MENU

3 de novembro de 2011 - 8:23F1

Três anos

SÃO PAULO | Felipe Massa completou ontem, no Dia de Finados, três anos sem vitórias e poles na F1. É certamente uma das maiores lacunas da história de alguém que tem um carro de ponta na mão e que vinha se familiarizando com o primeiro lugar e disputou um título.

Daquela conquista em Interlagos em 2008 com sabor dúbio, foram 46 corridas e seis pódios. Houve um acidente sério no meio do caminho, mas se Felipe insistentemente garante que não existem sequelas, não deve ser um ponto de discussão. Poderia ter havido uma vitória, aquela da Alemanha. De resto, o brasileiro nunca esteve em condições de brigar por tal.

A temporada ruim do ano passado apontou como razão o mau aquecimento dos pneus Bridgestone por parte dos carros da Ferrari. Mas numa comparação direta, Alonso terminou cinco vezes em primeiro lugar e angariou 252 pontos, 108 a mais que Massa. Em 2011, com pneus Pirelli e duas provas por vir, o espanhol tem mais do que o dobro de pontos do brasileiro, 129 à frente, bem como os outros quatro pilotos de ponta — Vettel, Button, Webber e Hamilton. O que de válido Felipe conseguiu foram quatro quintos lugares e seis incidentes com Lewis.

Considerando que Massa é o mesmo de antes do acidente na Hungria, é importante ponderar em cima deste hiato a própria temporada de 2008, que foi, por assim dizer, a atípica em sua carreira de piloto top. A McLaren vinha reorganizando a casa depois de um período turbulentíssimo entre Hamilton e Alonso, e na Ferrari a situação era inversa à do ano anterior. Massa é quem dava as cartas. Mas será que ali a Ferrari não tinha um equipamento muitíssimo superior ao da McLaren e, aliado ao fato de que Raikkonen vinha absurdamente desmotivado depois da conquista do título, isso levou o mundo a pensar que Felipe havia se estabelecido como protagonista na F1? Será que as condições não acabaram superestimando Felipe, daí a decepção com que ele vem apresentando?

Em 2012, a F1 terá um conjunto técnico praticamente igual ao que está sendo usado, de modo que nenhuma equipe deve achar 0s5 ou 1s no meio do caminho, e o cenário tende a ser similar. Há dois anos, Massa é só um complemento na Ferrari. A equipe aguentou este tempo Raikkonen até quebrar seu contrato e mandá-lo caçar sapo e beber vodca. Na Alemanha, algumas publicações, umas sérias e outras sensacionalistas, já começam a soltar que Nico Rosberg conversa com a Ferrari, que se incomoda, sim, em saber que seu segundo piloto não tem o mesmo valor e peso de Webber e Hamilton, hoje coadjuvantes em seus times respectivos.

Se a Ferrari realmente honrar o compromisso, Massa tem de primeiro agradecer por permanecer mais um ano, o último na equipe. Só um título ou uma temporada dos sonhos seria suficiente para persuadir Luca di Montezemolo e seu grupo a um fico. Ou então, cônscio de suas capacidades e situação, fazer o melhor campeonato possível para barganhar numa equipe de médio porte sua permanência na F1 em 2013.

57 comentários

  1. luis fernando-rj disse:

    espero que 2012 o zacarias tenha o seu último ano na ferrari simplesmente o espanhol colocou ele no bolso(algo que o trio da rgt não consegue reconhecer)e ponto final. já se passaram dois anos e segue a ladainha de acidente, filho e etc……………,se ele no seu íntimo acha que não vale a pena seguir em frente é melhor largar tudo e parar de tomar tempo dos rivais.o alonso faz e acontece e ainda consegue chega ao pódio para tristeza dos pachecos globais,o zacarias é um piloto comum e mesmo que ano que vem a ferrari tenha um carro competitivo o espanhol vai andar a frente do zacarias.aliás eu me divirto com o carnaval que o trio da rgt faz quando ele consegue a proeza de largar a frente do alonso,parece que ele ganhou o campeonato mundial.

  2. Joaq disse:

    Pois e… em 2006 andou muito rapido, e ganhou dois GPs tendo como companheiro o Schumacher. Em 2007 foi melhor que Haikkonen ate a Italia, quando o carro dele quebrou a suspensao e Kimi o ultrapassou por apenas 1 pontinho. Em 2008, as duas equipes estavam bem equilibradas. Enquanto McLaren muito mais competente na estrategia de corrida, fato que foi fundamental para Hamilton levar o trofeu por um pontinho tambem.
    E, nos anos seguintes foi Massa batendo o finlandes ate o acidente de 2009. Em 2010, vejam so! Massa chegou a ser lider do campeonato ate o GP da China. Destaque para o GP do Bahrein, onde Massa evitou fechar a porta para o el fodon na largada, o que fez com que o brasileiro chegasse em segundo. Depois, foi a mer… que fizeram no GP da Alemanha.
    Bem, acho que atipico aqui seria o jornalista ser menos tendencioso e ter um pouco mais de honestidade com seus leitores. Ah, isso ta dificil acontecer, como ta!

    • Se for olhar quem ganhou corridas na Ferrari com o Schumacher nela, o Barrichello é muito mais piloto que o Massa… Isso não é critério, ganhar corrida em cima de fulano ou cicrano.

      Raikkonem foi melhor que Massa, isso fez dele campeão de 2007. E só não foi bi em 2008 porque não quis.

      • Joaq disse:

        Como nao pode ser criterio o fato dele ter sido melhor que o Schumacher em pelo menos dois GP? portanto, se isso nao e criterio, entao por que fazer comparacao agora com Alonso?
        Ou seja, quando Massa e superior ao companheiro, ou nao é criterio de comparacao ou foi porque o companheiro nao quis ganhar. Quando o brasileiro é superado pelo companheiro foi porque ele é fraco mesmo, os outros que sao bao.
        Mas, tente se lembrar quantos anos Barrichello foi companheiro de Schumacher e quantos anos Massa correu ao lado do alemao.
        Sem contar que a Ferrari de 2000 a 2004 foi o que a RedBull é hoje.
        Ta dificil raciocinar? bem, pode ser que o papai noel apareca duas vezes tambem…

  3. Suelen Büsse Thuda disse:

    A culpa é do Galvão, que vem com aquela história de: inigualável, insubstituível, inimitável, imperdível, irreprensível, imponderável, incomparável, inesquecível, inatingível Ayrton Senna…

  4. ronaldo disse:

    Nunca se deve julgar a competência de um profissional se não puder fazer melhor.

  5. Flávio Mendonça disse:

    Com certeza o acidente que ele sofreu deve ter afetado. Antes do acidente, mesmo sem estar andando na frente, ele brigava, disputava cada posição, haja vista aquela briga com o Kubica pelo quinto ou sexto lugar num gp do japão ou china (desculpem a memória falha), acho que era essa a situação. O Massa simplesmente não “disputa” mais nada, e não falo só em termos de velocidade, falo de lutar por cada posição, isso sem entrar no mérito do forte companheiro de equipe.

  6. Mauricio disse:

    Boa tarde Victor!!

    Concordo com você…ou a Ferrari era bem superior à McLaren em 2008, ou o acidente o afetou, e muito. Só que fico com a segunda hipótese, já que em 2007 ele andou junto das McLaren de Alonso e Hamilton. E ainda, depois de ouvir a opinião do Nélsão, que diz ter certeza que o acidente afetou o Massa, assim como o afetou em 87.

    Abraços

  7. Rodrigo da Silva disse:

    Massa é um bom piloto, nada mais do que isso. Na verdade, ele nunca fez nada para merecer guiar uma Ferrari. Foram 3 anos de Sauber, sem nunca ter subido no pódio. A Sauber era uma equipe media, mas pilotos como Barrichello, Senna, e até mesmo Irvine, entre outros conseguiram este feito mesmo em equipes médias. Por isso a contratação deles por equipes grandes se justificava pelos resultados apresentados em equipes inferiores. O Massa, como dito acima, nunca fez nada de mais na Sauber. Pelo que ele fez na equipe suíça, mereceria no máximo uma Williams que já era cambaleante em 2005.

    Uma vez na Ferrari ele fez o feijão com arroz em 2006 e 2007. Em 2008, realmente ele foi bem, mas temos que levar em conta, que se por um lado Hamilton cometeu vários erros, ele estava apenas na sua segunda temporada na F1. Massa cometeu muitos erros também, sendo que ele já estava há 6 anos na F1. Massa perdeu a grande chance de levar o título se aproveitando da inexperiência do seu oponente. Grandes pilotos não perdem uma chance desta.

    Quanto aos resultados pré F1, Massa também não fez nada de mais. Ganhou campeonatos muito fracos como a F Chevrolet e a F 3000 italiana. O título da F Renault européia foi seu maior feito, mas é preciso lembrar que o nível da F Renault inglesa era mais alto que o do campeonato europeu. Basta ver que quando os dois campeonatos se cruzaram os pilotos do campeonato inglês se saíram melhor, sendo que Raikkonenn ganhou todas essas provas, sem dar chances para o Massa. Assim, é possivel ver que pilotos com resultados muito mais expressivos nas categorias de base nunca correram na F1, como por exemplo Gil de Ferran.

    Então, Massa é um bom pilto, mas não tem condições de brigar com pilotos diferenciados como Alonso, Vettel e Hamilton. Infelizmente para a torcida brasileira essa é a verdade.

  8. Ricardo Arcuri disse:

    Sobre a pilotagem dele apos o acidente, eu nao consigo ver se houveram mesmo sequelas ou nao. O que é fato é que ele ta tomando um banho do Alonso, coisa que eu nao esperava acontecer, nao dessa forma. O que me chateia, é que ele vinha com um desempenho de encher os olhos nos tempos da Sauber, daqueles de chemar mesmo a atençao.

    Mas essa sera uma daquelas perguntas sem resposta, por toda a eternidade….

  9. Burn Baby Burn.. disse:

    Para mim.. o Massa é como aquele funcionário que trabalha ha anos em uma empresa, e por incompetencia perdeu o time.. a chance de subir de cargo.. e devido a isso perdeu o tesão se acomodando..se limitando a trabalhar e ganhar seu salario no final do mês, sem buscar uma evolução. Não vislumbro uma virada de mesa do Felipe, e acho que ele não tem cacife para rosnar e ladrar com o Alonso, pois os pontos entre ambos fazem toda a diferença entre ambos, ainda mais dentro de uma equipe familiar como a Ferrari..

    Se ele possui algum insight de fazer história na F1, vai ter que sair rapidinho da Ferrari e procurar uma equipe onde possa ser respeitadonovamente.. mesmo que mais lenta que a Rossa.

    O problema é que ninguem larga emprego bom..só se for mandado embora rsrs

    Nada contra o piloto, que na minha opinião é competente.. mas não é um Ás de maneira alguma.. minha opinião claro..

    Fuiii

  10. Acabou esse ano e dificilmente ele subirá ao pódio e ainda está completamente dominado por Fernando Alonso esse sim cabeça de chave da equipe e única força da equipe se a equipe quiser lutar pelo título ano que vem e o nosso Massa se encontra ainda pior que o Raikkonen desmotivado e agora para o Massa só resta deixar a Ferrari no final do ano que vem desvalorizado e com sorte bater na porta da Williams atrás de uma vaga.

  11. Marcelo disse:

    E alguem acha que o cara com contrato vai assumir que tem sequela? Nao precisa ser fisica(exames na equipe pegariam). Acho que tomou um puta de um cagaco aliado ao alonso que parece destruir os parceiros especialmente fora das pistas. Anyway, perdi a admiracao pelo massa.. E apenas mais um…

  12. Roberto disse:

    Com todo respeito ao piloto Felipe Massa, mas está devendo e muito, independente da fase ele está na Ferrari e não justifica um desempenho tão fraco. Aliás, se fosse o nosso glorioso Rubinho,já teria virado chacota no Programa Pânico, além de virar alvo da ira dos chamados entendidos em automobilismo .

  13. Alex disse:

    Quanto a 2010 e 2011 não há o que discutir: Alonso foi muito superior. Já sobre 2008 eu discordo totalmente. Na minha opiniao, o carro da Ferrari não conseguia nem mesmo se igualar ao da McLaren, quanto mais ser muitíssimo superior. É claro que ele é superestimado pela imbecilidade da emissora de tv, mas também é (ou foi) um bom piloto, capaz até de conquistar um título, e em 2008 os méritos foram dele sim.

  14. Müller disse:

    Pra mim, o q tirou 0,5s do Massa foi a paternidade cumulada com o acidente de 2009;
    Culpa do Galvão, “papa Hamilton” “papa Massa” “papa Webber”, tenha dó né… q porre era ficar as corridas inteiras ouvindo isso. rsrsrsrs…
    Tem cara q não consegue similar as coisas, depois daquele acidente ele teve o filho e consequentemente pensou bem, e achou por bem não mais arriscar sua vida.

  15. Luiz G disse:

    Sou Brazuca e torço por Massa…..Mas se eu fosse o chefe da ferrari, já teria demitido Felipe.

    …E não seria nada “pessoal”.
    Felipe, simplesmente, não alcança um bom rendimento e esse ano não conseguiu nem um quarto lugar na temporada.

    E não existe desculpa pra isso. Um piloto de uma equipe Top tem que apresentar resultados, e não, desculpas. Massa que me perdoe, mas já devia estar na rua.

    • Marcos Fish disse:

      Concordo… e cito ainda quando todos falam mal do Rubinho esquecem que mesmo sendo segundao do Schumi ele nao dava moleza para os outros das equipes grandes… Ele conseguia com frequencia podiuns.

      Opiniao pessoal: Rubens nao foi espetacular… pura verdade! Porem foi mais top que Felipe.

  16. SEC disse:

    Creio que Felipe só disputou o campeonato porquetinha o aval do filho do jean tod e que também era tampão, pois faltava um cheque polpudo no final do mês para a equipe vermelha….o que no seu caso não dispunha, creio que não ganhou o campeonato não por providencia divina mas por providencia contratual pois o primeiro posto já estava garantido a Alonso antes mesmo de sentar no carro vermelho…..lembro-me por que na era Schumacher a Ferrari não foi campeão primeiro com o 2ºo pois Schumi estava com a perna quebrada…..deve ter sido aquela velha história da providencia divina que creio ser providencia contratual…reserva de contrato…..agora Felipe mamarga resultados como piloto de 2ª categoria com um carro que parece de primeira…..lembra-se quando o Rubens pegou o carro reserva do Schumi e disse: com esse carro até a minha avó?
    Ninguém faz milagre com um velocipede carenado não…..nem Rubens….nem Felipe….já pasou da hora de pular do barco…..a Lotus Renault seria a melhor opção….. se houvesse escolha…..

    • Daniel Vasconcelos disse:

      Você acabou de dar um depoimento do quanto a Ferrari atua com suas canalhices. “Com esse carro até a minha avó!” significa que os carros NÃO são iguais. Nunca serão. O carro com um “defeitinho de fábrica” ou uma “diferença mínima de rendimento” sempre irá para o manipulado, cuja tendência é cometer erros por extrapolar os limites físicos e aerodinâmicos do mesmo. Penso e sempre pensei que o problema do carro de Massa não está no aquecimento de pneus. É mais fácil uma equipe manipular em segredo o seu próprio equipamento do que burlar toda uma estrutura externa, como o fabricante de pneus. Estes sim, são iguais.
      Rubinho é um piloto constante. Mas até Shumi admitiu que um dado momento do campeonato de 2002 ou 2003, não lembro extamente, que não conseguia mais regular o carro como Rubens. O circo da Fórmula 1, como diz Webber “é politicagem!”. Então há interesses, grandes interesses em jogo e os pilotos são massa de manobra.

  17. Victor disse:

    Quando o Kimi completou um ano sem vitorias, foi um estardalhaço. Mas como é o Massinha de Modelar de Maranello, ai o discurso é diferente, claro.

    Bando de hipócritas.

  18. Luis disse:

    Não sou lembrável, mas em 2008 eu dizia que o Massa teria que aproveitar aquela oportunidade para conseguir o título porque depois daquela, nunca mais conseguiria. Talvez o jeito seja olhar para aquele Felipe Massa de antes para ver como ele era, porque as pessoas não mudam tanto. Massa sempre foi um piloto irritantemente inconstante.

  19. Carlos Vitor disse:

    - Massa teve seus méritos sim em 2008. O carro era melhor e ele tocou muito naquele ano… Me lembro de uma ultrapassagem bacana dele no GP do Canadá. Mas o resultado foi justo. Se o Massa fosse bom mesmo, ele teria ganho 2008.

    - Eu realmente acredito que os pneus tenham influência nos resultados de Massa e Schumi… O modo de guiar dos dois é muito parecido. Entre Massa e Alonso, são toques totalmente diferentes. Podemos perceber isso quando os Ferrari estão próximos em corrida. Dá pra ver claramente que um faz o traçado bem diferente do outro. Mas mesmo que os pneus ajudassem, o Massa continuaria sendo pior que os 4 (Ham,Vet,Alo,But).

    - Pra mim, Webber e Massa são iguais. Se eles trocassem de carro, apenas trocariam seus lugares na tabela de classificação.

    E mais uma coisa, piloto que reclama de jogo de equipe é por que não teve capacidade de fazer melhor. Simples assim.

    • Carlos Vitor disse:

      O link para a ultrapassagem de 2008 que mencionei… http://www.youtube.com/watch?v=D_2TCW6KbpU

    • Daniel Vasconcelos disse:

      Desculpe-me discordar de seu comentário, mas o resultado de 2008 não foi justo. É só relembrar a quebra de motor há duas voltas para o final quando liderava o gp da Hungria e o episódio da autorização antecipada do mecânico que controlava o pirulito eletrônico para que Massa deixasse o box antes da retirada da mangueira de combustível, confirmado por vários replays de sua arrancada, inclusive de sua câmera on-board no gp de Cingapura. 20 pontos perdidos na ocasião, que o teriam tornado campeão antes do gp Brasil.
      E, caro Carlos, não há nada há ser feito quando quem paga as contas da Ferrari é o “dono” do piloto de mesma nacionalidade, independente de reclamações de jogo de equipe. Simples assim.

  20. MTP disse:

    Não acho que 2008 foi atípico. Massa teve uma boa temporada em 2007 e se não fosse uma quebra de motor em Monza poderia ter respirado um pouco mais naquele campeonato. E em 2009 o carro da Ferrari não era lá essas coisas e, ainda assim, teve corrida em que foi razoável. Acho que mais do que os pneus, o acidente foi um divisor de águas. Ele pode não admitir, mas não voltou com o mesmo ritmo, assim como já aconteceu com outros que se acidentaram.
    Creio que a Ferrari cumprirá o contrato em 2012, pois creio que há planos de promover o Sergio Perez em 2013. A não ser que Ferrari e Mercedes façam uma troca… talvez o Massa de hoje não reclame em ser segundo do Schumacão, como Rosberg tem feito, e o filho do Keke, provavelmente, por mais que tente, não conseguirá andar na frente do Alonso, mas talvez conquiste os pontos necessários para a equipe de Maranello brigar no Mundial de Construtores com a McLaren e, quiçá, com a Red Bull. Mas aí, seria um contrato curto com o alemão, um ou dois anos, pois acho que o mexicano apadrinhado pelo Carlos Sim e que tem talento vai ter um lugar na equipe rossa logo logo.
    Já para o Massa, talvez fizesse bem uma mudança de ares, ir para a Mercedes ou para a Renault/Genii/Lotus (ou qualquer nome que essa equipe venha ter…)…

  21. sidney almeida disse:

    na realidade o massa é de mediano para baixo…o rubinho apresentou resultado melhor que o dele no final de ferrari…e hoje ainda…o massa não sobressai nem na estoque…

  22. Caio disse:

    Belo texto.
    Só uma coisa que ficou na minha cabeça: acho que Rosberg numa equipe de ponta tem condiçoes de andar melhor que o Webber, pois pelo menos na minha opinião o alemão é mais piloto e tem mais no que se desenvolver e melhorar do que o australiano.

  23. Leonardo disse:

    Prezado Victor, depois desde post voce deve esquecer os seus planos de ser contratado pela Globo……muito bom post, concordo inteiramente.

  24. FabioCWB disse:

    Problema do Massa é o quadrado mágico (Vettel, Hamilton, Button, Alonso), que são bons o bastante pra incomodar pilotando contra qualquer um dos magos do passado (Senna, Prost, Villeneuve pai, etc). Massa é regular somente.

  25. igor cesar bertoldo disse:

    Nao acho isso do massa nao,massa ganhou corridas com o companheiro shumacher,um heptacampeao,como no texto acima,que o autor falou q raikkonem se desmotiou,nao pode ter acontecido o mesmo com massa?? e se a ferrari tinha um carro muito superior ao da maclaren,com certeza nao,vc ja esta querendo desmerecer o massa,um piloto que vence varias corridas em uma temporada,e so nao é campeao,por erros da equipe,ai vc ja ta falando demais….

    • Lauro disse:

      “um piloto que vence varias corridas em uma temporada,e so nao é campeao,por erros da equipe,”

      Claro, a culpa foi da Ferrari. Essa equipe incompetente.

      No GP da Austrália foi ela que na largada acelerou demais na curva, ficando na contra-mão.
      No GP da Malásia foi ela que – oh, novamente! – acelerou demais na curva e fez ele rodar.
      No GP da Inglaterra foi a Ferrari que fez o carro dele parecer um pião doido no meio da pista. Talvez porque ligaram o modo de demonstração “carrossel”…

      • Daniel Vasconcelos disse:

        A Ferrari teve sua parte de culpa pelo fato de Massa não ter se tornado campeão. Em Mônaco Massa conseguiu um feito: colocar a Ferrari na pole, circuito que tem um histórico de pouco favorecimento à equipe. Graças ao beeeeelo trabalho de equipe nos boxes, como sempre, conseguiu tirá-lo da liderança e fazê-lo chegar em 3º, o que rendeu um estrondoso e violentíssimo esporro do Luca di Montezemolo, somatório de muitas cagadas que, engraçado, só ocorre com Felipe Massa, na segunda feira seguinte na reunião pós-corrida (afinal de contas, a Ferrari poderia ter vencido… em MÔNACO!).
        E a história se repete até hoje. Independente de que o Massa esteja guiando bem ou não, veja se ela erra com Alonso. Repito como disse em outro comentário: quem paga as contas da Ferrari é quem manda.

      • Daniel Vasconcelos disse:

        E outra: tem piloto no mundo que se sinta motivado quando só toma bomba da equipe, diferentemente de 2008?

      • Joaq disse:

        No GP do Canada – nao colocalm gasolina no carro
        No GP do Monaco – erram a estrategia
        No GP da Hungria – quebra de motor
        No GP de Singapura – erram feio no pit stop
        No GP de Inglaterra – acertam o carro para seco. Erraram a previsao do tempo. O engraçado é que nesse GP Massa rodou 5 vezes e Kimi bem menos, só 4 vezes. Quer dizer, para a galera o limite é 4…
        Realmente, erro do piloto foi na Malasia, pois na Australia ele teve foi problema hidraulico e abandonou a corrida.

  26. Will Mesquita disse:

    Acho Massa um piloto fraco. Tanto tecnicamente, quanto mentalmente. Concordo com 100% do artigo e gostaria muito de ver outro piloto (Acho que o Rosberg ainda pode mostrar muito quando chegar a uma equipe de ponta) ocupando o cockpit da Ferrari.

  27. Leandro Duarte disse:

    “Considerando que Massa é o mesmo de antes do acidente na Hungria, é importante ponderar em cima deste hiato a própria temporada de 2008, que foi, por assim dizer, a atípica em sua carreira de piloto top. A McLaren vinha reorganizando a casa depois de um período turbulentíssimo entre Hamilton e Alonso, e na Ferrari a situação era inversa à do ano anterior. Massa é quem dava as cartas.”

    Eu não vejo por este lado, mas gostei de ter levantado esta questão, porém vou contra ela e digo o porque: na temporada de 2008 viamos um Massa mais motivado e mais brigador do que hoje, aliás, nunca mais o vi brigar de verdade por alguma posição. Acho que mesmo que ele fosse máscarado pelo desempenho bom da Ferrari de 2008 deveria continuar brigador ainda… Hoje ele é o piloto menos combativo dos 6 das 3 equipes maiores, mas dá a impressão que se o carro da Ferrari fosse pior um pouco, ele seria batido pelas Mercedes também, talves Renault.

    Outra coisa, não sei se existe mesmo isso, mas Massa e Alonso guiam de forma muito diferente, obvio, existe mesmo tal carro ser feito para tal piloto? Se existir isso pode ser uma justificativa.

  28. Alberto Allatere disse:

    Falo tudo que eu venho dizendo desde 2008… O Zacarias pegou um Raikkonen desmotivado e a Ferrari era o melhor carro na época, disparado.
    Ele sempre foi fraquinho, mas teve a sorte de ter o ” Todinho” como seu empresário.
    Por motivos mercadológicos da Fiat , a Ferrari tinha que ter um piloto brasileiro para se consolidar ainda mais no Brasil, mas parece que isso já não é tão importante para eles.
    A máscara um dia cai.
    Tchau, Zaca! Aproveite muito bem a temporada de 2012, pois pode ser a última.

    • Clóvis Alfredo disse:

      Esse comentário (O Zacarias pegou um Raikkonen desmotivado e a Ferrari era o melhor carro na época, disparado) me parece a melhor definição para explicar o ano de 2008. Depois, com a Ferrari decaindo (ou as outras subindo), só mesmo um piloto mais fera como o Alonso para conseguir alguns bons resultados. Massa o supera bem de vez em quando nos treinos. Mas na corrida, voltas e mais voltas, ele perde o fôlego fácil.

  29. Vitor disse:

    Como diz o filósofo Gavião Bueno, na F1 você é tão bom quanto sua última corrida.

    Como o Massa vem fazendo várias últimas corridas ruins, até o seu melhor ano é questionado.

    Pra mim ele precisa é mudar de ares, era o queridinho da equipe, e agora ver o Alonso nesse lugar e tomar pau o tempo todo tá fazendo mal pro cara.

    Piloto bom é piloto confiante, não vejo Massa com auto-estima em alta nesse ambiente.

  30. Bruno Aleixo disse:

    Não é ruim, nem bom… É um piloto comum, que não tem condições de ser campeão e muito menos integrar uma equipe de ponta. E sim, 2008 foi um ano atípico. Escrevi sobre isso há um tempo atrás:
    http://velocidadecia.blogspot.com/2011/06/sobre-felipe-massa.html

  31. Joao Carlos disse:

    Que absurdo! A pegunta é: quantas vitorias teve a ferrari em 2010/11? Tiraram vitoria do Massa em favor do Alonso. esqueceu? Qual a o grau de competitividade da Ferrari? Voce deveria, como jornalista especializado (será que é????) explicar porque a condução de alguns pilotos como Schumacher e Massa é afetada pelo composto dos pneus. Ou, talvez, conferir telemetria que indica diferença de abordagem em curvas ou, ir tratar de de outra coisa, que tal, lavar pratos????

    • victor disse:

      VM responde: Puxa, mas que nervosinha. Vamos lá: 6 vitórias do Alonso, nenhuma do Massa. Isso com a Red Bull dominando tudo. É, a culpa é do pneu – nem mesmo Massa fala mais disso, mas a culpa é do pneu. E veja: vc está comparando Schumacher, sete títulos, com Massa. Vc tem razão. Faz assim: monta seu blog e escreve lá suas groselhas, João Pacheco.

      • Thiago Valerio disse:

        Corrigindo, foram 6 vitórias, cino em 2010, uma em 2011, some-se mais uma do Kimi em Spa/09 e dá 7 vitórias desde o supracitado ano de 2008.

        Realmente, a Ferrari não está grandes coisas, mas com essa equipe que não é grandes coisas, o Alonso disputou o titulo no ano passado e neste ano tem 10 podiuns, sendo 1 deles com vitória, o Massa tem o que? quarto lugar como melhor resultado?

        Não sei dizer o porque disso, acho que o fator dominante na equação massistica se chama Fernando Alonso mesmo.

  32. Fabricio disse:

    O Massa antes do acidente era um, depois do acidente foi outro piloto. As vitórias dele na Turquia e em Interlagos foram dominantes. Acho que o acidente afetou o desempenho dele sim, em 2009 vinha bem melhor q o Kimi era constantemente mais rápido.

  33. saulerarock disse:

    Quanta bobagem o que tem de gente qua fala merda é um absurdo!

  34. EduardoRS disse:

    Não acho que o Massa seja assim tão ruim. O acidente deve, sim, ter deixado alguma sequela, o próprio Nelsão falou disso ao lembrar do seu acidente em Imola em 87.

    Basta lembrar que em 2006 o Massa andava colado no Schumacão, e em 2007 também ficou próximo do Kimi no seu auge. Em 2008 e até o acidente em 2009, ele era superior ao Kimi desmotivado. O ritmo ruim do Fisichella com a Ferrari no fim do ano acaba comprovando que o Massa vinha realmente bem. Só que desde então, parece que ele perdeu meio segundo no meio do caminho e só leva couro do Alonso, que é fodón, pero não é pra tudo isso. Além disso, o Massa parece ter adquirido uma séria dificuldade em ultrapassar, seja retardatários, seja disputa de posição.

    O fato é que, andando nesse ritmo atual, acho que só consegue vaga no lugar do Trulli. E olhe lá.

    • Wagner Campos disse:

      Concordo contigo, de 2006 até o acidente em 2009 ele estava em grande forma, melhor do q qlqer piloto tupiniquim esteve depois da morte do Senna. Ou seja essa história de q 2008 foi um ano atípico cai por terra. Agora, depois do acidente… n sei se houve alguma sequela física, mas é certo q psicológicamente o cara n é mais o mesmo. Alie-se isso à chegada do centralizador Alonso e temos esse panorama medíocre iniciado no ano passado.

  35. joao neto disse:

    Já venho dizendo isso, contrato não segura ninguem na F1 quando o time perde confiança no piloto. Existe mais em jogo do que uma mera multa que se tenha que pagar por quebra de contrato. Se a Ferrari ainda não perdeu confiança no Massa, algo está errado dentro da Ferrari. Na minha opinião, este é seu último ano na escuderia de Maranelo.

  36. Fernando disse:

    Sempre achei a mesma coisa que o terceiro parágrafo desse texto. 2008 foi atípico e Massa se aproveitou disso. Raikkonen poderia ter um bicampeonato hoje, conquistado na mamata naquele ano, se não tivesse passado a temporada pensando na morte da bezerra.

    O grande piloto de 2008 foi Hamilton, que fez suas besteiras, mas ele é o Hamilton, sempre as fará, mas mesmo assim ainda levou o título. A Ferrari tinha o melhor carro, mas longe de ser a melhor equipe, basta ver as cagadas que eles fizeram ao longo da temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>