MENU

1 de agosto de 2012 - 11:35F1

O momento da escolha

SÃO PAULO | É bem provável que neste início de férias ‘escolares’ da F1, a Ferrari já tenha uma clara indicação do que quer para 2013 em seu segundo carro. Ao menos, se forem levadas em conta as palavras do fanfarrônico Luca di Montezemolo, uma decisão seria tomada com base na primeira metade do campeonato, ou até antes. Ou Massa provava seu valor e seguiria por mais um ano ou iam procurar vida lá fora.

Ainda que fosse difícil imaginar que aceitasse sair da Red Bull pelo momento que vive (vivia) no campeonato, Webber e a Ferrari chegaram a conversar. Como a equipe vive um ‘aloncentrismo’ e Fernando tem o poder de decisão sobre seu companheiro, o australiano lhe pareceria a medida perfeita: melhor que Massa, o ajudaria no desenvolvimento do carro e, sobretudo, à Ferrari brigar com McLaren e os taurinos na luta pelo título de Construtores, coisa que é impossível desde 2009, sem incomodar o reinado do espanhol.

Sem uma opção no leque, os italianos têm ali berrando e brilhando o nome de Pérez. Só que do mesmo jeito que Massa é esta incógnita — ou não, dependendo do ponto de vista mais racional e pessimista —, Ligeirinho ainda pode suscitar dúvidas pelo seu noviciado, apesar de estar em sua segunda temporada pela Sauber e ter tido desempenhos extremamente vistosos.

Hamilton não tem aparentemente acordo feito com a McLaren para o ano que vem e tem dois pontos interessantes para negociar com o time que onde cresceu e se reproduziu: o salário e os troféus. Pelas palavras da cúpula da equipe, a intenção é baixar o preço do soldo  do inglês porque a situação da Europa tá ru-im. E Hamilton quer levar para si os prêmios que recebe no pódio, coisa que a McLaren oprime. Seria um nome fortíssimo para a Ferrari, mas há um outro ponto (grande): o passado com Alonso. 2007. Hoje com relacionamento bom, Fernando não toparia o caos em seu reino.

Quase ninguém vê, mas ali no fundo do grid tem um Kovalainen que apela e grita para que o tirem do mundo pequeno da Caterham. Pode não ser muito bem visto por aqui, mas o finlandês tem a simpatia e o apreço de seus pares no grid — tanto que o próprio Hamilton, não tem muito tempo, rendeu-se à qualidade de Heikki, seu companheiro por duas temporadas. Kova foi substituto de Alonso na Renault, mas os dois conviveram juntos um tempo. A princípio, teria passagem livre. Mas não deve ser bem o que a Ferrari quer.

Agora pintou Raikkonen na lista da Ferrari. O frio Kimi disse que não se oporia voltar — talvez nem lembre que esteve lá e foi campeão, de tão desligado que é —, mas a Lotus vai gastar os tubos para que fique ao lado de Grosjean. A readaptação de Kimi à F1 é das coisas mais impressionantes — já esteve bem perto de vencer umas tantas vezes —, diferente de Massa, que pena para entender o funcionamento dos Pirelli. Alonso gostaria de Raikkonen como companheiro? Provavelmente não.

Outros nomes aqui e ali surgem, mas são como os nanicos das eleições. E diante deste cenário, há uma indicação de um ‘match’ virtual, até porque as restrições da F1 em seus testes impediriam um vestibular. Pérez é a bola da vez, mas é uma aposta de risco. Assim, ainda que Massa faça um campeonato como esperado — ruim, com a pontuação de uma vitória em 11 corridas —, a Ferrari pode não ter opções senão ficar mais um tempo com Felipe.

As férias vão dar muito trabalho pelos lados de Maranello.

E para os caros leitores, Massa já está fora? Tem chance e seu adversário é Pérez? Ou mais alguém está na briga?

41 comentários

  1. Dionisio disse:

    O Massa fica.
    É o segundo piloto ideal, conhece bem a Ferrari, é experiente, rápido e obediente.

  2. Fernando Monteiro disse:

    Massa continua na Ferrari, como disse o Button, ninguem quer ir correr ao lado de Alonso, om grande guiador de F1 e um grande mau carater tambem. Depois daquela história na McLaren que ele pediu a um mecanico para fuçar o carro do Hamilton porque estava levando pau de um novato e isso vazou no padock, ninguem quer ser numero 2 na Ferrari. Massa começou bem a 1ª temporada com Alonso andando igual ou melhor e depois desandou, porque quando Alonso viu que a história da McLaren poderia se repetir, tratou de fuçar os bastidores da equipe. Já disse isso aqui e repito, o Massa não um grande piloto, mas tambem não é tão ruím assim como dizem por aí. O carro dele não é mesmo do Alonso. Alonso quer o Massa na Ferrari, e a Ferrari não quer o Massa na Ferrai, e sim um piloto que ande na frente mas atrás do Alonso ao mesmo tempo. Difícil essa equação.Os outros pilotos sabem disso e não querem ir para lá. Simples assim.

  3. Avaliando o caso, depende do próprio Massa conseguir um bom segundo turno, aí fica, mas Perez pode mostrar mais em performace e agradar a cúpula italiana sobre os olhares de Montezemolo, ainda mais se conseguir uma boa atuação no G.P da Itália e o brasileiro for mal na corrida- vai surgir mais especulação. Sobre Raikkonen acho difícil, porque está em um bom momento correndo na Lotus e ser o piloto principal da equipe, e caso aceitar voltar para a Ferrari pode começar a desbancar o próprio Alonso em treinos e até corridas como fez no passado quando corria de Mclaren ofuscando David Coulthard (2003-04) e até Juan Pablo Montoya (2005-06), e isso seria péssimo para o espanhol, portanto o atual líder do campeonato já descarta essa hipótese. Além de Kovalainen, destaco mais 4 ou até 5 nomes: o primeiro é o japonês Kobayashi pelo fato de ser arrojado e já possuir certa experiência, mas ainda é inconstante em termos de resultados para a escuderia, porém pode garantir bom marketing no mercado asiático ou melhor japonês sobre a marca italiana. Fisíquella é atualmente o piloto-teste da equipe, sem contar que é italiano e já foi companheiro de Alonso na Renault e por apenas uma temporada não será tão ruim assim. Destaco também os dois pilotos de testes da Pirelli, Jaime Alguersuari e Lucas Di Grassi, por conhecer bem o ritmo dos pneus em treinos e corridas, isso ajuda e muito, sem mencionar a experiência e juventude de ambos. Porque o conterâneo de Alonso pode ser aceito pela situação do banco patrocinador ser da mesma pátria gerando maior visibilidade em tempos de crise financeira. Já o brasileiro poderá dar um grande salto na carreira e manter um mercado forte da Fiat aqui no Brasil e fazer o mesmo que Damon Hill conseguiu em 1993, conquistando pódios e até ganhar corridas quando correu ao lado de Alain Prost e permaneceu na equipe em 1994 até culminar com o título em 1996. O último na lista é Robert Kubica que pode voltar e conseguir rápida aptação porque tem o estilo parecido como de Raikkonen, e Alonso tem muito mais status e pilotagem sobre o polônes já correndo em duelo nas corridas, está aí a minha análise Victor Martins.

    Espero que essa minha opinião faça sentido. Abraço!

  4. eduardo disse:

    entre um peres ainda novato e um massa que não se acerta desde a alemanha 2010 fico com a primeira opiçao ele adiministra muinto bem os pneus e a ferrari pode fazer um contrato de um ano se nao der certo tenta outro quanto ao massa quem sabe de volta a sauber ele se reencontra

  5. Marco Costa disse:

    De todos os pilotos de ponta no momento nenhum irá para a Ferrari, pois, esse é o perfil da equipe e do seu atual, egocêntrico, contudo, talentoso Alonso.
    A Ferrari precisa mas fica em uma tremenda indecisão e Alonso não aceita ninguém que ofusque o seu brilho e isso já ficou provado antes em outras equipes.
    Quanto ao Massa que até já disputou título não há mais nada a fazer na Ferrari, exceto, arrumar as malas o que é ruim para ele.
    Restará ao Massa a possibilidade, remota, de ir para a Mercedes e trabalhar, novamente, com o Ross Brown, caso o Schumacher se aposente, mas a equipe irá querer muito mais em termos de pilotos e o mesmo não é uma boa opção.
    Sabemos todos que o Massa após o acidente nunca mais foi ou será o mesmo piloto de antes.
    As coisas hoje em dia não são mais as mesmas de antigamente quando tinhamos em uma mesma equipe pilotos dos quilates de Senna e Prost e Piquet e Mansell, apesar de termos atualmente Hamilton e Button que são os únicos campeões correndo em uma mesma equipe.
    Finalizando, as opções e chances são poucas para todos, ou seja, equipes e pilotos.

  6. João Trigo disse:

    Esta rolando uma enquete no site da autosprint.it sobre quem deveria ser o segundo piloto da Ferrari em 2013.
    O Pérez nem está lá.
    Será que os italianos repudiam o Mexicano?

  7. Talvez o Felipe Massa já saiba que está fora da FERRARI, e o anúncio deve sair de forma amigável e cheio de elogios da equipe na tentativa de não arranhar sua imagem já completamente desgastada no time. Agora com certeza o Felipe Massa deixará o time completamente desgastado, desvalorizado e no fundo do poço, e dificilmente o Massa conseguirá reverter esse quadro, e só deverá sobrar carroças para ele seguir na F1. É, se há FERRARI renovar com o Massa em 2013, com certeza não será um tiro no pé e sim na cabeça da equipe.

  8. Edu Freitas disse:

    Pô na minha humilde opinião poderia ser Kobayashi…. por que não????

  9. Antonio Martins disse:

    Massa já teve tempo de mais pra provar que poderia ser um campeão. acho que desde de 1994 o Brasil é só descepção na F1 já é hora da mundaça. Afinal outro Ayrton Senna vai ser muito dificil de se existir.

  10. Askjao disse:

    massa eu acho que está fora dos planos da ferrari. O problema está em colocar outro em seu lugar, e nesse caso, só vejo um piloto ainda com capacidade para isso, e seria o Barrica. O Kova me cheira a outro Fisico da vida; Perez não entra no perfil da ferrrari, ainda; e o resto é o resto. Schumi deve parar no fim do ano; Talvez, na F1 atual, o lugar ao lado de alonso possa ser ocupado pelo Rosberg, mas não creio. Fico com o Barrica mesmo. E o Massa, com sorte, possa ir para a Mercedes, no lugar do Schumi.

  11. Alexandre K disse:

    Raikkonen – na época em que dividiu os boxes com o Massa “perdeu” a equipe para o Felipe; agora, as coisas estão ainda mais concetradas, no Alonso, creio que seja difícil que ele retorne. (Palpite: depois de bater na trave, Kimi finalmente vencerá em Spa! Ele sempre anda muito bem por lá)

    Perez – pelo que vem apresentando este ano já deu mostras que pode encarar uma Ferrari, pilotando tão bem quanto o Massa de 2005, porém talvez ele mesmo não queira ir se o Vettel já estiver acertado para 2014

    Kova – acho que é piloto de equipe pequena, quando teve chances em equipes melhores – Renault e Mclaren – não fez nada digno de lembrança

    Hamilton – não considero uma possibilidade

    Hulkenberg – esse aí corre aonde tiver vaga; e está pilotando melhor que o outrora promissor Di Resta; se não ficar com a vaga do Schumi, acredito se tratar da melhor opção disponível para a Ferrari, mesmo que o Vettel esteja com um pé em Maranello

  12. Alemão disse:

    O Massa nunca mais vai ganhar uma corrida de F1…infelizmente. Depois da “molada”…da ultrapassagem do Alonso na entrada dos box …e de deixar o Alonso passar na Alemanha, foi o seu fim! Pode sim ir para a Sauber, mas ele simplesmente não consegue ter consistência desde a luz verde até a bandeirada, é muito inconstante. Eu acho que ele sai da Ferrari, até pq ele dá prejuizo a empresa, pois como não marca pontos, a Ferrari ganha menos dinheiro pela baixa posição no mundial de construttores! “Rua” merecida…3 anos de “colher de cha” é muita coisa. Se ele não se adapta aos bridgestone de 2010 e os Pirelli em 2011 e 2012, com 10 anos de experiência…melhor pedir a conta!…e se ficar mais um ano, o Alonso vai humilha-lo ainda mais! Só nos resta esperar pelo Felipe Nars e rezar para o Bruno ter um segundo semestre ótimo!

  13. Mauricio disse:

    Quanto a esse boato, pois só pode ser visto assim, de o Vetel ir para a Ferrari realmente só em sonho.
    A Ferrari não consegue trabalhar com dois campões juntos. Não da. Filosofia de trabalho dos italianos é simples, um piloto campeão e um escudeiro fiel.

    Resumindo a missa: Vetel só entra na Ferrari no dia que o Alonso se aposentar.

  14. Se eu apitasse alguma coisa para os lados de Maranello eu trocava o quase certo pelo provável duvidoso e colocava o Perez no lugar do Massa, pois é quase certo que o Massa fará outra temporada pífia assim como é quase certo que o Perez tem potencial para acumular muitos pontos tendo um bom carro na mão, mesmo ainda não tendo maturidade para ser constante. Pela média de pontos que o Massa conseguiu até agora, é melhor um Perez que consiga 3 pódios durante o ano e não complete mais nenhuma corrida do que esse pinga-pinga do Massa.
    E acho que seria bom para o Felipe respirar novos ares, tirar a pressão das costas e conviver com equipes diferentes.

  15. Ricardo Arcuri disse:

    Massa fica mais um ano na Ferrari e ponto. Nao existem opçoes PLAUSIVEIS no mercado (esqueçam os achismos dos jornalistas e analisem com logica) e Felipe conta com o conhecimento da casa, assim como a “simpatia” do Alonso.

    Perez é bom, mas ta cru ainda. Mais um ano e acho que estará em boas condiçoes. E mesmo que Webber fosse uma boa, ja renovou com a Red Bull e la fica.

    • Alemão disse:

      O Perez tá crú e a Massa tá queimada e passada. Melhor um moleque com vontade de mostrar serviço do que o Massa que está derrubado psicologicamente. O espanhol acabou com a confiança do Massa…infelizmente! Já defendi muito o Massa, mas do jeito que está é melhor pedir para sair!! Tem vários pilotos que podem entrar. Perez, Sutil, Kova, Hulk, Rosberg. Kimi fica na Lotus!

      • deutsch1933 disse:

        hahaha… gostei do comentario estilo FG….. é isso aí… promove o Perez cru que ele vai ganhando experiencia…. acho q ele pode fazer muita coisa boa e está motivado…..
        nao entendo essa coisa do Kova…. o cara andou na Renault e na Mclaren…. achei muito fraco o desempenho…..

  16. Raul disse:

    Eu aposto no Bruno Senna para a Vaga do Massa, até mesmo pq ele tem contrato de apenas 1 ano com a Willians e vem andando muito nas corridas. Ele deve assinar por 1 ano e abrir vaga para o Vettel em 2014.

  17. Marcelo disse:

    Bom… eu nao acho que o Massa esteja fora… mas por outro lado se eu fosse o Massa eu mandava meu empresario bater em alguma porta e saia no final do ano por minha conta….Pelo menos é mais digno não acho que ele vá render mais por lá.

    Quem no lugar do Massa? Também não tem muita opção por aí….. se eu fosse a Ferrari, sentava o Massa na carreira, dava mais um ano de contrato e dizia pra ele… É O ÚLTIMO….. PODE IR PROCURANDO TUA VIDA. Pelo menos é mais uma chance do Massa fazer um pouco bonito pra arranjar outro time decente em 2014 ou andar de Indy…

  18. odair matias da silva junior disse:

    torser pelo felipe esta igual torser para bariquelo torse torse de novo e não sai nada felipe tem deser mais arojado se não vai dansar mesmo aiii meu amigo balbal

  19. eduardodragonetti disse:

    Massa continua. Não tem outro melhor para colocar como segundo piloto na ferrari.

  20. Mauricio disse:

    Não há mais o que se esperar de Massa, pois seu rendimento tem sido ruim não é recente: tem sido assim há quase três anos.
    Qualquer opção do grid, com exceção de três ou ou quatro pilotos, teria, na pior das hipóteses, desempenho equivalente ao do Massa. E com a possibilidade de melhora ao longo do tempo.
    Não vejo porquê a Ferrari não arriscar, já que tem em Alonso a garantia de uma performance sólida.

  21. Elcio disse:

    Acho que duas coisas acabaram com a carreira do Massa, a primeira foi a MOLA NO OLHO e a segunda GP DA ALEMANHA 2010.

  22. Mauricio disse:

    Risque dessa lista o Hamilton, só entra na Ferrari se matarem o Alonso. O inglês é incontrolável. Não vai pelo mesmo motivo de não colocarem um Vettel ao lado o Fodón.
    Outro que não vai é o Raikkonen, pelo mesmo motivo que o Vettel não vai hoje para lá. A casa não comporta dois campeões.
    Ta mais fácil ir o Perez ou qualquer outro dos novatos que estão mostrando serviço: Maldonado, Koba, Hukkemberg…
    O schummi não vai porque, bem, diferentemente do que muita gente pensa, o cara é muito honesto e leal com os amigos.
    O resto é chover no molhado.
    O Massa hoje é o Haikkonen de 2008. Apagado, sumido, muito desmotivado. É uma pena, pois o cara é bom.

    • Bruce disse:

      Existe uma diferença gritante entre o Massacrado de hoje e o Raikkonen de 2008. No ano de 2008, que foi ruim para o Raikkonen, ele terminou em 3º o campeonato conquistando ainda duas vitórias na temporada, atrás apenas do Hamilton que foi campeão e do Massacrado que foi vice. Ajudou ainda a Ferrari a conquistar o título de construtores. O Massa depois de 2008 só conquistou 4 pódios, exatamente a mesma quantidade de pódios que o Kimi conquistou desde seu retorno à F1. Alguns podem afirmar que é por causa do carro da Lotus, melhor do que o da Ferrari, mas o Alonso conquistou 6 pódios até agora com a mesma Ferrari. A diferença de desempenho entre ele e o Alonso é absurda. Infelizmente, o Massa não está ajudando sequer a equipe Ferrari com os pontos faz um certo tempo.

      • Victor disse:

        Embora os pachecos não admitam, o carro de 2008, com todas suas atualizações, visiveis ou não, tendeu a adaptar-se melhor ao estilo de pilotagem do Massa, o que contribuiu para o ‘carvario’ do Raikkonen em 2008.

        Quando viram que não ia dar em nada, tentaram voltar atrás (a partir do Gp da França, onde o Kimi teve o seu escapamento estourado) já era meio tarde para o Kimi.

        • Tiago disse:

          Em 2009, antes da mola, o Massa estava muito na frente do Kimi (antes da mola). O problema que a Ferrari estava perdida… melhorou só na 2a. metade do campeonato, quando o Massa já não estava ‘disponível’.

          Na minha opinião, o que acabou (com a carreira?) do Massa foi a 1a. metade do campeonato de 2010 – o primeiro que dividiu com Alonso. Na 1a. prova, o Massa foi pole, o Alonso 2o. no grid… na largada, o espanhol deu um baita chega pra lá no Massa, mostrando o cartão de visitas… depois veio o ‘faster than you’ e dali em diante, ele não conseguiu mais nada…

          Triste… mas se fosse ele, colocaria minha viola na sacola e curtiria a vida em Botucatu, sem preocupar mais com nada!

      • Mauricio disse:

        Sei não. Tanto o Raikonen de 2008 como o Massa de hoje me causa uma impressão estranha. Correm como se não fossem eles.

        Parece aquela máxima do mau funcionário. Você me paga e eu finjo que trabalho e a empresa aceita por falta de opções.

    • Mauricio disse:

      Existe muito mais coisa por debaixo do fraquíssimo desempenho do Massa desde meados do ano passado.
      Além de não poder ameaçar ao Alonso durante a corrida, ambos parecem correr em carros completamente diferentes. Só isso explica a aparente docilidade da Scuderia para com os resultados do Massa.
      Quanto ao sucessor, sem qualquer especulação ou sombra de dúvida, será o Perez nessa segunda metade do campeonato e o resto do ano que vem, salvo alguma barbeiragem.
      Quanto ao Massa só prossegue na F1 se seus amigos na Mercedes se moverem e o Schummy se aposenta agora no fim do ano, senão, nem de Hispânia ele larga ano que vem. E como disse antes, é uma pena, por que ele tem muito talento e sabe pilotar. Não é um fora de escala como o Kimmy ou o próprio Alonso, mas corre como um Hamilton.

  23. Hamilton disse:

    Schumacher? mais fácil eu. O velhote corre de mãos dadas com o Massa.

    Eu acho que fica entre Kova e Kimi, com maior tendência ao Kova.

    • Aguri disse:

      Schumacher se aposenta e abre vaga para o ¨irmaozinho¨ Massa na Mercedes…

    • Matheus disse:

      E será que o Kova anda com essa moral toda, mesmo?! Me lembro de boas corridas dele no começo, mas agora tá numa inócua Caterham. Tenho minhas dúvidas… Eu ainda apostaria minhas fichas em Pérez ou Kimi.

  24. @Daviksama disse:

    Mesmo sendo brasileiro e torcedor do Massa, acho que o tempo dele lá passou. Ele tem o talento e a velocidade, mas enquanto estiver na Ferrari de Alonso nunca se sentirá livre para correr o quanto quiser e isso já influencia na velocidade. Quando ele correu na Ferrari de Schumacher, ele pegou o Schumacher já em tempos de aposentadoria; e quando o Kimi entrou na Ferrari, aquela era a Ferrari do Massa. Mas ele perdeu tudo isso quando Alonso foi para lá e fez a mágica.
    Massa teria até mais “destaque” em uma Sauber do que na Ferrari. Quem sabe até para a Mercedes.

    • luis vieira disse:

      Concordo plenamente… Massa é um bom piloto, o grande erro dele foi perder o “timing” de sair da Ferrari anos atras, com um mais “moral”. Já que claramente, com o Alonso lá do lado, está impactando (psicologicamente) direto na performance dele.

  25. Dia desses conversando com um amigo sobre essa situação da Ferrari eu fiz uma aposta bem mais arriscada. Improvável, mas daquelas que a gente faz pra ganhar sozinho: Schumacher. Assina por um ano só, se despede da F1 outra vez pela equipe onde foi campeão cinco vezes, e libera a vaga em 2014 pra Vettel.

    A não ser, claro, que tenha acontecido algo entre Schumacher-Ferrari que eu não soube e que possa impedir qualquer conversa.

    • MotorBR.com disse:

      @Gabriel: acho essa historia do Schumi um palpite muito plausivel….ja eh da casa, nao deve ameacar o Fernandinho, e vai ajudar no desenvolvimento. Depois aposenta e volta como consultor, o que ja foi anteriormente ao seu retorno.

      Meu palpite radical seria o Bruno! Classifica mal, mas anda redondinho, nao ameaca o El Principe de Las Asturias e vai andar mais perto dele que o Massa atualmente.

      • sinva disse:

        Eh
        nao acho brincadeira nao,
        mas acredito neste seu palpite radical, e na sua justificativa,
        porem teremos uma posicao desgastante como foi com o barrica ,
        ou seja jamais sera o primeiro. e isto é que seria ruim.

    • sAMUEL disse:

      nem a pau… o Alonso deixar o Dick Vigarista voltar?????? Vai mais atrapalhar do que ajudar. O Schumacker não tem vocação pra pelego…. fico com Victor.. Kovalainen ou um caminhão de dinheiro pra fazer o Mark Weber rescindir com a Red Bull…. pouco provável

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>