F1 Rocks em São Paulo

F

SÃO PAULO | O tutti-competenti Ale Rocha, e/ou @alerocha, escreveu agora há pouco no Twitter que a F1 vai realizar sua versão do F1 Rocks aqui no Brasil. São shows para apimentar o fim de semana, coisa e tal, dar uma movimentada no ambiente musical e tudo mais.

Segundo Ale, o F1 Rocks vai acontecer em 5 de novembro, a sexta-feira de treinos livres da corrida em Interlagos, em local ainda não definido. Uma das atrações confirmadas pelo nobre jornalista é o rapper Eminem. A SPTuris e a assessoria do GP do Brasil deve se manifestar oficialmente sobre o evento só na semana que vem. O F1 Rocks da Itália, por exemplo, contou com as presenças de Stereophonics e do DJ Seb Fontaine.

No dia 6, haverá o Ultra Music Festival, evento de música eletrônica que vai ac ontecer pela primeira vez no Brasil. Já estão certas as presenças de Groove Armada, Moby e Fatbom Slim. Um tanto imperdível, diria eu, que não poderei ir, provavelmente.

E os caros internautas, gostariam de ir a qual ou de quais atrações?

Sobre o Autor

19 Comentários

  • Acho incrível como as pessoas conseguem ser ignorantes, não é mesmo? A expressão Rocks não é necessariamente ligada ao estilo de música Rock ‘n Roll. Para quem não sabe, Rocks seria uma giria para “agitar”, por exemplo. Então não sejamos estúpidos. Antes de criticar quem vem ao evento, procurem saber do que se trata! Mas concordo com o fato que cada vez manos o Rock ‘n Roll tem espaço na midia. Mas quem faz a midia é o adolescente. E esses estão cada dia mais idiotas. Lady Gaga se vestindo de bife para eles é maravilhoso! #Reflita

  • rap e carro sao como carne
    e unha ,Entao o mais certo eh ter um show de rap mesmo
    pra agitar…
    naum ehh Rock’n Roll! naumm ehh rock que quer dizer agitaçao ,farra e balance poww
    eminem na veia
    slim shady ….

  • Kd o Rock? antes rock era Iron Maiden,Ozzy…Red Hot ou melhor tinha guitarra,baixo,bateria ate um teclado…vivemos na era do tudo comercial, por isso que mundo está assim! coloca-se aquilo que vende, merda pintada de dourado importada dos EUA vende aqui! e gera encomenda! e tem mais… Rock??? in ??? Rio??? com Ivete Sangalo, Restart, Lady Gaga! Eminen não é ruim, mas chamar de Rock , puts!

    • O KiSS nunca foi atração do F1 Rocks. Eles foram atração do GP da Austrália, mas o formato do evento F1 Rocks, comecou em 2009 – no GP de Cingapura.

      “A primeira edição do F1 Rocks foi realizada na semana do GP de Cingapura 2009, com shows de Beyoncé, No Doubt, N.E.R.D. e Blacked Eyed Peas, entre outros artistas.

      Neste ano, o primeiro espetáculo da temporada aconteceu em Milão, antes da etapa da Itália, que é disputada em Monza. A principal atração da vez foi a banda inglesa Stereophonics.

      Esta será a primeira apresentação de Eminem na América Latina. O cantor de hip hop venceu o prêmio Grammy de 2004 com “Lose Yourself”, canção que já fez parte do soundtrack do game Need For Speed Underground, relacionado a corridas urbanas de carro.”

      E outra coisa.. ROCKS = Da hora, Detonar, Agitar
      praticamente o contrário de SUCKS

      em internetês ROCKS = rox

      Nao tem nada a ver com Rock’n Roll!
      Capicee??

  • O “rocks” de F1 Rocks não se refere exatamente ao gênero musical Rock e, sim, algo como a F1 agita, detona, apavora, etc…
    Já o Rock in Rio é somente o nome de um festival, hoje em dia, reunindo vários estilos musicais. O que será importante é o lineup. Espero que tenham bom senso de reunir bandas que tenham alguma coisa a ver com a outra em cada dia para evitar “manifestações” de membros do público que não gostem de certas bandas.

  • O negócio é esperar pelo Rock in Rio 2011, vai ter só um show de rock que presta em cada dia (para todos irem todos os dias, aumentando a arrecadação como no passado), e figuras como Lady Gaga tb irão…

Por

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade