MENU

9 de junho de 2009 - 12:39F1

Na regressiva para sexta

SÃO PAULO | As fabricantes de motores se uniram. Disseram que não vão assinar nada em definitivo para 2010, e uma das cinco que fizer isso vai pagar € 50 milhões a cada uma se trair o MM, Movimento das Montadoras, que brada pela extinção do teto orçamentário.

Aí, a Fota, que reúne as equipes, dentre elas as que representam as montadoras, está preparando a resposta para a carta que Max Mosley mandou arregando e abrindo as pernas, só não escrevendo por favor para que fiquem na F1 porque seria humilhante demais. O mundo aguarda pelo conteúdo da missiva.

Enquanto isso, a temporada vai bem, obrigado. Para Button, claro. Mas F1 em si que é bom, necas.

Chega, sexta-feira. Chega logo.

1 comentário

  1. Edu Pereira disse:

    Ou seja, nada mais é do que deixar a FOTA fora do foco e colocar as montadoras (muitas delas mantenedoras das prórpias equipes) na disputa desse braço de ferro com a FIA.
    Titio Bernie e Max Nazi criaram uma confusão da qual nem eles mesmos sabem como resolver.
    Mas como em todo lugar onde milhões estão envolvidos, tudo acabará em 1/2 calabresa 1/2 muzzarela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *