MENU

7 de março de 2013 - 23:34Stock Car

Impressões de Caixa

SÃO PAULO | Breve informação, para encerrar a noite, sobre a Stock Car, a categoria que se sustenta, que está sem patrocinador-máster depois que a Caixa não renovou o contrato.

A avaliação que o banco faz depois do acordo, principalmente, a uma fonte é que “a Globo deu de ombros” e que não estava “nem aí para a saída” do banco. A cúpula da Caixa ficou com a impressão de que “a Globo quer derrubar” a categoria.

A emissora de TV aberta vai passar apenas três das 12 etapas do calendário. O SporTV vai transmitir dez. E o Dudu tá lendo e vendo.

Adendo: a Stock Car anunciou agora nesta tarde que vai passar a transmitir todas as corridas da temporada em HD. Um claro sinal de que, enfim, vai priorizar o público que acompanha a categoria pela TV. E um investimento que, em parte, contradiz o pensamento da Caixa. Ninguém que quer derrubar a categoria investe em equipamentos para transmiti-la adequadamente.

28 comentários

  1. Marcelo Witt disse:

    Talvez seja o caso que a Caixa quer atingir a “maioria” da população com seu patrocínio/marketing. E assim, com a Globo transmitindo apenas 3 corridas na TV aberta (que não é exatamente transmitir “adequadamente”), e na íntegra apenas na TV fechada, eles devem ter pensado: que arranjem um “patrocinador fechado”, cujo foco seja apenas o pessoal de maior renda, que tem TV por assinatura, e não cujo foco seja o povão. Nesse ponto, apoio integralmente a Caixa. Por mais que eu goste de automobilismo.

  2. Flavio Bragatto disse:

    Vitor,
    Mas a Caixa é uma empresa estatal, com profissionais concursados e com a vida ganha. Se o passo que o banco deu, foi um correto ou não, ninguem vai perder o emprego com isto.
    O fato da Globo não transmitir as provas, ou transmiti-las pela metade, como fez no ultimo ano, também fica ruim para a imagem do patrocinador, seja publico ou privado.
    É uma pena. Sem um patrocinador de peso assim, a categoria que é cara, vai ficar mais cara até que se torne uma F1 cheia de pilotos pagantes.
    Daí, só podemos esperar pelo fim, ou que ela volte a ser uma categoria de Opalas.

  3. Sandro Auzani disse:

    Quando o patrocinador põe o seu nome em um evento é porque ele quer que seu nome seja falado quando se anuncia o evento. Isto acontece em todo o mundo, ex. Nascar Sprint Cup; Heineken Champions League; Taça Santander Libertadores. Mas isso é proibido de se falar na Globo, se apresentador falar o nome de equipe tem que usar uma sopa de letrinhas. Creio que a Globo seja ainda a principal vitrine da TV brasileira mas elatem que se adequar a uma nova realidade no esporte, que sem patrocínio forte e não que tenha retorno a atração desaparece e acaba, ficando ruim até para a própria Globo.

  4. José Morelli disse:

    Eu acho que a Globo um dia vai ter que ser sincera com ela mesma, porque vamos combinar todo mundo aqui que ela não quer fazer cobertura de uma série de coisas, mas não abre mão destes eventos pra não dar espaço à concorrência.

    Peguemos o exemplo da própria F1. Muita gente vai achar exagero, mas na minha opinião, uma emissora que tem interesse em valorizar este produto não faria uma cobertura ainda tão incipiente da categoria como faz. A mesma coisa a Stock Car, a cobertura da emissora chegava a ser até constrangedora, com vinhetas horríveis feitas por designers amadores, reporteres de campo fazendo um trabalho mal feito, sem vontade e a Globo mudando o horário da corrida com objetivo de salvaguardar outras atrações para caber dentro do Esporte Espetacular, num desrespeito incrível, tratando a categoria como “mundialito de skate amador”.

    A Globo queria acabar com a Stock, essa é a verdade! A cobertura da Stock Car feita pela Globo era tão ruim que acabava sendo propaganda contra, ao invés de a favor.

    Um adendo: falando sobre Caixa, NINGUÉM AGUENTA MAIS ESSA MERDA DE PROPAGANDA DO “GEEEEENTE, O DUDU TÁ LENDO…..”, eu não aguento mais esta bosta, de longe uma das piores campanhas publicitárias da História da TV. Publicidade no Brasil dá vergonha alheia!

  5. Christian Alves (@chrisalves88) disse:

    GRande coisa, afinal que diferença faz se é em HD ou não.
    Se a maioria das pessoas não tem sequer o interesse de acordar cedo pra assitir, e não tem TV a cabo.
    Diferente da formula truck, que é de tarde, em tv aberta, tem apoio, patrocinadores, publico nos autódromos, e todos gostam de ver. Agora se é em HD ou não foda-se, o importante é a corrida. seja quem que tv for.
    Acho que a CAIXA tem certa razão… a Globo dá de ombros, pois sua programação da muito mais audiência. Se ela desse valor mesmo. Iria simplesmente, por a corrida no horário do esquenta, ou da turma do didi.

  6. Ricardo Tocchio disse:

    Na verdade tudo que a globo coloca a mão acaba querendo mudar tudo para se adequar somente ao interesse dela, grana, dinheiro e tem que ser muito, o automobilismo, o publico e demais participantes que se danem. Temos é que acabar com o monopólio do esporte quem quiser transmitir paga a cota e pronto direitos a todas as emissoras, no automobilismo, futebol, vôlei e todos os outros esportes, eu deixei de assistir esporte na globo porque não agüenta a arrogância de todos os locutores, no caso da Stock só falam do kaka é mole?

  7. Luis disse:

    Um automobilismo novo para um tempo novo.
    A Globo nunca quer derrubar ninguém. O que estava acontecendo na verdade era que a própria Stock Car estava se derrubando ao acreditar que a transmissão das corridas pela Globo era seu maior trunfo no momento, quando aceitavam as exigências mais absurdas como bandeira vermelha para que a emissora pudesse ir para os comerciais. Muitos nem sabem que a Stock Car encomendou um simulador de corridas para computador em 2009 que, apesar de ser graficamente inferior aos jogos mais modernos, é um dos melhores simuladores de corrida já produzidos. Mesmo com a Globo exibindo as corridas, o espaço para a propaganda era o mesmo que o da Pomarola: tinha que pagar para exibir. O jogo fracassou.

  8. ags disse:

    Nossa…Meu com todo respeito ao PILOTOS dessa classe que logo logo vai fechar as garagens..A categoria mais 171 do automobilismo mundia..
    Esperamos que esse ano seja o último dessas istoki bolha…….Pelo amor da mãe do guarda,,Que vergonha dizer que temos automobilismo…VM..Com todo respeito ao seu blog, e a todos os que aqui sabem prestigira um profissional como vce, mas que seja rapido esse enterro da CATEGORIA..rss só mesmo no pais avacalhado que temos esse bando de endinheirados ,brincando de carros de corridas….Saudades das velha provas de Marcas e monoposto……………..Ê tempo bom…..

  9. @WluizCarvalho disse:

    Vítor.

    Uma categoria que se diz a maior e mais importante do país ter provas com duração de 45 minutos para não “atrapalhar” a grade de programação da emissora, cortou o treino livre da sexta-feira para conter gastos; já é um prelúdio do que virá em um futuro próximo. A marca “Sock Car” financeiramente não tem nenhum valor a não ser que tenha um patrocinador por trás “assinando o cheque” de todas as despesas. Viva o automobilismo brasileiro e seus dirigentes.

  10. Rodrigi disse:

    eu li esses dias que a Globo iria transmitir todas as etapas da Stock…. e ainda os treinos…. tudo ao vivo pela SporTV
    como que tá querendo derrubar a categoria ??

    • Victor disse:

      VM responde: A avaliação é da Caixa. A Globo vai transmitir só 3 corridas.

      • Rodrigo disse:

        mas a SporTV “é” da Globo.. nunca deram essa moral antes.. não é na sua emissora principal.. mas já é alguma coisa.. até treino vão passar ao vivo..

        acho que a caixa (dps que rodou) não tem boca.. mas está falando muito
        ou Dudu que etá lendo d+ ??? kkkkkkkkkkkkk

  11. Lucas disse:

    A Globo não transmite todas as etapas da Stock porque não dá audiência suficiente. O brasileiro prefere Big Brother…

  12. Thiago disse:

    A Caixa fala? Hahaha

  13. Sergio disse:

    Eu ainda acho que a Globo só transmite a Stock em TV aberta por causa do Cacá ser filho do Homi. Se não tivesse ele por lá, estaria no SporTV na íntegra (como este ano) faz tempo!

    • Christian Fortunato disse:

      Afinal, além do Cacá ser o filho do “homi”, também pode ser considerado o único piloto da categoria que está bem acima dos adversários. Por isso, que ele vem conquistando títulos nos últimos anos com muita facilidade.

