O primeiro revés

O

SÃO PAULO | Bastaram os primeiros rumores de que Nelsinho Piquet poderia sentar num carro da Manor para que logo viesse alguém para se manifestar contra qualquer aproximação do brasileiro.

Ontem, John Booth, glorioso chefe da Manor, veio a público para dizer que Nelsinho era um dos candidatos a uma das vagas do ano que vem. A Virgin, futura patrocinadora da equipe, disse à revista Autosport que nem que a vaca tussa milhões de dinheiros vai apoiar alguém “que trapaceia”.

É. É o preço que se paga.

Sobre o Autor

13 Comentários

  • Tem máfia pior que gravadora? O cara perdeu a chance de ficar calado. Não apoia quem trapaceia essa é boa. rsrsrsrsrs.
    Jabá não é trapaça? Então os contratos com grupos, cantores, músicos são todos realizados na maior lisura? Quanta hipocrisia, ninguem aguenta mais. Como diz o ditado: O sujo falando do mal lavado.

  • A verdade é essa mesmo que já comentaram antes.
    Na F1 se vc é campeão do mundo, famoso, tem status, pode fazer maladragem na pista que tá tudo perdoado.
    Vão reclamar um pouquinho, comentar ali, mas no final jogam pra debaixo do tapete e a vida continua.
    Mas se vc é um zé roela, que nem o Nelsinho, ae vc tá fud#$%.

  • Acho até meio infantil ou sonhadora essa postura do Nelsinho de continuar acreditando na F-1. Existe muitos novos talentos por aí, ele provou que não é nenhum gênio, piloto abaixo da média.
    E agora, com uma mancha no histórico. Acredito que ele vai para os USA, onde as pessoas nem sabem o que F-1.

  • O dono da virgin cantou a mulher do Buton, aí pode né? Ele que julgue a mãe dele. O Nelsinho vai voltar e calar a boca de muita gente, sem precisar correr na equipe de talarico.

  • é isso aí Mauro …. nesse mundo de hipócritas tem de tudo … lá na Virgin os caras acham mais bonito apanhar na cara por ter mexerem com a mulher dos outros !!!

    JCS

  • É melhor pagar este preço que não dormir pela consciencia pesada.
    Daqui a algum tempo ele pode conseguir uma vaguinha e se der a sorte de vencer uma prova, neguinho esquece rapidinho… imprensa inclusive…

  • Acho de mal gosto esse tipo de bravata. O pior é que isso é muito comum: as pessoas gostam de crucificar quem cai na contravenção, por menor que seja. sendo que todos nós, vez por outra, quebramos as regras do jogo, em qualquer segmento que seja, de nossas vida.
    Acho que Nelsinho Piquet não merece uma nova chance na F1, mas pelo seu desempenho que foi ruim. Não pelo escandalo.

    Sidinei Gadelha

  • Gostaria de saber então como Schumacher (Batedor e trapaceiro), Senna(Batedor), Prost(Batedor), Barrichelo(Trapaceiro), Alonso( Caguoete), Hamilton(Mentiroso) e tantos outros correm ou correram neste mar de pureza e com patrocinadores pessoas e das equipes.

Por

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade