Bafanadas, 8

B

SÃO PAULO | Era blefe. Bendtner joga. A Dinamarca deu um primeiro drible fora das quatro linhas. A informação era que o artilheiro danês não treinava com a equipe havia um mês. Deve ser blefe também. E no papel, vamos com Rommedahl e Jorgensen na frente também. A Holanda vai sem Robben, e quando joga sem o cabra, dificilmente marca.

Já mudei o palpite umas tantas vezes, todas mais para um lado mais racional que emocional. Vou apostar no 1 a 1 agora.

Japão × Camarões tende a ser caso sofrível, já que as duas seleções não vêm bem. Menos pior são os africanos, que devem ganhar por 2 a 1.

E Itália × Paraguai vai ser a prova de que os atuais campeões vêm incrivelmente fracos. 2 a 0 para os sul-americanos.

E vamos lá que a torcida já é grande e a camisa branca e vermelha está no corpo.

Sobre o Autor

7 Comentários

Por

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade