MENU

22 de fevereiro de 2018 - 15:16Automobilismo brasileiro

Em defesa do autódromo

2017121014896_38924521602_384756e405_h_II

SÃO PAULO | Um dos lideres do movimento Comissão Interlagos Hoje, que busca defender os interesses do autódromo face à tentativa de privatização sem que se tenha qualquer garantia de que a atividade principal do espaço seja mantida, Sérgio Berti voltou a salientar que os políticos envolvidos no caso não têm ciência e ideia do que é feito no circuito e se posicionou, ao blog, contra a proposta de construir um bairro e um centro comercial, o que destruiria o kartódromo.

Berti leu a notícia no GRANDE PRÊMIO, mas a informação foi divulgada hoje por ‘O Estado de S. Paulo’. “A Comissão Interlagos Hoje, ao tomar conhecimento da matéria publicada no GP, vem a publico enfatizar que cada vez fica mais notório o desconhecimento dos vereadores, secretários e do prefeito João Dória em relação ao autódromo de Interlagos. Poucos sabem das atividades que lá ocorrem quase todos os dias do ano e conhecem apenas a Fórmula 1 — neste exato momento, estou em Interlagos trabalhando em um evento de preparação de novos pilotos. Criar condomínios ao lado de um autódromo é iniciar um confronto entre atividades, como já existe na cidade de São Paulo — aeroporto, Pacaembu, Jóquei, etc. Além disso, basta apenas ter conhecimento do local e do bairro para saber que há outros fatores que são quase proibitivos para essa expansão imobiliária nesta região, principalmente fatores ambientais”, disse Berti.

“Por conta disso, nossa Comissão se posiciona contra esta proposta e se coloca à disposição de secretários e vereadores para elucidar todas as atividades existentes no autódromo de Interlagos, assim como sugerir outras atividades que poderão atender a todos da população e não apenas adeptos ao esporte a motor”, completou.

O ‘jestor’ paulistano força, desde o início de sua passagem pela prefeitura, a venda do autódromo de Interlagos e se recusou a discutir com os agentes e interessados em manter as atividades do autódromo. Apesar de ventilar uma série de interessados, ninguém jamais foi citado como possível comprador — quando falou em Bernie Ecclestone, este tratou prontamente de refutar qualquer negociação, até por ter 87 anos de vida.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>