    • Diego disse:

      Victor, algo me diz que o futuro é no Brasileiro de Marcas… Categoria muito mais aprazível aos olhos do público… Toyota Corolla, Honda Civic, Chevrolet Cruze e demais… Bem melhores de ver do que um Sonic ou 307… Sim, sabemos que são outros motores, mas a ideia de carro e não bolha vale…No fim, o slogan “seu carro nas pistas” convence…
      E para pilotos e equipes, o custo é menor, certo? Qual a chance de uma migração para esta categoria, uma vez que ela vai passar na Band, e a Stock entre pingos da Globo e Sportv?

      • Gonzalez disse:

        Mas qual a diferença da Stock pro BR de Marcas??? O fato do carro parecer com o de rua?? Só isso não a faria mais interessante, até porque do mesmo modo que o Chevrolet Sonic e o Peugeot 408 da Stock não serem carros de rua na acepção do termo, temos no BR de Marcas a aberração de ver um Toyota Corolla com motor Ford; um Chevrolet Cruze com motor Ford; um Honda Civic com motor Ford; um Mitsubish Lancer com motor Ford e um Ford Focus, claro, com motor Ford, uma vez que todas as usinas são preparadas pelo Bertha na Argentina, usando o bloco do Ford.

        • Diego disse:

          Gonzalez, é um motor Ford, é vero… Mas a diferença da Stock pro Marcas é o custo (O Victor se puder, pode expor a diferença aproximada) e esse seria um chamariz para um grid cheio como o da Stock, aí se a promotora resolve explorar o campeonato, com os melhores pilotos nacionais, acho que o público abraçaria… E custo menor, atrairia investidores com menor potencial financeiro, mas com verba para marketing… Ganham as equipes, ganha a promotora… Só não ganhar quem quiser ganhar no Marcas como se fosse a Stock… Esse ano será um bom termômetro, o BR de Marcas integral na Band e a Stock picada entre Globo e Sportv…

    • Marcos Ferreira disse:

      Eu acho que não, a Globo transmite 3 etapas pois o retorno é pequeno. Com Cacá Bueno ou sem, o indice de audiência é o mesmo. Ou aqui alguém gosta da Stock e assiste as corridas por causa do Cacá?

      Não acho que a Globo iria transmitir corrida por causa dele, mesmo por que todo mundo que pergunto, não gosta do cara, acha ele arrogante. Não o conheço pessoalmente, por isso não dou minha opnião. Mas acho ele um puta piloto.

  14. Turcomaldade disse:

    será que precisa da tv globo pra ser alguma coisa no brasil? será que a band não trataria melhor, ou record? ou mesmo uma super cobertura no sportv?

    as pessoas ficam mendigando as coisas na tv carioca, mas veja a truck, por exemplo. tem público, audiência e “se sustenta”. tá lá, feliz, na band.

    • Eduardo disse:

      Turcão!! Você disse tudo agora…

      A admirável “Neusa Navarro” (que preside a Formula Truck) realmente encontrou a receita certa pras coisa acontecerem.

      Enquanto isso, nós vamos nos entristecendo, vendo outras categorias do esporte a motor em decadência no Brasil, cada dia que se passa!!

    • joaobarros disse:

      amigo, aí que esta. a globo é dona dos direitos aqui e nao esta nem um pouco interessada em automoblismo e ja demonstrou isso ao fazer boicote contra o autodromo do rio que virara condominio(ou acharam que seria algo de copa, pan ou olimpiadas?). a f1 é do galvao bueno e a stock que ridicurlamente so sera transmitida em 3 corridas na tv aberta, so se mantem porque o galvao pede, mas por pouco tempo. A GLOBO É A MAIOR INIMIGA DO AUTOMOBILISMO E MOTOCICLISMO no brasil, ela compra e nao transmite as provas e assim, como ela é dona, ninguem pode transmitir. inclusive, fiscalizam todas a internet pra ver se nao tem canal liberando a transmissao. monopolio feroz! no nosso continente, esportes a motor de verdade so na argentina o resto é só sofrimento para nossos excelentes pilotos e publico cada vez menor. TRISTE

  15. Vamos colocar em outro prisma? E se o cara disse aquilo da Globo pq tava mordidinho e queria botar fogo no circo?

    Nao to dizendo que esteja errado, mas a coisa toda parece obvia demais. Tanto, que se desconfia….

    Oq concordo é que a categoria hj tem seu apice e uma queda é iminente. Temo que isso signifique MESMO o fim do automobilismo profissional no Brasil. Se pararmos pra pensar, essa possibilidade nao é tao longiqua quanto parece….

  16. Victor Serrão disse:

    A Globo deve estar vendo a enrascada em que está se metendo, vendo o Brasil minguar perigosamente na F1. i sufocar a StockCar pra investir em alguma categoria de base, monopostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>