MENU

10 de setembro de 2012 - 11:08Automobilismo brasileiro

Chapa única

SÃO PAULO | As ameaças que se iniciaram por e-mail mês atrás e que prometiam uma briga intensa pelo poder da CBA vão ficar, por enquanto, neste terreno.

Momentaneamente, o primeiro vice-presidente, Dione Rodrigues de Souza, desistiu de se candidatar à presidência e do embate contra Cleyton Pinteiro. Desde então, Dione tem sido procurado para falar. Sem sucesso.

Assim, por ora, Pinteiro caminha livre para se reeleger por mais quatro anos.

3 comentários

  1. Spy Employee disse:

    Taí um lugar onde política podre se faz.
    Todos são o que são pois são amigos de alguém.
    Estou lá dentro e sei o bem como é.
    A escolha para quem fazer o som no fim de semana, é uma vergonha.
    E para fiscais de pista então? bando de gente despreparado, um risco aos pilotos. Ganha que der mais por fora.
    O dia que quiserem fazer uma reportagem investigativa… hummmm

  2. Mauricio Alves disse:

    O automobilismo brasileiro está precisando urgentemente de uma Confederação mais atuante, tanto na formação quanto na promoção/realização de campeonatos, que hoje em dia se resume quase que exclusivamente a uma Stock-Car que, no meu entender, não tem a mínima expressão!
    Faltam categorias de monopostos, como as antigas Fórmula V e Super V e Fórmula 3 além, é claro, de kart! Muito kart!!

    A inoperância do órgão máximo do automobilismo nacional é desesperadora!!

  3. marcão disse:

    falou bem!!!!
    Por ora !!!
    Vai ter muita água pra correr ainda embaixo dessa ponte!!
    A temporada de chuvas não começou ainda!!!
    Só sei dizer que o barco da CBA hoje não tem casco, leme..
    Mas vamos ver o que acontece mais pra frente!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>