MENU
F1 Grand Prix of China - Qualifying

19 de abril de 2014 - 11:21F1

Nanashara Sarasheeva Shangai

SÃO PAULO | Houve tempos, jovens, que a chuva era um fator de embaralhabilidade (proj. Tite) de grid e tudo mais, e os davis sonhavam com a chance de ir encher os pacová dos golias. Mas hoje não tem lá tanta diferença assim: a F1 segue praticamente a mesma de quando se apresenta no seco em termos de resultado, mesmo quando as condições geram a dúvida do uso dos tipos de pneus à disposição. Não havia cristo neste pós-sexta-feira glorificada que tirasse a pole de Hamilton, que ainda esnobou com um ‘poderia ter ido melhor’.

OK, Lewis, cê tá guiando o fino e tal, mas não precisa sapatear sobre a mesa da santa ceia para desespero dos demais 21 apóstolos das pistas (proj. Félix da novela lá).

Não creio que haja muitas dúvidas de que, seja qual for a condição meteorológica amanhã, certamente envolva em muita poluição, Hamilton é o favoritão. Aí, a chuva só serviria para os outros torcerem por uma escapada ou um erro maldonáldico – aliás, viram a reação dos mecas da Lotus depois da batida hamiltoniana/2007 que Pastor deu na entrada dos pits? Impagável.

Ricciardo. Esse moleque, ele é bom mesmo. Tá iluminado. Ou se adaptou às novas condições da F1 com uma destreza que faz Vettel coçar a cabeça e bufar em alemão arcaico. E tome-lhe tempo. “Ai, mas Vettel não era um gênio, o melhor do melhor, o suprassumo?”. Calma, nêga. O cara é tudo isso. A F1 tá um pouco confusa neste começo de ano. “Ain, que desculpinha esfarrapada”. Calada. Que ano louco é esse em que as regras mudam e chove a torto e a direito na classificação? Só o Bahrein foi fiel, por enquanto. Então sossega a piriquita, ajoelha e reza.

Vettel tá ali em terceiro e, claro, briga com o parça pelo lugar no pódio. Alonso em quinto e Massa em sexto? Talvez tenham chances, sim. Não é que a Ferrari melhorou assim, com a chegada de Mattiacci e um milagre celestial, é mais porque costumeiramente o carro se dá bem na pista de Xangai – e, ainda assim, Räikkönen continua pagando todas as penitências. É mais fácil Felipe ser o adversário das Red Bull pela potência de seu motor. E mesmo com a chuva, o carro da Williams se comportou razoavelmente bem. Tem, de fato, de comemorar o resultado. E Bottas? Esse não sai do encalço de Massa. E por consequência e dedução, é outro a ser considerado na luta pelo terceiro lugar. Hülkenberg em oitavo? Parece que a Force India não tá com essa bola toda para transformar a água da chuva em champanhe.

Claro, o segundo é de Rosberg. Quer dizer, tem de ser, né? O erro no fim do Q3 é compreensível na medida em que foi para o tudo ou nada na volta final. O quarto lugar no grid só deve preocupar pelo tempo que vai perder em superar as Red Bull – e provavelmente Massa com seu superlargador mega plus combo.

Esses, sim, podem atribuir o resultado ao tempo: Vergne em nono e Grosjean em décimo. A Toro Rosso não tá com carro para isso – apesar de, insisto, o pacote ser bom; precisa ser melhor desenvolvido. E mesmo que Romain diga que a evolução da Lotus é clara, que não é magia, é tecnologia, digamos que seja sábado de aleluia, e isso explique…

Depois de Kimi em 11º, tem Button. E vendo que Magnussen é 15º, nota-se que a McLaren voltou a multiplicar seus problemas. A curva descendente da equipe desde a Austrália é assombrosa. Outros ali a se observar são Kvyat, 13º, e Pérez, 16º. Vão tentar brigar pelo maná dos pontos.

E aí fica a dúvida: a corrida será nível Australásia ou Bahrein? Se houver essa briga múltipla aí pelo pódio entre Red Bull, Williams e Alonso, o peso recai de leve sobre a segunda opção. Mas se olhar lá para a frente, há um equilíbrio na balança: soa difícil ver uma nova disputa entre os mercedianos com esse Hamilton que está longe de cometer o pecado do erro.

3 comentários

  1. Pedro Jungbluth disse:

    Um dos fatores que não embaralhou a pole na chuva é que um dos melhores pilotos da chuva está com o melhor carro.

    Sobre a corrida, tem cara de chatice, vamos ver se não erro: Com Rosberg perdendo tempo atrás de Red Bulls, Hamilton passeará, para quem quer reedição de Bahrein…
    De qualquer forma Rosberg tem mostrado imenso ritmo de corrida, espero que ele brigue ao menos.

  2. AGS disse:

    VM…..Boas tardes,,e Feliz Pascoa..
    Se não mudar os ânimos dos Deuses lá na China..aqui vai o resultado final..
    Não chorem pachecadas…não derrame lagrimas, pois vai ter racionamento em SAMPA..soon…
    1 Capt Hamilton.
    2 Vettel..miando para terminar a prova..
    3 Alonso…sem mi mi mi,,
    4 Bottas,,,vai dar dois ovos ao massa de tapioca..
    5 Kimi..isso mais pra Phoenix do que piloto
    6 Grojean…
    7 Button.
    8 Macnish..
    9 Ronaldo o fenômeno..rss
    10 Ricciardo, e vai deixar o BABÃO BUENO com lagrimas..
    11. vou assistir meu Botafogo zuar com as XAUPAULINAS..rs
    FELIZ PASCOAS A TODOSSSSSS…
    E NÃO VAMOS VOTAR..E NÃO TEREMOS COPA…………….HUHUHUHUHUUEIUSU

  3. Se Massa repetir a largada do Bahrein, o que é difícil por estar no lado sujo no grid (se é que isso conta por causa da chuva que teve), pulará 4 posições adiante, indo para segundo e segurando a turma toda, tipo motorista de Taubaté na Rodovia Oswaldo Cruz, o que abriria um sorriso enorme no rosto de Lewis que sumiria na frente.

    Rosberg, no português claro, tá f…ido! Largará em 4° com os excelentes “largadores” Alonso e Massa no seu cangote. À sua frente terá Vettel, que fecha até a própria mãe quando estão no supermercado brigando pelo caixa mais livre. Ou Rosberg faz mágica na largada, ou será novo pau de Hamilton pra cima dele.

    Se há alguém que pode buscar Hamilton, além de Rosberg com uma largada mágica, é o Ricciardo. Aí o moleque vai ter que mostrar pra que veio, no melhor estilo “se vira nos trinta”.

    Quanto à McLaren, ou Button mostra que pode liderar o time rumo ao acerto, o que será bem difícil neste ano que deve estar muito desmotivado com a perda de seu pai, ou a McLaren vai buscar um líder de equipe… e em Maranello tem um espanhol bom e de saco cheio de pedir lasanha e receber miojo.

    O fato de a Williams conseguir melhoras consistentes em duas semanas, em especial na chuva, mostra que o time realmente vem se acertando, onde não só fez um carro bom, mas tem pessoal e dinheiro para evoluí-lo durante a temporada. Que bom! A F1 precisava da “volta” da Williams. Espero que Ferrari e McLaren também acertem o prumo. Pelo menos 10 carros bons brigando por vitórias já seria uma ótima F1 para a segunda metade do ano.

    Vamos ver que pito será tocado nesta madrugada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>