MENU

12 de junho de 2011 - 20:12F1

Bordos, 3

SÃO PAULO | E tem gente que acha Button ruim.

Porque Button nunca foi um piloto de dar espetáculo. O que Button conseguiu na carreira até agora foi pelo seu fino trato, e com um carro que por metade de uma temporada era excepcional, a Brawn, soube destruir seu companheiro e ganhar um título. A conquista lhe valeu o passaporte para a McLaren e uma batalha contra um piloto que era seu avesso e devidamente mimado por mais de uma década por aquela casa. Button não mudou de 2010 pra cá, e embora tivesse andado na maioria das vezes atrás de Hamilton, os resultados em si não eram tão diferentes no cômputo geral. Mas porque Hamilton é mais agressivo, Button, seu oposto, só podia ser passivo. Button, pois, é ruim, é a relação que muitos fizeram e ainda hão de fazer, não muito convencidos pelo que fez hoje.

Bom. Button, hoje, deu espetáculo. “É possivelmente minha melhor corrida”, declarou. Dispense o “possivelmente”. Certeza que foi a melhor corrida. Não porque Button foi Hamilton. Porque Button foi melhor que Hamilton. Button soube dar um show hoje ainda sendo Button. Ao ser tocado por, oh!, Hamilton no começo da prova do Canadá, Button se fez por segundos insano, se refez e depois soube deglutir uma punição — por ter superado a velocidade limite em período de safety-car que liderou as primeiras voltas. E Button caiu pro fim e foi se superando, até encontrar Alonso e sofrer novo toque. Pneu furado, Button recomeçou de novo.

Veio a chuva, o vaivém das condições, novas trocas de pneus, mais safety-cars, e o fim, 4 horas depois, todo mundo viu, com o erro de Vettel na última volta, pressionado por over-Button. Button venceu, comemorou e, ainda que não tivesse culpa — a F1 anda numa viadagem imensa, mas foi um mero incidente de corrida —, pediu desculpas pelo toque com Hamilton. Muitos já viram isso como a confissão de seu erro. Erro é achar Button ruim.

Lembre aí um erro que Button tenha cometido. Nem precisa ser desses, crasso. Compare se a ficha corrida dele tem metade da extensão do que Hamilton tem, com mais da metade do tempo que Lewis tem de F1. “Ah, mas Button não comete erros porque não é agressivo como Hamilton”. Caímos num círculo. E lá está Button, em segundo no campeonato, consagrado, enquanto Hamilton é posto sob dúvidas. Assim é a vida e seu microcosmo do automobilismo.

À corrida: corridaça, né? Como foram as outras todas. Mas vão algumas críticas. Principalmente a esta direção de prova cafona e conservadora. Bastou pingar, eles pensam em safety-car pra largada. Não tem essa de que era a primeira vez que tinha pista úmida. Qualquer chuvinha, bota o Maylander e seu Mercedes lá na frente. Não contentes, ficam rodando, rodando, rodando, gastando volta na pista totalmente praticável. Puta saco. Depois da paralisação foi a mesma coisa.

Aliás, a quem quis comparar as situações: Montreal, depois da chuva: 42 minutos e corrida; Anhembi, depois da chuva: 3 horas e adiamento.

Enquanto isso, Vettel via de novo outra prova, enquanto as trocas mais atrás aconteciam. Kobayashi subia e chegava pouco a pouco perto do alemão, pelo menos em termos de posição. Ficou mais de 2 horas em segundo, o que é um recorde para um japonês na F1. Só ele. Um mito, claro. Schumacher tomou 7 injeções de adrenalina enquanto a pista estava molhada. Aí secou, e o alemão e o japonês foram caindo. Michael vendeu caro sua posição no pódio. Não havia como segurar Webber, apesar de seus vários cortes de chicanes, e Button show-man. Kobayashi só chegou em sétimo, perdendo posição para Massa na linha de chegada.

Massa, Massa. Teve um dia de Hamilton. E ter um dia de Hamilton não anda sendo lá essas coisas. Seguiu Alonso, passou-o nos pits, mas ficou encaixotado atrás de Kobayashi uma semana e meia, e só o ultrapassou quando Kamui errou — naquele momento do duplo passão de Schumacher. Aí Massa foi pros pits, saiu, andou alguns km e andou fora do trilho seco. Escorregou e bateu. Ainda se recuperou. Mas arrisco dizer que hoje dava pra Massa conseguir algo muito melhor. Não sei se vitória, mas dava pra ir pras cabeças com Vettel.

E Vettel cometeu seu primeiro erro em corridas ao subestimar este Button. Acossado, errou na última volta. É uma experiência para Vettel, que nunca mais há de levar seu ritmo no ritmo dos demais — no caso, Webber e Schumacher — para ir administrando. A corrida era dele se tivesse aberto uma distância suficiente, e tinha carro para tal. Mas que seja: cinco vitórias e dois segundos lugares na temporada dão o tom de seu domínio.

Petrov beliscou um quinto lugar. Numa toada à Button, até que o russo não tem feito feio esse ano. Tem se livrado da pecha de piloto pagante. Alguersuari, enfim, pontuou, Barrichello foi nono e Buemi fechou a zona de pontos.

A prova de hoje, a mais longa de todos os tempos, entra para a história. Aliás, a fase é ótima. Indy 500 e o GP do Canadá foram memoráveis, por exemplo. O povo não tem do que reclamar. O automobilismo, pelo menos na fora, está vencendo.

35 comentários

  1. Mauricio disse:

    Só u m probleminha o Button tem. Falta a ele regualridade de desempenho. Normalmente ele vem apagado e uma vez o ou outra tem momentos iluminados. Acho que ele espera demais, tem momentos de desanimo. Quando corria pela Brawn quase perdeu o titulo para o Rubinho por conta de um longo momento de apatia.
    O Button não é definitivamente um grande piloto, no caso é apenas um Barrichelllo com sorte.
    E olha que isso é bastante talento.

  2. Ismael disse:

    “Ao ser tocado por, oh!, Hamilton no começo da prova do Canadá,” , “a F1 anda numa viadagem imensa, mas foi um mero incidente de corrida —, pediu desculpas pelo toque com Hamilton. Muitos já viram isso como a confissão de seu erro. Bom, pra mim button foi tocado por hamilton porque fechou a passagem do companheiro de equipe, mesmo que” sem querer?”. Tá parecendo coluna do Galvão Bueno.

  3. eduardo disse:

    sempre achei um otimo piloto apesar de fora de epoca hoje com carros indestrutiveis sua suavidade não faz tanta diferença apesar disso basta o Hamiltom superar a faze ruim que a realidade na Mclarem volta com ele largando na frente e começando mais forte e quando o Button reagir depois da metade da corrida o Hamiltom estara longe como aconteçe em 80% das provas

  4. CarlonePapa disse:

    O Massa fez a lição de casa, bem feita, mas errou na hora de passar a limpo. Por falta de atenção.
    Se ele quiser ter algum futuro (de qualidade) na F1 tem dar TODO o sangue e provar que é fodao.
    Aí vai negociando com outra equipe e sai no fim do ano. De cabeça erguida, ou pelomenos não sai de joelhos.. Ainda boto fé no piccolino.
    Ferrari é uma gaiola de ouro com ar condicionado e poltronas confortáveis, mas é uma gaiola.
    Ali, seu futuro é ser Barrica 2.

  5. eduardo disse:

    o que me chamou a atenção foi os dois segundos de diferença entre a melhor volta de Button e Vettel e os demais Button com o melhor carro no seco desfilava enquanto Vettel esparramava para todos os lados tentando não deixar o Button entrar na reta no vacuo o que seria inevitavel assim como a ultrapassaguen na ultima volta portanto não coloco esta escuregada na conta do Vettel agorra se continua chovendo seria Vettel Koba e Shumy no podio

  6. Zé Fini disse:

    No dia que Massa tiver “um dia de Hamilton”, o Massa vai ser mais arrojado, aguerrido e não vai permitir aquela patacoada que ele permitiu do Alonso na entrada dos boxes no GP da China no ano passado.

  7. Zé Fini disse:

    “…Compare se a ficha corrida dele tem metade da extensão do que Hamilton tem, com menos da metade do tempo que Lewis tem de F1.”

    Não entendi direito isso não, mas o Button tem mais tempo de F-1 que Hamilton, o que não justifica, pq Hamilton qdo entrou na F-1 em 2007, cometia menos erros do que está cometendo agora, depois de 4 anos de experiência.

    No entanto, concordo que o Button erra muito menos que Hamilton, Webber e Alonso, por exemplo.

  8. Zé Fini disse:

    Um erro do Button esse ano foi ter cortado a chicane logo no início da temporada. Não lembro a pista qual foi. Ele foi punido com um drive-through.

  9. Anderson disse:

    Muito legal. Se fosse no Brasil, ou a Formula Indy, choveriam críticas aqui. A pista tem problemas de drenagem, ficou claro. A chuva forte foi rápida, e o aguaceiro ficou empoçado nas curvas. Mas como foi no Canadá e na Fórmula 1, niguém achou motivo pra criticar!

  10. André disse:

    O “Ao ser tocado por, oh!, Hamilton” e o “a F1 anda numa viadagem imensa, mas foi um mero incidente de corrida” tornaram a tese incoerente. Ou não foi culpa de ninguém, ou de alguém. Pra mim foi acidente de corrida apenas pelo fato da falta de visibilidade, mas quem causou tudo foi o Button, que ainda se envolveu com De La Rosa e Alonso. Não fosse pela suspensão reforçada, o Button nem teria fechado a corrida.
    André / Piloto no http://www.f1bc.com

  11. RICARDO SIMONE disse:

    APESAR DO BUTTON SER DA ECOLA DE PILOTAGEM DE EMERSON FITIPALDDI, NIKI LAUDA E NELSON PIQUET, TEVE O SEU DIA DE GILLES VILLENEUVE NO CIRCUITO DE SEU NOME.

    ANDOU QUE NEM O CANADENSE, FOI ARROJADO SEM TER QUE SER DESONESTO. PASSOU TODO MUNDO NA BOA, SEM TER QUE EXPREMER OU SE ESPALHAR NAS CURVAS.

    SIMPLESMENTE SENSACIONAL!!!

  12. Andre disse:

    Button é um serio candidato ao titulo..ele é mto conservador e isso ajuda no resultado final. Enquanto Hamilton é esquentado o Button busca resultados, merece o titulo e vai entrar forte nessa briga .

  13. Marcio Fieteco disse:

    Como fazem aqueles que caem no senso comum. Esperam o camarada ganhar uma corrida pra confirmarem suas teorias. Johnny Herbert também ganhou uma corrida maluca, certa vez, e nunca vi ninguém dizer que era um ótimo piloto.
    Jenson ganhou, ontem, uma corrida que até o Schumacher teve chance de ganhar. Mas o que não quer dizer que a Mercedez é candidata ao título.
    Mas opinião é assim, cada um tem a sua.
    Abs

  14. Márcio Vilarinho Amaral disse:

    O “posto sobre dúvidas” em relação ao Hamilton não se refere ao talento dele, que é imenso, mas sim sobre os lampejos a lá Mansell que ele anda tendo nas últimas corridas. O problema não é o estilo agressivo dele, mas sim o fato dele vir mostrando falta de equilíbrio emocional em certos momentos. Mesmo um piloto agressivo precisa pensar na hora de uma ultrapassagem, e não dá pra negar que ele fez várias cagadas nas duas últimas provas. Não vou opinar sobre o acidente com o Massa pois não vi, mas com o Maldonado ele errou; com o Webber ele foi afobado; e com o Button, me desculpem, foi uma burrice típica de Mansell, mas causada pelo desespero em recuperar as posições perdidas.

    Sobre o Schumacher: ontem ele lembrou o Schumacher dos velhos tempos. É um absurdo achar que o alemão é um piloto medíocre, que só ganhou o que ganhou por ter tido 150% de atenção da Ferrari e carros absurdamente superiores aos demais, porque se ele fosse inexpressivo não teria conquistado nada. Ele foi um dos maiores da história, isso não há dúvidas. Mas é um absurdo também achar que ele foi um ser supremo, o maior piloto da história, porque teoricamente não foi; na prática, nunca saberemos.

    Sobre o Button: corrida genial, soberba, fantástica, a maior da carreira dele. Ao contrário do que muita gente pensa, principalmente no Brasil (por conta da estupidez de se achar que o Prost era um piloto ruim em virtude do Senna fazer 26 poles com o mesmo carro e ele apenas duas), ele é um grande piloto sim, só não é agressivo como o Hamilton, que é outro grande piloto. Eles possuem apenas estilos diferentes, assim como Senna e Prost, Piquet e Mansell, Emerson e Peterson, Fangio e Ascari…

    • Silvio Viana disse:

      O Dick é um excelente piloto, mas usou sua falta de caráter para conseguir pelos menos três títulos, isso sem contar que havia um escudeiro, nunca um companheiro de equipe. Só pra refrescar sua memória, ele colocava 30s no Barrica, que colocava 20s no terceiro. Um carro desse o Nakajima tinha ganho os campeonatos.

    • OBSERVADOR disse:

      QUANDO O AÍRTON GANHOU UM DOS SEUS CAMPEONATOS POR PURO MAL CARATISMO AÍ VALE NÃO É MANGANÃO !!! !!!

  15. marcão disse:

    Todos os anos esperamos por corridas em circuitos especiais, Montreal é uma delas…
    Pra mim um único senão: Mudaram o regulamento que dizia que corrida de f-1 tem que durar no máximo 2 horas da largada… Mas tudo bem foi emocionante sim…
    O Butom é campeão, o Vetel é campeão, o Hamilton é campeão, o Alonso é campeão e o Schumi também. Tem mais?
    Por isso estamos vendo corridas maravilhosas, em termos de pilotagem..
    A FIA ou sei lá que precisa parar com essa conversa de querer punir o Hamilton… Corrida de carros é isso, arrojo, na aceleração, nas tomadas de curva, nas estratégias e principalmente nas ultrapassagens.. Quando dá tudo certo o cara é o maior, se não da o cara é burro, não sabe pensar, etc… Tem que arrojar, tem que tentar…
    Button mereceu, pelo arrojo, que ultima volta, o Vetel errou pelo arrojo, mas foi reconpensado pela equipe que o aplaudiu mesmo assim.. Acho que o Alonso ficou devendo de novo, pra mim está devendo faz um tempão… Só a Ferrari e o Santander é que não percebem isso…
    O Massa mostrou que se tiver carro também vai voltar com o arrojo que o levou até a Ferrari…Aliás sempre foi Ferrari desde os tempos da Sauber que o demitiu por exesso de arrojo. Lembram?.. O Schumi está avisando que se tiver um bom carro vai voltar a dar shows, a Mercedes parece que entendeu o recado…
    E o Koba San, é muito louco, o Petrov também…
    Foi muito legal de ver tudo isso ontem.. Não é a asa, não é o pneu. É o Fabricante, é a Equipe, e é o piloto que ainda fazem a diferença…É principalmente o fator HUMANO que ainda dá o brilho para qualquer corrida de carros… Não adianta, o piloto ainda é o dono do show…Ainda bem….
    Estamos vendo coisas novas a cada etapa deste ano na F-1, e ainda teremos mais novidades. E uma que aguardo com bastante interesse é: Saber como vão se comportar os carros, pilotos, equipes, numa corrida onde o tempo esteja seco no ínicio e do meio para o final começar a chover, não aquele toró, mas uma chuva normal, de média pra forte. A pista estará já cheia dos farelos, dos pneus de seco, e ao colocarem os de chuva teriam que mudar as trajetórias, sair do trilho normal de seco, ao fazer os pneus de chuva estariam recebendo todo o farelo… Gostaria muito de ver o comportamento dessa varável que está para nos mostrar outras formas de superação do fator HUMANO…
    Esse campeonato parecia já decidido, mas ainda é muito cedo pra se afirmar ou que sim ou que não…Tomara que não, pra termos mais o que comentar do fator HUMANO….
    E novamente o Circuito que leva o nome do Giles nos da esse presentão de determinação, força de vontade coragem e arrojo..Coisas que esse piloto canadense mostrava a cada corrida, parece que o espirito dele baixa no povo lá no Canadá.. E as coisas se superam…

    • Anderson disse:

      A corrida durou uma volta depois de completar 2 horas, coincidentemente o número total de voltas. Bandeira vermelha nunca contou como tempo de corrida, então não mudaram nada.

    • tom disse:

      Quem acompanha o campeonato esta vendo que quem esta devendo e a Ferrari e nao o Alonso, e vem devendo muito pois ano passado jogou o titulo fora com uma estrategia errada e covarde na ultima prova, apesar de todo o empenho do Alonso. Ve bem quem e que ta devendo.

    • marcão disse:

      e todo esse empenho parou atrás do Petrov!
      É isso?

    • José Augusto disse:

      O Massa bem e o Alonso devendo? E o ano passado? E o toque do Button?
      Esse entende…

  16. EduardoRS disse:

    Hamilton: uma coisa é tentar ultrapassar. Outra coisa é tentar atravessar o carro da frente como se fosse um fantasma.

  17. Anchor disse:

    O que diferencia um piloto feito pra ser campeao e que ele erra pouco em momentos cruciais, outros sim. O Massa perdeu uma grande chance de diminuir a diferenca em relacao ao Alonso. Um podio daria duas semanas tranquilidade e mais atencao da equipe. O Vettel nao conta, ta com sobras, errou ficou em segundo, mas abriu a vantagem em relacao ao vice-lider em dois pontos. A disputa vai ser pelo vice, Vettel assiste os demais tirando pontos entre si e ele vai rumo ao bi. Oh, Massa mostre mais arrojo, faca nos dentes, sangue nos olhos!!

  18. luisfernando-rj disse:

    fabrício e marsal pensamos da mesma forma,o gb e o rm já perturbaram a paciencia com a corrida de mõnaco.até o emerson entrou na paranóia global e dessa vez o zacarias bateu sozinho e agora?

  19. ricardo domingues disse:

    Gostaria de reclamar da palhaçada que a rede globo fez, com três canais(2 pagos e 1 aberto), não passou a corrida em lugar nenhum. Em um dos canais pagos estava passando uma reprise do jogo de voley que o Brasil perdeu. Falta de respeito com os fãs de automobilismo. Outra coisa o Galvão Bueno ficou reclamando a transmissão inteira da VICAR e da CBA, pq prejudicou o filhinho dele na STOCK, estranho a globo é maior paga pau da STOCK, pq ele não reclama da falta de segurança dos carros, da mortes do Sodderman e do Sperafico, dos pilotos turbinados!!!!!!!!!! Chega a ser patético o Sr. Galvão, só abriu a boca, pq ferraram o filho dele, e cultura paternalista.

  20. Ricardo Arcuri (Paddock Press) disse:

    Desculpa Victor, mas Button nao passa de um piloto mediano, que teve a sorte de ter um bom carro (em 2009) e teve a mesma ontem a tarde, devido as variancias da chuva. De forma alguma tirar o merito da vitoria dele, ate pq eu tb torci para que levasse e diminuisse um pouquinho esse dominio do Vettel. Mas é fato que essa ultrapassagem nao aconteceria em CNTP, muito menos se Vettel tivesse o mesmo carro.

    Por favor, parem de elogiar pilotos medianos, cuja sorte maqueia sua propria mediocridade. O povo e a categoria agradecem!

    Grande abraço

    • Leonardo Felix disse:

      Verdade. O Button subiu de 21º para 4º em 15 voltas por pura sorte. Depois ultrapassou o Webber e o Schumacher por sorte e, por fim, descontou uma desvantagem de 6s pro Vettel em poucas voltas também por pura sorte.

      E o que dizer da sequência de voltas mais rápidas que ele fez? Sorte, claro.

      E o fato dele ter pressionado Vettel e colocado o alemão em uma situação de ter de guiar no limite para defender a posição e, consequentemente errar, também foi puro golpe da sorte.

      É, realmente o Button foi muito sortudo nessa corrida.

  21. T.Schumacher disse:

    Excelente síntese, nada mais a comentar.

  22. Jeferson disse:

    Na boa, mas o que gostei de ver foi o Schumi dando show na pista molhada. Parece que a cada corrida que passa o passado está voltando aos poucos. Falaram que a Mercedes de 2012 será competitiva. Tomara que sim. Para quem acha que o problema é o piloto basta observar, quando a pista secou, o avanço de Weber e Button. Fica clara a diferença de rendimento dos carros. Mas que foi uma baita corrida isso foi.

  23. Anna Carolina disse:

    Que Hamilton é talentoso isso é inegável, o problema é que ele não tem a inteligência e nem a maturidade (não estou me referindo a idade) de Button. Este sabe esperar o momento certo pra atacar e sabe que uma corrida dura mais do que três curvas… Não estou pregando aqui o bom mocismo e dizendo que não se deve tentar a ultrapassagem, claro que se deve, mas regras de física devem ser respeitadas. Por exemplo, dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço! Não adianta forçar uma ultrapassagem quando claramente e fisicamente é impossível.
    Quanto a corrida, a segunda parte foi realmente emocionante e valeu a espera para ver o desfecho.
    Viva a volta de alguma emoção a Fórmula 1!

  24. Alvaro Ferreira disse:

    Muito bom texto, reuniu tudo que de importante aconteceu na corrida.

  25. Léo Aranha disse:

    Espero que esse Grande Prêmio seja uma injeção de ânimo em Schumacher.
    Ele já não tem o mesmo pique de ontem… mas está longe de ser só um velhote ultrapassado, certo ?

    A gente vê que no ano passado e neste, ele comeu poeira.. mas também fez bonito.
    Por mais que a primeira comparação seja com o companheiro de equipe ( e é aí que mostra que ele já não tem essa tocada ), vale lembrar que o resultado de hoje iguala a sua volta.

    Quando em condições mais extremas, Schumacher fica mais a pé de igualdade e aquele reflexo de velho campeão ainda mostra seu brilho.

    No dia que eu imaginar que Schummi ta tomando de Koba ( Mito sim, sem dúvidas ) porque Koba hoje consegue ser superior… aí fica difícil.

    Abração.

    • Jeferson disse:

      Apenas para complementar: na chuva o cara deu show, não tinha p/ ninguém. No seco, a Mercedes é que deixa a desejar. Quando a pista secou claramente se viu a diferença da Red Bull e Mclaren. Conclusão: não é o piloto, mas sim o carro que não corresponde. Se ele tivesse uma Ferrari ou uma Red Bull na mão, será que o Vettel seria o Vettel ? Falaram que a Mercedes de 2012 será muito competitiva. Tomara que sim.

  26. Fabricio disse:

    Não vejo o Hamilton como um piloto afobado ou perigoso. São corridas e então espero arrojo. Infelizmente a transmissão oficial quer torná-lo o inimigo número 1, o antagonista do Massa. Enfim, não entendi a expressão “posto sob dúvidas”. Por quem? Espero que você e o Grande Prêmio não embarquem nessa. Abs.

    • Marsal disse:

      Perfeito Fabricio, concordo com vc.
      a F1 e a RG esta cheia de frescura, qualquer toque e “QUEREMOS PUNIÇÃO”.
      na minha opnião o toque entre os 2 da Maclaren foi culpa do BUTTON, mas não merece punição, como tb no toque entre ALONSO e BUTTON, e aqueles em MONACO tb.

      Depois reclamam q ninguem tenta passar.

      Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>