MENU

6 de junho de 2018 - 10:02F1

Não mais energético

201711161031396_norris_II

SÃO PAULO | Phil Duncan, repórter da agência Press Association, revelou hoje que a Toro Rosso foi atrás de Lando Norris para que o atual líder da GP2 seja titular da equipe a partir do GP da Áustria, no começo de julho. Recebeu um na-na-ni-na-no.

Depois do GP da Espanha, a Sky Sports informou que Pascal Wehrlein, de volta ao mundo teutônico do DTM, era o alvo da equipe de Faenza para sentar no carro azul-metálico já neste fim de semana do GP do Canadá. Nada foi além, ao que tudo indica.

Muito além de mostrar que Hartley foi uma escolha erradíssima, o desespero da Toro Rosso em tentar um piloto Mercedes (Wehrlein) e outro McLaren (Norris) apenas atesta que o outrora profícuo programa de desenvolvimento da Red Bull hoje colhe as consequências da tritura e fritura de tantos grandes nomes que ou não tiveram tempo adequado ou foram mal aproveitados. Vida e obra do ‘inquisidor’ Helmut Marko.

Marko que, diante do teste de Marc Márquez com um carro Red Bull repaginado de Toro Rosso na Áustria, se empolgou a ponto de dizer que o multicampeão espanhol da MotoGP tem um lugar, se quiser, na equipe principal em 2021 — contrato de Verstappen vai até 2020; Ricciardo joga as cartas e espera para renovar. Brincadeira ou não, é a comprovação do desespero de não ter ninguém na fila do pão que lhe sirva.

A fórmula do energético vai ter de mudar rapidamente. E talvez não seja só os pilotos que tenha de alterar para a receita voltar a ter sucesso.

9 comentários

  1. Cristiano disse:

    O Lito Cavalcanti disse algo em algum dos treinos, que o Hartley estava na Toro Rosso fazendo laboratório para a Porsche, que teria interesse em voltar para a F1. Se está pra sair pode ser que resolvam ficar com a Honda inclusive para a equipe principal ano que vem, e ainda se discute a Aston Martin para a nova regra de motores. No programa da Red Bull o único que tem idade pra F1 ainda está na F3 Europeia, Dan Ticktum, sem pontuação nenhuma para a Super Licença, e os seguintes tem de 16 anos para baixo. E depois do Stroll resolveram reformular, o título da F3 não garante mais a Super Licença, então ainda teria que passar mais um ano nas categorias inferiores. Os pilotos japoneses da Honda também não tem nem devem conseguir a Super Licença. Se o Sette Camara fechar ao menos em 3º na F2, quem sabe volta para o programa…

  2. Eduardo disse:

    Buemi e Vergne são exemplos de 2 bons pilotos desperdiçados.
    No entanto, nenhum dos 2 aceitaria a Toro Rosso, se ainda fosse na equipe principal…
    Mas ainda há esperança com o Sainz para o futuro, que está emprestado e ainda pode melhorar.
    Já para a Toro Rosso o apadrinhado da Mercedes seria a escolha óbvia, deveriam ter se esforçado mais na negociação ou poderiam ser ousados buscando um piloto na Indy que, a propósito, tem uma boa safra.

  3. Zé Maria disse:

    Já disse outras vezes, repito de novo:
    Hartley foi só aquela bajulada básica da Red Bull na Porsche, que está voltando para a F1.
    Daí que os do energético resolveram deixar o “PorscheBoy” brincar (literalmente. . .) de ser piloto de F1 nessa temporada (#sqn!), mas podem apostar que, no plano original dos caras, depois a fatura deveria chegar rapidinho em Stuttgart, tipo “me-dá-um-motor-aí”!
    Parece que o projeto não deu muito certo não. . .

    • Victor disse:

      VM responde: Sim, os caras tão em dúvida se pegam Honda pensando na Aston Martin daqui dois anos, mas é bajular a Porsche…

      • Zé Maria disse:

        Respeitando sempre a opinião do nobre escriba, mas reiterando o meu pensamento, até porque um mero e simples leitor não tem e nunca teve a obrigação de cravar nada, certo?
        Deixo registrada a frase:
        “Quem viver, verá!”
        Abraço!

  4. Alexandre Soucha disse:

    Eles poderiam olhar com carinho, pra temporada que o Sete Câmara tem feito na F2,afinal ele fez parte como um dos últimos pilotos da escola RBR!!

  5. Philipe Speed disse:

    Olá Victor, depois de participar tanto e ter sumido, aqui estou de volta…

    Bem, você tem toda a razão do mundo em dizer tais coisas. Quando a RedBull era suprema, se dava ao luxo de escolher um diamante aqui e outro ali… e isso hoje não é assim…

    Talentos como Sebastien Buemi, Alguersuari, Vergne a porque não o próprio Bourdais poderiam sim terem virado astros!!! Ainda me pergunto o que Vergne e Buemi poderiam ter rendido…

    Até kvyat… queimaram o cara antes de amadurecer…

    Deixaram de promover o Felix da Costa que na época estava bem até…

    Portanto “Adolf Marko” infelizmente cometeu um verdadeiro “genocídio” com tantos talentos, daí Robin Frinjns não ter aceitado ir para a Red Bull no ano que ele ganhou 2 ou 3 campeonatos se não me engano… sabe-se lá o que viraria… mas ele disse na época “A RedBull trata seus pilotos como cachorros”.

    Alguersuari não era de todo ruim. Tinha lá seus relampejos, mas poderiam ter forçado um tempo mais…

    Aí Colocam Gasly…até aí tudo bem…

    E pegam Hartley… puts… o cara não pegava monopostos a anos… e no passado perdeu a vaga na própria Toro Rosso para quem??? Vergne!!! Vai lá entender…

    Então agora, os Taurinos estão buscando jóias de outras escuderias… e nessa, estão levando portadas na cara!!!

    Quem sabe se vestissem “as sandálias da humildade” repatriavam alguns bons pilotos que passaram por lá…

    A RedBull está se transformando naquelas empresas que pagam bem, mas têm uma péssima reputação quanto ao turn-over de funcionários. As vezes têm bons profissionais disponíveis no mercado, mas preferem ganhar menos do que arriscar saírem de um lugar onde se sentem valorizados!!!

    Portanto, RedBull que se cuide, devem contratar um RH para ver se conseguem preencher a vaga.

    Forte abraço!

  6. MARCELO JOSE DALBELLES disse:

    Helmut Marko fritou e rifou jovens pilotos antes mesmo deles chegarem em categorias de acesso como F2.
    Não plantou as sementes agora não tem nem o que colher!

Deixe uma resposta para Alexandre Soucha Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>