MENU

21 de janeiro de 2014 - 9:20Turismo

A volta do mito

SÃO PAULO | O título pode enganar — e vai. Foi aqui e nas redes que Kobayashi começou a ser chamado de Mito e tudo mais e tal, e hoje foi confirmado na Caterham ao lado de Ericsson, o estreante, voltando à F1. OK. Mas minutos antes deste anúncio, eis que o noticiário nos brindou com um retorno muito mais satisfatório de um mito real.

Zanardi, bicampeão da Cart e bicampeão paralímpico em Londres, vai voltar às pistas na Blancpain Series, uma categoria de turismo que tem crescido ano a ano na Europa e apresentado o maior grid dentre as séries de seu naipe. E como sempre, pelas mãos da BMW.

A terça-feira já está ganha. É sempre bom ver um dos maiores seres humanos vivos em ação e bem.

13 comentários

  1. Wallace disse:

    Zanardi é um exemplo de que a vida é muito mais do que duas pernas, a vida vem do coração e da Alma. poucos conseguem isso. minha admiração e sucesso para ele.

  2. AGS disse:

    VM; Se o pilotinho massinha, tiver coragem de espelhar nessecara,,,, só um segundo….seria outra historia..
    O pé de breque de mola de titaniun é mais lento que o italiano;;;;
    Se dizer algo verdadeiro, machuca,, pensa ser lento como um piloto falho, sem sangue, sem noção do que ele ta fazendo esse ano..Alguem avise ao pé de breque, que ele não leva jeito para o esporte a motor……….

  3. Will disse:

    Embora seja um ser humano admirável (Alessandro Zanardi) e um esportista de ponta (como atleta paralímpico e piloto), a seu modo, Kamui Kobayashi também é mito. Ou seja, no mesmo dia, boas notícias sobre 2 mitos!

  4. Marcell disse:

    Esse sim é mito… Sucesso Zanardi!

  5. eduardo costa disse:

    e tem gente que reclama da vida… mirem-se no exemplo dessa sujeito. Palmas a ele!

  6. Bruno disse:

    Esse cara é demais! Toda noticia dele sempre me emociona! Pra frente campeão!

  7. Leonardo Costa disse:

    Ele já consegue usar suas “pernas” ou o carro é adaptado para controlar acelerador e freio com as mãos?

    • Anderson disse:

      Quando ele corria no WTCC, o acelerador e embreagem eram no volante e o freio era “amarrado” no “pé” dele que funcionava de forma invertida, levantava a perna para frear. O esquema nesse carro não deve ser muito diferente.

      Existe um vídeo dele explicando funcionamento do sistema, vale uma busca no VocêTubo

      • Leonardo Costa disse:

        Obrigado. Vou dar uma procurada depois. Apesar de na foto ele estar em pé como se nada tivesse acontecido, acredito que não seja possível o controle perfeito de acelerador e freio nos pés, considerando sensibilidade, precisão no movimento e outras restrições, levando em conta a situação dele.

  8. celso disse:

    OK.

    Só não menospreze o nosso MITO LINDO VAI CARA SÓ UM PONTO TÁ BOM

    Abraço!

  9. Acarloz disse:

    Esse cara tem TODA a minha admiração !!

  10. Romulo Dias disse:

    Uma das grandes notícias do ano! Bem vindo de volta Zanardi!

  11. Maurício Ernesto de Souza disse:

    Não conheço o Zanardi como pessoa, mas como esportista ele tem muito a ser admirado. Gosto dele e do Da Matta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>