MENU

4 de novembro de 2011 - 10:24F-Indy

O cenário da Indy

SÃO PAULO | Até a presente data, 14 pilotos estão devidamente confirmados para a temporada 2012 da Indy, que pode alcançar 32 inscritos regularmente para o campeonato em que estreiam chassi da Dallara e motores Chevrolet e Lotus ao lado dos Honda.

As duas principais forças da Indy, Penske e Ganassi, não mudam para o ano que vem. A situação é diferente nos três times que vêm atrás. Newman/Haas, KV e Andretti ainda não estão próximas de anunciar muita coisa.

O campeonato de Oriol Servià o credencia a permanecer outro ano na Newman/Haas. Quarto colocado na classificação geral, o espanhol tem uma estatística interessante — além daquela de sempre, de não vencer: completou 99,6% das voltas disputadas neste ano. James Hinchcliffe, novato do ano, pode permanecer, mas a Andretti também o atrai.

Andretti que deveria ter três presenças certas, mas com a morte de Dan Wheldon, houve a necessidade de preencher a vaga que pertenceu a Danica Patrick e seu carro #7. Marco Andretti e Ryan Hunter-Reay estão lá. Mike Conway ainda negocia e vai disputar vaga com Hinchcliffe, Sébastien Bourdais e Justin Wilson.

Na KV, só Tony Kanaan está garantido — apesar de que ainda necessita de algum patrocínio para inteirar o orçamento do grupo de Jimmy Vasser. É certo que Takuma Sato não fica por seus laços com a Honda. A KV fechou com a Chevrolet.

Panther, Sam Schmidt e HVM têm motores e pilotos definidos, um só para cada, por ora. A primeira segue com JR Hildebrand e a Honda e a terceira, com Simona de Silvestro, mas usando os duvidosos motores da Lotus. A equipe do meio ainda se refaz do acidente fatal de Vegas, mas tem tudo acertado com Simon Pageaud e a montadora japonesa.

Os demais conversam à beça. De resto, só a nova Carpenter é que apresenta uma luz — que, claro, é Ed Carpenter. Dreyer & Reinbold e Rahal Letterman Lanigan têm dois carros disponíveis e devem ser os mais disputados da rapa. A RLL tem Honda, e lá pode ser um dos destinos de Sato. Tal como a Foyt, que não deve renovar com Vitor Meira. Os também brasileiros Bia Figueiredo e Raphael Matos terão ligeira dificuldade para achar um bom equipamento no ano que vem.

Conquest e a estreante Michael Skank vão seguir a HVM e correr de Lotus. Aqui está como o quadro da Indy se apresenta para 2012:

Ganassi Honda: Franchitti, Dixon, Rahal, Kimball
Penske Chevrolet: Power, Castroneves, Briscoe
Newman/Haas Honda: (2 vagas)
KV Chevrolet: Kanaan (+2 vagas)
Andretti Chevrolet: Hunter-Reay, Andretti (+2 vagas)
Panther Chevrolet: Hildebrand
Sam Schmidt Honda: Pagenaud
Foyt Honda: (1 vaga)
HVM Lotus: De Silvestro
Dreyer & Reinbold (?): (2 vagas)
Dale Coyne (?): (1 vaga)
Conquest Lotus (?): (1 vaga)
Fisher (?): (1 vaga)
Bryan Herta (?): (1 ou 2 vagas)
Dragon (?): (1 vaga)
AFS (?): (1 vaga)
RLL Honda: (2 vagas)
Michael Skank Lotus: (1 vaga)
Carpenter (?): Carpenter

18 comentários

  1. Ricardo Arcuri disse:

    Victor, considere a Bia voltando a DRR. Ela goza de bom relacionamento com Reinbold e Buhl, alem de levar consigo o fiel dinheiro da Ipiranga. Me surpreenderia se nao a visse em um dos carros deles ano que vem.

    O resto… aí vc sabe melhor que eu!

    Alias, como vc ficou sabendo das equipes que vao correr de Lotus? Nao vi noticia alguma a respeito nem em sites americanos…

  2. Alisson Roberto Campos Moresco disse:

    Pena que toda essa expectativa e especulação cai por terra quando o campeonato começa e a querida Band não transmite nada direito e tenho que ficar vendo as bolinhas dando voltas no site da indycar, sem contar a direção de prova que decide as coisas de acordo com o seu humor.

    Espero estar enganado.

  3. luiz alberto disse:

    Me expliquem,por favor,pois não sou muito fã do automobilismo de open whels, o Indy car é um Hispania(Dallara) melhorado,piorado ou equivalentes???????????????

  4. Diego disse:

    Legal. Agora enfim a Indy vai começar a voltar aos bons tempos da CART quando era quase no mesmo nível da F1. Aliás, nos anos 70, Ferrari e Lotus (a Lotus mesmo, do Colin Chapman) cogitaram deixar a F1 pra ir pra Indy ao mesmo passo que a Penske correu na categoria máxima uns tempos e ganhou uma corrida. É lógico que não vai ser a mesma coisa dos anos 90, mas ano que vem a disputa vai ser mais emocionante e quem sabe não acaba o duopólio Penske-Ganassi? KV e Newman/Haas virão fortes, além, é claro, da Andretti (se contratar uns pilotos melhores pras duas vagas abertas).

  5. Alexandre Lourenço -SP disse:

    Esta rolando boatos sobre Las Vegas em 2012, acho que estão querendo fazer a prova em circiuto de rua, acho que seria uma boa, o lugar é apropriado e vai ser bom pra todos.

  6. douglas miglioretti disse:

    eh tao legal acompanhar a indy na silly season, com especulacoes, agora, de motores, pilotos que vem e vao, honda x chevy… ta ficando interessante de novo :)
    queria que o dan tivesse aqui!!

    ainda bem q a kv vai de chevy, se fosse de lotus coitado do tk

    • Diego disse:

      Lógico. Os donos da KV não são burros. TK tampouco. Essa temporada ele correria onde pudesse e deu sorte de conseguir uma equipe decente. Mas agora ele está em situação confortável na categoria (é lógico que ele precisa de patrocínio, mas está bem mais fácil de arranjar) e ele não teria problema de arranjar outro carro competitivo (lembrando que o contrato com a KV era só uma temporada, ele não era obrigado a ficar lá ano que vem).

  7. don disse:

    melhor que tres motores seria a volta tambem de mais de um fabricante de pneu,,assim como no inicio dos anos 90,uns se dariam melhor numa pista curta e lenta e outras em longas e rapidas,,fora o dominio de pistas de rua e ovais,,,2012 promete,,,um sonho pra 2013,,voltar road america e laguna seca,e porque não california e michigan?ai sim ficaria melhor ainda,,

    • Diego disse:

      Aí você vai ter que esperar um pouco, já que até agora nenhum fabricante de pneus manifestou interesse em ingressar na categoria. Aliás, a única fornecedora só está ainda porque a direção da Indy implorou pra que eles fiquem mais algumas temporadas pra não acontecer o que aconteceu na F1 que a Pirelli teve que desenvolver os pneus de última hora. Desenvolver pneus de corrida leva muito tempo.

  8. Hermelino disse:

    Ainda não entendi por que a KV vai de Chevrolet?
    E a parceria com a Lotus sumiu?

    • Diego disse:

      E eles são loucos?
      Um dos donos da KV é dono da Cosworth, que fabrica motores pros carros de rua da Lotus. Ou seja, ele sabe com quem tá lidando. kkkk

  9. Anderson Puff disse:

    Que bacana ver a ainda novamente com as disputas de motores, com isso teremos corridas dominadas por Honda suas equipes, outras por Chevy e suas equipes, e ainda quem sabe a Lotus não será uma boa surpresa, espero que sim, e isso tudo vai gerar mais disputa ao campeonato dominado atualmente de longe por Penske e Ganassi……………………………..
    Mas a pergunta que fica, e estou curioso é, e o calendário 2012? iria ser anunciado após a prova de Vegas, mas pelo visto foi bem adiando…. torço pelo retorno de Road América, e quem sabe Surfers Paradise (dificil para 2012) Portland ou Cleveland…………….

  10. Vitor disse:

    É, os Chevy e os Honda tão na pista, o Lotus/Judd tá no dinamômetro (estão mesmo ?) Coitada da Simona…

  11. João Bergamotta disse:

    Motor Lotus??? Mas que palhaçada é essa? Esses caras acham que este nome é pra se usar onde bem querem? Parem com isso, motor tem que ter nome de quem fabrica motor.

    • Diogo disse:

      Mas os atuais Honda da Indy são feitos pela Ilmor. E os Chevy que entram ano que vem são feitos pela mesma Ilmor (que deixa de trabalhar com a Honda)…

    • Diego disse:

      Os motores terão apenas o nome Lotus. Quem vai fabricar eles é a Judd. Mesmo assim serão uma marmota, pois Honda e Chevrolet (na verdade quem vai preparar os motores dela é a Ilmor, que preparou os atuais [ou antigos, já que foram aposentados] da Honda) já estão com seus projetos muito adiantados e já estão fazendo testes com pilotos de ponta. Aliás, Honda terá pelo menos 6 carros que brigarão por vitórias e top 10(4 da Ganassi e 2 da Newman/Haas), a Chevrolet pelo menos 10 (3 da Penske, 3 da KV e 4 da Andretti), fora as equipes nanicas que usarão os motores delas e podem surpreender e a Lotus só tem garantidos 3 cockpits de equipes nanicas. E apenas Simona de Silvestro confirmada até agora.

  12. flavio perillo disse:

    É isso mesmo, tres motores?

  13. Al Unser Jr. (sou mais bebado que o Kimi kkkkkkkk) disse:

    Daria uns 31 carros, se der média de grid de 24 já tá bom demais, só que esse povo que vai de Lotus, tá fud…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>