MENU

5 de agosto de 2010 - 17:23F1

A evidência da armação

SÃO PAULO | Em dias de fechamento de revista, tu-do é mais rá-pi-do que…

Bom, imagino que a maioria dos caros internautas já deva ter lido que o site da F1 divulgou o vídeo do GP da Alemanha. E não camuflou ou escondeu a verdade. Mais: trouxe à tona mais conversas de rádio que comprovam o jogo de equipe da Ferrari, a situação previamente planejada e a desilusão de Massa no fim da prova.

Quem quiser assistir ao vídeo pode clicar aqui — a gloriosa F1 não gera seus links incorporados; uma bocó, em suma. E já começo a ter novamente a opinião de que a Ferrari pode não escapar com uma simples multinha.

De início, acreditava em punição pesada, mas diante do dia do julgamento e de tantas evidências e discursos de apoio ao mequetrefe ato dos italianos, previa o ato do lava-mãos. Agora já começo a crer que pelo menos a exclusão dos dois carros da corrida em Hockenheim pode acontecer — que seria a punição mínima para o caso.

Supondo que aconteça isso, Vettel passa a ser o vencedor daquela prova e leva mais dez pontos. Iria a 161. Hamilton vira segundo e sobe para 163. Button herda o terceiro lugar e salta para 152. E Webber, quarto, chega a 165. Alonso cai para 116. Mas até o julgamento de 8 de setembro tem o GP da Bélgica. Que fica deveras interessante para o campeonato.

54 comentários

  1. Eudemar disse:

    Não vou me alinhar àqueles que alegam que Schumacher só foi favorecido na Ferrari, em detrimento de Barrichello, duas vezes (Áustria 2001 e 2002), e que Schumy-Ferrari ‘pagaram’ Áustria 2002 naquele mesmo ano, em Indianápolis. Desse modo, dizem, a única coisa que ‘eles’ devem a Barrichello é o segundo lugar de 2001.

    Dizer isso é tão absurdo quanto pensar que Rubens foi de fato melhor que o alemão e que teria sido ele o campeão do mundo em alguma(s) daquelas 5 temporadas. Houve, sim, muitos episódios patéticos por parte da Ferrari, e em muitos deles Barrichello foi o ‘laranja’. Os acontecimentos da Áustria foram apenas os mais visíveis, mas talvez não tenham sido nem mesmo os mais sujos.

    Essa situação já havia ficado clara no oitavo GP de Barrichello pela Scuderia, no Canadá, em 2000, quando foi “recomendado” a não ultrapassar o alemão.

    Dois anos depois, em Interlagos, a Ferrari estrearia o modelo F2002, depois de assistir à dobradinha da Williams na Malásia: detalhe, apenas Michael Schumacher poderia usar a nova “versão”: Barrichello manteria-se com o F2001. Na corrida, nenhuma surpresa: Schumacher venceu e Barrichello abandonou na 16ª volta, por “pane hidráulica”, quando liderava.
    Em 2003: fingimento puro?

    No entanto, certamente a mais patética das cenas daquela temporada aconteceu no GP da França: é importante lembrar que para Schumacher ser campeão nesse dia era necessário que 1) ele vencesse, 2) Montoya fosse no máximo terceiro e 3) Rubens não chegasse na 2ª posição.

    Schumacher obteve a segunda colocação nos treinos e Rubens foi terceiro. Sabidos da confiabilidade dos Ferrari e da superioridade técnica em relação aos rivais, era difícil imaginar outra coisa além de uma dobradinha.

    Qual foi a solução encontrada?

    Deixaram o Barrichello com o cavalete e ele não largou e foi retiraDO DA CORRIDA!
    Uma equipe tão eficiente cometer uma gafe deste tamanho!

    No ano seguinte, tivemos pela primeira vez Barrichello à frente de Schumacher num campeonato: até o segundo GP, ambos somavam oito pontos, mas Rubens tinha a seu favor uma segunda colocação ante um 4º e um 6º do patrão.

    No GP do Brasil, aquela falha monumental: Barrichello na liderança – Schumacher já havia rodado e abandonado a prova – e uma “pane seca” (muito comum nos anos 80…) o elimina da disputa. Mais tarde, no GP da Itália (Barrichello havia superado Schumacher naquela pista nos últimos dois anos, e voltaria a fazê-lo em 2004), a Ferrari disponibilizou um motor 15cv mais potente para o piloto número 1.

    Mas o grande momento do ano aconteceu na Hungria, corrida que marcou a primeira vitória de Alonso na F1: Barrichello (3º) estava muito melhor que Schumacher (9º). No meio da reta, sua suspensão se arrebenta e o piloto vai de encontro à barreira de pneus.

    A Ferrari declarou publicamente que o motivo de tal quebra foi a maneira como o piloto número dois atacou as zebras: “de forma pouco usual”. Da parte de Rubens, só silêncio, e nada mais.

    Em 2004, por incrível que pareça, não houve nenhuma grande polêmica em pista envolvendo os dois, à parte o fato de a Ferrari ter feito um carro totalmente moldado para Schumacher, que não gostou do modelo 2003 (situação semelhante à atual da Mercedes, não?).

    O carro de 2004 foi o melhor da história da F1 ao lado da Williams de 1992 e da McLaren de 1988, e isso levou Rubens a renovar por dois anos. Porém…
    Espanha 2004: só pra fazer média?

    No GP de Mônaco de 2005, na última volta, Barrichello é ultrapassado por Schumacher, que vinha em oitavo. Foi a primeira vez que o brasileiro trouxe a público sua irritação com o alemão: “Um campeão mundial como ele não precisa fazer as coisas dessa maneira”, disse.

    Mas a gota d’água, segundo o próprio Barrichello, viria meses depois, no GP dos EUA daquele mesmo ano: “O time me pediu que diminuísse meu ritmo para que Michael pudesse chegar mais perto e me passar (…) eu sabia que tinha chegado minha hora de sair”.

    Tem que levar punição e da pesada!

  2. REGINALDO disse:

    acho que não haverá punição alguma para a ferrari, quem a julgará será Jean Todt, o mesmo chefe de equipe na época de barrichelo e shumacher.
    a formula 1 está cada vez menos interessante, fazem pista para não possibilitam ultrapassagem, a emoção das corridas é justamente esta, imaginem um jogo de futebol onde não se possa fazer gols….

  3. Mauricio disse:

    Há uma grande diferença entre esse episódio e o de 2002.
    É que, em 2002, o jogo de equipe foi discutido no âmbito da ética esportiva, mas não era proibido.
    Agora é, oficialmente. Está no regulamento. Portanto, jogo de equipe é ilegal.
    Ou a FIA pune devidamente a Ferrari, ou cospe no regulamento que ela mesma escreveu.
    Além disso, já passou da hora de o Alonso deixar de sair ileso de todos os eventos escusos nos quais se envolve, os quais inclui espionagem e acidentes provocados propositadamente.

  4. ba disse:

    Eu ainda sou da opinião que as sextas-feiras da Ferrari deveriam ser cortadas. É uma punição inviável, eu sei. Mas seria uma forma legal de humilhar uma equipe.

  5. Fabiano Bastos das Neves disse:

    Realmente a F1 não serve de exemplo de ética para os jovens.
    Como alguém conseguirá argumentar que vale a pena permanecer na frente da TV nos dias de treino e corrida depois do que aconteceu na Alemanha, uma evidência clara de manipulação de resultado.
    Sou FÃ da categoria (com letras maiúsculas mesmo) mas estou desconfortável em continuar torcendo por quem quer que seja na Fórmula 1. Deste jeito não dá mais.
    Mas acho que, no final das contas, tudo isto somente reflete o momento atual da sociedade mundial (globalização), em qualquer competição, seja um “esporte” ou vida real, o dinheiro é que sempre chega na frente. Como dizem “MONEY TALKS”.

    Abraço!

  6. O Victor, atualiza ai esse blog pra gente ler.

  7. acredito que somente a equipe perderá os pontos dos contsrutores.

  8. claudio aun disse:

    Uma desclassificação geral da ferrari colocaria as coisas no devido lugar

  9. jord disse:

    acredito na puniçao e acho que a Ferrari deve demitir a tartaruga do massinha.

  10. Al disse:

    Contra ou a favor de jogo de equipe, o fato é que em 2002 não era proibido e em 2010 é.
    Portanto, a questão é simples: cumpram-se as regras, ou rasguem-se as regras.
    Se rasgar beleza: pode evoluir motor, por asa móvel, óxido nitroso, etc…
    Excluir a equipe é exagero. O escândalo da espionagem de 2007 e a de Cingapura em 2008 foram muito mais graves e não tiveram punição assim.
    Acho que a desclassifcação na Alemanha estará de bom tamanho. Um ganchinho de 1 a 2 corridas também não seria mau. Mais que isso é exagero.

  11. Rubens Costa disse:

    O Alonso já deveria ter sido punido naquela corrida que venceu graças a farsa armada por Briatore e Piquezinho,esse espanholzinho quer vencer de qualquer maneira se não consegue por meios esportivos ,ai parte para o vale tudo ,acho que ele deveria ser punido exemplarmente pela FIA junto com a equipe FERRARI que especialista em atidudes antidesportivas e tem que sobrar pro Massa também por aceitar essa palhaçada toda como uma vaquinha de presepio, DESCLASSIFICAÇÃO JÁ !!!!

  12. PHILIPE disse:

    Coluna Warm Up: Raiva do quê?
    Os números são bem claros. Nunca houve duelo algum entre os dois pilotos. Foram raros os momentos em que se enfrentaram de verdade. O que sempre houve foi a superioridade massacrante de um em relação ao outro. Essa dupla nunca disputou as mesmas coisas, quando esteve junta

    Flavio Gomes

    Rubens Barrichello e Michael Schumacher foram companheiros de equipe por seis anos na Ferrari. Disputaram 104 GPs lado a lado. Destes, Schumacher venceu 49; Barrichello ganhou 9. Schumacher subiu ao pódio 71 vezes; Barrichello, 55 vezes. Schumacher fez 41 poles; Barrichello, 11. No grid, Schumacher largou à frente de Barrichello 79 vezes; Barrichello foi melhor que Schumacher em classificações 25 vezes. Schumacher, de 2000 a 2005, ganhou cinco títulos mundiais. Barrichello foi vice duas vezes.

    Os números são bem claros. Nunca houve duelo algum entre os dois pilotos. Foram raros os momentos em que se enfrentaram de verdade. O que sempre houve foi a superioridade massacrante de um em relação ao outro. Essa dupla nunca disputou as mesmas coisas, quando esteve junta.

    Por isso que o carnaval que se faz por conta da ultrapassagem de Barrichello sobre Schumacher na Hungria é descabido. O episódio está sendo tratado, principalmente pelo piloto brasileiro, como uma espécie de vendetta pelos anos em que dividiram os mesmos boxes, uma prova de que Schumacher é um mau-caráter, desonesto e criminoso. Uma questão de honra.

    Foi apenas uma ultrapassagem. Valendo o décimo lugar, numa disputa entre dois pilotos em fim de carreira.

    Schumacher tem uma imagem distorcida no Brasil. Me parece meio patológico o ódio que se nutre ao alemão por aqui. Quais são as razões? Porque ele sempre ganhou mais do que os outros? Porque colocou Barrichello no bolso inapelavelmente por seis anos seguidos? Qual é o crime que um piloto comete por ser melhor que o outro? Qual o crime que Senna cometeu por ser bem melhor que a maioria de seus companheiros de equipe, Prost à parte?

    Barrichello nutre um ódio que já não sabe mais disfarçar por Schumacher. Será que um dia ele terá coragem de explicar os motivos? Ou o motivo, único e indizível, é o fato de que o alemão sempre foi bem melhor do que ele? Há motivos para ter tanta raiva? Essa é a pergunta.

    Tirando os dois GPs da Áustria, de 2001 e 2002, não me lembro de ver Schumacher ter sido favorecido na Ferrari em detrimento de Barrichello. Rubens deixou de ganhar uma única corrida por ordem de equipe. Presente patético que, diga-se, foi devolvido por Schumacher naquele mesmo ano, 2002, nos EUA. Ah, teve Mônaco em 2005. Schumacher passou Barrichello na última volta, ou algo assim. Ele ficou bravo. O combinado era não passar. Combinado? Quer dizer que quando se combina para ele ficar na frente, pode. Quando o combinado é o outro passar, não pode.

    Barrichello tem enorme ressentimento de seus anos de Ferrari. É o que demonstra hoje. Mas será que era tão ruim assim? Rubens e Schumacher viviam aos sorrisos. Será que se odiavam mesmo? O que, afinal, aconteceu entre esses dois pilotos?

    Nada. A raiva de Barrichello, e se não for verdade ele que desminta, tem origem unicamente na superioridade de seu ex-companheiro. Schumacher não é diferente de outros campeões que pautaram suas carreiras pela vontade de vencer acima de tudo. Citam-se, sempre, duas passagens para “provar” que é um cafajeste na pista: as decisões de título em 1994, contra Hill, e de 1997, contra Villeneuve. E, aqui e ali, alguém lembra de uma ultrapassagem mais arrojada, de alguma defesa mais brusca, de algum ataque mais incisivo.

    As pessoas se lembram de mais atitudes “condenáveis” de Schumacher na pista porque, por anos a fio, ele foi o maior protagonista da F-1 e era quem mais aparecia na TV. Cada metro percorrido por ele foi transmitido ao vivo e todos viram. Enquanto as mesmas coisas aconteciam lá atrás e ninguém via.

    O brasileiro tem raiva de Schumacher por duas razões básicas: 1) ele superou, de longe, todos os recordes que o inatacável Senna tinha conseguido; 2) porque por seis anos enquadrou um brasileiro, Barrichello, como enquadraria qualquer piloto de qualquer nacionalidade, e aí não seria visto no país como vilão de nada.

    É um baita complexo de vira-lata. Que Rubens ajuda a cultivar com as declarações que deu domingo na Hungria, absolutamente desproporcionais à importância do que aconteceu na pista. Foi apenas uma ultrapassagem, bonita, ousada, e uma defesa desastrada, perigosa, desnecessária. Coisa que acontece aos montes em corridas. Transformá-la num embate épico é uma sandice que beira o ridículo.

    ESSA MATÉRIA É DE FLÁVIO GOMES E NUNCA ME IDENTIFIQUEI TANTO COM UMA MATÉRIA COMO ESTA, SEM DÚVIDA É UMA PESSOA LÚCIDA, QUE TIRA O BAIRRISMO DE LADO E VAI PELA LÓGICA, PARABENS.

    MAS VOU CONCLUIR UMA COISA QUE ELE NÃO CITOU:

    “SE SCHUMACHER FOSSE BRASILEIRO, ELE SERIA IDOLATRADO, AMADO, BABADO, PUXADO O SACO, CONDECORADO E ETC…. E OS OUTROS SERIAM SÓ OS OUTROS, E TUDO QUE ELE FIZESSE SERIA CERTO MESMO SENDO ERRADO… BRASILEIRO NUNCA SOUBE PERDER!!!”

  13. Alvaro disse:

    Eles, punirem a Ferrari? F1 acaba, o melhor jeito de punirem é, não ver mais a F1. Meu, vai para a igreja de manhã, dá uma volta com a familia, dá uma volta com seus Filhos no parque, por que este é o melhor jeito de punirem a Ferrari e a F1. A F1 NÃO TEM MORAL, NÃO TEM ESPORTIVIDADE, NÃO TEM VERGONHA NA CARA, HOJE É MUITO DIFÍCIL ULTRAPASSAR EM FIM, É UMA PORCARIA. É ISSO.

  14. Liomar disse:

    LAMENTO TER QUE DISCORDAR: SE ALGUÉM ACHA QUE A FERRARI VAI SOFRER MAIS ALGUMA PUNIÇÃO ALÉM DA MULTINHA RIDÍCULA (preço de alface em fim feira) QUE JÁ PAGOU, DAS DUAS UMA: OU NUNCA ACOMPANHOU A F1 OU É DAQUELES QUE ACREDITA EM PAPAI NOEL, COELHINHO DA PÁSCOA, SACI-PERERÊ, MULA SEM CABEÇA, BARRICHELLO CAMPEÃO E POLÍTICO HONESTO !!!!!!!!

  15. marcão disse:

    Milhões de pessoas veem as corridas de f-1 pelo mundo..
    Atitudes como essa, nos remetem a casos antigos, como os da Reanult no passado, e da Mclarem, e mais antigamente, na benetom.. Onde todas foram punidas de uma forma digamos exemplar.. E, em todas elas havia um piloto chamado Fernando Alonso. O cara é bom? É!, Scumi também o era nas épocas da benetom, e Ferrari.. Pra mim ambos são a pesonificação do Dick Vigarista e seu cão!
    O que me surpriende é uma equipe como a Ferrari voltar a protagonizar cenas tão dantescas como essa que comentamos…
    Acho sim que ela merece uma punição, algo como perda dos pontos, suspenção por algumas corridas ou coisa parecida… A FIA está em maus lençois com esse caso, e terá que mostrar força e fazer valer as regras impostas por ela mesma de qualquer jeito… E dessa vez a Ferrari dança. E vai levar junto a patota toda, Alonso e Massa.. Ela deve isso a os milhões de torcedores da F-1
    Quanto ao Felipe, ainda acho que ele tomou a atide correta que é fazer o que a equipe manda e depois ver o que acontece. Mas que fique bem claro que… Ele só cumpriu as “ordens” da equipe depois de tudo ter ficado bem claro e explicado, todo mundo que ve corridas percebeu qual era a ordem.. Se ele fosse um pau mandado com estão dizendo, nada disso teria vindo a tona, e nós ficariamos achando que o Felipe teria sido ultrapassado por um “problema hidráulico” no seu carro…. E pelas declarações posteriores ele também deixou bem claro que esse fato não se repetirá novamente…. Dai leia-se, pode até pintar outra equipe pro ano que vem.. Afinal vamos ser realistas, em 2007 quem ganhou o título pro Kimi foi o Massa, e em 2008 quem tirou o título do Felipe foi a Ferrari!… E é assim que a Ferrari retribui o que ele fez por ela… Tá tudo errado mesmo, como sempre foi… E a Ferrari infelismente não vai aprender nunca..

  16. Felipe Siqueira disse:

    Fala Victor, tudo bem?

    mudando de assunto rapidinho. Sobre o InfoRace, tem previsao de volta?? Achava otimo analisar as etapas a partir dele

    abraço

  17. Olá Victor, eu estou na torcida pela exclussão da ferrari, para eles tomarem vergonha na cara…

    Bom tempo em que se tinha como torcer para grandes pilotos e equipes, como Brabham, Ligier, Tyrrell, Lotus, e claro Mclaren e não essa Ferrari …

    Perguntas:

    01) Alguma novidade sobre a possivel volta de Nelsinho Piquet para a F1 ?

    02) A Hispania comprou os carros da Toyota mesmo ? O Bruno Senna vai continuar ou não na equipe… ?

    Abraço.

  18. Renato Soares disse:

    Alonso diz – Eu sou mais veloz isso é ridiculo
    eu claramente o perguntaria:
    E o que voce ta fazendo ai atras ? ?Não deveriar ser o primeiro?

  19. Fabricio disse:

    O Alonso tem o direito de pedir pra sairem da frente dele. Se desse, eu gritaria pra todo mundo sair da frente! O problema é o outro piloto ser tonto a ponto de deixar…

  20. Egon Kniggendorf Jr. disse:

    A FIA deveria pensar em dar uma revigorada na imagem do órgão, mas duvido que aconteça.
    Ainda mais sendo o atual Presidente quem é, de onde veio e como devem ser as relações com a Ferrari.
    Até parece que se oficializassem uma baita de uma punição, iria causar alguma cócega na Ferrari ou alguma crise de tristeza profunda…
    Aliás, me responda quem puder: O que fará a Ferrari, se um dia sair da F1???

  21. Waldemyr de Castro disse:

    A Red Bull fez pior quando priorizou o Vetel tirando a peça do do carro do Mark Webber alegando que o Vetel na ocasião tinha mais pontos. Isso não é jogo de equipe?

  22. WILSON SIMIONATO disse:

    Eu sou FERRARISTA desde a infancia, para mim o importante e a equipe ganhar, mas apesar de tudo acho que foi muito discarado a ordem e a ultrapassagem, jogo de equipe tem mesmo, mas acho que as coisas devem ser mais discretas.

  23. Danilo Candido disse:

    Bob Smedley, Stefano Domenicalli e cia. parecem um bando de virgens criados-com-a-avó…
    “Alonso está mais rápido do que você !” Putz, que obviedade !!! Dá próxima digam ao Massa pelo rádio: “Felipe, a pizza de pepperone já está saindo. Você confirma que quer sem borda recheada ?” Mudem o código para “enganar” a FIA !! Kkkkkkkkkkkk, essas tais ordens SEMPRE existirão, de uma forma ou de outra. Há apenas UMA forma de não ter de aceitar tais ordens: sendo mais rápido que seu companheiro de equipe. Daí, as ordens favorecem o outrora “coitadinho”. Vide Mark Webber, que tinha tudo para ser o vassalo de Vettel, Horner e cia., mas vem dando um nó até na própria equipe !! E “ai” da Red Bull se entrar no rádio do australiano para falar bobagem !!
    Te cuida Massa, sua batata está assando…

  24. José Floriano disse:

    Seria corretíssimo, pelo bem do esporte, mas acredito que somente a equipe perderá os pontos dos contsrutores.

  25. Lago disse:

    e o mais importante, altera o “brv”…

  26. Aliandro Miranda disse:

    Eu não chutaria que tipo de punição a Ferrari poderia levar.

    Mas creio, sim, que alguma penalidade além da multa vá sair, porque a audiência foi antecipada para o dia 8 de setembro — i. e., fora do GP da Itália — e Jean Todt não vai participar.

    Interessante…

  27. Daniel Mendes disse:

    Seria muito bom pra Ferrari que os pilotos fossem desclassificados daquela corrida… mas tenho dúvidas se não seria mais correto pra disputa que a equipe e pilotos só perdessem os pontos, mas que as posições fossem mantidas…

    Eu acho que a FIA não seria tããão rigorosa a ponto de desclassificar os pilotos assim!!!

  28. Paulo Cesar disse:

    Concordo com vc! Continuo assistindo as corridas por gostar de ver ou até na expectativa de reencontrar brigas travadas como as do passado onde Mansel, Prost, Senna e demais lutavam com ferramentas inferiores, mas lutavam porque gostavam e pelo seu torcedor! Hoje vendo tais manobras fico enojado por tais comportamentos, não sei por qto tempo vou agüentar mais ver tais manobras.

  29. Rogério disse:

    Acho interessante a opnião de várias pessoas de que Fórmula 1 é um esporte de equipe e de que jogo de equipe deveria ser aprovado. Se fosse um esporte de equipe, então não deveria existir o campeonato de pilotos, somente o de construtores. Não torço pra Ferrari, torço para Massa, Barrichello… To me lixando pro Alonso… Torço para brasileiro ser campeão, e não a Ferrari. Portanto, pra mim, Fórmula 1 não merece qualquer crédito… Eliminem o campeonato de pilotos e coloquem uma equipe brasileira pra correr uauaua…

  30. Beto Soussa disse:

    Vai sonhando!!!

  31. Joel_RS disse:

    Eu tiro meu boné para a FIA caso a equipe do burrico perder os pontos da corrida, mostraria um mínimo de isenção.

  32. emmanuel disse:

    Penso que o maior culpado pela situação é Fernando Alonso, pois é um Schumacher versão 2010. Entretanto, não isento Felipe Massa e o considero um covarde em aceitar uma situação como essa. se ele não quer mais correr, que dê lugar a outro que queira”botar a faca nos dentes”. Devemos lembrar que os brasileiros são afamados como bons pilotos ( de corrida por que na rua…) e ele envergonha a memória de Emerson, Pace, Piquet e Sena.
    Se a Ferrari for excluída do campeonato ou perder todos os pontos acho que seria uma punição merecida.

  33. Cranio disse:

    Eu adoraria ver uma punição justa para a Ferrari, mas não acredito que aconteça… Deve ficar mais ou menos por aí.

    Concordo que a nova edição do vídeo da FIA mais ajuda do que atrapalha a Ferrari.

  34. ze colmeia disse:

    Nada mudou, 13 de ibope nos 2 GPs

  35. Mário disse:

    Suposição para gente inocente: supondo que a equipe tenha, de comum acordo, que se um piloto está mais rápido e na frente no campeonato, o outro não deve oferecer resistência. Alonso chega, tenta de um lado, tenta de outro, e lembra tal acordo no rádio. Tira o pé e esera providências da equipe. A equipe avisa o Massa que o Alonso vem rápido. Ele, por ser um cara que trabalha em equipe, tira o pé, mas como está emocionalmente idiota, faz de um jeito idiota. O Rob, como é um cara sensível, fala “sinto muito” (e não me desculpe) meio que como forma de consolo. a imprensa televisiva faz um estgardalhaço porque simplesmente gosta que o circo pegue fogo, não importa de quem seja o circo. É um mês de notícias garantido. Fim.

    Não dá para engolir? Com a Fernanda Montenegro contando a história dá até para acreditar. E o mais importante, ninguém pode provar o contrário. E, sempre que alguém não é expressamente culpado, é absolvido por falta de provas. Seria de bom tom inclusive suspender os comissários que aplicaram aquela multa injusta a uma equipe tão familiar, onde todos se gostam tanto. Inclusive o presidente da FIA, afinal, ninguém sai da famiglia.

  36. Luiz G disse:

    Acho que não vai acontecer nada.

    No máximo, vai ter aquela repreensão: “se fizer de novo, estão ferrados”…mas não mais do que isso.

  37. Fabio disse:

    Mais uma vez este Alonso (Dick Vigarista) envolvido em falcatruas, este cidadão tem que ser banido da F1!

  38. Seria ótimo se fossem desclassificados, principalmente porque o campeonato de pilotos ficaria praticamente empatado com a diferença entre o primeiro e o terceiro de apenas 3 pontos, e o quarto apenas 13 pontos.

    Porém acredito que a punição será apenas para a equipe que perderá os pontos da corrida, uma vez que quem quebrou a regra foi a equipe e não os pilotos. Sem falar que o Banco Santander tem uma relação próxima com a FIA, é patrocinador da Ferrari, de Alonso e de várias corridas, inclusive o GP da Alemanha.

  39. fagner andre disse:

    cara, o cavalo rampante cagou no pau, ou melhor na cabeça do felipe massa. acho que o massa tinha que sofrer a maior punição pra largar de ser bobo e mostrar que é homem de verdade, fazer igual ao shumi, se tentar passar espreme,mas o que vale para ele é o que vimos….
    lamentável!!!

  40. Edson Barros disse:

    Pergunta de suma importancia :

    Mudaria tambem a classificação do BRV ?????????????

  41. Herbert D.Gomes. disse:

    Bom dia Victor.
    Eu acho tambem que os brasileiros que estão lá na F1 nos representando respectivamentes teriam que ser mais corajosos e não aceitar que um alemão tenha prioridade em passar ou espanholzinho passar rasga á porcaria de contrato e fala eu vou ganhar por estou na frente e não aceitar a ordem igual um cachorrinho e ficar com cara de bosta depois da cagada feita sejam homens sejam herois como senna foi, ele que deve estar incomodado em seu descanso com tanta covardia dos corredores brasileiros.

  42. Herbert D.Gomes. disse:

    bom dia Victor,
    Acho que a ferrari tem que ser punida sim Alonso e Massa tambem, por conduta anti-desportiva a sim como barrichello e michael teriam que ser punidos anos atrás quando eram compalheiros de ferrari como outros casos que já aconteceu, por respeito aos amantes de corridas. O que queremos ver é as corridas de antigamente quando senna e alan prost eram da mesma equipe tinham brigas entre eles é mais bonito de se ver, não esta patifária de jogo de equipe eu desliguei á tv por respeito a mim e pelo esporte!

  43. Jáder, O Pitoresco disse:

    Eu acho é pouco. Não só pra Ferrari aprender o que é esporte. Mas também pra essa cambada de infelizes que ainda vem dizer que “não viu nada demais”, “que jogo de equipe deve existir” e bla bla bla. Se é pra um favorecer o outro que seja no final da temporada quando um tiver chances de ser campeão. E não pra agradar um filhote de Flavio Briatore, de ego inchado, metido a “fodão”, que foi bicampeão a séculos atrás e cuja a única coisa que tem ganhado nos últimos anos foi briga dentro da equipe (como se pudesse ser campeão na base do Grito).

    Claro que Felipe Massa também teve sua culpa, que foi favorecer justo o Alonso. Quem alimenta cobra acaba morrendo picado.

  44. Fernando Araujo disse:

    Caro Vítor, em outro compacto de vídeo disponível no site da F1, sobre o GP da Malásia (se não me engano), a frase “Alonso está mais rápido que você!” também está presente, demonstrando que ela pode ser um código interno da Ferrari para: “Massa, deixa o Alonso passar!!”.

  45. Júlio R. disse:

    Eu, sinceramente, acho que o “auê” que se está fazendo sobre esse caso aqui no Brasil é tempestade em copo d’água. Como se a Ferrari tivesse cometido a maior das barbaridades, querendo até mesmo comparar com a falcatrua ocorrida em Cingapura/2008 ou o caso de espionagem da McLaren.

    Desculpem, mas não é para tanto. O que houve na Hungria foi uma sucessão de atitudes burras, idiotas, tanto dos pilotos quanto da equipe, e que não influenciou em nada o restante da corrida, pois se a disputa fosse aberta entre os dois pilotos, Alonso venceria a prova do mesmo jeito…

    Mas a maior burrada partiu do Massa, que quis dar uma de “esperto” e “mostrar ao mundo a sujeira da Ferrari” e foi o que mais se ferrou. Em vez de fazer aquela cena ele poderia não ter dificultado a ultrapassagem do Alonso (que quase causou acidente que poderia ter tirado os dois da prova – por isso o “ridículo” no rádio) que ninguém estaria nessa gritaria hoje…

    Fico curios para saber como seria se tivesse ocorrido o contrário, ou seja, o Alonso tendo que dar passagem ao Massa…

  46. renato accioly disse:

    A Ferrari mereçe uma contra manifestação no GP Brasil das arquibancadas…

  47. Dilma Rousseff disse:

    Todo mundo sabe que não vai acontecer nada nessa audiência.

  48. Conrado Andrade disse:

    Sim, acontece todo ano. Cada carro se adequa melhor a cada estilo de pilotagem. Esse ano, Massa não se adaptou. Em 2007 até Monza, brigou com Raikkonen. Em 2008, Raikkonen quem não se adaptou ao Ferrari – o pessoal falava que estava “desmotivado”. Kimi estava é de saco cheio dessa novela toda que é a F1, pelo que me parece. Em 2009, Kimi teve ligeira vantagem contra Massa. Mas esse ano ele está voltando de contusão, contra Alonso e com uma Ferrari na qual ele não se adaptou tão bem. É só fazer juntar as peças…
    Kubica tomou ferro do Heidfeld dois anos pelo mesmo motivo. É comum…
    Massa não piorou não… apenas não adequou ao carro. Tem que ter paciência. Schumacher, está exatamente no mesmo problema. Até o Button já evidenciou e todos acham que o alemão não tem mais lenha pra queimar. Esse ano não tem como; em compensação, se ano que vem vier um carro adequado, somado às dificuldades que vem encontrando esse ano, tende a dar um resultado bem interessante.
    -
    Nós temos que ter paciência e analisar tudo com muito cuidado. São muitas vertentes aí pra tirarmos conclusões. Cada ano, muda-se muita coisa.
    abs

  49. diogo_c disse:

    Eu quero é que a Ferrari se **(&*%*$$% e que Spa seja uma corridaça!

  50. Rodrigo disse:

    Boa noite Victor,
    Tomara que seja punida para aprender a respeitar os torcedores. Hoje, lendo o comentário do chefe da Renalt falando que o Alonso deixou a equipe no fundo do poço com seu jeito de ser. Seria otimo ver Alonso e Massa, a dupla de babacas tomarem uma punição exemplar. Chega de falcatruas!!!

  51. Will disse:

    Pergunto por considerar uma possibilidade de uma possível punição mais severa diante desses novos trechos de conversa da equipe e pilotos da Ferrari.

  52. Will disse:

    Olá Victor!

    Você sabe se a audiência da F-1 teve baixa significativa nesse último GP na Hungria devido ao incidente na Alemanha?

  53. Taffamello disse:

    Vitonez, acho que nesse rolo todo, alem da própria Ferrari, o Zaca, digo o Massa, tb acaba saindo mais “queimad”o ainda – Competitivamente Falando – pois fica evidenciado quão defasado era seu ritmo em relação ao Alonso.

    Alias, defasagem esta que fica evidente a cada corrida… Não acha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>