TagFrança

Merde

M

SÃO PAULO | O importante Le Figaro informou em suas páginas que a França deve mesmo voltar ao calendário da F1 a partir de 2013, aproveitando a onda de pilotos que invadiu o grid e vai correr nesta temporada — de zero no ano passado para três em 2012, Grosjean, Vergne e Pic. O contrato deve ser assinado neste mês, e a corrida, em Paul Ricard/Le Castellet deve acontecer em setembro. Setembro. Olhe...

Bafanadas, 17

B

SÃO PAULO | Nem é preciso esperar o fim do jogo da França. Acabou de ser expulso Gourcouff, por um lance que, vá lá, é discutível, aquele cotovelo na cara do sul-africano. Mas la ines c’est morte, diria o poeta. A França já toma de 1 a 0, com um a menos. Deprimente. Desolador. No começo da Copa, escrevi aqui que os deuses do futebol fariam com que os franceses tivessem um desempenho...

Bafanadas, 11

B

SÃO PAULO | Para continuar minha implacável série de acertos na Copa do Mundo, eis os resultados de hoje, após uma consulta com Silvio Lancellotti, que incrivelmente acertou todos os resultados de jogos até agora: Argentina × Coreia: páreo duro pros maradonianos, que ainda assim devem vencer por 2 a 1. Grécia × Nigéria: qualquer resultado favorável aos gregos seria uma zebra. Muito ruins. Nigéria...

Bafanadas, 3

B

SÃO PAULO | Dois empates que já contradisseram tudo que havia falado e meio que foram numa contramão generalizada. Creio que poucos apostariam que as quatro seleções do grupo A terminariam com um ponto. Entre a torcida por um país e uma espécie de homenagem a Mandela por sua morta bisneta e o suposto melhor jogo do México, o meio termo acabou sendo de bom tamanho. Os latinos até podem ter um...

Bafanadas, 2

B

SÃO PAULO | Tinha me preparado para escrever tudo que acho de todos os jogos da primeira rodada da Copa do Mundo ontem, mas ontem foi um dia corrido demais, e ontem foi ontem, como diria alguém, não sei quem. Aí hoje eu me programei para escrever amanhã de manhã, quase no pré-jogo. No fim, resolvi escrever agora. Enfim, isso não interessa em nada. Palpitar é viver. Eu não sou nenhum estudioso em...

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade