MENU

17 de janeiro de 2013 - 19:15F1

Como 2008

SÃO PAULO | Já diria Evelyn Guimarães que um homem com confiança vale por três. E desta vez, é crível seu discurso de que o campeonato que vem vai ser minimamente bom. Lá em Madonna di Campiglio, no evento da Ferrari, o brasileiro relembrou as agruras da metade da temporada passada, a ajuda psicológica e o renascimento na carreira, revelou que quase desistiu de brincar de F1 e, de peito inflado, chegou até a dizer que não duvida que Alonso o ajude caso esteja disputando o título de 2013.

Esse Felipe que surge entre o calor de Santa Catarina e o frio dos Alpes italianos é bem diferente daquele que respondia aos jornalistas que teria de provar seu valor para permanecer na Ferrari sem passar verdade alguma em suas palavras. “Acho que depois, que consegue compreender a si mesmo, você se tornar mais forte e mais forte o tempo todo”, disse. A chave da cabeça virou, e Massa pode dar continuidade à ótima impressão que deixou nas provas derradeiras da temporada que passou leve e livre do fardo em seus ombros.

Como na Ferrari a castanhola toca um som já conhecido, é otimismo demais pensar que Alonso não estará na disputa da taça no fim do ano ou que não haverá privilégios ao espanhol. Mas que “é possível ter um ano como de 2008″, aquele em que foi campeão por uns 17 segundos, é, na linha de que pode reencontrar o rumo das vitórias.

Claro, se a Ferrari resolver acertar a mão do carro no despertar do Mundial.

14 comentários

  1. Daniel disse:

    É ver para crer. Todo ano o Barrica começava com o velho discurso que desta vez seria diferente, que lutaria pelo título até o fim, que superaria o alemão, blá, blá, blá.

    Dizer todos podem o que quiser. Fazer… Bom fazer, é beeeem diferente. Fiquei triste pelo Massa mais por 2008 que por qualquer outro. Afinal, se não fosse a sacanagem do Nelsinho, ele teria erguido o caneco. Merecia. Mai que o Hamilton.

    Não torço por ele. Não tenho empatia suficiênte por ele, como nunca tive pelo Barrica. Ser brasileiro para mim é apenas um bônus. Gosto de ver o Brasil ganhar, mas preciso antes gostar do atleta para torcer.

    Hoje, minha torcida é do Raikkonnen.

  2. Alemão disse:

    Ano passado os adversários dele eram Sauber, Force India e Williams…as vezes as Toro Rosso…ridículo, para quem está em uma Ferrari! Tem que melhorar muito para falar em ser campeão!!

  3. Alemão disse:

    Fala pra ele contar a piada do português agora, que a dele já contou. Ser mais rápido que o Alonso em 5 dos 19 treinos até pode ser, mas ser tão consistente como o espanhol em uma corrida…nunca!
    Ano passado não fez mais que a obrigação em fazer um pódio…deveria ter feito uns 10! Acho que nunca mais ganha nada! Posso estar enganado, mas é fraco de cabeça!!Tem que bater o Vettel, Alonso, Hamilton, Kimi, Button e Perez, se quiser ganhar uma corrida!! acho difícil!

  4. bruno giacomelli disse:

    Na verdade, o que aconteceu na segunda metade da temporada foi um Felipe regular e nada mais.
    Grande parte do ufanismo esperançoso para esta temporada deve-se em parte, ao nacionalismo do Galvão Bueno, à imprensa brasileira que acha que o Massa voltou a velha forma, ao inconsciente coletivo desejo que o Massa vá bem, aos repórteres amigos do Felipe, mas não se iludam: quem manda na Ferrari é o Alonso e o Felipe, memo com sessões de Psicologos, não é essa Brastemp toda.

    • Lucas Desiderato Bueno disse:

      hahaha Então por que Alonso foi considerado o melhor piloto do ano? Massa em grande parte da 2ª parte do campeonato teve um carro atrasado em relação ao Alonso e ainda assim acompanhou e bateu o espanhol.
      O fo** é que brasileiro não sabe reconhecer nada, só sabe massacrar.

  5. Ano passado o Felipe Massa falava em vencer o Alonso, mas acabou levando uma terceira surra grande do próprio Alonso. O Massa só teve aquela chance em 2008 graças à relaxada do Raikkonen que estava satisfeito com o campeonato de 2007. Agora o Fernando Alonso é o Cabeça de Chave N°1 da equipe com grande força política, é algo que o Massa não tem, e tudo indica que ele reforçará sua condição de subalterno N°1 da F1 em 2013. Tem algumas pessoas no Brasil que está com tanta raiva do Massa que só falta atirar pedras nele para relaxar, e jogar sua raiva fora. Na verdade o Massa está levando no Brasil fama de Judas.

  6. Alexei disse:

    Felipe, fale o que quiser para preservar a audiência da F1 no Brasil. Todos nós lucramos com ela e precisamos da sua ajuda. Mas agora escute:

    FERNANDO IS FASTER THAN YOU.

  7. Valsir disse:

    Felipe teve um ótimo final de campeonato, indiscutivelmente. No entanto, acredito que Alonso adotou uma postura menos agressiva, porque tinha o campeonato a perder, e a Red Bull apresentava muitos sinais de falta de confiabilidade. Alonso, então, deve ter adotado a posição de franco-atirador. No caso de Felipe, ele tinha a vaga na Ferrari a perder. Situações um tanto paradoxas.

  8. Fabio disse:

    “Acredito que ano que vem estarei ainda mentalmente fraco para enfrentar meu companheiro fenomenal e que tem 150% de apoio de minha equipe.” Logicamente não é isso que ele falaria. Se formos considerar discursos de início de ano, até a Force India fala que vai lutar pelo campeonato.

    Duvido muito que a “A chave da cabeça virou”….

  9. Moy disse:

    E era pra ele falar algo diferente?
    Todo ano pilotos e equipes falam o que previamente foi acordado.
    E como diria o grande filósofo: Cai quem quer.

  10. Mauricio disse:

    Sinceramente acredito no que fi dito. A Ferrari, no ano de 2008 começou o ano sem piloto preferido e Massa superou o Kimi com grande facilidade. Pena que a Scuderia começou a bater cabeça e aconteceu o que aconteceu.
    Alonso tem um temperamento muito mais difícil e é muito mais impositivo em suas vontades. É um cara altamente competitivo. Morde a faca e não solta.
    Se a Ferrari cumprir o que prometeu e o Massa continuar no ritmo que terminou o ano passado, o campeonato deste ano será ainda melhor e mais disputado.
    Estou sinceramente, torcendo para isso.

  11. J. Floriano disse:

    O que Massa precisa é bater mais o Alonso em classificação, como fez nas duas últimas provas do ano. Com isso ela dá uma sacudida legal na cabeça da chiliquenta e mostra ao grid força/velocidade… Em corrida é difícil fazer frente ao espanhol.

  12. Olha, eu acompanhei por anos oq Felipe fazia antes de todo aquele problema da mola na cabeça. Aquele Felipe era capaz de ser campeao do mundo. O piloto depois daquilo se tornou algo no nivel dos piores do grid.

    SE ele voltar genuinamente à forma de ate 2009, é alguem que pode fazer sim frente ao Alonso, pelo menos. Mas logico, se nao forem palavras vazias, como ano passado.

  13. Prof. Alexandre Santos disse:

    Duvidar da capacidade técnica de Massa (e sua motivação) não é errado e muito menos, equívoco. Ingenuidade dele (e de muitos de nós) é pensar que a Ferrari deixará o mesmo livre parar lutar por vitórias enquanto Don Fernando estiver com chances matemáticas para isso…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>