MENU

5 de agosto de 2013 - 18:02F1

Disputa de gigantes

SÃO PAULO | A Red Bull colocou a malagueta necessária na história ao admitir que a conversa que teve com o empresário de Alonso tratava de sua contratação para o lugar de Webber, queimando alguns neurônios. E se a vaga vai ser disputada à tapa no mercadão dos peixes grandes, a equipe passa também a ter um (bom) problema a solucionar.

É bem provável que Christian Horner, Adrian Newey e Dietrich Mateschitz não contassem, pelo menos num futuro tão próximo, com a possibilidade de Alonso se juntar ao time. O passado da Ferrari, que se descartou de Räikkönen, e as palavras que já surgem de sua cúpula e que também resgatam um passado ainda mais antigo, o da demissão de Prost após as críticas, já tornam sua saída algo plausível. E Alonso é esperto o suficiente para, se necessário, ocasionar um celeuma e provocar a quebra de contrato para mudar de casa.

Os taurinos hão de analisar as duas cartas das quais têm disponibilidade. Ali há um Räikkönen que tem uma personalidade absolutamente intrínseca e que nunca paga pela língua — no máximo, só pelo que bebe —, e iria para agregar ao lado de Vettel completando a amizade. Lá há um Alonso com um gênio forte e explosivo, que chacoalha e tenta arrebatar para si a equipe, e como bom amigo de Webber, honraria o posto do australiano e ampliaria a rivalidade.

Num outro lado, Räikkönen e Alonso, há de se considerar, são pilotos muitíssimo acima da média, mas se não estão no mesmo patamar, Fernando ganha em algum detalhe. Pelo lado do marketing, que também pesa para uma empresa multifacetada, o espanhol também ganha mais pontos: rende mais manchetes, é do país das touradas e representaria melhor a marca mundo afora. Kimi, ressalte-se, já tem algum vínculo com a Red Bull desde que correu de rali.

Em termos financeiros, não deve haver tanta diferença — e nem fazer diferença para os cofres. Ambos são caros. É que Kimi vai ser alguém livre no fim da temporada, enquanto Alonso pode empurrar à Red Bull alguma multa por rescisão em um caso extremo. Mas nada que um bom acerto não resolva. Neste momento da carreira, La Chiliquenta está mais preocupada em ganhar títulos do que engordar o bolso.

O ambiente de trabalho mais sossegado e harmonioso se choca com o tremular da bandeira vermelha na arena de dois touros. No time em que se está ganhando, vai ter de se mexer, e se apenas as questões humanas fossem consideradas na questão, muito pelo tratamento que foi dado ao choque entre Vettel e Webber no GP da Malásia deste ano, seria Räikkönen o escolhido por Horner e cia. e Alonso aquele que teria de engolir a seco a Ferrari por mais um tempo — e numa situação em que seria visto ou posto como inimigo da nação de Maranello.

50 comentários

  1. Boca disse:

    E mais: Na era turbo, década de 80, a ferrari (motor e equipe) não ganhou nada.

  2. Boca disse:

    Alonso não sai da ferrari.

    Kimi não sai da Lotus.

    Ricciardo vai para Red Bull mesmo.

    E é isso.

  3. Rene Casarin disse:

    Acho que o F.A. é um tremendo mal caráter. É desumano na pista e nos bastidores! Tudo que vem dele cheira falcatrua, não é um esportista limpo!
    Acho que há anos deveria estar banido do esporte! Assim como o Briattore! Entre vários outros!
    Qto ao que dizem tirar leite de pedra da Ferrari, isso fica mais fácil pois, tudo é voltado a ele e o Zacarias ainda ajuda com seus infames e ridículos erros, enaltecendo ainda falsas virtudes do chorão!
    Falta garra e personalidade ao nosso piloto!
    Não gostaria de ver nenhum dos 2 na próxima temporada. São irritantes!
    Eis um dos motivos da queda de audiência da F1 ao redor do mundo!
    FORA ALONSO E MASSA!

  4. Carlos Henrique disse:

    Mas Alonso toparia ser o 2º piloto?rs

  5. Rafael Bubolz disse:

    Na minha humilde opinião vendo um passado recente e com bagagem de quase 25 anos de F1 o “New Dick” não vai para RBR, deram a Horner a munição que qualquer dirigente quer no segundo semestre de uma temporada, o poder do blefe. Horner desestruturou a Ferrari ao falar que Fernando corteja a RBR, contra Kimi, Daniel nunca foi adversário na mesa de negócios, a RBR só com Sebastien não ganha construtores oque vale muito monetariamente para eles. De modo geral, a RBR não precisa de pilotos para marketing a marca fala por si e estar vencendo os dois campeonatos da F1(construtores/pilotos) e ó maior e mais lucrativo marketing que pode existir. Fernando só consegue ter colegas como Felipe e Nelson Angelo se tiver um Lewis, Kimi ou Sebastien ele mostra as garras, torna o espetáculo algo nojento de se ver como fez em 2007 no processo de espionagem e em 2008 na sabotagem de Singapura, o recorde no hiato de títulos está o incomodando e o fará usar de todas as maneiras para não ter esse numero na sua carreira. Interessante seria ver um cenário com Kimi e Sebastien na RBR, as Mercedes roubando a primeira fila, a McLaren ressurgir, a Lotus voltar a parte intermediária que é o seu lugar e Nico Hulkenberg antecipar a aposentadoria de Fernando na Ferrari. Felipe faleceu em 2008 e ninguém o avisou.

    • men disse:

      Deixa de falar asneira. Equipe não tem lugar marcado. A Lotus tem chance de ser uma grande equipe como já foi.
      A RB nunca foi nada e hoje é grande.
      A mcLaren foi grande, hoje é uma m.
      A Willians idem.
      A Ferrari tambem.
      Ninguem tem lugar marcado.

  6. Fernando Sandrini disse:

    Eu acreditava haver uma possibilidade boa do Kimi ficar na Lotus, mas depois de ler o tamanho do rombo e nem chegamos ao final do ano…..agora creio que ele saia.
    A equipe já está meio que “entregando os pontos” com relação a mantê-lo lá. Acho que uma( se não as duas) vaga da Lotus será leiloada por um valor muito alto.Não creio que o Zacarias tenha chances lá, mesmo que não optem por um piloto pagante…. o Zacarias já era….

  7. Aislan disse:

    Bem, minhas opiniões;
    Acho que o Alonso fica na Ferrari, o considero um dos melhores na F1 no momento, tem um carro de quinta e há anos tira leite de pedra. Quanto a qualidade da Ferrari nos últimos anos, o desempenho do Massa (ridículo) demonstra isso.
    Acredito que o Kimi vai para a Red Bull e Alonso continua na Ferrari, Massa coitado deve virar taxista em alguma praça por aqui. Depois dessa definição as outras equipes vão fazer a dança das cadeiras, teremos mudança na Force Índia e na Toro Rosso, acredito. A Sauber também mudará com essa história dos investidores russos. a Willians continua com a mesma dupla assim como a Mclaren, o Chapolin Perez é bom mas precisa de alguma orientação. As outras não sei mas tb não interessam. E os brasileiros da GP2 devem continuar por lá ou retornar para tentar a sorte… a empresa que trabalho está contratando, talvez eles se interessem…

  8. ba disse:

    Alonso pode sair caro (pecuniariamente, mesmo), mas leva o Banco-que-faz-trofeuzinho-de-cocô junto.

  9. Cássio disse:

    Gostaria que “El Fodón” ficasse na Ferrari. O regulamento do ano que vem muda drasticamente. É um novo carro, novo motor e tudo do zero, de novo. Muita gente ( e acho que até próprio Alonso) está esquecendo, que o projetista do F2014 , ou sei lá que nome vão batizar o carro, é nada mais, nada menos do que Rory Byrne, o homem que é tão bom ou melhor do que Newey e que já bateu o inglês em vários campeonatos.

  10. João Ferreira disse:

    Será que o Alonso está pensando em conflitar a Ferrari para forçar uma saída?

  11. Tarcísio Farah disse:

    Sobre o texto…, Kimi faz o marketing limpo, Alonso o sujo. Vettel se preocupa com as tramóias que Alonso pode fazer nos bastidores do time dos energéticos, mas sabe que vencer Kimi dentro da pista será mais difícil, a tabela de pontos do campeonato fala por sí. Mas mesmo assim pelo menos seria uma luta limpa por parte de Kimi, já por parte de Vettel e Marko…

    Se não fosse o banco, acho que Montezemolo já teria deixado Alonso a pé, como fez o melhor que ele Alain Prost, ma$… Acabou o clima para Alonso na ferrari, passionais como são, os italianos devem estar preparando uma boa para o espanhol…

    Será que Kimi vai se arriscar a receber tratamento desigual na RBR, em detrimento do apadrinhado de Marko, Vettel? Risco muito grande. Melhor seria trabalhar para uma Lotus mais competitiva.

    Interessante a novela.

  12. Ags... disse:

    VM……..Alonso na RB, é dor de cabeça. Vettel, não aguenta ele mais do que 6 provas.
    Kimi na RB, é dor de cotovelo para Vettel. O cabra é melhor que Alonso+ Vettel+ Webber+Massarico+grojean+ toda a pataiada da F1…..
    Dias atrás estive em 3 etapas do Rallye do Sertão ,e vi o francês com o Mini(só carcaça pois o que empurra é um puta BMW, o cara me respondeu uma pergunta bem simples..
    Kimi no Mundial de WRC, fez alguma coisa…
    Resposta: Acredito que se ele em mais 1 ano, ia dar dor de cabeça ao Loeb..Ele (KIMI) é muito habilidoso, andar como ele andou, sem nunca ter testado antes, ele mostrou que é um piloto completo..Portanto…Kimi na RB..vai deixar o Vettel com saudades do Webber..rsss

  13. Daniel disse:

    Se o Massa for esperto, se proveita da situação para trazer a Scuderia para ele e deixar o New Dick Vigarista (como bem disse o colega) ainda mais longe do tri.

    Não gosto desse Alonso e nem acho que é tudo isso que tanto falam dele como piloto. Concordo que só foi bi-campeão pela obra e graça do traira do Briatore. Na McLaren, onde não tem nega, deu no que deu. E na Ferrari, só está na frente do Massa por que sabemos muito bem como a coisa funciona por lá…

  14. Horse disse:

    Victor,

    Acho que a Red Bull está blefando ao sinalizar a intenção de contratação do Alonso, Vejo neste movimento uma tentativa de pressionar o Raikkonen a aceitar a proposta da equipe taurina.

  15. marcelo alexandre f. da silva disse:

    Já que palpitar ainda ñ paga , lá vai : choronso fica na Ferrari , o Kimi vai para o touro vermelho e quem sabe ñ sobra uma vaga na Lotus para o amassado ?

    • Tarcísio Farah disse:

      Não paga? Então lá vai: Kimi fica na Lotus, Alonso fica na ferrari, e aMassa na Stock car em 2014.

      • Fabio K disse:

        Concordo com o Tarcísio. Em 2014, Kimi na Red Bull, Alonso na Ferrari (não há possibilidade alguma – Vettel não o quer na RBR), e o Massa é contratado pela Globo para ser comentarista quando não estiver disputando uma corrida da Stock (assim como Burti e Barrichello) – Fim de carreira melancólico…
        Alonso na Red Bull é balela, parece ser uma grande sacada do Horner para desestabilizar a Scuderia. Só a McLaren permitiria uma briga doméstica com dois pilotos explosivos.

  16. Sanzio disse:

    Alonso não interessa para a Red Bull. É muito baderneiro e vai desestruturar uma equipe que é até que harmoniosa. O que Horner quer, é que o circo pegue fogo pelos lados de Maranello, pois Alonso é o único que pode ameaçar o título de Vettel esse ano, desde que a Ferrari melhore esse ano ( o que com certeza não vai acontecer se nuvens negras chegarem por lá).

  17. Matheus Henrique disse:

    Seria muito bom Alonso na RBR, se isso acontecer acho que a ferrari traz Kimi de volta e é bom também que Felipe Massa poderia ter mas chances!

  18. sydnei alves disse:

    Quero mais é que a staberria se lasque e leve junto o Choronso, o New Dick Vigarista, aquele que só tem 2 títulos pq o mafioso Sem Brios tori fraudou tudo nos tempos de Renaut, que f*d*u o bestalhão do nelsinho piquet, q fez o pai engolir todas as asneiras q falou ao longo da vida.

  19. Anderson Pereira disse:

    O que impede a contratação de Alonso é a dupla Vettel/Marko.
    Esses dois não querem ver o espanhol nem de graça.
    Agora, se o Vettel acha q a convivência com o Kimi será sempre um mar de rosas, tá enganado. Tanto é que na Hungria o Vettel foi reclamar com o Kimi e recebeu uma gargalhada como resposta. O Sebastião não gostou da atitude mas depois jogou panos quentes e disse que tava tudo bem.
    Melhor mesmo é botar o Ricciardo no carro 2 e estrear o Felix da Costa na Toro Rosso.
    E pra Alonso o que resta é torcer que o James Alisson faça boas mudanças no carro pra segunda parte do mundial.

    • Tarcísio Farah disse:

      Vettel é tão chorão e mimado quanto Alonso. Se alguém ultrapassá-lo, ou impedir que ele ultrapasse, seus olhos lacrimejam e dana a chorar, até via rádio. De fato o bom para Vettel/Marko será o inofensivo Ricciardo.

      • luiz alberto disse:

        O brimo,não se esqueça que Marko,Vettel e o dono do time falam o mesmo idioma,e em geral ,austríacos e alemães são muito próximos,não seria um espanhol que mudaria isto.

  20. Rodrigo Deliberali disse:

    Eu adoraria ver isso acontecer, Alonso na Red Bull.
    Mas vejo mais como uma grande tacada do Horner, pra ver o circo pegar fogo na ferrari. Conhecendo a imprensa que existe na Italia e Espanha, sabia que isso iria das pano pra manga e desestabilizar a turma do cavalinho.

    Só não esqueçam que quem tá construindo o próximo carro vermelho é Rory Byrne!

    • Marcelo R. disse:

      Concordo, independentemente se a RBR iria continuar na ponta ano que vem, isso seria um senhor tira teima.

      Acho que Vettel não quer Alonso justamente porque sabe que se o espanhol emplacar uma série de vitórias nele, a primeira coisa que ele vai ouvir é que os seus títulos foram produto exclusivamente do carro.

      Acho Rory Byrne excepcional, mas o problema da Ferrari passa pelo staf completo. O carro nunca sai bem nascido, e a equipe pena para encontrar caminhos e desenvolvê-lo durante a temporada. Parece que estão todos perdidos. Domenicalli e outros não tem conseguido nada. Vai ser necessário mais do que um projetista competente para mudar as coisas por lá.

      • Otavio Augusto disse:

        E lembrando que Rory Byrne entrou na Ferrari em 97 e seu carro só foi campeão(de construtores) em 99. O negócio vai se desenvolvendo aos poucos, não creio que ele já vai chegar em 2014 com um carro arrebatador. Adrian Newey também teve uma curva de desenvolvimento até que o carro da Red Bull chegasse no ponto em que está hoje(ele entrou lá em 2006 se não me engano)!

        • Eric Musashi disse:

          O carro da Red Bull só melhorou em 2009. Em 2008 levou surra da Toro Rosso, que teve 90% de seus pontos feitos pelo Vettel. Newey disse que no começo de 2009 Webber já pegava dicas de acerto com o alemão.

          Newey é gênio, mas só melhorou o RB quando teve ao menos um grande piloto.

    • João Ernesto disse:

      Cara… o Byrne tem que ralar muito para chegar na cintura do Newey…

      A Ferrari do Byrne na era ouro só ganhou aquilo tudo pq o bocó do Frank deixou o Newey ir embora da Williams e não se constroi um carro vencedor do zero…

      Mas qdo fica pronto também… 3 mundiais já foram de forma fácil…

    • Tarcísio Farah disse:

      Rory Byrne sem Ross Brawn não adianta.

      • Fernando Sandrini disse:

        Na boa, o Byrne sempre fez carros muito bons e sem o Ross Brawn.
        A Toleman de 84 do Ayrton, as Benetton de motor BMW(já defasado) andavam muito mas o motor vivia quebrando.
        Com motor Ford turbo em 87, quando o motor Ford passou a acompanhar o ritmo dos demais turbos(Honda, Ferrari e Porsche) andou muito na segunda metade da temporada.
        O carro aspirado de 88 sempre andou perto ou à frente dos turbo(exceto as Mclaren Mp4/4, óbvio).
        Notadamente o motor Ford era mais fraco que Honda, Ferrari e Renault mas os carros do Byrne sempre fizeram frente aos carros mais potentes porque tinham excelente chassis. O Piquet em 90, após o primeiro teste bom o B190 falou “é o melhor carro que eu guieie em todos esses anos de F1″ e acabou o ano como 3º no campeonato, atrás apenas de Senna e Prost.
        Em 91 o carro era do Barnard, mas de 92 em diante voltou a ser do Byrne.

        Abraços

  21. Junior disse:

    Ainda acho isso difícil d’acontecer. Ainda acho que isso é só uma forma de pressionar a Ferrari. Além do mais, vai que a Ferrari, com a mudança radical do regulamento, faça um bom carro e vai que, justamente quando o Alonso for pra Red Bull, eles errem a mão, como aconteceu com o Senna no início de 94. Mas, como nessa Fórmula 1, nada é impossível, inclusive as coisas mais absurdas, eu não duvido de nada. Não duvido sequer de uma troca de cadeiras. Vai Vettel pra Ferrari e vem Alonso pra Red Bull. Ambos tem contratos longos e essa seria, justamente, a moeda de troca de ambos os times pruma possível multa por quebra de contrato. Sim, bem absurdo. Mas, nesse mundo, não se pode duvidar de nada.

    • Tarcísio Farah disse:

      Mas disso que você escreveu, eu duvido.

    • luiz alberto disse:

      Para fazer isto o Vettel terias que ser muito burrinho(coisa que não é),sair de um time vencedor com o melhor projetista da atualidade e ir para uma equipe que esta em crise desde a saída do Dick Alemão e sua turma e tem o mais incompetente chefe de equipe de todas as grandes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>