MENU

31 de outubro de 2011 - 14:23F-Indy

Segue o bonde

SÃO PAULO | Sam Schmidt chegou a falar, depois da morte de Dan Wheldon em Vegas, que poderia abandonar em definitivo às pistas diante de mais uma tragédia em sua vida. O agora dirigente também foi vítima de um grave acidente, 11 anos atrás, que o deixou tetraplégico — num treino no oval da Disney. Mas o passar dos dias, e os compromissos comerciais, principalmente, já apontam para um cenário mais racional.

Schmidt vai manter sua base para 2012, pelo menos com um carro na Indy e outros dois na Lights. A operação ainda deve manter laços com outras equipes — neste ano, a SSM se aliou à Bryan Herta, dando a Wheldon a vitória na Indy 500, à Rahal Letterman Lanigan e à AFS.

A Sam Schmidt fez lá seu brilhareco durante a primeira parte da temporada, com as poles de Tagliani em Indy e na primeira prova do Texas. Naquele momento, o desempenho e o retrospecto de evolução levou a se imaginar que havia chegado uma terceira via para atrapalhar o poderio de Ganassi e Penske. Mas Tagliani fez uma segunda metade de ano péssima — o que levou até Schmidt a sacar o canadense da etapa de Kentucky, a penúltima, para ‘treinar’ Wheldon, candidato único ao prêmio de 5 milhões de dinheiros americanos em Vegas. Desta forma, ‘Tag’ aparece como apenas um dos candidatos à vaga.

Adendo: João Paulo Borgonove, gari de Pedreira, me alerta que Simon Pagenaud, ótimo piloto francês que há anos tenta ingressar na Indy para uma temporada completa, é o provável piloto da SSM em 2012.

7 comentários

  1. Ricardo Arcuri disse:

    Segura o bonde? Nao, o Flamengo ta parando na tabela :P

    Brincadeiras a parte, Sam Schmidt é raposa velha. Sabe bem o que fazer para obter sucesso com seus carros. Logico que se sentiu mal com a morte de Wheldon, mas é passageiro. Tagliani nunca foi piloto para levar time algum, mas ele em si tem capacidade de ser grande no futuro.

    Simon Pagenaud? Seria uma otima pro time. Acompanho-o desde a Atlantic e Champ Car e o cara é bom. Mas, assim como Hunter-Reay, precisa de mais sorte. Se tiver um carro na mao, vai fazer bonito, como ja fez com Gil de Ferran na ALMS.

  2. Luis disse:

    A Indy Lights vai ter um carro novo também?

  3. Borgo disse:

    Gari é pras cidades grandes. Aqui nós somos chamados de lixeiro.

  4. Chico Luz disse:

    é muita maldade esse cabeçalho, hahahah.

  5. Danilo Candido disse:

    Da mesma em que o Fausto Gresini “pensou” (só pensou mesmo) em não levar sua equipe para a última etapa da MotoGP, em Valência, por conta da morte do Simoncelli, mas acabou “voltando atrás”, alegando que “Marco preferiria assim”. Não só o Marco mas principalmente os patrocinadores e a prórpia Dorna também “preferem” (exigem) que assim seja…
    O período de luto nas corridas de carros e motos é muito curto, e jamais atinge a etapa seguinte…

  6. Verde disse:

    Legal!

    Devo dizer: o cabeçalho do teu blog tá parecendo o de um candidato a vereador tucano, hehehe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>