MENU

1 de outubro de 2012 - 16:08F1

Force India e Ferrari

SÃO PAULO | La Gazzetta dello Sport e BBC vieram hoje com notícias iguais a respeito da segunda cadeira da Ferrari. Confirmando o que a cúpula do time italiano vem dizendo, nenhum contrato foi assinado com Massa, mas a equipe ainda tem na lista dois nomes: Di Resta e Hülkenberg.

Felipe também diz que não tem nada assinado, mas como Américo Teixeira Jr. já disse que o brasileiro continua e o homem tem acertado tudo ultimamente, vou com o relator e amigo jornalista. Só que é interessante ver como a Ferrari e a Force India têm, digamos, trabalhado juntas.

A Force India tem motores Mercedes e uma parceria técnica com a McLaren. Mas seu piloto reserva é Bianchi, protegido da casa de Maranello. E só seus pilotos interessam para o lugar de Massa, conforme as informações acima. O time de Vijay Mallya é quase um PMDB da F1.

Muito cá entre nós: não tem ninguém fora da Force India capaz de ocupar aquela vaga ao lado de Alonso? Diria o outro aí: 1mmmm…

A Force India vai receber os motores Mercedes no ano que vem, último dos cinco do contrato que começou a valer em 2009. Para 2014, a configuração dos motores muda completamente. É puro palpite, por enquanto, mas por trás destas relações parece que há algo vindo de mais profundo entre as duas partes daqui dois anos.

Compartilhar

15 comentários

  1. silver price disse:

    A Force India vai receber os motores Mercedes no ano que vem, último dos cinco do contrato que começou a valer em 2009. Para 2014, a configuração dos motores muda completamente. É puro palpite, por enquanto, mas por trás destas relações parece que há algo vindo de mais profundo entre as duas partes daqui dois anos.

  2. Marcelo disse:

    Grande Victor,
    Desculpe o atraso da resposta, mas o vínculo Force India/Ferrari é possível sim…
    Mas não coloco o Di Resta nele pois acredito que este tenha vínculo com a Mercedes (mero palpite).
    Acredito que a Sauber poderia sim voltar a ter vínculo com a Mercedes, reeditando os tempos de Mundial de Marcas/Protótipos.
    Abraços,
    Marcelo

  3. André C.L disse:

    Sinceramente, a vantagem seria apenas contratar pilotos mais jovens, porque ambos não mudariam nada em questão de desempenho e performance, dois pilotos normais… se a intenção era substituir o Massa por um piloto para dividir vitórias com o Alonso era melhor o Hamilton, Perez, ou seja, pilotos com mais personalidade!

  4. Murilo disse:

    A Ferrari já renovou com o Massa para 2013.
    Ela só não quer que a noticia venha a publico neste momento. Vai empurrando com a barriga até o ano que vem.
    A tranquilidade que o Massa vem tendo ultimamente mostra claramente que ele já tem vaga garantida para a proxima temporada.

  5. MTP disse:

    Ah, nem Hulkemberg, nem di Resta brilharam como outros novatos o fizeram (Perez e até o Maldonado, que se domar o instinto talvez se torne um piloto de ponta também). Talvez sejam os substitutos do Massa, mas lá para 2014… candidatos a novos Stefans Johanssons…

  6. MTP disse:

    Se é para o Alonso ser o que o Schumacher foi na Ferrari, o melhor nome, sem dúvida, é o Felipe Massa, desde que ele seja competitivo o suficiente para somar pontos, algo que no início do ano não estava sendo, mas que na segunda metade do campeonato está “dentro do esperado”.
    É notório que o brasileiro não é mais o mesmo desde o acidente da Hungria e permancerá em Maranello caso faça o mínimo para ser o segundão do Alonso. Acho que o próprio notou isso e se conformou, infelizmente… O Massa de 2008 não devia nada a Hamilton, Alonso, Raikonnen…mas, hoje, é que nem o Schumacher. Um ex-piloto em atividade…

  7. Naiyan Lima disse:

    Acho ótima sua reflexão, Victor, gostaria apenas de lembrar que o Paul Di Resta tem um caminhão de experiência no DTM que, se não altera o passeio que a Ferrari levou da McLaren, o coloca de início como uma ótima alternativa a Pérez.

  8. Giovani Braz Moreira disse:

    Nunca a Chiliquenta (tomando emprestado o seu termo) vai querer alguém que tenha de fato condicoes de duelar com ele. Acho que se o Me-passa continuar na ferrari (e acho que continua), 90% do mérito é do Alonso que está adorando ter como companheiro de equipe alguem que toma em média (dados não oficiais, rs) 0,4seg por volta.

    Abs.

  9. Neto disse:

    E o mais estranho Victor, é disponibilizar o simulador, que imagino seja algo ultra-secreto para as equipes hoje, para um piloto que não se teria interesse em contratar. Levaram uma volta da Mclaren e depois disseram que o piloto que estaria cru.

  10. Renato disse:

    Simples, será que a Force India quer ser o que a Sauber foi nos anos 90?

  11. Marcio disse:

    Seria o fim da parceria da Ferrari com a Sauber para um eventual novo casamento com a FI ?

    • Sanzio disse:

      Mesmo porque a Sauber ultimamente anda mais amiga da McLaren do que da Ferrari.
      Quando o Pérez se espatifou, chamaram o Pedro de la Rosa, eterno (e então) terceiro homem de Woking. já que não queriam promover o Gutierrez, podiam chamar o Fisichella, piloto de figuração da prim rica.
      Agora essa negociação com o Pérez e a Sauber praticamente libera o cara para posar com o uniforme da McLaren.
      Anda no mínimo estranha essa história da Sauber e McLaren….

  12. Sanzio disse:

    A Force India não começou usando motores Ferrari, depois rompeu contrato mudando para Mercedes, ficou devendo uma grana pra Ferrari e “quitou” a conta liberando o Fisichella?
    Só se não quitou tudo e tá vendo de liberar outro piloto pra passar a régua de vez…

  13. Lucas disse:

    PMDB da F1! Huhsasuahsauashusa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *