MENU

13 de fevereiro de 2012 - 13:20F1

Amor à primeira vista

SÃO PAULO | “Existem muitas coisas na F1 além de uma volta perfeita, e é isso que faz um campeão. É esse tipo de coisa que você vê nele e que mostra o quão bom ele é. Como ele usa o carro em um trecho longo e como ele cuida dos pneus. Ele nunca pilotou com esses pneus antes e imediatamente após algumas voltas, você pode ver que ele está se entendendo com eles e alternando sua pilotagem para cuidar deles.”

Este é Alan Permane, diretor de operações de pista, falando de Raikkonen.

Se os dois anos da ausência de Kimi não fizerem diferença alguma, temos aí um gênio do automobilismo. Com Schumacher e Villeneuve, dois campeões, o tempo fora da F1 foi fatal. Enquanto a temporada não começa para que se tire a prova, a única certeza que se tem é que Lotus e Raikkonen já vivem em lua-de-mel.

68 comentários

  1. Bon Fá disse:

    Não existia palavras de baixo calão, muito menos desrespeito de qualquer natureza.

    Tenho uma cópia dele aqui no word e vou mandar para o ig.

    Devia avisar que há censura em seu blog, Victor Martins.

    Fui censurado por dizer a verdade?

  2. Jacaré & Capivara do Tietê disse:

    O retorno do Pudim!!!
    A lua de mel, como se diz no interior:
    Começou com mér das águas e vai terminar com mér da seca!!!

    “Você já se sentiu enganado? Rotten, Johnny (1977)

  3. Ricardo Arcuri disse:

    É verdade que Kimi andou correndo pra valer, atraves do Rally e da NASCAR. Mas… ainda nao vejo que ele realmente voltou. So vou acreditar vendo os resultados nas corridas. Ta tudo muito certinho… certinho demais….

  4. Palhaco disse:

    O Raikkonen é muito mais piloto que o Schumacher.

    Em 2003 peitou o Schumacher até a última corrida com um carro *muito* inferior.

  5. Marcog disse:

    1 – A experiência da pilotagem no WRC
    2 – Dos que retornaram, salvo engano é o mais jovem
    3 – CACHAÇA !

  6. Ao Junior(15:47) disse:

    Vamos com calma, em 2003 a FIA “ferrou” a Ferrari mudando o regulamento pra impedir mais um título alemão o mesmo ocorreu em 05(os ingleses já tinham tentado ferrar o alemão em 94), Schumacher só foi virar líder na tabela em 03 na metade do campeonato no GP do CAN, a disputa tava equilibrada, a Mclaren tinha um carro muito veloz, mas às vezes deixava na mão(o Senna ganhou um campeonato assim em 91 e ninguém disse nada, a Williams quebrava uma barbaridade). Schumacher começou o ano atrás e foi se recuperando, e quando tirou a liderança de Kimi, nada estava decidido até Montoya entrou na briga. Na reta final naquele GP do USA, Kimi fez a pole e Schummy largou em SÉTIMO atrás de Montoya, ninguém pode dizer que a Mclaren era inferior. Na última corrida, Kimi terminou a frente do alemão, mostrando novamente que o carro era bom, mas Schumacher fez o ponto e garantiu o titulo sem depender de Barrichello. O alemão deu show na chuva nesse GP do USA e praticamente “matou” o campeonato.

    Nunca faltou motivação a Kimi em 03, o problema foram algumas quebras(Kimi até pegou fama de pé frio), mas ele foi extremamente regular em 03 como tinha sido Keke Rosberg em 82. Schumacher também sofreu com imprevistos nesse ano, isso ninguém lembra. O caso de Prost é diferente, compare os cinco anos da Ferrari antes de Prost entrar na equipe, e faça o mesmo com Schumacher. Entre 91 e 95 a Ferrari passou pela pior fase da Formula 1(venceu apenas 2 Gps em 5 anos). Quando Prost chegou a equipe o carro era razoavelmente bom porque tinha J.Banard na equipe, mas faltava um grande piloto pra fazer a evolução do carro, Prost ainda levou Nichols para Maranello. Entre 85 e 89 a Ferrari vivia de esperança, entre 91 e 95 passou por uma crise brava!!!

    E o príncipal, Prost disputou o título com Senna no primeiro ano, mas ele foi campeão? Porque ele não continuou na equipe, onde foi parar o sangue-frio do francês em 91? Prost criticou duramente o carro Ferrari, coisa que Schumacher nunca fez na vida, Prost acabou DESPEDIDO no final do ano, um vexame. Pachecada tem mania de ENDEUSAR os pilotos do passado, mas ninguém repara nos detalhes. Tudo é fruto de trabalho, mas muitas vezes nem os grandes dão conta do recado.

    Piquet foi Bicampeão em 81 e 83 com todos os méritos, mas em 84/85 onde foi parar o grande acertador de carro Nelson Piquet? Ele não conseguiu fazer da Brabham um grande carro, e voltar a disputa do título, e a Pirelli dava exclusividade a Brabham, Nelson não se entendeu com os pneus!!! Piquet preferiu deixar o barco afunda e se transferiu para a Williams que estava em alta com o forte motor Honda, tanto que em 86 e 87 disputou o título.

    Piquet também passou pelo mesmo problema de Alonso em 07, ele não gostou nada da velocidade de Mansell, em 87 bateu o companheiro, mas saiu da equipe dizendo cobras e lagartos, exatemente como fez Alonso em 07. Piquet não aguentou dividir a equipe com outro piloto.

    Na Lotus e Benetton, Piquet pouco fez, mas Schumacher conseguiu levar a Benetton aos títulos, quando terminou seu contrato, se transferiu para a Ferrari em baixa, Schummy deixou a Benetton no topo, o resto não é de sua responsabilidade, se Berger e Alesi não deram conta do recado, paciencia.

    Prost sempre deu sorte de pegar equipe já em alta, foi assim com a Renault, Mclaren e Williams. Na Renault fracassou e não chegou ao título(mas Alonso sim, e partindo lá debaixo), na Mclaren deu baita sorte de pegar a equipe dominando, aprendeu muito com Lauda e chegou ao título, Prost nunca pegou uma equipe em baixa e levou ela ao título, mas assim como Schumacher, tem o crédito de organizar e dar estabilidade a Renault e Mclaren( só que na Mclaren ele também não aguentou dividir a equipe com Senna, saiu falando horrores de R.Dennis e Honda). Hoje Schumacher tenta “levantar” a Mercedes, mas seu tempo é curto, já tem 43 anos! Na Williams Prost já pegou um carro pronto pra ser campeão, só sentou e pilotou, sequer teve rival na disputa.

    Senna depois de 3 anos de frustração na Lotus(ele mesmo admitiu isso, e correu com motor Honda em 87, nem assim a equipe melhorou, o problema da Lotus era acertar o chassi).

    Depois Senna deixou a Lotus na mão e foi para a melhor equipe, que tinha o melhor motor na época, e também contava com o trio genial Murray/Nichols/Prost pra acertar o chassi. Senna ficava do lado dos japoneses da Honda, fazendo o que não sei, devia ficar batendo papo-furado, porque o motor Honda já estava totalmente desenvolvido graças a dois pilotos.

    Piquet na Williams em 86/87 e acreditem…S.Nakajima(o japonês foi uma espécie de “pai” do motor Honda desde o início na fábrica). Na Mclaren Senna não teve participação nenhuma no desenvolvimento nos carros de 88/89. Senna só sentou e pilotou, e pra ser campeão teve que depender da ajuda dos descartes, porque na pista e nos resultados Prost foi o melhor. Em 89 o francês deu outra “aula” de regularidade batendo o brasileiro.

    Quando Prost saiu da Mclaren a mesma desabou de nível técnico, Senna não conseguiu desenvolver nada, só ficava na choradeira e até ameaçou sair da F1, ficou mais um ano(93), e decidiu deixar a equipe na mão(outra?), para se transferir para a melhor equipe da época, dessa vez a Williams que dominava tudo! E o que aconteceu em 94? Senna desesperado foi correr telefonar para Prost para pedir ajuda sobre problemas no carro. Prost pouco disse, como quem estivesse cutucando:

    “Ué vc não é o Senna? Se vira e acerta o carro, já dei um carro pronto pra vc ser campeão em 88/90/91, agora mostra que vc sabe desenvolver um carro em baixa até o título”.

    Esse carro Williams em 94 não era ruim, D.Hill ainda novato venceu várias corridas, até disputou o título(com ajuda do papai, a FIA), mas Hill era um novato, se observar bem ele não foi tão mal assim, nunca reclamou do carro. Senna disparou dizendo que o carro era uma merda. O problema do Senna em 94 foi que ele não cabia no carro, achou o carro extremamente desconfortável para pilotar. Ele mesmo admitiu que o carro não foi com sua cara, paciência.

    Outro detalhe, a Benetton de Schumacher já estava anos luz a frente da Willimas na parte de “downforce” graças ao Bico alto(o começou disso, foi em 90 com a Benetton de Piquet, mas faltava muita coisa até chegar a um assoalho perfeito), tanto que a Williams copiou isso para 95. A Williams em 94 contou com um carro de bico baixo, já ultrapassado em relação a Benetton, isso era bem nítido na pista, Schumacher era muito veloz em ritimo de corrida com aquele carro. Hilário é que, todos achavam que isso acontecia por causa do tal controle de tração…rs

    Enquanto todos atacavam o controle de tração, o segredo estava embaixo do carro, bico alto + assoalho, agora todo desenvolvido. Isso dava mais “downforce”, mais velocidade em curvas, com menos desgastes de pneus.

    Foto: Williams e Benetton em 94.
    http://2.bp.blogspot.com/_wzXM6nf5eXw/S5kwpVYJZ_I/AAAAAAAAA74/UDAfI2j3Eyg/s320/senna-schumi-brasil%5B1%5D.jpg

    Tanto que a Benetton foi campeão em 95 e ninguém veio disparar dizendo que o carro estava irregular, enfim descobriram o segredo, não era só o bico alto, o segredo maior estava no assoalho. Lembre-se que a Benetton bateu recorde de pista na pré temporada em 94, como aconteceu com a Brawn em 09, o carro Benetton era realmente muito bom. Atacaram a Benetton de usar controle de largada e controle de tração, mas se isso fosse verdade, Schumacher não largaria mal no GP Brasil, e em outras corrridas em 94. O segredo da Benetton estava bem escondido, R. Byrne e R.Brawn enfim conseguiram extrair ao máximo o assoalho. Por isso, o alemão dominou em 94, quanto a suspeita de trapaça, não era só a Benetton que era suspeita. Tecnicamente a Benetton só foi punida por causa da tábua fora da altura no GP da BEL, mas Schumacher deu um 360 graus em cimda de uma zebra, poderia ter afetado a tábua, mesmo assim não fizeram carnaval e aceitaram a punição. O caso do filtro de gasolina foi pego no carro de Verstappen, pois é ele atacou recentemente que Schumacher correu com carro irregular, mas ele TAMBÉM correu!!! O caso do filtro de ar não passou de multa, não era tão grave, o segredo da Benetton não estava nesse filtro. E a Benetton tinha dois times, quem garante que só o time de Verstappen mexeu no filtro, com Schumacher nunca pegaram nada com relação a isso.

