MENU

5 de dezembro de 2011 - 10:47F1

Menos Galvão

SÃO PAULO | Principal narrador brasileiro e voz da F1 nas últimas três décadas, Galvão Bueno vai começar deixar aos poucos do comando das transmissões da categoria a partir de 2012. É o que informa a jornalista Keila Jimenez, da Folha, em sua coluna de hoje.

Galvão, que pretende se aposentar em 2014, depois da Copa do Mundo no Brasil, pretende se dedicar a outros projetos. É provável que ainda narre a maior parte das 19 ou 20 provas do ano que vem — mas não tanto quanto as 15, por exemplo, em que esteve neste ano.

O afastamento de Galvão vai se dar num momento em que a F1 e o automobilismo brasileiro se encontram em queda em termos de audiência. Nunca foi tão baixo o Ibope da Globo — o GP do Brasil deu 13 pontos e a média no ano foi pouca coisa superior a 10.

Em outras palavras, pode-se dizer que Galvão, que está num patamar de astro, não é narrador de 10 pontos. E já deve ter notado que o futuro dos brasileiros na F1 não vai mudar esta situação. Por ora, só Massa está garantido na temporada do ano que vem.

A Globo deve investir mais em sua nova menina dos olhos, o MMA. Notoriamente, Galvão se empolgou com o UFC, esquerda, esquerda, esquerda, direita, direita, acabou. E é o narrador da seleção brasileira no futebol. Coincidentemente, a emissora vai voltar a investir na Stock Car e tem planos para o Brasileiro de Marcas num futuro próximo. Seria só coincidência? Hum.

E quem seria o melhor narrador para substituir Galvão no comando das transmissões da F1 e do automobilismo em geral na Globo?

110 comentários

  1. paulo s coelho disse:

    Como chegar ao Galvão Bueno quando estiver narrando a f1 falar mais sobre as partes técnicas dos carros ou seja motores suspencao freios parte de segurança etc etc…l

  2. Marcos disse:

    A Globo estava mal com os comentários do Reginaldo Leme ele não tem visão da F1, talvez falte percepção, coisa que o Burti tem de sobra, o Burti foi piloto, o Bob Scarp um ex piloto também poderia ser um bom comentarista, já conversei com ele é inteligentíssimo e conhece muita a mecânica cos F1, além de ser engenheiro e o Edgar de Mello Filho é sinônimo de diversão, este é o meu favorito. é muito importante que o jornalista seja piloto o Edgar não é só muito sensitivo, como pilotava de tudo até caça de guerra ele é bom, nos EUA uma matéria sobre medicina tem que ser assinada por jornalista-médico, se for falar de química por um jornalista com formação em química etc…aqui no Brasil os jornalistas não tem base e só dizem coisas erradas.

  3. CESAR C. disse:

    Vou aproveitar o gancho e POLEMIZAR. Estão fazendo tanta propaganda dos 40 anos de transmissão quando não é verdade. Tinham contrato assinado mas não transmitiam. Esperavamos o inicio da corrida às 09:00hs e ao invés de entrar a FÓRMULA I o programa que entrava era aquela . . . , aquela porcaria de “concerto para a juventude”. Quem se lembra disso me ajude nesse comentários. MAIS UM PITÁCO -Edgar de Mello Filho MATA a PÁU ! ! !

  4. Luiz Fernando disse:

    Everaldo Marques ou Téo José !!!

  5. Luiz G disse:

    Se o Galvão sair, tem que ser o Téo José. Não tem outro.

    Obs: Téo José é excelente narrando automobilismo, mas Deus queira que não narre Futebol.

  6. Dr. Walter Bishop disse:

    Você sabe por que o Galvão não é fã nem de Felipe Massa e nem de Nélson Piquet? Por que eles não têm R no nome.

    Já Ayrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrton Senna do Brasil e Rrrrrrrrrrrubens Barrrrrrrrrrrrrrrrichello são seus eternos ídolos. Igual ao Rrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrronaldinho… ; )

  7. Luiz Ronaldo disse:

    Sérgio Maurício ou Téo José.

  8. Marcão disse:

    De novo, chama a Mariana Becker e tá tudo certo!!!!

  9. Daniel disse:

    Acho que sem o Galvão, o Reginaldo Leme e o Luciano Burti teriam mais “liberdade” para trabalhar. Talvez seria uma boa ter Pedro Paulo Diniz. Teve um GP do Brasil que ele atuou junto com a dupla e foi bem até.

    Tinha um narrador nos anos 1990, o Luiz Carlos Largo, que narrava corridas de F3, F-Ford, F-Chevrolet, e outras que eram transmitidas pela Manchete (!!) e depois pela Bandeirantes. Não era brilhante, mas também não falava abobrinha. Não sei se ainda trabalha nesse ramo, mas acho que seria uma boa opção.

  10. Estevão disse:

    Cléber Machado. O cara não tem muitas pápas na lingua.
    Virou ícone quando narrou Áustria 2001. A sua reação quando da ultrapassagem do Schumacher sobre Barrichello retratou o que sentimos naquele momento.
    Abs.

  11. Fabio de Deus disse:

    Acho que, dentro do Staff atual da Globo/SporTV, seria melhor mesmo era deixar sem narração, só com o audio da pista mesmo…

  12. Sergio Magalhães disse:

    Eu gosto do Galvão, ainda que muita gente não goste. Mas é um narrador que tem conhecimento de causa. Na época em que não havia internet, que as emissoras de rádio não transmitiam as corridas como de um tempo para cá, era no Galvão que se concentrava nossas atenções.

    Mas um dia tudo acaba, e se ele realmente deixar as transmissões da F-1, só vejo dois narradores: Sergio Mauricio, do SporTV, ou Octavio Muniz, da Rede TV.

    Entre os dois eu fico com o Tata Muniz, pra mim, o melhor narrador de automobilismo da atualidade. Um cara que consegue tornar interessante uma corrida de F-3 com apenas 6 carros [com o primeiro disparado na frente] por sua maneira de narrar.

    Eu considero o Otavio Muniz o melhor narrador da atualidade seja em qualquer modalidade esportiva, mas principalmente no automobilismo.

  13. André disse:

    Nossa, os da SporTV são tudo uma porcaria… quem aguenta aquele “IXXPETACULÁÀÀ” do Sergio Mauricio? MUITO RUIM! Enfia um IXXPETACULÁÀÀ em tudo quanto é coisa, dá até ânsia.

    O Clebão Machado é o único que consegue fazer uma transmissão ter graça entre os da Globo. Se fosse de outras casas, o Everaldo Marques seria ótimo, e o Teo José é o melhor para o automobilismo, e o Edgard Mello Filho é o rei.

    Tem narradores de automobilismo virtual muito bons também, como o André Neves e o Leonardo Felix. Mas é um outro ponto de vista completamente diferente.

  14. Levi Davet disse:

    Eu (sim, eu!) narraria melhor que Luiz Roberto.

    Não gosto do Sérgio Maurício, sei lá, não gosto da voz dele, e também o acho meio intrometido assim como o Galvão. Não escolheria ninguém do Sportv pra dizer a verdade, a menos que Milton Leite se dispusesse a narrar F1, ele é de longe o melhor narrador de futebol do Brasil. Também gosto do Luis Carlos Jr mas aí não sei se o cara tem conhecimento da coisa.

    Tenho simpatia pelo Téo José… Lembro dele narrando Indy na década de 90 e achava o máximo!

  15. Sílvia disse:

    Deveria entrar o Daniel da Sportv, ou o Milton Leite… já dá para imaginar os jargões que ele poderia criar…

  16. Isac disse:

    Os caras do Speed que narram a NASCAR – Sérgio Lago e Roberto Figueiroa

  17. Fernando Monteiro disse:

    Boa noite a todos.
    Eu disse no blog do gomes há uns 3 ou 4 meses atrás que a tendencia é que a F1 fique em breve sem nenhum piloto brasileiro. Barrichelo, sinto em dizer isso, mas já está fora e o Massa vai pelo mesmo caminho, da Ferrari, ou ele vai para a Indy ou se aposenta. Não temos pilotos brasileiros de ponta para alavancar a audiencia de um esporte que é muito, mas muito caro nos seus direitos de transmissão. A F1 aos poucos, está se tornando para o brasileiro como era antes de 1970 em termos de intetresse. Não esperemos nada de Bruno Senna, pois é apenas um piloto comum, e para um país que em 20 anos conquistou oito títulos mundiais é muito pouco para o preço que a F1 hoje custa.Pelo andar da carruagem a emissora carioca vai levar as transmissões em “banho – maria” e ver o que acontece em 2013/2014. As nossas grandes empresas não são bobas, nunca faltou patrocinio no início da carreira para Emerson, mas pricipalmente, para Piquet e Senna, pois elas sabiam que dariam frutos (lucros) e olha que naquela época o país não tem uma economia forte como tem hoje. Se Senna e Massa, o Barrichello eu tiro por causa da idade, não conseguem patrocinio é porque ninguem é maluco de bancar um projeto fadado ao fracasso. Creio que no máximo em 2015, 2016, depois de 30, 40 anos as provas da F1 deixem de ser transmitidas e sejamos francos, por mais que o traçado de Interlagos seja bom, sendo grande a chance de não termos mais nenhum piloto de ponta, a FIA se debandeie para outros ares. Como a famosa banda que achávamos imortal, triste eu digo – o sonho acabou – abraçoa a todos.

  18. Marcelo disse:

    Completando: o Gomes e o Victor Martins…rs

    • Francisco Libânio disse:

      Rapaz, o Gomes ia comentar uma corrida só. Na primeira cagada de piloto brasileiro, ele ia mandar o mesmo à merda para nossa alegria e para miséria da Globo. Infelizmente gente de qualidade e autêntica não cabe naquele covil de fantoches.

  19. Marcelo disse:

    Tava recordando as corridas dos anos 80(antes do Senna entrar na F1), e o Galvão narrava direitinho, não ficava pegando no pé dos pilotos de fora, raramente errava na narração. Na hora que o Piquet vencia, era a mesma euforia que hoje, mas até aí passa, é um brasileiro vencendo lá fora.

    Acompanho a F1 desde 1980, e até o final dos anos 90 o Galvão não era ruim não pra narrar(apesar do fanatismo doentio por causa do Senna), mas aí o piloto morreu, mesmo assim até 99 dava para aturar o Galvão, jogo de equipe por incrível que pareça, Galvão não reclamava, até achou natural a Ferrari fazer isso entre Irvine e Schumacher no GP da MAL 99, quando o alemão cedeu vitória a Irvine para o mesmo tentar ser campeão. Mclaren também fazia com Mikka e Coulthad e nada do narrador reclamar(claro né, não tinha brasileiro no rolo).

    O problema do Galvão mudar tanto, se chama justamente ele>>>>>>>>>>M.Schumacher!

    hehehe

    Só foi o alemão conquistar o Tri pela FERRARI(Galvão queria que fosse com Senna), que tudo mudou, aí o narrador começou a meter o pau na F1, começou a questionar a capacidade dos pilotos de fora, e tome recorde do alemão!

    E o Galvão cada vez mais roxo de raiva, e tome Schumacher quebrando recordes. E aí veio o GP da AUT 02…PQP, o narrador começou a surtar, fazer campanha contra Schumacher e a Ferrari, e a pachecada apoiando…e tome Galvão MALTRATANDO a F1. Os puxas sacos Burt e Leme do lado metendo o pau no alemão, era a forma de garantir a boquinha boa na emissora.

    “Essa F1 não tem mais graça, antigamente era mais legal”

    Oras, o que vc acha que os TELEGUIADOS da Globo vão pensar, vai na balada do mala…

    E tome Schumacher quebrando recordes, e quando superou o recorde de poles o Galvão XAROPOU de vez, começou atacar tudo e todos.

    Erros do Galvão durante as corridas virou coisa MEDONHA:

    “A RBR vem nessa corrida com sua nova “asa” de tubarão Reginado”

    Asa? Tubarão tem asa? É barbatana burro!!!

    E começava o show de besteirol, trocava nome de pilotos, pistas, equipes(não sei como um cara desse tem maior salário da tv, deve ser por causa da legião de TELEGUIADOS que dão ouvidos e IBOPE a emissora) Na verdade eu sei, a Globo é uma emissora covarde, e seu alvo é fixo, ataca o telespectador pelo ponto mais FRACO, pela emoção, ai é só tornar pilotos e jogadores heróis…o povo cai que nem tonto.

    O que eles não sabem é que são mau informados pelo narrador, que a anos não entende nada de corridas. E quando cai o A.Senna de paraquedas durante as corridas…PQP, Haja saco! Quero ver a corrida mala, A.Senna já foi, teve sua época, agora é a vez dos outros. Se não gosta dessa F1, pede pra sair, não vai fazer falta.

    Se ele sair vai ser ótima notícia, mas quem for entrar no lugar tem que tomar umas aulas sobre F1, o Gomes podia dar né, porque aguentar outro Galvão…vai pra PQP!!!

    *** Galvão mete o pau na F1 de hoje, mas naquele GP Brasil 2008 ele não queria saber se o Massa estava trocando marchas com a mão, que a F1 tinha muita eletrônica e tal, ele queria ver o Felipe CAMPEÃO, e a pachecada toda atrás…

    Galvão meteu tanto o pau na F1, que não percebeu uma coisa, quanto mais metia o pau no Schumacher, na Ferrari e na F1…mais longe os brasileiros ficavam das vitórias.

    Galvão tem muita culpa pelo IBOPE cair na F1, ele não soube trabalhar a cabeça do torcedor…o certo era informar melhor, ficou só metendo o pau ou no “abafa”…

    Fiquei de queixo caído, os recordes do Schumacher fez ao Galvão ficar totalmente XAROPE, alemão malvado!!!

    Se a F1 fosse para outra emissora seria um grande avanço, o problema é achar uma que PRESTE, em canal aberto, que realmente gosta de corridas, a melhorzinha parece ser a Rede tv…

    As maiores polêmicas de Galvão Bueno
    http://gente.ig.com.br/as+maiores+polemicas+de+galvao+bueno/n1597091867917.html

    Gafes e pérolas como “Bem amigos da Rede Globo. Estamos aqui em Buenos Aires, no Equador…” ou “a Globo deveria mandar mais no futebol” são recorrentes em sua trajetória. “O jogo só acaba quando termina”,

    Durante o jogo de despedida da seleção brasileira de Ronaldo, em 7 de junho deste ano, Galvão relembrou os dias em que ninguém acreditava na volta do jogador após a operação do joelho. Para ilustrar as recordações, se apoiou em “um texto de um poeta argentino, chamado Alberto Briti”. No entanto, as palavras são do dramaturgo alemão Bertold Brecht (1898 – 1956).

    HA HA HA, é burro pra cacete esse Galvão, tinha que ser da Globo.

    • Danilo A. disse:

      Pronto. Agora, além de aposentar o Piquet, o Schumacher é o responsável por enterrar a narração do Galvão.

      Esse cara devia ser bom mesmo, hein.

  20. Marcelo disse:

    Rodízio de narradores para agradar a todo!!!

    GRAÇAS A DEUS, A JESUS E TAMBÉM AO JENÉSIO VOU ME LIVRAR DO GALVÃO, A ANOS ELE ESTA MUITO CHATTTO NA F1!!!

  21. Ernesto Otavio Fraga disse:

    Deixa sem narrador.

    Só o som dos motores e comunicação de rádio piloto-equipe sem ninguém falando em cima. Com comentários esporádicos e pertinentes do Reginaldo Leme

  22. Julio disse:

    Téo José, tira ele da Band, excelente narrador de corridas, entende e gosta de automobilismo. Seria ótimo vê-lo narrando corridas de F1.

  23. Adriano Nery de souza disse:

    O cara do SporTV é legal para narrar, muito melhor que o Cleber MAchado e o ZéRoela Roberto.

  24. Pablo Sória Pereira disse:

    Think outside the box. É o que a Globo deveria fazer. Ela poderia montar um time como fez a BBC, com ex-pilotos entre outros ligados ao automobilismo. Até mesmo as rádios tem mais gente preparada narrando e comentando uma corrida que a RGT.

    Além disso, a Globo está colhendo o que plantou. Semeou a pachecada do Brasil-sil-sil na F-1 e nunca construiu uma audiência realmente interessada no esporte. Ou melhor, não criou um espectador interessado na categoria. Agora que os resultados brasileiros minguaram (a categoria continua excelente), estão pagando pela pachecagem.

  25. Daniel Magri disse:

    Não sendo o Luís Roberto, pode ser qualquer um que faz a transmissão dos treinos no Sportv.
    O ideal mesmo seria o Everaldo Marques, mas perderíamos muito na ESPN.

  26. Vallim disse:

    Pela ordem :

    1. sérgio maurício
    2. guto dejain

    De jeito nenhum : Luiz Roberto , Cleber machado

  27. Dox disse:

    Todos os narradores citados por todos não entendem nada de automobilismo, e o nosso sofrimento só iria mudar de nome.
    Everaldo Marques é o monotônico que faz a gente dormir nos jogos de tênis?

    • Paulo Amorim disse:

      Dox, seria bem legal ter gente do meio narrando e/ou comentando.
      Mas comparar Brundle e Coulthard com o Burti dá até vontade de chorar… hehehe

      O Everaldo Marques é o narrador principal do Futebol Americano na ESPN, e o narrador de F1 da rádio.

    • Jorge Henrique disse:

      Dox, acho que este a que você se refere é o Eusébio Resende, do Sportv, o cara que é o titular do tênis lá faz alguns anos.

  28. Dox disse:

    Martin Brundle está dando show na BBC.
    Ele, junto com Coulthard e Eddie Jordan formam o que seria o ideal para as transmissões de automobilismo: ex-pilotos ou participantes do meio automobilístico.
    Qualquer outro narrador/jornalista chuta muito, além de informar com atraso o que os espectadores já viram, como ultrapassagens ou problemas nos carros.
    O Galvão é o que de pior nós pudemos conviver neste período de transmissões aqui no Brasil.
    O melhor que eu já vi por aqui foi o Edgard de Mello Filho … simplesmente sensacional.
    Mas poucos conhecem seu trabalho como narrador.

  29. Flávio Mendonça disse:

    Téo José

  30. gianfranco carvalho disse:

    agora era a hora de se corrigir uma injustiça historica…!!!!!!!,em minha modestissima opiniao o cara mais completo para narrar e comentar uma prova de automobilismo de qualquer categoria do planeta….se chama….( EDGAR MELLO FILHO),como dificilmente este sonho meu de ver este cara narrando formula 1 sera realizado,poderia se colocar o teo jose.

  31. Bruno De Lucia disse:

    O Téo José ia ser fantástico! Ainda mais se a Globo comprasse os direitos da Indy e deixassem ele narrar todos os automobilismos da emissora sem aquela coisa de puxar saco de Cacá Bueno e Popó Bueno o tempo todo! Sonho!

  32. Rodrigo disse:

    Como muita gente já falou, prefiro o Sérgio Maurício…

    Só não coloquem aquela mala que fica o tempo inteiro no Sportv falando “olha o Sobe o Som, vamo ter Sobe o Som, tão pedindo Sobe o Som, vamos com o Ffffétel no Sobe o Som”…. Deus me livre…

  33. EduardoRS disse:

    Dos que estão na TV hoje, acho que o Téo José seria “o cara”.
    O Cléber Machado até quebra um galho de vez em quando, e ele tem umas tiradas engraçadas, pode faz um GP aqui ou ali. O Luiz Roberto não tem a mínima condição, ele é muito mala e parece não saber o que está falando.

    Eu gostaria de ver uma experiência com o Milton Leite. Pra mim, é o melhor narrador do Brasil na atualidade, e apesar de nunca ter visto ele narrar automobilismo, acho que seria apenas questão de adaptar.

    Ou então que peguem alguém novo e “moldem” o cara pra ser a voz do automobilismo.

  34. Rodrigo disse:

    Continuando do jeito que está, logo teremos que votar em qual emissora gostariamos de assistir.
    A Globo não vai ficar tomando pau no IBOPE por muito tempo, se não der lucro larga de mão.
    Acredito que logo veremos a transmissão da F1 na BAND, com narração de Luciano do Vale e comentários do Neto.
    Luciano – “Olha o Massa tá passando ele pelo lado de lá”.
    Neto – “Olha Luciano, pra mim o Massa é favorito a ganhá isso aí, pode colocá aí, pra mim é favorito”.
    Luciano – “E a corrida tá que uma beleza, o Massa tá uma volta atrás mas tá recuperando. O Rubinho, deixa eu ver aqui onde tá o Rubinho… O Bruno… olha o Bruno, tá chegando, tá chegando”.
    Neto – “Se ele acelerasse com o lado de for do pé acho que já tinha chegado, Luciano. Falá a verrrrrdade pra ocê ele tá sendo covarrrrrdi por que ele podia ganhá a corrida, mas num tem peito, eu falu memu, num tem peito”.
    Pelamor, que futuro triste.

    • Leonardo Costa disse:

      Eu li a sua narração e ouvi a voz do Luciano. É bem assim mesmo a narração dele. Haha. Sem contar as trocas de nomes normais que ocorreriam.

    • Renato F1 disse:

      Essa será a melhor transmissão de corrida da história… do humor!!! Muito boa essa!!! Vou torcer para a F1 ir para a Band! Pelo menos a gente vai-se divertir!!!

  35. Marluws Costa disse:

    Cléber Machado ou Téo José. E alguém aí, nos comentários, falou do Sérgio Maurício. Bom, também.

  36. Zack Ross disse:

    Eu prefiro sem narrador, só o barulho do carro mesmo…

  37. Rafael disse:

    Milton “Que beleza” Leite!

  38. Junior disse:

    Galvão se afasta da F1… boa notícia… para se dedicar mais ao UFC… ah, mas vá pra p… que p….

  39. Jorge Henrique disse:

    Everaldo Marques seria a melhor opção, pra mim é o narrador mais completo do Brasil e deu um show no GP do Brasil pela Estadão ESPN. Téo José seria ótimo também, mas duvido que ele saia da Band. E nos comentários, tudo menos Lito Cavalcante.

  40. sandro disse:

    Sergio Mauricio.

  41. André Ribeiro disse:

    Gosto do Teo José como o cara dos comentários!
    Como narrador não sinto tanta emoção!

    Mas é um baita cara!

    Falam do Milton Leite e seria engracado ele comentando os incidentes entre Hamilton e Massa: “Que beleeeeza”

    Para mim, narrador tem que ajudar no espetáculo fornecendo emoção ao espectador! Parte técnica fica com os comentaristas (e acho que é nisso que o Galvão se perde… Embora tenham dito que ele entende bastante da coisa)

  42. Roberto Fratelli disse:

    Teo Jose ou Edgard Mello Filho (eu sei, tô viajando…)

  43. Bruno Schroeder Pacheco disse:

    Milton Leite seria bacana!

    “Olha a batiiiiiiiiiida!”

  44. Hugo Becker disse:

    O Téo José não é má ideia. Gosto bastante da narração dele.

    Mas ainda tenho curiosidade de ver como Milton Leite se sairia narrando F-1. No futebol, para mim, ele é o melhor já há algum tempo. Se mantiver o nível na F-1, seria o cara ideal.

    Cléber Machado não dá, a praia dele é futebol, não tem jeito. Luis Roberto é o narrador mais sem emoção que já passou pela Globo. A dupla da SporTV me dá desespero – uma transmissão com Galvão e Lito seria algo épico, mas ao contrário.

    Enfim, não restam muitas opções. Ficaria ou com Téo ou com Milton.

  45. @leevanpereira disse:

    Everaldo Marques
    Sérgio Maurício
    Necessariamente nessa ordem!

  46. Rafael disse:

    Pega a equipe que narra no Sportv e transfere pra Globo. O narrador ( que não lembro o nome ) é um cara que respeita o Sr. Lito Cavalcante e por esse respeito faz um esforço e evita falar besteira.

  47. Leandro Vieiras disse:

    Infelizmente nenhum.

    Se imaginarmos que Téo José desempenha grande trabalho na Band (FATO!) graças a liberdade que a emissora dá ao profissional para exercer sua função, na GLOBO ele não teria esta liberdade para exercer seu excelente trabalho. O mesmo aconteceria com o Everaldo Marques. Devido as metodologias GLOBAIS, ambos teriam de se adequar a ditadura da GLOBO.

    É uma pena, pois se víssemos Téo Jose ou Everaldo Marques narrando o campeonato mais chato do mundo (Entenda-se F1) sem a ditadura GLOBAL, seria interessante.

