MENU

26 de fevereiro de 2010 - 12:32F1

Stefan Farrão, made in Serbia

SÃO PAULO | Sobe som. Todos unidos, juntinhos, cantando “vamos dar as mãos, 1, 2, 3, quem errar o passo perde a vez…”

Antes falavam que as novatas adoecidas, USF1 e Campos, iriam anunciar a fusão, no caso ontem. Não veio fusão, não veio anúncio, não veio nada, talvez porque não há nada a vir principalmente dos americanos. Mas um dos três sobreviventes desta aventura fracassada tem uma solução para a salvação.

A Stefan começou a sofrer revezes. A inscrição para a F1 não veio, e faltando pouco mais de duas semanas para o Mundial, mal treinou como queria porque não tinha pneu disponível para calçar seus TF110 toyotísticos disfarçados. E Zoran Stefanovic, no papel de Stefan Farrão, quer uma solução para a salvação.

O jornalista Adam Cooper escreveu que Chad Hurley, ex-You Tube e um dos acionistas do cadáver da USF1, e Stefan planejam se unir. Um salva o outro. Os donos da USF1 são meio contra, mas como a FIA esteve vistoriando a sede deles lá no norte da Carolina, e eles não têm mais do que meio puto no bolso, não há muito o que piar.

Assim, pode nascer um acordo EUA-Sérvia. E se vier a fusão, vai vir confusão. Porque começam a vir algumas questões.

A Stefan quer Kazuki Nakajima e Jacques Villeneuve. A USF1 tem José María López. Um, oh!, vai sobrar.

Há a necessidade de as outras 12 equipes aprovarem a inscrição. A Ferrari é visceralmente contra porque a Stefan terá Mike Coughlan. A Red Bull também já falou à reportagem do Grande Prêmio que se opõe.

A Stefan só tem um carro pronto. E aí, pirata?

Sobe som de mistério profundo.

Compartilhar

27 comentários

  1. charlesf1 disse:

    a formula esta tentando virar formula mundial e esta conseguindo agora metade do grid ja larga pontuando e por fim equipes fracas sem a minima condiçao estao querendo correr pra ter virgin,lotus etc que tomarao uma volta a cada seis dos lideres isso soma alguma coisa?e uma pena ver a formula um assim talvez esses velhos que fazem as regras deveriam se aposentar e dar lugar a pessoas mais novas se nao eles vao conseguir fazer a formula um virar formula 3 ja que de um nao tem mais nada ate a gp2 ja esta no mesmo nivel tanto que os carros em monaco tem a mesma velocidade e andam no mesmo tempo que pena.

  2. Roberto disse:

    E se os caras da Stefan não correrem a FIA é que vai ter que dar explicações para os torcedores! Já está virando a surpresa das novatas antes de começar o campeonato.
    Isto é que é força de vontade para correr na f1. Nem Virgin, nem Lotus e muito menos Campos e USF1. É a Stefan!

  3. Roberto disse:

    A solução para USF1 e Stefan!

    1 piloto – Jacques Villeneuve
    2 piloto – divergências entre Kazuki Nakajima (Stefan) e
    José María Lópes (USF1)
    Eu ficaria com Kazuki Nakajima
    Piloto de testes- José Maria López (desculpe Argentina)
    Sorte que nesta divisão de pilotos o de 2 piloto ficaria mesmo com José Maria López

    A fusão seria melhor pois a Stefan ficaria com a licença da USF1 para correr na F1, as instalações ficaria nos EUA, Stefan têm o carro da Toyota (projeto 2010) e o type 1 (dos americanos) poderia estreiar o carro no meio do ano já com o dinheiro e patrocínios da Stefan. Que já levou o material para o Bahrein e com recibos pagos ($$$) Renomeariam o motor Toyota ou correriam de Cosworth

    Simples assim!

  4. Rafael Fonte disse:

    Não tem norte da Carolina, é a Carolina do Norte e a Carolina do Sul. Pode ser o norte da Carolina do Norte ou o norte da Carolina do Sul. A única coisa que sai de lá é uns V8 beberrão, todo esquisitão, para correr final de semana sim, outra sim e mais umas dez até ter um final de semana de folga. Tem muito dinheiro girando na NASCAR, mas para F1, falta grana. E na verdade a sede é em Charlotte, para sudoeste do estado.

  5. Leandro Moura disse:

    que a USF1 esta querendo afinal? nao quer fusao, nao tem dinheiro, nem moral, nem credito, nem confiança da Fia..e ai?

  6. JFN disse:

    Victor, ouvi dizer que o Carlos Alves vendeu as vagas dele na stock pra dois ex-chefes de equipe da RZ e os pilotos da nova equipe serão bernoldi e losacco. Vc tem alguma info sobre isso?

  7. Cleber disse:

    É! parece que vai dar tudo errado mesmo, para os americanos e para os sérvios…
    A F1 não foi feita por amadores e para amadores, é coisa de profissional $$$$$$

  8. Jacaré e Capivara do Tietê disse:

    Stefan bom era o Beloff…

  9. Daniel Ramos de Oliveira disse:

    A Ferrari tá vendo o império e o respeito que ela conquistou em 60 anos de muita história na F1,está sendo ameaçada por equipes novatas,ano passado foi a Brawn GP.Na minha opinião,essa história da F1 2010,vai dá o que falar,e já no começo da temporada.
    Pra mim a Ferrari,deveria criar uma 2ª equipe(com os nomes Maserati ou Alfa Romeo),e fazer com que entre no lugar dessas novatas,que não tem nada pra fornencer.Tomara que em 2011 a VW entre na F1 com Audi,Bugatti,Porsche ou Lamborghini,dai pelo menos agente vai um Grupo realemente interessado na categoria,porque hoje,só a Ferrari é realmente interessada pela a F1,e se algum dia ela decidir sair,a F1 vai acabar.

  10. alexandre disse:

    tudo p/ tentar resgatar um passado de glorias da F1.

  11. Alex disse:

    João , Aonde eu assino ,grande comentário !!!

  12. João Lemos disse:

    Oras, nada mais natural, e justo, que as equipes que lá estão protejam seu negócio, espetáculo, esporte, ou que vocês preferirem dizer.

    Para mim, a F1 está bem, tirando o jogo político do ano passado, que me enfadou, e de acordo com as pesquisas muita gente também.

    Eu adoro a tecnologia, o apuro em fazer a melhor linha num traçado, o som, a forma dos carros, alcançar 340 quilômetros numa reta, e fazer uma curva a uma velocidade que nenhuma outra máquina, que não seja aérea, consiga fazer.

    Quanto às ultrapassagens, a Bandeirantes transmite, algumas, corridas da Indy, e pelo que eu vi lá, nos ovais há bastante ultrapassagens.

    Se quiser ver, ainda, ultrapssagens e muita porrada, carros batendo, voando, se despedaçando, a Nascar é um bom atrativo. Tem transmissões pelo Speed Chanel, ou então pode procurar em compartilhadores de arquivos, ou em sites, as transmissões da corrida. Não é ao vivo, mas para quem não se contenta com a F1, pode ser uma boa pedida.

    Inclusive, ao menos para mim, ver a F1 não é direito, muitíssimo menos um dever, como alguns fazem parecer, e sim apenas um agradável privilégio.

    • Rafael disse:

      Também acho essa história de espetáculo uma besteira, F1 é sobre tecnologia, e se de tempos em tempos surgem gênios que a domam de forma extraordinária melhor. Mas seria muito melhor se a FIA parasse com essa história de proibir essa ou aquela tecnologia, acho que esse aspecto deveria ser liberado, o que devia ser restrito mesmo é o orçamento. Assim iria-se buscar o desenvolvimento máximo ao custo mínimo, tornando a F1 interessante para as montadoras, as independentes (que poderiam vender os frutos de suas pesquisas) e principalmente pra quem assiste…

    • Anderson disse:

      Eu quero ver é disputa por posições, saber que o ganhador não está definido quando os carros largam, ver um piloto bom em uma equipe horrível ganhar corrida no braço, deixando as equipes tradicionais pra trás.

      Então eu concluo que não gosto de F1… Carro feio pra carro feio, prefiro a Indy, do que Fila 1ndiana

  13. Pelo menos eles tem um carro pronto, já a queridinha da FIA. Sabemos que eels não alinharão por questões políticas! Fanfarrão para mim é o Victor Martins que insiste em chamar os sérvio de piratas fanfarrões. Se eles são fanfarrões, os americanos e os espanhóis da campos são o que? e o que dizer da ferrari que com essa atitude egoísta prejudica o esporte que ela mesma ajudou a criar lá nos primórdios?

    “Ah, mas os caras não tem pneu!”

    Fica difícil fazer as coisas quando mesmo estando a frente dos outros se é preterido. Quevenha uma Fórmula Ferrari com uma única equipe e dois pilotos então…

  14. EdisPJ disse:

    http://www.oconsumidoremdebate.blogspot.com

    …tudo bem, a novela chicana se dividiu em dois núcleos, mas como fica o núcleo Meta/Campos/seiláoque, alguma novidade ou estão ‘heroicamente’ utilizando todos os esforços para cumprir o cronograma e colocar dois carros no grid? Também tem a questão do(s) piloto(s) quem entra, se sai alguém ou fica…a menos de 15 dias do campeonato a coisa tá ainda mais enrolada, sei não.

  15. Pe. Antonio Vieira disse:

    Tenho uma dica: em vez de fusão, basta celebrarem uma incorporação. Neste caso, a USF1 incorpora a Stefan, que se extingue. Como a USF1 já tem a inscrição garantida, não será necessário anuência de todas as demais. E, assim, os piratas põem os carros no grid com a bandeira norte americana. Depois, no mundial do ano que vem, basta mudar o nome da equipe, quando uma anuência ficará mais fácil.

  16. jefferson buitrago disse:

    É facil resolver.Ocorrendo a fusão o direito a vaga continua sendo da USF1.Se não me engano para mudar de nome a equipe não precisa de autorização dos outro times.Não vamos esquecer que o padrinho dos piratas é o CARA!

  17. Victor disse:

    Xará… o Villeneuve já tá com contrato assinado com a Stefan???

  18. Victor disse:

    Só uma pergunta: cadê esse carro da Stefan???

  19. Carlos disse:

    A USF1 vai vender a vaga para Stefan e o dinheiro vai para o bolso do Bernie. Tudo acaba bem quando termina bem, rsrs.
    Pode sobrar uma vaga de piloto reserva para o hermano, o que já estaria de bom tamanho. Em breve ele toma o lugar do Naka, que realmente não é do ramo. E o Ralf?

  20. Fernando M.A. disse:

    Ter só um carro pronto não chega a ser um problema tão grave, seguindo os regulamentos dos outros anos, uma equipe é obrigada a dar uma volta com um carro no circuito para constar que participou da prova, assim com um carro cumpririam o requisito mínimo e permitiria que a partir da segunda prova tivessem dois carros na pista.

    Agora com a Stefan, a USF1 tem algo a negociar, uma vaga no grid, pois é a única coisa que tem além das dividas, por isso que a fusão com Campos era improvável, não tinham nada de bom para levar. Com a vaga da USF1 para a Stefan, a única coisa que a Ferrari pode não permitir é a mudança de nome da equipe.

  21. Paulo Moreira disse:

    NAKAJIMA? VILENEUVE? JOSÉ QUEM? TÁ DIFÍCIL! E SE EXISTIR, FICARÁ PIOR….

  22. marcos disse:

    ainda vai aparecer uma mulher no meio desta novela..

    ta faltando hem !!

  23. veber disse:

    a Ferrari quer correr sozinha para poder vencer todas,, a Ferrari quer o dinheiro todo só pra ela,, a Formula 1 precisa de equipes grandes médias e pequenas,, isso acontece em todos os esportes sendo benéfico,, e tem mais,, caso a USF1 se junte a Stefan e pode sim dar certo isso,, como a US está autorizada a Ferrari e Red Bull não terão o que contestar,, esse ciume é ridiculo,, mas todos sabemos que a F1 precisa de 26 carros no Grid pra melhorar as corridas pois ultimamente andam uma [email protected]@……… xau

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *