MENU

15 de fevereiro de 2012 - 12:30F1

Brasil na Índia

SÃO PAULO | A Force India confirmou hoje oficialmente o patrocínio com a Aethra, uma empresa talvez desconhecida do grande público. Deve ter passado despercebido para alguns, mas a equipe já havia apresentado em Jerez o VJM05 com o logo em suas aletas laterais. E apesar do nome, é um grupo brasileiro, de mais de três décadas de história, com sede em Contagem e mexe com sistemas automotivos e tem como clientes 15 montadoras.

A Aethra não é propriamente uma estranha no patrocínio do automobilismo, pois já patrocinou Massa nos tempos de Sauber e Di Grassi num Desafio das Estrelas. O que é esquisito — para os olhos mais comuns e habituados à mesmice — é que a companhia mineira apoia Jules Bianchi desde o ano passado na GP2. O francês, novo piloto de testes da equipe, foi quem acabou levando a marca para o time de Vijay Mallya.

É a tal da globalização.

Adendo 1: o primo Renan do Couto me passou a reportagem que ele fez para o Allkart.net com Rafael Sportelli, presidente da Aethra e coproprietário da ART, a mesma da GP2, que vai lançar um chassi de kart no Brasil. Hum.

Adendo 2: porque devemos achar a Aethra linda, maravilhosa e gostosa…

43 comentários

  1. Renato F1 disse:

    Victor

    Tem mais fotos das “aethretes” para divulgar???

  2. wilson carpini disse:

    Pior… os pilantras não tem um endereço de e-mail para questionarmos o porque de não patrocinar brasileiros na f-1….
    recentemente, a petrobras, que patrocinou a williams e ZERO de piloto brasileiro lá…. acho que talvez o pizonia tenha feito uma ou duas corridas… outros dirão: o cara era ruim e por isso não ficou… satoru nakajima não era grandes coisas, mas graças à honda, que fazia um motor pesado e gastão (no dvd os melhores carros de F-1, da pré história ao ano 2000, piquet fala que a lotus entrou pelo cano ao correr com os motores honda, que eram pesados e beberrões…. eu tenho o dvd…) correu em lotus e tyrrell e o carro da tyrrell de 91 era bom….
    em 1983, a ligier do rau boesel (nada contra ele) tinha a inscrição da embratur no aerofolio traseiro e a equipe de Emerson Fittipaldi encerrara suas atividades 1 ano antes por falta de patrocínio… o governo brasileiro, na época no final da ditadura iniciada em 1964, não poderia ter ajudado Emerson?
    tudo bem que cada um gasta o seu dinheiro como quiser (eu mesmo gosto de miniaturas, fotografia e autorama), mas acho que poderiam dar uma ajudinha aos brasileiros….

  3. wilson carpini disse:

    Faço coro a alguns comentários, pois não deu pra ler todos, contestando por que esses caras não patrocinam pilotos brasileiros….

  4. MSS disse:

    Fico decepcionado com esse povo que se arvora de entender de automobilismo e comenta sem nem ao menos PESQUISAR sobre oque está falando …
    Como o Rafael Sportelli, presidente da Aethra , é sócio da ART … Ele é sócio do Nicolas Todt !!! Que é o empresário do …Jules Bianchi !!!!!

    Difícil, hein galera ….

  5. Jacaré & Capivara do Tietê disse:

    Eu Quero É Rosetar

    Por um carinho seu minha cabrocha
    Eu vou a pé ao irajá (bis)
    Que me importa que a mula manque
    Eu quero é rosetar

    Faço qualquer negócio
    Com você cabrocha
    Tanto faz ser lá no rocha
    Ou jacarepaguá
    Pode até a mula mancar que eu vou a pé pra lá.

    Que me importa que a mula manque
    Eu quero é rosetar

    Haroldo Lobo

  6. Marcelo disse:

    Dá licença que eu quero desabafar Victal…rs

    Vamos para com choradeira pachecada, o Massa estava praticamente fora da F1 depois de ser dispensado da Sauber em 2005. E quem lhe dá uma força para entrar na Ferrari? Nicolas Todt que é francês, ele podia colocar um piloto francês na Ferrari, dando enorme força a França que estava em baixa com pilotos na F1.

    Nicolas podia buscar naquela época o S.Bordais que acabara de ser Bicampeão na Champ Car World Series. O filho de Jean Todt preferiu dar essa grande chance ao brasileiro, Felipe saiu “chutado” da mediana Sauber, para correr na poderosa Ferrari que já disputava títulos com Schumacher, foi ou não um belo presente na época? Vamos ser coerentes, Massa saiu ganhando, ninguém apareceu para dar uma força ao Felipe, nem Mclaren, e nem Renault…isso ninguém levou em conta, e eu me lembro muito bem do Massa indo pra Ferrari, Galvão fez a maior festa, e sempre destacou as revovações do Massa na equipe.

    Fala Galvão:
    “Estão dizendo que Massa esta fora da Ferrari Reginaldo, mas falar é fácil”

    “O Felipinho renovou com a Ferrari, isso é para calar a boca daqueles que torcem contra”

    Logo no primeiro ano Felipe venceu duas corrida, uma delas o sonhado GP Brasil, ainda fez forte amisade com Schumacher, isso rendeu frutos depois. Em 2007 Felipe teve a chance de ser campeão, mas foi superado por Kimi no meio da temporada, fez o jogo de equipe no GP Brasil, mas em 08 foi sua vez de receber ajuda de Kimi, o finlandês cedeu um segundo lugar a Massa no GP da China, se Felipe não foi campeão no GP Brasil, paciência! Pelo menos, ele venceu esse GP pela segunda vez! Em 2009 Felipe vinha bem, apesar do carro não ser bom, mas estava a frente de Kimi, aí aconteceu o acidente na Hungria.

    Massa volta em 2010, e no meio da temporada pega uma fase muito ruim(ele já tinha admitido problemas com os pneus), novamente acontece o jogo de equipe, dessa vez em favor de Alonso(Massa não gosta, mas também não fez “carnaval” na mídia, ele sabia que as chances de Alonso eram melhores para buscar o título), por muito pouco Alonso não foi o campeão em 2010, a Ferrari não estava errada em apostar no espanhol! Muitos duvidaram e riram quando Alonso disse que tinha 50% de chance de ser campeão em 2010, mas ele provou que estava certo.

    Pra compensar um pouco o constrangimento do jogo de equipe em favor a Alonso(a mídia fez o maior carnaval por isso, dizendo que era um absurdo fazer aquilo muito antes do fim da temporada). Pois é, mas ninguém disse nada quando aconteceu isso na Mclaren em 98, e foi na primeira corrida do ano, e foi na CARA DURA, o vídeo abaixo mostra o jogo de equipe:

    David Coulthard allows Mika Hakkinen
    http://www.youtube.com/watch?v=aHd8n1D4wkM

    Se quiser tenho mais da Mclaren aprontando, e sempre favorecendo Mikka, ninguém apareceu para defender Coulthard( na carreira, pelo menos 3 vitórias ele cedeu aos companheiros de equipe), fora outras posições intermediárias.

    A Ferrari mantém Felipe na equipe em 2011 dando outra chance pra ele se recuperar, o problema é que, dessa vez não teve jogo de equipe, e para surpresa de todos, Massa foi muito pior que 2010. Pela segunda vez admitia que tinha problema com os pneus. A Ferrari nos dois últimos anos poderia ter dispensado o brasileiro por falta de resultados, mas não o fez, renovou o contrato para 2012. Os italianos sempre gostaram de Massa, mas não tenho dúvidas que Schumacher deu uma força(de longe telefonando)na renovação o contrato! O alemão gosta muito do Felipe, isso é raro entre pilotos de F1, pelo menos na era moderna.

    Lembre-se que Kovalainen teve um péssimo ano em 2008(e Hamilton era o queridinho na equipe, ninguém reclamou disso), Kova também fez jogo de equipe facilitando algumas ultrapassagens a Lewis, e o inglês foi campeão com 1 ponto a frente de Massa. Lewis dependeu do jogo de equipe para ser campeão!!! Sequer a Mclaren lembrou dessa grande ajuda de Kova, ela simplesmente recebeu um belo pe na bunda, nunca mais Kova conseguiu equipe de ponta!!! Vai galera, torce para o Massa correr lá…

    Muitos pachecos falam horrores da Ferrari, e advertem a Felipe a sair da equipe para correr em outra de ponta, mas eu pergunto:

    “Quem vai querer Felipe pilotando do jeito que esta? Ele vem caindo uma barabridade como piloto, até Schumacher chegou em quarto lugar com aquela carroça em 2011, Felipe no máximo chegou em quinto. Se o Massa sair da Ferrari e conseguir equipe de ponta, para o mundo que eu quero descer!!!

    Só se der uma baita sorte de ir para a RBR, Mclaren pode esquecer, Lewis e Button estão se dando muito bem…e a RBR tem os pilotos da Toro pra escolher. Destino de Massa é Lotus ou Mercedes, isso se Schumacher se aposentar no final do ano( se acontecer, Schumacher pode indicar Felipe a Mercedes), mesmo assim Lotus e Mercedes ainda estão longe das 3 melhores do grid, mas é a melhor opção a Felipe a curto prazo.

    A Aethra esta ajudando um francês por questões comerciais, assim como Nicolas fez com Felipe, difícil entender isso? O que não falta no Brasil é empresário bilionário, a Aethra não é a única salvação, o que falta mesmo é boa vontade, no Brasil investem bilhões em futebol e o resto que se fod…. Os empresários na maioria levam em conta o lado racional(grana), e não o lado emocional!

    Curiosamente, Eike Batista apostou no B. Senna, visando mais o marketing(grana ele tem de sobra), esta se aproveitando para fazer um “bonito” para o povo, apoiando um Senna ele aparece como o novo “darling” no Brasil.

    Se fosse para apostar mesmo em um piloto brasileiro de talento, o certo era escolher Di Grassi ou Felipe Nasr, esse último vem muito bem nas categorias de base(corre na GP2 esse ano), já Bruno teve sua chance em categoria de base e nunca foi campeão, isso em uma equipe de ponta. Abaixo, B. Senna antes da Formula 1, ele disputou 5 campeonatos em 93 corridas(não foi pouca coisa), conquistou apenas 8 vitórias, 7 poles, 9 M.Voltas e 23 pódios. No geral conseguiu resultados como muitos pilotos mediano que passaram nessas categorias escolas. Se Bruno fosse piloto “diferenciando” poderia mostrar muito mais.

    J.Villeneuve também começou tarde no automobilsimo por causa da morte do pai. Quando decidiu correr, em vez de começar pela Europa foi para o Japão, fez isso para fugir do oba oba da mídia(no Japão muitos chamavam Jacques de Gilles). Em 94 Jacques aparece como a grande sensação da Indy(até 1995 foi uma categoria de respeito). Nesse ano(95) Jacques venceu a 500 Indy e conquista o título(também foi o último campeão antes do rompimento da categoria, a divisão foi um desastre, nunca mais a Indy se recuperou).

    O filho de Gilles chamou tanto atenção que, ainda em 95 recebeu um convite da Williams(com ajuda de Bernie), a equipe na época estava em alta na F1, Villeneuve fez apenas um teste e convenceu toda equipe, o rapaz era muito bom, acima da média! Em seu primeiro ano de F1, ainda novato venceu 4 corridas e foi vice(Rubinho com anos de F1 não conseguiu isso em 2009), em 1997 Villeneuve se torna campeão da F1, esse chegou e convenceu!!!

    Bruno Senna nas categorias de base!
    2004
    Formula BMW UK
    Corridas,6
    Vitórias,0
    Poles,0
    M.Volta,0
    Pódios,0
    21º lugar no campeonato

    2005
    Campeonato Britânico de Fórmula 3
    Corridas,21
    Vitórias,0
    Poles,1
    M.Volta,0
    Pódios,3
    10º lugar no campeonato

    2006
    Campeonato Britânico de Fórmula 3
    Corridas,22
    Vitórias,5
    Poles,3
    M.Volta,5
    Pódios,9
    3º lugar no campeonato

    2007
    GP2 Series
    Corridas,21
    Vitórias,1
    Poles,0
    M.Volta,0
    Pódios,3
    8º lugar no campeonato

    2008
    GP2 Asia Series
    Corridas,9
    Vitórias,0
    Poles,0
    M.Volta,4
    Pódios,2
    5º lugar no campeonato

    2008
    GP2 Series
    Corridas,20
    Vitórias,2
    Poles,3
    M.Volta,0
    Pódios,6
    2º lugar no campeonato

    Um comparação com Felipe Nasr, esse piloto talentoso talvez nem chegue a Formula 1 por falta de apoio do seu lindo país(talvez apareça uma boa alma como Nicolas Todt lá na Europa para ajudar). Nasr iniciou sua carreira no kart aos sete anos na equipe Dibo Racing onde conquitou todos seus titulos no kart. Entre 2000 e 2007, conquistou diversos campeonatos regionais e nacionais no Brasil.

    Na Fórmula BMW, Nasr estreou na última rodada da temporada de 2008, conquistando um pódio na segunda corrida de Interlagos. Em 2009, se transferiu para a Fórmula BMW Europa, onde conquistou o título correndo pela EuroInternational. Na temporada, esteve no pódio em catorze das dezesseis corridas, sendo cinco vitórias.

    Em 2010, Nasr disputou Campeonato Britânico de Fórmula 3 pela equipe Räikkönen Robertson Racing, conseguiu uma pole e uma vitória, terminou o campeonato em 5° lugar. No ano seguinte o piloto disputa o mesmo campeonato pela equipe Carlin Motorport, onde é o 12º brasileiro a conquistar o título da categoria com duas etapas de antecedência.

    Agora, vai o Nasr pedir patrocínio ao Eike Batista, com certeza vai levar um baita NÃO, se o nome fosse Felipe Senna…tudo bem!!!

    A verdade é uma só, o Brasil prefere apostar em marketing(sobrinho), que novos talentos como Di Grassi e Felipe Nasr, depois não reclamem!!!

    Di Grassi é outro que não ficou na F1 por falta de grana, abaixo esta sua carreira!
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Lucas_Di_Grassi

    • Edson Gomes disse:

      Perfeita a sua analise, assino embaixo…..só corrija o caso Felipe Nasr que recebeu o patrocinio de Eike Batista….no mais, perfeito.

    • MSS disse:

      Todo mundo fala da pena que dá no Di Grassi fora da F1, mas sei lá…

      O Barrichello ficou 19 anos lá.. o cara ficou um … E o Lucas é bom e o Rubinho é ruim…
      Todo mundo fala que o Bruno não ganhou a GP2 …. E o Lucas?? Ganhou????
      Todo mundo meteu a boca no Felipe quando ele perdeu a traseira do carro na Malasia/2008 … E o Lucas??? Lembra da volta de apresentação em Suzuka???
      Acontece??? sim acontece.. mas se fosse o Rubinho … Ai se fosse o Bruno!!!!

      Se ele fosse tão bom assim, será que não tinha arrumado nenhuma vaga??? O cara testa os pneus há um ano… Nem na Hispânia???? Nenhuma vaguinha???? Nem pagando???? Não se noticia NADA de interesse de equipes… a gente só escuta ele falando que tá negociando, que tá tentando reunir o montante … mas não vira nada, nunca???

      Será que o povão aqui saca mais das coisas do que os caras lá do padock????? Será que ele é tão excepcional assim nas informações??? Porque quando dizem que o Rubinho é bom de chuva a turma contesta… quando dizem que ele é bom acertador a turma contesta … Porque que a fama do Di Grassi não pode ser ‘pachecada’ também???

      Não é nem o caso de gostar ou desgostar do piloto .. é que do mesmo jeito que a turma elege sempre um vilão , ou um bêbado prá bater, elege também o coitadinho …

  7. Rogério disse:

    E a loira da foto chama Paloma Bicalho…

  8. Mauricio disse:

    Vocês eu não sei, mas eu prefiro a morena…
    Se bem que o decote da loira…
    Tabom! Tabom!
    Eu levo as duas pra casa!

  9. Torcedor Atento disse:

    CERTISSIMOS caros amigos Claudio Rocha e Marcos Toscano….Investindo em um piloto que está na sombra do “MASSINHA”. Piloto este que irá substituir o “MASSINHA” já na sequencia do campeonato aguardem………Minha filha de 7 anos sempre me pede para comprar “MASSINHA”, estou meio confuso, “MASSINHA”é novo brinquedo ? ? ?

  10. Torcedor Atento disse:

    Boa tarde Amigos do Grande Premio.

    Parem de chorar, a empresa vai patrocinar o Bianchi pq o cara vai gerar negócios outros para a empresa. Este é o mundo GLOBALIZADO em que vivemos.
    Outra coisa o Bianchi e NOVO e pode vir a ser alguém um dia no meio automobilistico, eles estão investindo em algo NOVO, isso é uma aposta. Diferentemente do VELHO Barrichello que já provou que está apenas atrás do DINHEIRO, o VELHO já não é capaz psicologicamente, aos olhos do mundo de ser um cara capaz de lutar até a MORTE por um título mundial.
    Resumindo, tudo isso é reflexo da nossa querida C.B.A, que não faz se quer uma administração com o olhar para o futuro.
    Acordem, estamos sem promessas já faz anos e a Globo vivendo de RUBINHO, que graças a deus está fora. Me diga se alguém no mundo fala do RICARDO PATRESE que foi bi-campeão mundial de kart se ñ me engano, e antes do RUBINHO esteve no maior nr. de provas na F1 sem se quer ser campeão. Olhem o CACHAÇA do Kimi, está de volta e por cima.
    Meus amigo, se vc for um piloto que não gera GRANA para as equipe, dirigentes, patrocinadores, etc…… TCHAU tá fora………A vez do ” MASSINHA ” está chegado, aguardem até AGOSTO, que se o Espanhol der pau novamente, o ” MASSINHA ” estará fora, ai quero ver a Globo, CBA, viver de Bruno Senna.

    FALEI…………………

  11. Eugenio Bastos disse:

    Acho que essa empresa já patrocinou as mangas da camisa do Cruzeiro há alguns anos. Pelo menos no futebol não é tão desconhecida

  12. O Brasil dos milicos já teve a reserva de mercado. Agora querem criar a reserva de patrocínio… brasileiro não aprende mesmo…

  13. Márcio Toscano disse:

    A Razão é simples:

    1 – Bianchi é piloto da Ferrari, cedido à Force India;

    2 – A Ferrari é do Grupo FIAT, cuja sede no Brasil fica em MG, também local da sede da AETHRA;

    3 – A AETHRA é fornecedora da FIAT.

    • victor disse:

      VM responde: Não é bem essa relação, Márcio…

      • Renato disse:

        Podemos relativizar o comentário… Eu mesmo relativizo o que disse em outro comentário. No entanto, Vitor – e parabéns pelo blog! – não dá pra dizer que nacionalismo e patriotismo são o que regem o interesse das empresas. Embora eu também queira ver mais pilotos brasileiros no automobilismo internacional, eu estranho que os leitores não compreendam que empresas olhem o automobilismo mais como vitrine para seus negócios do que como “investidores” de talentos nacionais. Elas pensam, antes de tudo, em seus mercados e na expansão de suas vendas.

        Só isso.

  14. Eliser Rego disse:

    Lamental essa firma Brasileira, espero que ela quebre, va a falencia, tanto piloto brasileiro precisando de incenrtivo, eles vão patrocinar um frances.

  15. Claudio Rocha disse:

    Dá pra entender: Jules Bianchi, novo pupilo da Ferrari, Ferrari da FIAT, e Aethra de um italiano que cresecu muito vendendo para a FIAT…….., Marketing e Política meu amigo.

    • Renato disse:

      Cláudio está certo. Tem toda lógica o seu raciocínio. Também lamento e me solidarizo com torcedores e pilotos brasileiros, mas capital não tem pátria, tem interesse.

      Já deveríamos saber disto há muito tempo…

  16. Alexandre Lourenço -SP disse:

    É por isso que eu digo que o Brasil não apoia o proprio conterraneo, olha só isso, acho que as empresas Brazucas querem apoiar o esportista que eles acham que só pelo fato de ser gringo vai trazer mais visibilidade, e neste momento quem esta dando mais visibilidade no esporte a motor é o Rubinho, ele esta precisando e os caras nem estão aí, isso sim é pura falta de visão, independente de o Rubinho ser brasileiro ou não.

  17. Borgo disse:

    Destroço esse protótipo de japinha sem dó, Martins.

  18. Eduardo disse:

    Aethra, Aethra,Aethra brasileiro quer…..

  19. Daniel Augusto disse:

    A morena da foto é a Renata leal, modelo famosa pelas bandas de Belo Horizonte. Tem mais um pouco dela no link http://www.ehgata.com.br/?acao=ensaio&codigo_modelo=74

  20. Cléber Fabbri disse:

    A legenda correta é: linda, feio e gostosa…

  21. Fah disse:

    Eu já ia dizer que a gostosura toda da Aethra tá no Julê, aquele delicinha! Adooooooro xD

  22. Não consegui enxergar nenhuma referência à Aethra na foto adicionada. Não consigo enxergar nada na foto que a ligue a automobilismo.

  23. Leandro Santos disse:

    Legal, mas enquanto isso, o excelente mineiro Rapha Mattos não tem grana pra correr na Indy, depois de ganhar tudo nos EUA…

  24. Giovani Jardim disse:

    fiz uma pesquisa rápida aqui e vi que a Aethra também já patrocinou Felipe Massa e Lucas di Grassi

  25. Giovani Jardim disse:

    A Aethra também ja esteve no futebol, patrocinando o Cruzeiro. Se não me engano foi em 2007. Como você disse, não é muito conhecida, mas é uma empresa grande.

  26. Mateus Araujo disse:

    Barrichello, um brasileiro precisando de patrocínio para continuar na F1, e essa empresa vai patrocinar logo um Frances? Uma lastima, grandes atletas do nosso brasil precisa de um incentivo assim, mas parecem não acreditar nos nossos atletas. Quero ver quando o Nasr, precisar de um patrocínio do tipo, quando um dia subir para a F1, se vão ajudar.

    • Pedro Kelen disse:

      Belo pensamento.

      Se empresas gringas fossem tão chovinistas e ufanistas quanto o público brasileiro espera que as empresas brasileiras sejam, não teríamos pilotos na F1
      afinal, Marlboro, Rothmans, Santander, Fiat e outras empresas deveriam patrocinar apenas Americanos, Ingleses, Espanhois e italianos, não é?

    • Mauricio disse:

      Quanta estupidez…

    • R. CASAGRANDE disse:

      Ora, mas eles podem apoiar quem quiserem. Aliás, deve haver uma razão para isso. O caso é que apoiar pilotos como Barrichello e Massa significa vincular a marca a pilotos que jogam carros no muro e deixam seus compenheiro passarem, principalmente quando vestem vermelho. Sinceramente, eu detesto esse tipo de (falta) de atitude. O pessoal fala mal pra caramba do Marcos Canguru, mas ele tem atitude e não aceita ordens de equipe para priorizar o Vettel.

    • Carlos Eduardo Barreto disse:

      Realmente Mateus, fico muito triste em perceber o quanto os proprios pilotos do Brasil que por tantas vezes foram reclamar na Tv aberta ou fechado que era muito dificil encontrar uma empresa Brasileira que os patrocina-sem e vendo essa reportagem fiquei indignado, pobre Lucas di Grassi que tem um talento grande e merecia está na F1, um piloto que nas categorias de base bateu Vettel e Kubica nomes em alta, agora pergunto: Uma empresa Francesa patrocinaria um piloto Brasileiro? não né. Me deixe viu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>