    Por hora, estou satisfeito em acompanhar o excelente Téo narrando a Indy e a Formula Truck e o Everaldo narrando tudo (Literalmente!!!) na ESPN.

    • Luiz Batista disse:

      Parenteses: o Téo José é o maior narrador da história da F-Indy no Brasil (melhor que “Bolacha” do Valle, Oscar Ulisses, Celso Miranda, Ivan Zimmerman,..) porém narrando Truck é tão mala quanto ao Galvão: “A maior categoria do automobilismo Sul-americano”, “As incríveis manobras dos caminhões”, “trezentos e oitenta mil espectadores no Velopark só pra assistir a Truck”, etc. Quanto a tal da liberdade você acredita que alguma televisão de fato dê esta total liberdade a alguém? Ou será que o único demônio é a Globo? Você lembra da Hebe ou da Praça é nossa mostrando como convidados os Pilotos da Indy no SBT? Você se lembra do pessoal da Band e Bandsports fazendo a maior defesa da fracassada Indy 300 aqui em São Paulo? Você viu o Flávio Gomes, o maior inimigo do MMA, apresentaddo no Bate Bola a Revista ESPN com o Anderson Silva na capa e não fazendo uma única crítica ao, segundo ele, “esporte”? Estes são exemplos de liberdade?

  48. Andréa Àvila disse:

    Seria interessante novas apostas,novos narradores,conscientes e que sabem o que falam,erra muito pouco,pronuncia os nomes dos pilotos com muita certeza,e não dando outras pronuncias,eu queria ver Luciano Monteiro,narrando a F1 na Globo!

  49. Samuel disse:

    Milton Leite, apesar de nunca ter ouvido ele narrar nenhuma corrida… O cara é o melhor hj narrando.

    Everaldo tb seria bom, mas a globo nao apostaria assim em alguem novo de casa.

    Acho que a globo se tocou que precisa formar fãs de automobilismo, por isto a transmissao da stock inteira ano que vem e da possivel transmissao de marcas em um horario meio morto (sabado de manhã)… serviria pra alavancar a audiencia da F1 e o interesse por automobilismo.

  50. Danilo Candido disse:

    Qualquer um, menos o Luís Roberto. Como primeira opção para substituir o Galvão, Cléber “hoje não, hoje sim” Machado. Como segunda opção, Sérgio Maurício do Sportv. E como sonho utópico, Edgar de Mello Filho.

  51. Rodrigo Oliveira disse:

    Sergio Maurício, ou ate mesmo o Daniel Pereira do SporTV fariam bom trabalho nessa função…
    E uma coisa que a Globo poderia absorver do SporTV é deixar, por um momento, o telespectador ouvir o som dos carros… Na Globo isso é impossível… Nunca de calam…

  52. Rony disse:

    Como vários já comentaram, acho perfeito o Sergio Mauricio. Para quem já assistiu os VT’s de F1 no SPORTV sabe a diferença que é. Não fica “enchendo linguiça” se não sabe não tem vergonha de recorrer ao apoio do comentarista que é o Lito que também manja muito.
    No MotoGP dava show ao lado do Fausto e tem feito as transmissões da ESTOQUE. A Globo tem a faca e o queijo na mão, porém a impressão é que não sabe como usá-los…

    • Mazza disse:

      Este tal de Sergio Mauricio é cria do Galvão. Tem o mesmo estilo de gritar e não informar. Deixa passar coisas importantes na corrida por não entender do assunto. Se sair o Galvão e entrar o Mauricio, vai dar na mesma.
      Tem que ser alguém que entenda de corridas.

  53. Tony Steffens disse:

    Sergio Mauricio

  54. Leonardo Lago disse:

    Sérgio Maurício manda bem

  55. Roger disse:

    Edgar Mello Filho o melhor de todos!!!!

    • Eduardo disse:

      [+1]

      Pena que que ele narrar pela RGT nunca vai acontecer, nem que seja a última coisa na face da Terra. Adoro as narrações e os comentários dele, lembro uma corrida de DTM alemã em que ele narrou e comentou ao mesmo tempo. É o equivalente futebolístico de cobrar o escanteio e correr para cabecear no meio da área… Demais!!

  56. Galvão é o narrador das vitórias. Se tiver brasileiro ganhando no badminton ele vai querer narrar. Só quer ir na boa, assim até eu!

  57. Mateus Barbosa disse:

    Pra mim, o melhor narrador de Automobilismo é o Téo José.

  58. Ricardo disse:

    Téo José,não sei porque alguns acha impossivel ele na Globo sinceramente acho até bem provavel !

  59. Francisco Libânio disse:

    É, amigo, Deus é pai não é padrasto. Uma pena que a Globo não perceba (ou não queira perceber) que uma das principais causas da queda de audiência da Fórmula 1 é o próprio Galvão. Chato, mal-informado, tendencioso, ignorante e absolutamente ultrapassado com seu ufanismo militaresco e desmedido, o homem não se tocou que seu tempo já passou de velho e que a turma vem se conscientizando que ele nada mais é que um babaca falando bobagem com um microfone, não só na F1. Qualquer um que o substitua fará melhor que ele. Só espero que não tirem gente de qualidade como o Everaldo Marques da ESPN onde ele transmite magistralmente vários esportes para enterrá-lo e estragá-lo na Globo. A casa deve ter bons narradores em suas fileiras.

    O #calabocagalvão vai colhendo seus frutos e logo o Brasil se livra de um dos seus cancros. Há outros piores e a Globo é uma plantação deles.

  60. Eduardo disse:

    Luiz Roberto nãooooooooooooooooooooooooo

    Chega de capacete amarelinho, carro vermelhinho e pneu pretinho.

  61. Digo Pacheco disse:

    Acho que deveria ser o Cleber Machado ou o Luiz Roberto. Gosto dos dois narrando e tem conhecimento de automobilismo.

  62. João disse:

    Qualquer um que não seja o Luis Roberto. Não consigo avaliar se ele não entende de automobilismo ou se suas falhas como narrador sejam apenas consequência de sua quase total falta de carisma, coisa que Galvão tem de sobra, há de se reconhecer.

    Não é raro ele se perder durante as transmissões, falar bobagem ou simplesmente se distrair com outra coisa que não seja a corrida. No GP do Canadá – acho – de 09 ele estava dizendo algo quando apareceram dois jets skys na transmissão. Daí ele ficou fazendo festa pros jets skys e esqueceu de continuar seu comentário.

    E que também não seja o Cléber Machado, já longe da F1 há um tempo. Definitivamente nada contra suas capacidades como narrador, mas o cara é um pé frio da pior espécie.

    O rapaz que narra F1 pela SporTV não é dos piores. Entende da dinâmica de um GP e quase sempre manda bem. O pecado da transmissão do canal fechado são os comentários do Lito Cavalcanti, que costuma avaliar os fatos na pista sob uma ótica excessivamente nacionalista.

  63. Thiago Izequiel disse:

    Seria ótimo que alguém que entenda do automobilismo, como o Burti, narre a F1. Seria muito bom, mesmo. E com o Reginaldo ali do lado, que sempre fez bem seu trabalho de comentarista.

    • Francisco Libânio disse:

      Rapaz, se tem alguém que entende de automobilismo naquela joça é o Regi. O Galvão vai a reboque (quarenta anos ao lado do mestre, devia aprender mais do que sabe, mas… É o Galvão, a gente entende) e o Burti, quando muito, traduz o que a turma do rádio fala com o piloto. Ele, como piloto era sofrível, como comentarista só serve pra concordar com o Galvão senão sabe o que acontece.

  64. Fernando Soethe disse:

    O melhor narrador da televisão brasileira no momento é Everaldo Marques.

  65. Jonas Pereira disse:

    Na minha opinião, fora o Galvão, o único narrador que está a altura de narrar a F1, é o Téo José que nem está na Globo

  66. Tiguidi disse:

    Coloca o Sílvio Luiz (OOOOLHO NO LANCE) no lugar dele.

  67. Lucas disse:

    Gosto da narração do Téo José, mas isso NUNCA aconteceria.

  68. Ricardo Barbosa disse:

    Sérgio Maurício, sem dúvida, no quadro atual é o melhorzinho….

  69. Eduardo disse:

    Téo José pode até não ser o nome mais indicado, mas tenho curiosidade em saber como ele se sairia,

    Imagina aquela patética corrida da Áustria em 2002. “Lá vem Barrichello, não perde mais… perde sim, perde sim…”

  70. Renato Diniz disse:

    Eu gostaria muito de ver Sérgio Maurício narrando F-1 na Globo. Acho o Cléber Machado um grande narrador, mas dificilmente ele vai deixar o futebol de lado. Além disso, a Globo tem vários bons narradores no Sportv – Robi Porto por exemplo.

  71. Felipe Menhem disse:

    Victor,

    Até pra ser coerente com aquele seu post nota sobre o rodízio de narradores, será que devemos esperar Milton Leite e Luiz Carlos Jr. dando o ar da graça na Fórmula 1? O primeiro seria uma aposta interessante.

    Abraço!

  72. Rodrigo Felix de Souza disse:

    Sem dúvidas, se pudesse sugerir, apostaria na contratação de Téo José… mas sonho meu….

    Cléber não empolga tanto, é o melhorzinho.. Luis Roberto é bem informado mas a voz de fanho dele eh dose….

    • marcelo disse:

      O TEO JOSE não serve pra narrar corrida de LESMA, é um tapado. Além de não ter quantidade de neuronios suficiente para trabalhar em outro lugar. Soube que fizeram com ele o testa da LOIRA (PARA COMPROVAR A EXISTENCIA DE DOIS NEURONIOS) E O RESULTADO FOI NEGATIVO.

  73. Wellington Costa disse:

    Deveriam colocar o Sergio Mauricio na Globo para narrar a F1 junto com o Reginaldo Leme. Ele arrebenta nas narrações. Melhor que o Cleber Machado que é um letárgico narrando F1 e o Luiz Roberto que narra uma corrida ruim como se ela fosse algo digno de entrar para a história. Ele sim seria um ótimo narrador.

  74. Rodrigo Oliveira disse:

    E quem segura o Burti???

  75. Paulo disse:

    Só tem um cara que substituiria Galvão na F1 a altura: Everaldo Marques.

    • Diego Romie disse:

      Fatooo!!

    • Defalchi disse:

      Também acho que só o “Cabeção” substituiria à altura!

    • Samuel Santos disse:

      Concordo, Cléber Machado e Luiz Roberto, são bons narradores de futebol, mas pra F1 não dá.

    • Zé Fini disse:

      A altura!?…então esse Everaldo Marques é um mala como Galvão é, rsrs. Até parece que ele narra F-1 tão bem assim. O que ele faz e faz bem é torcer pelos pilotos brasileiros, distorcer os fatos que ocorreram como se os telespectadores não estivessem vendo o que realmente ocorreu, dentre outras bizarrices.

      Qualquer narrador, que não seja amigo de piloto brasileiro como Galvão diz que é, seria melhor que ele.

    • Elmo Ellan disse:

      Fácil!!!

      Coloquem o grande EDGARD DE MELLO FILHO, que já foi piloto de automobilismo nacional, já acompalhou a F1 como reporter pela TV Bandeirantes e sabe muito de automobilismo…

      Atualmente narra corridas do Línea, Formula Futuro e corridas de motociclismo…
      O cara sabe muuuito, pena que a RGT vai colocar qualquer um como o Galvão e sua trupe para nos servir mal e porcamente a F1 como tem passado ano à ano.

      A RGT não entendeu ainda que o público que acompanha DE VERDADE o automobilismo, não é o mesmo público que assiste futebol…

      Enfim… vejo à morte lentamente da F1 no Brasil e uma parcela muito grande dessa “morte” tem que ser atribuida à REDE GLOBO DE TELEVISÃO.

      Minha humilde opinião…

      Abraços!!!

      • EDGARD DE MELLO FILHO disse:

        Pelo amor de Deus!!! O maior picareta das transmissões de automobilismo não!!! EDGARD DE MELLO FILHO de jeito nenhum!!!

        • Elmo Ellan disse:

          A questão aqui debatida não é a picaretagem em sí… se o cara é, problema o dele.

          O que falamos aqui é sobre a informação…

          Claro que isso nunca irá acontecer, do Edgard narrar na Globo, como alguém falou aí seria um sonho utópico hehe mas ele (Edgard) narrando, daria um banho no Galvão e cia limitada…

          Como o Dox falou, a BBC de Londres está dando um show porque tem gente que é entendida de automobilismo, Martin Brundle. David Coulthard e o “vazilina” Eddie Jordan… os caras são do meio entendem muito e quem ganha com isso é o público em casa que é bem informado do que se passa na pista e no paddock.

          É bem diferente de colocar um narrador seja de fubetol ou de qualquer outra modalidade para destrinchar o automobilismo.

          Apesar de muitos não gostarem, eu gosto do Burti comentando, mesmo dando algumas escorregas, mas ele tem muito mais sensibilidade que o Galvão e o própio Reginaldo, ele é ex-piloto pô já esteve lá dentro sabe como funcionam…

          O problema é que o Burti comenta com uma certa mordaça que o própio Galvão coloca nele.

          Nas trasmissões Galvão é o “chefe” e o que ele fala os dois, Reginaldo e Burti meio que “acatam” às vezes contrariados… mas raramente batem de frente com o Galvão.

          Aliás se for para colocar qualquer um para narrar, é melhor deixar o Reginaldo Leme que é da área (nem se compara com o Galvão) e deixa o Burti e algum outro ex-piloto para fazer os comentários.

          Há algum tempo eu nem assisto mais F1 pela Globo, assisto pela internet, transmissão da BBC de Londres…que como eu disse, não dá nem para comparar…

          Abraços!!!

        • Adelino Iglesias disse:

          Srs: Não sou de ficar tecendo comentários pra lá e pra cá, mas quando vejo alguns covardes que não tem coragem de colocar ou assumir uma posição, fico realmente irritado. Gostaria de saber se o individuo acima conhece o Edgar de Mello Filho, com certeza não,é picareta porque? Lhe deve alguma coisa? Acho que estamos falando de um homem que fez hist´ria no automobilismo e sem dúvida é o maior qualificado para transmitir a F1, pois entende do assunto e é extremamente cômico, isso talvez traga um pouco mais de prazer aos GPS e nos deixaria livres das baboseiras do GAlvão(sorte do Reginaldo). O falso Edgard, seja homem e se manifeste com seu nome ou um nome de guerra mas não suje o nome de quem você não conhece…

        • Sr. Roberto Deniro disse:

          Gente , pelo tom do comentário acredito que deva ser o próprio Edgard a comentar,kkk.
          Se não for ele, vale tudo que já foi dito, seu PILANTRA, EDGAR É O MESTRE JIRAYA DO AUTOMOBILISMO BRASILEIRO.
          O AVO DA FAMÍLIA A MOTOR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>