MENU

8 de setembro de 2013 - 11:27F1

Mamma Bruschetta, 3

SÃO PAULO | Olha…

Foi difícil, amigos. Manter-se acordado, não se distrair, ficar sem tomar um café, buscar a palavra certa na palavra-cruzada ou jogar bilboquê. Não tem muito o que extrair da corrida de Monza porque ela foi justamente como o imaginado em termos de resultado, mas com esta pitada considerável de marasmo.

Porque foi assim: Massa largou muito bem e jantou Webber e Hülkenberg e foi até encher a vida de Vettel na freada da chicane, levando o alemão a uma considerável fritada. Alonso subiu para terceiro e logo passou Massa. E aí foi isso. Hülk é que foi o destacão, mantendo a Sauber no ritmo da Ferrari. Foi quinto.

Hamilton e Räikkönen tiveram problemas. Foram os únicos da turma a parar duas vezes. O primeiro foi por pneu e o segundo, por ter sido abalroado na curva 1. Lewis ainda chegou nos pontos, em nono. Kimi ficou fora pela segunda corrida seguida. Na Finlândia, vertendo uma vodka, diriam que é ‘kkkrisen’.

Estou buscando outros pontos revelantes, juro. Mas não tem.

Rosberg ficou em sexto, puxa, Ricciardo não evoluiu tanto, mas foi sétimo e Grosjean pôs-se em oitavo. Button terminou a zona de pontos. Mais puxa.

Bom, a verdade é que Vettel, o tetra, ganhou em duas praças onde a Red Bull esperava apenas ir bem. Sobretudo em Monza, o resultado é absolutamente surpreendente. Seb saiu de Spa sorrindo e prevendo dificuldades na corrida d’hoje. Fez o de sempre: abriu aquela distância cômoda nas primeiras voltas e foi tocando a boiada. Daí a emoção de Adrian Newey nos boxes: o cara conseguiu fazer um carro perfeito para qualquer estilo de pista.

Alonso vem de dois segundos lugares e até pode se alegrar da evolução. Mas só também. O clima não é lá muito bom intramuros: hoje, novamente, a placa ficou lá na mão do meca nos pits na chegada. Segundos depois, quando passou Massa, houve uma vibração do funcionário responsável pelo brasileiro. Felipe é bem querido na Ferrari, então entende-se a torcida para que permaneça. E se compreende ainda melhor o que o pessoal tem sentido pela Chiliquenta.

Hã, que mais?

222 pontos tem Vettel. Ontem, Räikkönen jogou a toalha; hoje, foi a vez de Hamilton. Logo, Alonso faz o mesmo. Não tem jeito.

Sobre Massa: fez o que dava pra fazer. Vinha para pódio. Não deu pelos pits. Não é esse resultado que vai garanti-lo no ano que vem, sinceramente.

Agora vão dormir, vão. Ou aproveitar o domingo de uma outra forma. Churrascão, passeio no parque, pelada com os amigos, cervejinha no bar, farra e fuzarca. Hoje, 70 minutos foram jogados fora da vida e precisam ser reaproveitados.

3 comentários

  1. Fernando Monteiro disse:

    Linda vitória de Vetell. Acho que Monza foi a última tentativa da Ferrari de chegar na frente da Red Bull do pequenino tedesco, e por isso Maranello não anunciou ainda a saída de Massa, porque por mais submisso que seja, o brasileiro sabendo que seria dispensado, não faria mais nada pela equipe em caso de vitória de Alonso. Agora que todos sabem que a vitória da Red Bull em Spa, um pista rápida, não foi uma fato ímpar, pois em Monza esperava-se a Ferrari e a Mercedes muito rápidas, vimos que os taurinos resolveram um dos principais problemas em seus carros, que já vem de uns três anos, que era a falta de velocidade em pistas de alta. Dava a impressão que o motor Renault em pistas rápidas não tinha folego, porém as soluções de seus engenheiros parece extrair o máximo do propulsor francês. As RBR parecem rápidas em qualquer traçado. Pelo jeito a concorrência já jogou a toalha, pois nas pistas que faltam, a Red Bull deve dominar mais amplamente. O carro está muito bem, e o principal, ao gosto de Sebastian.
    Ps: Que babaquice a do Alonso ficar pedindo punição para Vettel por causa do pisca pisca de chuva da Red Bull. Recado para vc Alonsito: Os desonestos as vezes ganham mas não merecem vencer. Vença com honestidade e perca com dignidade.

  2. Marcelo disse:

    Caro Udieli… estou com vc… principalmente no que diz respeito ao Felipe Massa. Ele não é um dos 3 campeões (e nada mais, pois 3 talentos como Emerson, Nelso e Ayrton em seguida, só por aqui mesmo, país onde Deus é brasileiro) mas é um excelente piloto, ajuda sim a Ferrari… e está lá por saber exatamente o que a Ferrari espera de um funcionário lá dentro. Nesse mundo profissional da Formula 1, a Ferrari ainda é uma família com sentimentos e que precisa sentir seus pilotos como “mais um no time” e isso Massa sempre foi. Mais do que Raikkonen e mais do que Alonso com certeza.
    Agora, falando de “resultados”…. seja extremamente sincero e apenas me diga: a Ferrari hoje esta em Segundo Lugar no mundial de construtores…. coloque um Alonso e um Raikkonen lá…. isso mudaria? A Ferrari seria a primeira no mundial de construtores? É essa a desculpa para dizer que tem gente melhor que o Massa? Coloquem o Alonso e o Massa numa Red Bulll e terão um multi campeão e um segundo piloto que ganha algumas provas… exatamete o que todos pensam que é a melhor forma de uma equipe trabalhar… Falaram muito do Rubinho…. mas é outro trucidado e injustiçado….
    Agora…. nesse mundo frio, hermético, de business e dinheiro acima de tudo, e acima de tudo ilógico (nós aqui gastando horas inúteis debatendo o Massa enquanto Maldonado, Guti-Guti, Chilton, Pic, Van Der Garde e outros estão aí…. devem ser tão ruins que nem debate merecem certo????
    Melhor procurarem coisas melhores pra colocarem nas noticias….

  3. Udieli disse:

    Victor,

    Me desculpa, sou um grande apreciador do seu trabalho, você escreve bem, tem um ótimo ponto de vista sobre algumas questões ligadas a formula 1. Mais de uns tempos pra cá, essa coisa se ser ”sarcástico” com os resultados previsíveis das corridas, tem repassando a ideia de que a categoria perdeu a graça, algo do tipo ”não devemos mais perder tempo com isso”. Olha, não é uma critica, você tem todo o meu respeito, mais se é o seu trabalho, você está tratando o seu publico, (não só seu, do GP tbm) de forma a nos levar ao desinteresse por este esporte magnifico (Influência)! Temos que repensar que a F1 de hoje, não se comprara com a de 2006, onde era raríssimo ver uma ultrapassagem.
    O Domínio absoluto de uma equipe sempre existiu e vai existir! Em que ano não tínhamos favoritos? Tire a RedBull de cena, quem dominaria? A Ferrari? Todos felizes com isso? Não! Então me desculpe se pareço me expressar mal, não é isso. Posso destacar aqui todas as excelentes postagens que tem feito, mais isso me desagrada demais… Poxa eu não me importo com quem tá dominando, eu gosto de carros, de corrida tenho uma grande paixão pela velocidade. Outro detalhe, eu nunca ví vc fazer isso, mais em outros meios de comunicação, nossa é incrível como humilham o Felipe Massa, chamando ele de Massinha, Felipim, gente que não tem postura e muito menos inteligência. O mínimo que um bom entendo de F1 deveria saber é que a coisa lá não fácil, aquele camarada de São Paulo está na melhor posição que um piloto de ponta poderia estar. Seria ótimo ver essa gente pelo reconhecer isso, são milhares de pilotos pelo mundo, quantos podem chegara F1? Quantos tem a capacidade de ser contrato pela lendária Ferrari? Quando ví Alonso ser anunciado como parceiro de Felipe na época, pensei: Foi bom enquanto durou, agora Massa será uma piloto de apoio. Simples, Alonso tem autonomia para comandar qualquer equipe, até o Felipe sabe disso, não há como competir com o espanhol, ninguém pode, quando Lewis teve carta branca para isso na McLaren, o que aconteceu? Alonso saiu. Assim é a Vida, temos que ter mais seriedade com a realidade dos fatos sabe. Mais como citei anteriormente, não é o seu caso, não que a F1 só é interessante quando tem brasileiro ganhado, nada disso mermão rsrs, sou ”fãnZaço” do Vettel, admiro o altíssimo nível de competência de Alonso, não gosto muito do Lewis, mais nem por isso, faço criticas ao piloto inglês, ele é rápido, muito bom, merece todo o respeito! Para o Felipe, o nosso reconhecimento pelo o que fez, pela sua posição e até onde chegou na Vida, já basta, eu torço muito por ele, se ele vai mal ou bem, tem todo o meu apoio, sempre!
    Desculpe o desabafo!

    Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>