MENU

11 de abril de 2013 - 14:58F1

A Coreia da Red Bull

SÃO PAULO | A bela guerra declarada por Vettel contra Webber na volta das atividades da F1 neste fim de semana em Xangai é o tema da Superpole desta quinta-feira, que compara o ambiente da Red Bull ao da Coreia.

Seria Vettel o novo Kin Jong-un? Comentai.

 

6 comentários

  1. Nao é bem ele o ditador. A coisa ta um pouco mais em cima…

  2. Alexandre Novaes disse:

    Sobre o caminho que a F-1 está tomando… fiz o seguinte texto. (Não tenho filhos, mas segue uma situação hipotética para ilustrar.)

    Ano: 2020.
    Meu filho pequeno chega e senta do meu lado no sofá, enquanto assisto o canal de esportes.
    - Pai…
    - Sim…?
    - Você gosta de F-1, não gosta?
    Olho surpreso para ele. Fico um tempo sem responder. Suspiro fundo.
    - Gosto filho… apesar de tudo, gosto ainda…
    - Como assim? Por que apesar de tudo?
    - Ah filho… você é bem pequeno… não presenciou os bons tempos.
    - Bons tempos? Quando?
    - Para mim, foi o final dos anos 80… os anos 90 principalmente… até o começo dos anos 2000…
    - Como era??
    - Ahhhhh… – suspiro outra vez, olho para cima – Era outra coisa. Outra coisa. Para começar, o barulho de um F-1! Nossa…. o carro roncava! Mas roncava para valer… – sinto um arrepio – … ah, os V-10… Williams FW16… e também o Honda de 91, o Ferrari V-12.. o Mercedes de 2000…
    Meu filho fica me olhando, sem entender. Eu continuo, absorto em meus devaneios, olhando fixo para um ponto abstrato.
    - Não é que nem hoje, este motor ridículo que eles usam…. se é que podemos chamar de “motor”… um simples V2 com limite de decibéis…0,4L, 5 mil RPM…
    - O quê? O que é RPM?
    Dou uma risada.
    - Ah….desculpe… estava falando mais para mim do que para você…. depois eu explico. Como disse, antes um F-1 berrava, roncava, gritava…. doía os ouvidos, era maravilhosamente indescritível, sensacional. Me arrepio só de lembrar. Agora só é este gemido ridículo… este zumbido… o motorzinho do meu dentista faz mais barulho. Não é a toa que o público deixou de ir aos autódromos há algum tempo.
    - Nossa, que chato…
    - É… quem viu, viu… ou melhor, quem ouviu, ouviu…
    - Que mais??
    Suspiro novamente.
    - Naquela época os pilotos andavam no limite…. mostrando toda a habilidade… os treinos classificatórios então…
    Uma lágrima escorre do meu rosto.
    - Pai, tá chorando?
    - Desculpe… é que… me lembro… as voltas voadoras… a luta contra o relógio…. exigindo o máximo… Senna, Mansell, Schumacher… Hakkinen, Montoya…. e alguns outros… no limite…. não é que nem hoje. Eles iam para a pista se classificar, sabia??
    - Sério??? Que demais!! E como é hoje?
    - É por sorteio filho… nem transmitem mais pela tv, claro. Os pilotos ficam numa sala… e o Bernie Ecclestone, o Jean Todt e mais uns 3 ou 4 ficam atrás de uma mesa, com aquele globo girando como se fosse sorteio da loteria… aí eles sorteiam o grid…
    - Nossa, então antes eles iam para a pista, para ver quem era o mais rápido??
    - Acredite… sim… era emocionante. – dou uma fungada e pego o lenço– Não tinham que economizar pneu para corrida… era arrojo puro, o limite do piloto e da máquina… quem largava na frente…. E agora… agora é isto.
    Os olhos do meu filho brilham.
    - Conta mais! Antes os pilotos da mesma equipe podiam disputar posição?
    - Podiam…. não todos, e nem sempre claro… mas tinham uns pegas legais sim! Prost X Mansell… Senna X Prost… Montoya e Ralf Schumacher… Alesi e Berger… Hill e Villeneuve….estes lutavam que nem cachorros selvagens. Mas aí…. depois que em 2015 oficializaram de vez a proibição de dois companheiros de equipe estarem um imediatamente atrás do outro na corrida… ficou complicado.
    - Por quê?
    - Se isto acontecer, eles são obrigados a deixarem outro piloto de outra equipe ficar entre eles. E pior: se um de fato tentar ultrapassar o companheiro de equipe em qualquer momento recebe punição severa, além de ser suspenso por 3 corridas….
    - Nossa…. que chato…
    - É… tempos que não voltam filho…. tempos que não voltam. Destruíram a F-1.

  3. eduardo dragonetti disse:

    Quero ver o Webber mordendo a bunda do Vettel. Qual será a reação da red bull?

  4. Tiago Montoya disse:

    Esse cara é rancoroso e falso, infelizmente, o tal Vettel, falou uma coisa ao vivo e falando outra agora, que se vingou do Webber, esquisito esse temperamento dele….

    • Vinicius disse:

      No dia que vc tiver alguem que te sacaneia feio como Webber fez com Vettel em diversas ocasiões,vc vai entender o porque da ira de Vettel.

      Webber sempre foi sacana com seus colegas de equipe,pergunte pra Antonio Pizzonia,Justin Wilson e Christian Klien ex-companheiros de Webber na Jaguar.

      Na Red Bull,Webber já aprontou pra cima de Vettel em 3 ocasiões,Turquia,2010 Inglaterra,2011 e Brasil 2012,nesta quase que fez Vettel perder o tri,pois o prensou no muro na largada deixando amplo espaço pra Alonso e Massa passarem e ainda deixou Vettel exposto aos enroscos do meio do pelotão o que aconteceu de fato,pois Vettel foi acertado na traseira por Bruno Senna,o que danificou o seu carro,ainda que desse pra prosseguir.

      Só que agora Vettel decidiu devolver uma-por-uma todas as “camaradagens´´ de Webber.

      Com juros e correção monetária.

      • Tiago Montoya disse:

        Você alega que o Webber sacaneia o Vettel? E a equipe que tem por trás dele?
        E outra coisa, se tinha de fazer papel de santo, o Vettel falhou dessa vez, e outras vezes também.
        Não que o Webber seja um santo ou coitado, mas também não vejo paradoxos comportamentais na F1.
        A questão entre Webber e Vettel nem precisa ser dessa forma, se compararmos com outros casos recentes que já tiveram de rivalidades na F1, só acho desnecessário essa sua implicância com o canguru e esse rancor desmedido do Vettel, o cara é tricampeão, cadê a maturidade, parece que o cara que é criado ou (sobre)vive em meios competitivos vai regredindo em termos de caráter e retórica, ninguém é santo nessa história, e achar que Vettel é vítima de um certo alguém na minha sincera opinião é perda de tempo, na F1 ninguém joga pra perder, ninguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>