CategoriaF1

A página que tem de virar

A

SÃO PAULO | 14-08: a data em que Alonso anuncia o fim da linha na F1. Como Massa nos últimos anos de Williams, Alonso já não tinha mais o que fazer na McLaren. O casamento com a equipe e a categoria acabou. E o negócio é respirar, juntar as tralhas e seguir em frente. A F1 foi ingrata com Alonso em só lhe dar dois títulos; um piloto de seu quilate não merece ficar ali na história com tão pouco...

O que a bomba tem para explodir?

O

SÃO PAULO | Na sexta-feira, quando todo mundo já não tinha mais o que fazer, eis que Alonso veio com o tweet. É meio infantil ficar analisando emojis e afins — não sou nada favorável do editorialismo de redes sociais que assolou a profissão —, mas no caso de Alonso é sempre bom ficar de olho. A bomba que está por vir pode ser aquela explosão que o mundo espera — um anúncio de seu futuro —, bem...

S18E12 Hungria 1

S

SÃO PAULO | Ninguém espera muita coisa da Hungria quando não há chuva ou aquele elemento mutante que tem sido a tônica da temporada. Mas até que a corrida teve lá seus momentos interessantes quando se tornou um jogo de xadrez pelas táticas. No fim das contas, a vitória de Hamilton não esteve nunca ameaçada por três motivos, nesta ordem: a Ferrari, Bottas e o próprio Vettel. Como na Alemanha, a...

Boom!

B

SÃO PAULO | Duas informações vindas da imprensa alemã se complementam e dão conta de uma importantíssima mudança no grid da F1 B. A Auto Motor und Sport diz que a Force India pode entrar em administração, uma situação legal em que os donos não têm mais condições financeiras de tocar o negócio e é gerido por um administrador provisoriamente até que se encontre um novo comprador — aconteceu com...

S18E11 Alemanha 3

S

SÃO PAULO | À análise de todos os fatos que se concentram naquela entrada de boxes mal sucedida de Hamilton, a pedido da equipe, que lhe deu a vitória na Alemanha com cândido respaldo da FIA. Se ainda não existe no mundo um workshop de ‘Como trabalhar a estratégia e a ação de uma equipe durante uma mudança de rumo em uma corrida de F1’, aquele que o criar e o oferecer a Toto Wolff com aulas bem...

S18E11 Alemanha 2

S

SÃO PAULO | O GP da Alemanha marcou a clara e esperada ação de Ferrari e Mercedes sobre seus pilotos-marionetes. O que, por si só, é terrível para quem deseja corridas decididas na pista e no puro talento dos pilotos. E estas decisões orquestradas por Maurizio Arrivabene e Toto Wolff ficaram evidentes em dois momentos totalmente distintos no desenrolar da prova em consequência de estratégias que...

S18E11 Alemanha 1

S

SÃO PAULO | E tivemos o modo festa amplamente ativado em Hockenheim: do carro ao piloto. Com uma Ferrari que parece imbatível nas melhores condições e nos melhores braços, Vettel fez a mesma festa que Hamilton quando este conquistou a pole na Inglaterra. Ser o melhor diante do público provoca uma emoção que faz até mesmo o piloto quebrar o protocolo e começar a falar em sua língua natal – como...

S18E10 Inglaterra 3

S

SÃO PAULO | Outros pontos que se referem à corrida e que carregam as declarações no mínimo desastrosas de Hamilton e Toto Wolff, indicando que Räikkönen bateu deliberadamente ou que seria incompetente. Primeiro de tudo, seria de bom tom a Mercedes e Hamilton serem competentes na largada. Na França, não fosse aquela reta estreita e ruim, Vettel, terceiro no grid, teria superado Hamilton e Bottas;...

S18E10 Inglaterra 2

S

SÃO PAULO | Temos algumas tantas coisas para falar deste GP da Inglaterra. E não são muito boas, não, apesar daquelas voltas finais que, sim, valeram a corrida toda. A F1 tem feito reuniões para saber o que quer de si para 2021. Deveria fazer algumas emergenciais para agora. Tanto em Paul Ricard quanto neste domingo em Silverstone está evidente que há duas categorias em uma. A F1 A tem seis...

S18E10 Inglaterra 1

S

SÃO PAULO | A classificação do GP da Inglaterra foi inesperada e docemente melhor do que desenhava. Aquele Hamilton mordido e feroz pela derrota da semana passada estava ali, mas junto com ele veio um par de Ferrari igualmente fortes. Vettel mesmo disse após a classificação que não imaginava brigar pela pole depois dos resultados do TL3. Räikkönen saiu descontente com seu desempenho. O alemão...

S18E09 Áustria 2

S

SÃO PAULO | O interessante GP da Áustria assim foi por três fatores, na ordem: 1) o problema no carro de Bottas que provocou o estado de VSC na corrida; 2) a pescada da Mercedes que não chamou Hamilton no período de VSC; e 3) os problemas nos pneus macios – que, estranhamente, desgastavam mais que os pneus mais macios que estes. Até a Mercedes #77 abrir o bico com o câmbio na 2ª marcha, a prova...

S18E09 Áustria 1

S

SÃO PAULO | Neste campeonato de tamanha alternância, a montanha-russa agora tem como dona a Mercedes. O desempenho agregado dos dois finais de semana – ou seja, contando com o da França na semana passada – remete ao momento em que a Ferrari começou a se aproximar dos alemães nas temporadas 2016/2017 nas corridas, mas não tinha como bater os carros mais rápidos em voltas de classificação. É assim...

S18E08 França 2

S

SÃO PAULO | O GP da França foi levemente acima do esperado – e, com isso, entenda-se que era bem pouco – porque Vettel estava naquele dia dele em que resolve fazer um delivery de paçoca. O alemão até largou melhor que as duas Mercedes, e se fosse num circuito que não tem uma largura de kartódromo, teria conseguido até tomar a ponta de Hamilton. Já tinha ganhado a posição de Bottas, mas acabou...

S18E08 França 1

S

SÃO PAULO | Ainda não consegui realmente gostar desta pista de Paul Ricard. Ou nem estou muito no clima de F1 por causa da Copa do Mundo. Vejo estas listras laterais azuis e vermelhas como desnecessárias, embora cumpram uma função interessante de desgastar os pneus. Elas confundem os pilotos e os espectadores. Outra coisa é aquela saída de box que dá direto no caminho normal da pista. Também tem...

S18E07 Canadá

S

SÃO PAULO | A previsão era mesmo de ter a melhor classificação do ano, e assim foi. Ferrari e Mercedes deram o além-100% esperado e acabaram superando o até então dominador Verstappen. Mas a diferença é que o homem da equipe prateada não foi Hamilton, que praticamente corre em casa de tanto que ama e se dá bem no Canadá, e, sim, Bottas. Foi o finlandês quem ameaçou a primeira colocação que acabou...

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade