MENU

16 de novembro de 2012 - 19:53F1

Terra do Tejas

SÃO PAULO | Camarada enfia uma naba imensa no primeiro treino, 1s8, que serviria para sair de Austin e ir até Dallas, a nova capital do Texas, e depois passa metade da segunda sessão nos boxes por conta de um problema de pressão de água, vai na pista e bota 0s7 no resto. Vettel, Vettel… este rapaz é um fenômeno. “Ai, você não entende nada, que burrão, é claro que o carro dele é muito melhor e ele é infinitamente pior que o Alonso, que é um rei, um máximo, um tudo, um colosso”. Não enche.

Se a pista nova parecia dar uma pequena vantagem a Alonso, já dá pra ver que o negócio é rezar para que Vettel mude o nome de seu carro para Sandy e o tornado mexa completamente no carro da Red Bull para que ande em círculos. E a pobre Ferrari, que foi lá pra Espanha treinar, secretamente ou não, e fazer seu carro ser mais rápido em reta, coitada. Os caras devem se olhar nos boxes e se perguntar: “Por que não largamos tudo e vamos ali no outlet para comprar um iPhone?”

A pista ainda precisa de um melhor emborrachamento, mas já dá para notar que o pessoal vai escapar bastante ainda durante classificação e corrida. E pode escapar, afinal criaram uma série de Route 66 ao lado do traçado de Austin, que é lindão: reta, sobe 40 m, faz curva cega, desce, vai pra direita, esquerda, direita, esquerda direita e por aí vai. Todo mundo vai adotar essa pista provavelmente como a segunda ou terceira preferida – afinal Spa-Francorchamps é uma quase unanimidade. Como tem muita curva e precisa de um carro altamente estável e bem acertado, a Red Bull sobra. Webber terminou em segundo. Só então vem Alonso, tirando do carro mais do que pode, como sempre. Aí aparecem as McLaren de Hamilton e Button e, então, Massa. Não vai sair muito disto, não, amanhã.

Senna terminou num bom oitavo lugar. Treinou nas duas sessões. Aguardemos o resultado da classificação, pois. Ver mesmo se faz toda essa diferença, como sugeriram, quando não lhe tungam o carro para dar a Bottas. Mito ficou em nono, à frente de Pérez, que desde que anunciou sua ida para a McLaren desabrochou. E parece que as chances de Kamui ficar na Sauber cresceram. Assim espero.

O povo foi lá ver o treino livre em Austin em bom número. Tomara que, enfim, a F1 se estabeleça naquela praça americana. Tá ali também pertinho do México, o pessoal sai de lá e vai acompanhar Pérez e tal. O Circuito das Américas tá de parabéns. Uma pista de respeito.

11 comentários

  1. MSS disse:

    Então quer dizer que o povo sai de lá (do México) e vai ver a corrida??? Uhum … tão tá…

  2. Brenlla disse:

    Alemão… Nem ingleses compartem sua parcialidade http://www.bbc.co.uk/blogs/andrewbenson/2012/11/benson.html

  3. Anderson disse:

    Vitor, falando em Bruno como está a situação dele na F1. Depois que você e o Americo Teixeira noticiou a saída dele da Williams foi noticias e especulações no mundo todo.

    Agora como está as possibilidades dele na F1, depois de toda essa noticia sobre ele não se fala mais nada. Tem alguma noticia.
    Vlw.

  4. Francisco M disse:

    Alonso tira mais que o carro, sempre. O Vettel, menino mimado da RedBull nao faz mais que a obrigação, pinta a RBR de vermelho e vê o que seu fenômeno faz, vide inicio do ano. Acorda para os fatos, vc tem sempre que seguir o mesmo pensamento do chefe? Parece até o Burti com o Galvão, rs! obs.: testes em linha reta sao permitidos, sabia? Ah, a RBR tem uma pista de verdade, bem diferente de fiorano, que quase nao tem retas. Onde será que a RBR faz seus testes?

  5. Estevan disse:

    Não enche HAHAHAHAHA
    Que Vettel que nada, Victor Martins novo inimigo número 1 das Alonsetes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>