TagCopa do Mundo

O país que parece do futebol

O

SÃO PAULO | A gente da minha geração teve impostos alguns mitos que a juventude limitada de fontes pouco podia contestar. Quando a lucidez da Copa de 1990 vem em formato de flashes, aquele time de Klinsmann e Völler baseado na técnica não muito talentosa era taxado como pertencente a um esporte que se assemelhava ao futebol e não ao propriamente dito. Era quase um critério de desempate que a...

Copa Linda, 2

C

NATAL | Passadas 10 e pouquinho da manhã, a recepção do hotel tinha lá sua gestora e, com a fluência que só os nordestinos têm para se expressar, indicou uma empresa que estava fazendo o trajeto até a Arena das Dunas por 20 dilmas, já que a frota de táxis vinha se mostrando parca e exploradora, coisa deste capitalismo avassalador. Do elevador, saiu um casal de italianos, que também ansiava pelo...

Copa Linda

C

NATAL | A esperteza e empolgação em ter dois ingressos que, a princípio, pareciam importantes e decisivos me fizeram marcar voos rapidamente no começo de junho. Nem percebi que os horários escolhidos calhavam no jogo final da fase inicial do Brasil. Dias depois, até tentei antecipar meu voo e do Gabriel Curty, e foi aí que acabei descobrindo um problema que acabou sendo resolvido 24 horas antes à...

O novo passo

O

SÃO PAULO | Em plena Copa das Copas, assim, acordar e ler que Schumacher saiu do coma… 169 dias depois do acidente na estação de esqui de Meribel, o alemão inicia um novo processo de reabilitação pela vida. A família não deu detalhes de como se encontra, se fala ou se mexe, mas adiantou que o mesmo esquema de distância criado será adotado no centro onde já está em Lausanne. Não duvidaria...

Estado de Copa

E

SÃO PAULO | Os quatro croatas andavam juntos ali perto do Masp na noite da quarta-feira e riam. Do outro lado da rua, o bar mais charmoso da Paulista nunca vira tanta gente, com seus conglomerados de mexicanos, colombianos e argentinos disputando as bebidas numa competição sem nenhum padrão de entidade alguma. Passos adiante, camisetas azuis indicavam claramente uruguaios e, num tom mais escuro...

Molho inglês, 7

M

SÃO PAULO | Uma notinha rápida, pré-final de Copa. Alonso punido por se aproveitar de uma manobra ilegal e um mero 14º lugar. De la Rosa, depois de uma classificação soberba, abandona com a asa traseira esfacelada. Alguersuari vê sua corrida terminar na brita. Foi a Espanha, hoje, no GP da Inglaterra. Sinal de um mau domingo?

Bafanadas, 31

B

SÃO PAULO | Porque o jogo já vai começar e a Copa está acabando, o que é uma pena, aí vai o palpite de 3 a 1 para a Alemanha contra o Uruguai.
Mas torço para os celestes.

Bafanadas, 30

B

SÃO PAULO | É chegada a hora da semifinal que era prevista para quem fazia as previsões antes da Copa, como eu. Por exemplo, do outro lado eu achei que chegariam Brasil e Inglaterra. A Alemanha tem muito mais futebol do que a Espanha na competição. Passou por Inglaterra e Argentina com maestria. Timaço. Dá gosto de ver. Quem diria. E como eu não gosto da Espanha, por motivos aqui explicados no...

Bafanadas, 26

B

SÃO PAULO | Vai começar daqui meia horinha, e regado a petiscos e acepipes, dou meus certeiros pitacos a respeito dos jogos.
Holanda × Brasil. Joguinho bem complicado que tende a rivalizar com Itália × Eslováquia e Alemanha × Inglaterra como jogo memorável desta Copa. Brasil passa com um 2 a 1.
Uruguai × Gana. Diria Francisco Luz: “Aguante!”. Uruguai despacha Gana com um 2 a 0.

Bafanadas, 25

B

SÃO PAULO | Aos já constantes e certeiros palpites:
Paraguai × Japão. Mesmo com o desejo de ver esses japoneses dizimadores de dinamarqueses indo a nado borboleta pra casa, parece que têm mais time que o Paraguai, que, ainda não me conformo, empatou com a Nova Zelândia. 2 a 1 para os asiáticos.
Espanha × Portugal. Esse deve pegar fogo. Rivalidade histórica. E vou em Portugal, 2 a 1 também.

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade