MENU

17 de novembro de 2011 - 13:29F1

Passe livre

SÃO PAULO | Nem o próprio Kubica deve ter certeza se vai voltar a competir dignamente em um carro de F1, mas seu nome e seu passe continuam em ebulição quente e borbulhante no mercado. Se não estiver pronto para o ano que vem — como parece — e devidamente livre das amarras da Lotus, duas equipes já se manifestaram muito favoráveis à sua chegada em 2013, é o que diz a revista Autosport: Ferrari e Red Bull.

A publicação inglesa diz que Daniele Morelli, empresário do piloto, já foi chamado para conversas mais avançadas. No fim da temporada que vem, os contratos dos iguais Massa e Webber chegam a um ponto final, e pelo que tem sido feito por ambos até agora, a chance de que permaneçam onde estão é como a do Corinthians ganhar a Libertadores — frase cunhada por Felipe Giacomelli. Mas é uma nova amostra, como a dada por Eric Boullier, do estado em que estas equipes se encontram para ter um piloto que seja forte — no caso dos cavalos e dos touros, que haja um companheiro forte aos seus primeiros pilotos.

Se a McLaren acertar na sintonia fina de seu novo modelo, que vem sendo tratado como MP4-27A (híbrido? o MP4-27 já era? hum!…) nos testes em Abu Dhabi, e com a dupla que tem, com Hamilton refeito de seu mal necessário, há de vir forte para pelo menos ser campeã de Construtores — um cenário perfeitamente plausível.

E sem a pressão de ter de se recuperar, sabendo que 2012 está perdido, Kubica terá um tempão para sentar num carro novamente durante a temporada do ano que vem, ver se seu incrível talento não se foi naquele malogrado acidente de rali e analisar as propostas. Seu retorno, que seja fora da F1, pela HRT ou num time top, já será uma vitória e tanto.

Aí o Diogo Kotscho, viajante e palpiteiro de plantão, lançou uma pergunta, que adapto aqui: que vale mais, o Kubica de 2010 ou o Massa de 2008?

9 comentários

  1. Vapabuçu disse:

    Será que o Kubica aceitará qualquer coisa do tipo: -”Robert, Fernando is faster than you”?

  2. Thiago disse:

    Ser vice-campeão de Ferrari qualquer um consegue. Olha a trolha que tá o carro deste ano e o Alonso tá lá disputando. Fácil o Kubica de 2010.
    Ah, ótima observação do SQUA, o Kubtzá tem nariz de campeão!

  3. André C.L disse:

    O Kubica de 2010 sem dúvida! Nada contra o Massa, mas numa era que parece ser do Vettel preferia ver pilotos competitivos na F1!

  4. Squa disse:

    O Kubtzá tem nariz de campeão mundial!!!

  5. junio messias disse:

    e uma pena o kubicao todo ferreado e esse fraco do massa ai ferrando com a ferrari

  6. Adriano disse:

    Para mim, o Kubica de 2011 já vale mais do que o Massa de qualquer ano.
    O polonês já mostrou que é bom e vinha de boas temporadas, especialmente a de 2010.
    Já o Massa… O ponto fora da curva, a exceção na carreira dele, foi justamente o ano que ele disputou o título…
    O Kubica parado é melhor do que o Massa…

  7. FTrack disse:

    Alguém tem dúvida?
    2008 para Massa foi um ano de exceção, pois ajudado pela falta de tesão de Raikkonen e pelos erros e punições de Hamilton (lembram de Spa?) chegou a ser campeão por 30 segundos.
    Kubica tem o “algo a mais” que Alonso, Hamilton e Vettel também possuem – Massa não. Pena que as sequelas no braço direito podem impedir que esse a mais se traduza em resultados na pista

  8. Felipe Mazorca disse:

    Oi Victor. Eu acho uma aposta mais do que válida. Fosse eu quem mandasse nessas equipes e o polonês estivesse livre, com certeza fecharia um contrato para testes em 2012 e daria um cargo efetivo no ano seguinte.

    Quanto ao debate colocado no Twitter, creio Kubica 2010 foi muito mais que Massa 2008. O polonês fez ano passado uma temporada comparável a de Frentzen com a Jordan em 1999, que com um carro nitidamente inferior disputou vitórias e pódios com frequência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>