    Mclaren também foi acusada de usar câmbio fora do regulamento, e Wiliams de conseguir mais jogos de pneus, isso quando Senna estava vivo. Não existe “santinhos” na Formula 1, o caso de espionagem em 07, e o escândalo envolvendo um brasileiro em CIN 08, “absolveu” a Benetton em 94. RBR também deve dias sob suspeita por causa da “asa” flexivel , mas será que é só ela que deve aprontar? Será que aquela Mclarens dos anos de 88/89 não correram com chips turbinados? O mesmo serve para as Williams de 92/93.

    Quando a Schumacher jogar o carro em cima de Hill, isso também aconteceu entre Senna e Prost em 89/90, só o alemão é lembrado. Schumacher jogou o carro porque não aguentou as pilantragens da inglesa FIA, que fez de tudo para equilibrar o campeonato em favor de Hill. Alguém lembra o que houve no GP da Inglaterra em 94? Schumacher foi massacrado por ter ultrapassado Hill na volta de…acreditem, volta de apresentação! Me tira o tubo!!!

    Fizeram o maior carnaval em cima e desclassificaram Schumacher por 3 corridas(ING/POR/ITA), a guerra em 94 passou a ser entre Inglaterra e Alemanha.

    A pachecada da FIA fez de tudo para impedir o primeiro título alemão, curiosamente isso se repetiu em 2011, mudaram o regulamento justamente no GP da Inglaterra. Seria para favorecer Button e Hamilton? Poucos sabem naquele GP da ING 94, várias celebridades estavam na pista, inclusive a príncesa Diana, só faltava o vencedor ser inglês, e foi Damon Hill venceu, o curioso é que só decidiram punir Schumacher, quando Hill perdeu a liderança para o alemão na metade prova. Ahhhhh me ajuda aí…

    Voltando ao Senna, curioso é que, o projetista na Williams era ninguém menos que Newey, Senna preferiu correr atrás do Prost pra pedir ajuda…barbaridade! Ninguém melhor conhecia aquele carro que Newey, foi ele quem criou o carro para o Mansell, o Senna não se ligou disso, não sabia quem era Newey?

    E Mansell, o que dizer de um piloto que jogou vários títulos fora, 86/87/91? Só foi campeão graças ao Newey, o mesmo ocorreu com Prost em 93, e ainda metem o pau no Vettel, mas vários pilotos dependeram de grandes projetistas.

    Clark teve Chapman,63/65
    Gran Hill teve Chapman,68
    Jackie Stewart teve Derek Gardner, 69/71/73
    Rindt teve Chapman,70
    FITTIPALDI teve Chapman,72
    Lauda teve Mauro Forghieri,75/77
    Andretti teve Chapman,78
    PIQUET teve Murray,81/83
    Lauda teve Barnard,84
    Prost teve Barnard,85/86
    PIQUET teve Frank Dernie e P.Head,87
    SENNA e Prost tiveram Murray-Nichols,88/89(mas Senna, como muitos outros, não ajudou no desenvolvimento do carro)
    Mansell teve Newey,92
    Prost teve Newey,93

    Schumacher teve Brawn e Byrne, mas o alemão trabalhou em todos os carro começando por baixo, ainda teve que organizar e dar estabilidade as equipes, muito do sucesso também vem do alemão fazendo a diferença na pista.

    D.Hill, Villeneuve, Hakkinen contaram com Newey, em 96/97/98/99. O que eu acho hilário, é que ninguém lembra desses detalhes, só vão lembrar HOJE que Vettel tem um grande projetista, mas Newey só começou a vencer na Toro e RBR depois de teve Vettel ao volante. E o Lewis que já pegou tudo montado em 2007? Vettel pelo menos fez parte da evolução da equipe até os títulos.

    Mansell era muito bom de corrida, dava seus shows, mas também fazia muita besteira, o Senna também era assim tanto que foi taxado de piloto afobado! Pra campeonato Mansell era um desastre, só foi conseguir o título depois de 12 anos, e sem rival na disputa.

    Schumacher foi o único piloto que realmente encarnou o espírito de equipe, pegou a Benetton em baixa, e chegou a dois títulos, depois largou essa equipe que ganhava tudo(94/95), para pegar uma equipe Ferrari cheia de crises que não ganhava nada. Quando a pachecada inglesa da FIA mudou o regulamento em 03, lá estava Schumacher trabalhando pra desenvolver tudo de novo, o alemão foi campeão em 03 vencendo um regulamento feito exclusivamente contra ele. Novamente Schumacher leva a Ferrari ao domínio em 04, e o que a FIA fez? Novamente mudou tudo para ferrar o alemão, dessa vez conseguiram. Alonso foi campeão em 05 muito graças a FIA que mudou radicalmente o regulamento, sem Scdhumacher na disputa Alonso acabou batendo Kimi e foi campeão, e quem volta em 06 disputando o título? Ele Schumacher, e sem Rubinho na equipe provando que era ele quem fazia a diferença em acerta o carro.

    Schumacher não foi campeão, mas fez uma coisa até mais importante que o título, colocava a Ferrari na briga novamente, foram 7 vitória em 2006. Se o alemão decide disputar a temporada de 07, ele seria o campeão e não Kimi, dando o troco em Alonso! Se Raikkonen foi campeão em 07, muito é graças ao trabalho do alemão entre 05 e 06.

    Prost foi campeão pela Renault e Ferrari?
    Piquet foi campeão na Benetton e Lotus?
    Mansell foi campeão pela Lotus e Ferrari?
    Senna conseguiu desenvolver algum carro em baixa e ser campeão?

    Se o Senna fica na Lotus entre 88 e 93, jamais seria campeão, o mesmo aconteceria se ficasse na Mclaren em 94/95/96/97…e em 98/99 teria que esperar Newey fazer um carro campeão!

    Schumacher não deve nada aos campeões do passado, tecnicamente fez até mais, nunca abandonou uma equipe em baixa pra correr em outra que estava em alta, isso ocorreu com Piquet, Senna, Prost e Mansell. Esportivamente na pista sempre correu no limite. Quanto a seus atos na pista, Senna também tem uma lista bem grande de sujeiras…

    Schumacher estava lá depois de 1994 para encarar qualquer piloto, só não sei porque Piquet e Prost arregaram, Mansell bem tentou, mas comeu poeira até de D.Hill, isso com um carro feito sob medida para ele.

  7. Antonio Silva disse:

    Satoru Nakajima neles!!!

  8. Anderson Ramos disse:

    O que posso querer como torcedor da F1, e ter grandes pilotos na categoria. Agora não podemos crucificar o Schumacher e o Villeneuve, que em suas épocas foram grandes campeões. Quando voltaram não encontraram carros competitivos.

    Mas prefiro esses pilotos que Trulli, Sutil, Barrichello e cia.

  9. Marcelo Martinez disse:

    Li alguns cometários e concordo com os que disseram que o fato dele ter corrido 2 anos de rally está fazendo a diferença. Sinceramente, não sei como os caras do WRC conseguem pilotar naquelas pistas cheias de terra, molhadas e muitas vezes com neve e na velocidades que eles andam. Tem que ser muito bom pra correr ali.

  10. Luiz G disse:

    Não acho que Raikkonen seja Gênio.

    Acho que ele está no mesmo patamar de pilotos “brilhantes” tipo Juan Montoya, Nigel Mansell, Gilles Villeneuve, Ronnie Peterson, James Hunt, Keke Rosberg e, até, Gerhard Berger….

    Ou seja, pilotos que são uma explosão de criatividade e espontaneidade na pista, mas não tem a meticulosidade e a precisão necessária para tirar o melhor do carro sempre.

    São os pilotos “show”, que sempre rendem uma grande apresentação, uma derrapada, e, regularmente, uma escapada na brita….São Grandes pilotos, mas falham muito na regularidade.

    Alguns se tornam campeões por um evento do acaso, mas não os coloco no patamar de “gênio”…..apenas, “grandes pilotos”, que significam muito pra história da F1.

  11. Danilo disse:

    Aguardemos as cenas do próximo capítulo…

  12. Elson F-1 disse:

    Pode ser que a adaptação seja rápida, mas a comparação com Schumacher é exagerada. Não?

  13. Marcos disse:

    Kimi é talento mais o carro também tem q fazer jus ao seu talento.

  14. Não nos esqueçamos de Nigel Mansell.

    Ele também ficou fora da F1 em 93 e 94, voltou para fazer algumas corridas e ficou lá para trás. Já Prost, ficou fora em 92 e foi campeão em 93…

    []´s.

    • Concordemos também: longe de mim questionar o talento do Prost, que ao meu ver foi o melhor piloto da história da F1, mas com aquele carro da Williams no começo dos anos 90, até a minha vó míope seria campeã…

  15. Cezar disse:

    o Schumacher é gênio! o melhor piloto de todos. o torcedor brasileiro sempre arruma defeitos nos 7 títulos conquistados pelo alemão. inveja pura. e Piquet foi o melhor brasileiro de todos os pilotos da F1.

  16. Marcelo Silveira disse:

    Eu sempre o considerei um ótimo piloto na época da McLaren. Ele tinha um carro muito rápido, mas que quebrava em quase toda corrida. Na minha opinião, se não fosse este fator, pelo menos um dos títulos o Schumacher teria perdido para ele.

    Seu período na Ferrari foi muito melancólico, parece que corria sem motivação alguma. E mesmo assim ele ganhou de forma surpreendente o campeonato que estava praticamente perdido em 2007, feito que o Massa em melhores condições não repetiu em 2008.

    No momento, tudo o que se fala a respeito dele acho que é só especulação. Porém, estou na torcida para que ele volte em boa forma e consiga bons resultados.

  17. Acredito que o cara é normal, nada demais, não é melhor que a maioria dos pilotos que estão na formula 1, e acredito que seja pior que todos os campeões que estão na pista agora.. se tem alguma performance que possa surpreender, será a lotus, que parece estar bem melhor que o ano passado. Eu digo parece estar melhor pois esses testes iniciais podem mascarar muita coisa, não é pessoar… teve gente ai pra traz que falou que rally é parecido com formula 1, é completamente diferente, completamente. Abraços a todos…

  18. Alexandre disse:

    Alguém esqueceu que o tempo dele foi 1,2 segundos a mais que o tempo do Grojean?

    Se ele é Gênio o Grojean é o que?? o Pelé da F1?

    Aliás, Raikonen mesmo que ganhasse do Grosjean isto não significa nada.

  19. Mauricio disse:

    Enquanto o Raikkonen impressiona a Lotus ao conseguir se adaptar aos pneus em apenas algumas voltas, não posso deixar de pensar no Massa, que não vem andando nada há 3 anos e coloca a culpa nos, vejam só… …pneus!

    • Luiz G disse:

      …É o que eu faria no lugar dele….o que você quer que ele diga?

      -”Pois é…o Alonso é MUUUITO melhor do que eu e eu não tenho a MENOR chance contra ele!! Tô F…”

      Quem vai patrocinar um cara que diz isso??
      Ele tem que arrumar alguma desculpa, ué…

  20. R. CASAGRANDE disse:

    Sim, o Kimi é um dos grandes, um dos melhores de todos os tempos. Mas, claro, os 10 anos a menos que Schumacher fazem diferença, sim.Outra coisa é que ele não se preocupa com a pressão e com o que os outros dizem, portanto se concentra só na pista. Quando Schumacher voltou, se esperava, no mínimo, um octacampeonato, o que foi muita pressão.

  21. Bruno Ribeiro disse:

    Será que essa rasgação de seda toda não é porque o Kimi comprou parte das ações da equipe Lotus?

  22. Marcelo disse:

    Se o carro da Renault for bom e Kimi fizer resultados semelhantes ao Rosberg em 2010, é porque ele voltou forte, mas se fizer resultados parecidos com Schumacher no mesmo ano, é porque sentiu o peso do tempo longe da F1, o que também não seria o fim do mundo, pois piloto com anos longe da F1 precisa de tempo para se adaptar. Não tem como comparar com Lauda porque esse saiu da F1 muito cedo, o certo é dizer que ele retomou a carreira, e naquele tempo a evolução técnica do carros eram lenta, em dois anos pouca coisa mudou nos carros,(não tinha informática na época). Quando correu em 82, Lauda venceu 2 corridas, mas nesse ano 11 pilotos tiveram a chance de vencer por causa das quebras muito acima da média. Em 83 em uma temporada normal, Lauda foi apenas o DÉCIMO no mundial(isso ninguém lembra), pior até que Schumacher em 2010, e em 84 pegou um supercarro e foi campeão, provando que carro conta muito, coloca o Schumacher na RBR pra ver ser a coisa não muda, ele já iria para o terceiro ano como Lauda no retorno, lembrando que naquela época o piloto podia treinar para pegar a mão do carro. Schumacher não pode fazer isso, senão já tinha resolvido vários problemas, entre eles a volta em classificação. O caso de Schumacher é diferente, ele realmente se aposentou em 06, e hoje faz a segunda carreira na F1(até isso vira recorde na vida do alemão), Kimi é diferente, como Lauda parou muito antes da hora, e hoje retoma a carreira. Damom Hill se diz surpreso com vontade de Schumacher, pois ele parou de correr a 13 anos. Graham Hill foi um baita piloto nos anos 60, correu por 18 anos na F1, mas nas últimas 5 temporadas(já na década de 70), só andava no pelotão do fundo, no mundial foi:

    13º em 1970
    21º em 1971
    15º em 1972
    26º em 1973
    18º em 1974

    Ou seja, a idade e o carro faz sim a diferença, e o próprio Schumacher admitiu que não é mais o mesmo, mas tenta mostrar que pode andar junto com a molecada. Para analizar melhor Kimi, o certo seria no segundo ano como aconteceu com Schumacher, em 2011 o alemão recuperou bem o ritmo de corrida, e fez pelo menos 5 grandes provas pelo carro que tinha(CAN/BEL/ITA/JPN/IND). Em três delas deu show, CAN/BEL/ITA, isso com equipamento limitado, pois, nem com Rosberg conseguiu chegar ao pódio como fez em 2010. Nico foi mais eficiente durante o ano(regularidade) é veloz e erra pouco, com carro de ponta vai dar trabalho como o companheiro. Schumacher fez corridas mais emocionantes, também conseguiu o melhor resultado da equipe chegando em um quarto lugar, provou que pode bater Nico, o problema de Schummy são as voltas de classificação, resolvendo isso, ele bate Rosberg. Com o carro que tinham até 2011 Nico e Schummy não podiam fazer mais, acho que os dois foram bem em 2011. Essa vai ser uma boa base para Raikkonen, pois vai passar por situação semelhante, sua equipe vai brigar para ser a 4º força no mundial e justo com a Mercedes, complicado para a Renault porque Schumacher e Nico formam uma dulpa melhor.

    Kimi pode fazer uma tempoarada relativamente boa(não adianta cobrar muito, vimos isso com Schumacher), mesmo Raikkonen sendo muito mais jovem que o alemão no retorno, por outro lado, idade de Kimi é uma grande vantagem em relação a Schumacher, ele pode ficar mais uns 6 anos na F1, até lá pode conseguir uma equipe de ponta e até ser campeão. Schumacher voltou com 41 anos, não vai ter como ficar 6 anos, com 35 o alemão ia ter a chance de fazer o que fez na Benetton e Ferrari. Claro que a idade pesa, se não fosse isso Piquet, Prost e Mansell ficariam na F1, Mansell bem que tentou, mas em 94 tomava surra até de D.Hill em treinos e corridas, venceu aquele GP da AUS 94, porque Schumacher e Hill se envolveram em acidente, na corrida Mansell estava muito atrás.

    Será que Kimi consegue fazer pelo menos três 4º lugares como Schumacher fez no mundial em 2010(9º no mundial), ou 3 pódios(3º) como fez Rosberg? Lembre-se que Nico dependeu de abandonos e erros dos rivais para chegar ao pódio. O grande feito de Rosberg em 2010 não foi superar o “enferrujado” Schumacher, mas sim, bater ninguém menos que o ótimo Robert Kubica no mundial, ambos tiraram tudo do carro, e seus resultados foram bem semelhantes na tabela(os carros de Nico e Kubica se equivaliam), mas Nico chegou a frente. Bom lembrar que, no GP Brasil 2010 Schumacher cedeu a posição a Rosberg porque sabia que isso era importante na briga Nico x Kubica, nem por isso Schumacher fez “carnaval” dentro da equipe. Pelo segundo ano Rosberg chegou a frente de Schumacher e o velho alemão sequer reclamou, já Rubens fez “carnaval” na Ferrari e até no GP da ESP em 2009 na Brawn, ameaçando sair da equipe e até da F1.

    Pela terceira vez na carreira Schumacher entrevaga a posição ao companheiro, outras duas foram a vitória a Irvine em 99 no GP da Malásia e outra foi no GP do USA em 2002 para Rubens, fez isso, para COMPENSAR a cagada da equipe naquele GP da AUT do mesmo ano. Schumacher não precisava e nunca precisou de vitória(cedida) de companheiro, a equipe errou!!!

    Em 2002 Schumacher chegou “colado” em Rubens em mais 3 provas:

    GP Europa de 2002 +0.294
    GP Hungria de 2002 +0.434
    GP Itália de 2002 +0.255

    Poderia até ultrapassar Rubens e vencer, mas não o fez para causar confusão, além disso sempre esteve muito a frente na tabela(respeitou aquela coisa de não passar o líder depois do último reabastecimento, mas isso é coisa interna e poderia mudar a qualquer momento, Schumacher não se importou e a Ferrari ficou muda). Notem que nessas 3 corridas Schumacher chegou a menos de meio segundo de Rubens. Acredito que fizeram muito “carnaval” por cauda do GP da AUT 02, se não estava bom, porque Rubens quis ficar 6 anos na equipe? Arnoux em 82, Piquet em 87, Prost em 89(com SENNA), Mansell em 90 e Alonso em 07 sairam da equipe ao perceber que o companheiro era favorecido. Porque Rubens não tomou a mesma ATITUDE? O alto salário na Ferrari não fez tomar essa decisão, essa que é a verdade!

    Voltando ao Kimi, tudo depende da adaptação aos pneus, e se o carro for bom(ele pode dar a sorte do carro “casar” com o piloto, Schumacher não deu essa sorte em 2010). Muitos pilotos já concordaram, os novos pneus são melhores de pilotar que os de anos anteriores, já é uma boa vantagem a Raikkonen, ele gostou do que viu, mas fazer resultados na pista é outra coisa. Ainda existem 3 equipes mais forte que a Renault, como aconteceu com Schumacher em 2010: Ferrari, Mclaren e RBR estão muito a frente. A briga da Renault é com a Mercedes como foi em 2010 e 2011, vai ser outra disputa interessante.

    Na primeira corrida do ano em 2010(GP do Bahrain), Schumacher largou em 7º e chegou em 6º, e não foi resultado ruim porque Rosberg largou e chegou em 5º..

    Vamos ver se Raikkonen consegue coisa semelhante, já na primeira corrida! É um baita piloto,mas precisa de tempo para se adatpar a nova F1. Com seis campeões nas 5 melhores equipes, não tem como não ser um grande ano. Acredito que seja uma temporada bem equilibrada como foi em 2010, a diferença entre o campeão e o vice, foi mínima considerando a nova pontuação.

  23. Douglas Arruda disse:

    Pessoal, não podemos desconsiderar o fato de que Kimi Raikkonen correu com o regulamento de 2009 – inclusive pelejou bastante. De lá pra cá, não mudou tanto assim.
    O fato é que a última grande transição de regulamento foi de 2008 para 2009.

    Com Schumacher a coisa foi cruel, em 2006 ele corria com um outro tipo de carro – ranhuras, asa traseira maior, sem KERS, reabastecimento, etc…

  24. Marcelo Andrade disse:

    Calma …. ainda ta cedo pra dizer se o Kimi não vai sentir os 2 anos parados, vamos ver em ritmo de corrida durante toda temporada. Mesmo que não sinta, tem o fator idade tb que pesou pra Schumacher e Villeneuve. Kimi tem que comer muito mingau ainda pra chegar aos pés do Schumacher.

  25. Carlos Pereira disse:

    Realmente o Kimi é o tipo de cara que faz falta no Grid. Espero que ele faça uma boa temporada, já que não teremos o Kubica.

  26. julio disse:

    2 anos e umas biritas….

