não deve dar uns 30 ou 40%. Narradores totalmente parciais em favor do Cucú Bueno.
    - Motores ultrapassados. Carro não sei bem ao certo.
    - Agora esse post do Victor.
    - etc
    - etc
    - etc
    Me corrijam se falei bobagens…

    • andre disse:

      Falou somente bobagem…..
      Caramba…Cucú Bueno….hahaha pura inveja do unico piloto competente ali dentro e que fala as coisas na mídia….UNICO …
      INVEJAAAAAA

  18. Gabriel, o Pensador disse:

    E tem quem ache que está tudo bem… triste.

    Tô curioso para saber qual será a casa nova.
    De qualquer forma, estarei sempre acompanhando o trabalho de vocês.

    Abraço!

  19. Diogo disse:

    Esse “medo” que a direção da Stock tem existe por causa do público que vai aos autódromos na Truck e na GT3. E essas categorias atraem mais público por dois fatores simples: são modelos de verdade correndo (e não aquelas gaiolas com carcaça de papelão) e todo mundo entende o regulamento (sem besteiras de descarte e playoff).

    • Lima disse:

      Esse papo de carro de verdade é uma coisa que é dita e repetida, mas que pouco tem a ver coma realidade dos autódromos.
      Truck é um baita evento e o público é TOTALMENTE diferente dos que vai em outras categorias, ao menos aqui em Brasília.
      Ah.. E um detalhe, as pessoas pensam que os carros da Stock são de verdade, poucos sabem que é bolha.
      E, por último, quem tem os carros da GT3 ou marcas? Se as pessoas queisessem ver ‘seus’ carros no autódromo iriam lotar o Paulista de marcas com seus Celtas/Unos/Corsas e etc..

    • Diogo disse:

      Lima, o que te impressiona mais: uma Lamborghini ou um carro cujo capô voa no primeiro toque?

  20. Danilo Candido disse:

    Desculpe o termo, Victor, mas não é mais “A várzea de rodas”, mas sim “A put…aria de rodas”. É essa palavra, em minha modestíssima opinião, que resume o “automobilismo” nacional…

  21. Nando Sato disse:

    Na verdade o Carrasco que tem a Foice é o Carlos Cool. Ele colocou o Mauricio Slaviero de testa de ferro e fica nos bastidores mexendo os pauzinhos ou machadinhos. Ele, Cool, não suporta o Kiko que organiza e muito bem a GT Brasil e muito menos o pessoal o pessoal da Truck, exatamente por serem categorias, que igualmente a estoque dele, levam um bom publico aos autodromos mesmo não sendo divulgadas pelo bola prateada! E aí dá o medo de perder a Globo para elas, coisa que eu espero nunca acontecer para que a gente possa continuar assistindo os carros dos sonhos e os brutos pela TV aberta. E ainda tem mais um detalhe importante: Alan Kodair, Daniel Serra,Valdeno Brito, Ricardinho Mauricio entre outros ganham mais dinheiro e se divertem bem mais na GT3 do que nas cadeiras eletricas do Giaffone.

  22. carlos eduardo disse:

    Velopark será a última etapa.

  23. Marcos Ferreira disse:

    É o que eu falo, vira ‘paga pau’ da emissora carioca, dá nisso! É melhor ter exposição em 3 corridas ao vivo no ano e ficar na globo ou ter exposição em todas as provas do ano e ir para uma Band/Record ou Rede TV?

    Respondam os marqueteiros….

  24. Eduardo Borges disse:

    Um absurdo isso..
    E o Marcas, certamente devera estar indo pro Sport TV tb..
    A Vicar deve estar com medo da GT3, que corrida a corrida leva mais gente aos autodromos e tem disputas interessantissimas, vide a ultima etapa onde os 5 primeiros eram pilotos da Stock.
    Nao confia no proprio taco nao, Vicar?
    Precisa impedir de seus pilotos andarem em outras categorias para evitar com que elas cresçam? Que golpe baixo, sinceramente..
    E os pilotos, ficam calados e aceitam isso? Ou é a lei da mordaça?
    Esse é o automobilismo brasileiro, pessoal.. Quando chegam novas categorias, impedem os pilotos de trabalharem..
    Duvido que se isso a acontecer e a GT3 colocar na justiça contra a Globo e a Vicar, ela nao ganhe.. duvido mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>