  27. Ricardo disse:

    Discordo com o fato de dizer que a ausencia de “Schumacher e Villeneuve, dois campeões, o tempo fora da F1 foi fatal”. O problema está no equipamento… não só hoje mas em qualquer outro tempo da F1 moderna ou campeonatos de esporte a motor é mais que óbvio que alem de competencia vc precisa de equipamento para chegar na frente, a Prova é o carro da Mercedes que até a temporada passada, ficou lutando por posições intermediárias, assim como a ferrari e a willians nem se fala e sinceramente espero que a mesma volte melhor ou poderia significar o fim para a mesma. Hoje aposto da Indy, mesmo não sendo grande fã da categoria, mas se pensar no equilibrio dos carros ali sim seria uma competição mais justa do que na F1, onde alguns poucos conseguem chegar a frete e outros poucos correrem atras do prejuizo Att. Ricardo

  28. Rômulo Passos disse:

    Gênio? Hmm… forçou um pouco… ou então nossos conceitos do nível “gênio” são diferentes… Dos atuais pilotos eu só colocaria Alonso na condição de gênio. Hamilton teve uma estreia digna de gênio, mas ainda precisa mostrar mais pra poder chegar nessa condição. Vettel é um que também belisca a genialidade, mas precisa de um pouco mais de chão pra chegar lá. Raikkonen, ao meu ver, é um piloto excelente, extraordinário em um número de ocasiões, especialmente naquelas que requerem uma sequência de voltas rápidas, consistentes, em pista livre. Mas, para ser gênio, precisa-se de muito mais do que isso e de um campeonato que caia no colo. Precisa de outras qualidades, isto é, de uma consistência não apenas nas CNTP (pista livre, seca, vento sul etc) e de ser um destruidor de resultados (tanto em pista quanto em pontos). Lembro de alguns nomes que faziam isso, e entre eles eu ainda não vejo o Kimi….

  29. Irineu Lemos disse:

    Adora as piadas do Victal… melhor que você só o Tiririca.
    Comparar Haikonen e Schumacher com o Villeneuve?
    Veja o modelo do carro que o Schumi usava quando parou e o do Kimi e veja que teve que se adaptar mais.
    Outra coisa… em 2010 quando o Schumacher voltou, a Mercedes pegou a raspa da sobra da Brawn e eu queria ver o Kimi ou qualquer outro andando com aquilo…

    • victor disse:

      VM responde: Não comparei com Haikonen. Até porque nem sei quem é esse…

      • Junior disse:

        Pra quem realmente entende de F-1, em 2003 Raikkonen quase tira o título do Schumi (por 2 pontos) com uma Mclaren defazada. Teve no GP da Europa uma quebra de motor na liderança da corrida que lhe custou 10 pontos. A Mclaren era tão ruim que Kimi foi vice ganhando apenas 1 prova. Ele só não tem o apetite do Schumi. É como Federer x Nadal (tô falando na vontade). Schumi sempre teve o apoio do melhor carro e equipe técnica. Prost em seu primeiro ano de Ferrari já disputava o título com o Senna…

      • Bon Fá disse:

        Ayrton Senna, Kimi Räikkönen e Keke Rosberg, são da galeria dos pilotos gênios da atualidade, os outros vem em um patamar mais baixo.

        O problema de Kimi é que ele não gosta de reclamar do carro ou da equipe, é tranquilo demais e abusam disso (na ferrari em 2008 por exemplo).

        Kimi voltou em “Lua de mel” com a Lotus, pois ele tem talendo natural, nato, é aquele que pega um carro e em 10 voltas tira tudo o que o carro pode oferecer, haja vista que Kimi é o 3º piloto na história da F1 em número de voltas mais rápidas em corridas.

        Os outros tem todo aquele procedimento de adaptação bem mais lento.

        Talvez estando fora da F1 por dois anos, tenha ajudado Kimi a ver a F1 com mais tranquilidade e reflexão, lembrando que Kimi foi direto da F-Renault para a F1, pontuando em sua estreia pela Sauber, o que despertou o interesse da McLaren em contratá-lo.

        Já com relação ao carro que Schumacher usou, e o resultado no retorno, mostram claramente o que ele foi e é, um piloto constante e médio, no máximo bom (forçando bastante), mas que sempre teve um super carro, com o que de melhor poderia ter a nível de staff, isso é inegável, tanto que o Ross Brawn da Benetton, ferrari e Brawn GP e agora Mercedes, jamais esteve longe do alemão na F1 em suas consquistas, constumo dizer que Schumacher é hepta, e Ross Brawn é Octa (título que o engenheiro inglês proporcionou a Jenson Button).

        Quando Schumacher voltou sem os privilégios que tinha contratualmente na ferrari, ele mostrou o quanto é um piloto “normal” que contava com uma incomparável estrutura, inclusive com fiel escudeiro tendo que frear para ele vencer (ex: 12 de maio de 2002, na Áustria), na mercedes a história é outra. Até onde se sabe, Nico pode andar na frente de Schumacher, “o contrato permite”. Jacques, não é muito diferente de Schumacher, somente é menos exigente com quem trabalha para ele.

        • veber disse:

          não concordo com vc sobre o Shumacher, ele é sim um piloto fantástico e muito rápido, agora veja, o cara está com 43 anos, e Rosberg acho que tem 27 anos, não precisamos dizer mais nada, ele está correndo apenas por prazer e estou certo que vai parar ao final de 2012.

        • Thiago Fernandes disse:

          Respeito opiniões. Mas ta de sacanagem né ? Schumacher piloto médio? Todo mundo tem direito de não gostar do cara, mas voltar numa F1 diferente com 42 anos nas costas e depois de ter um desempenho medíocre esquecer tudo que o cara já fez? Essa balela de melhor carro não dá. Então o Messi não joga nada porque o Barcelona é um supertime? Senna então foi campeão mundial 20x com a Minardi ?

          • Bon Fá disse:

            Thiago Fernandes,

            Schumacher voltou porque se sente perfeitamente bem fisicamente. Ele está em um fórmula 1, com direção hidráulica, girando um volante e pressionando pedais macios, com câmbio de borboleta no volante, não está correndo uma maratona, tão pouco está em um ringue de boxe ou MMA. Se Schumacher não se sentisse em perfeitas condições igualitárias as que tinha quando se afastou da F1, não teria voltado, ou você acha que o ambicioso alemão pretendia voltar para levar a surra que está levando de Nico? Ross Brawn deu a Schumacher, na moleza seus 7 títulos, assim como deu a Jenson Button seu único título depois de anos de F1 sem sucesso e prestes a se aposentar, ou seja, Brawn foi o diferencial. Senna venceu de toleman, Kimi pontuou em sua estréia na Sauber e foi o único a ser campeão pela ferrari sem Ross Brawn estar lá desde 1979! E Keijo Keke Rosberg, foi campeão em uma das temporadas mais disputadas da história 1982 (assim como Kimi também foi em 2007), vencendo inclusive em Mônaco na chuva de pneu slick. Sei que para os torcedores de Schumacher ver seu ídolo mostrar suas limitações como piloto, que o diga Verstapen com o controle de tração exclusivo para o carro de Schumacher na Benetton não deve ser nada agradável, mas é importante ser realista ao analisar os fatos e creditar valores a quem os de fato merecem, sem falcatruas.

        • Marcelo Andrade disse:

          pobre pacheco…

          • João Carlos Yamashida disse:

            Pobre Schumacher, que o diga o Nico Rosberg!

          • Burrens Barriquebra disse:

            A pachequice exarceba nestes comentários. Tem um aí em cima que criou um Hall of Fame com Raikkonen, Rosberg e… Senna! Seja lá o que quis dizer com isso.

            Um outro aí em cima tá querendo dizer que pilotar um F1 é como assistir um Home-Theater na sala. Provavelmente nunca tentou dirigir seu próprio carro um pouco além dos 40 km/h para saber o tamanho da besteira que está falando.

      • Nicolas disse:

        Hehehe… Irineu, você mereceu essa zoada, tirou com a sua cara… Haikonen foi muito fail… rsrsrs

      • Andre Peragine disse:

        Haikonen é soda hein… Dessa vez vou defender o Victor, afinal o Schummy não andou bem ao retornar nos testes de pré temporada em 2010, e o Kimi foi rápido logo de cara na primeira ve que andou de F1. Acho que não precisa dizer muita coisa…

      • vicente disse:

        Miki Haikonen, piloto filandês !!!!!!!!!!!

  30. Andre Almeida disse:

    Eu sempre fico reticente a esses tipos de comentários “babaovistas”.

    Isso por que a história sempre é cruel com quem se antecipa.

    Vimos isso com o Barrichello, quando foi falado que “não se sabia por que ele ainda não tinha sido campeão” e que ele era um “maravilhoso piloto” na Williams, e todos viram que não deu em nada.

    Eu sempre fico esperando até a metade da temporada, onde o campeonato já ganhou seus rumos praticamente definidos. Lá a gente vai saber:

    1 – A melhor equipe;
    2 – O melhor piloto;
    3 – A melhor dupla;
    4 – O carro que mais decepcionou;
    5 – O piloto que mais decepcionou;
    6 – O piloto que mais murchou (antecipando: Massa ;)

    Então, quero ver após Melbourne o que será falado.

    Se essa Lotus paraguaia colocar o caboco no pódio, já pode ser considerada uma vitória, realmente.

    Senão, será apenas “ok, we have to develop some parts of the car that didn’t work out properly…”

    Aí, amigão… veremos mais um campeão mundial voltando só para servir de figura melancólica.

    Né, Schumacher?

    • Felipe Portela disse:

      Penso como vc. Na F1 sobrevive quem tem resultados e/ou dinheiro, nao tem essa de bonzinho. Ano passado a própria Lotus, fez uma festinha ainda em cima do Bruno Senna, mas nao rendeu o esperado. Resultado: rua. Agora na pré-temporada é tudo lindo.

  31. Brunno Paese disse:

    A diferençe entre raikkonen e schumacher e villeneuve, além da idade, acho q seria o fato de Kimi, ter corrido no Rally, que talvez necessite a mesma ou até mais reflexo q a fórmula 1. Tanto que ele mesmo disse q esperava q a diferença fosse maior. Então acredito, sim que Kimi está em plena forma, resta saber se a Lotus estará…

    • Douglas Arruda disse:

      Acho que a grande diferença foi ele ter corrido em 2009, justamente quando mudaram o desenho do carro, voltaram os slicks e introduziram o KERS. De lá pra cá, até pela restrição dos testes, os carros seguem praticamente os mesmos.

      • André disse:

        Concordo com o Douglas. Raikkonen andou nos carros de 2009, com design dessa nova era escrota, KERS, slicks, e está acostumado a isso. Não dá pra comparar com Schumacher (que ficou 3 anos fora e parado, e ainda está muito bem, com um carro de ponta certamente iria dominar). Schumacher acima do Raikkonen em todos os aspectos.
        Já Villeneuve… who?

    • João Carlos Yamashida disse:

      Räikkönen é genial mesmo.

      A ferrari foi ganhar um título depois de 1979 graças a entrada de Ross Brawn da equipe.

      Depois que Ross Brawn saiu da ferrari, somente Räikkönen conseguiu ser campeão lá, e no ano de estréia do finlandês na equipe!

      Ninguém mais foi campeão na ferrari sem a presença de Ross Brawn na equipe, somente Kimi (Isso desde 1979)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>