Massa, 12 de outubro, Fiorano

M

SÃO PAULO | A Ferrari já schedulou, como gostam de dizer aqueles que não sabem como traduzir semelhante palavra, o primeiro teste de Felipe Massa com um carro da equipe.

Será no dia 12, próxima segunda-feira, pois, na pista particular de Fiorano. Massa vai andar com a F2007 calçada com pneus da GP2. Tudo porque os testes com o carro atual, bem como os pneus slick, são proibidos por regulamento.

Sobre o Autor

5 Comentários

  • É impressionante a ignorância do brasileiro no que se refere a própria língua. usar termos em inglês é triste, ainda mais quando existe a palavra em português. Alguns no meu ver até poderiam gerar uma nova palavra como ‘Feedback’, mas outros … Deletar = excluir, Site = sítio. Pode-se achar graça dos portugueses, mas lá se tem respeito pelo idioma. Mouse é rato. Arquivo é ficheiro, não é arquivo porque vem do inglês e sim ficheiro por ter raiz latina. Pior é quando tenta falar em português não consegue. Como ‘As Ferraris’. Pelo amor de Deus! São os carros! Não as carros e nome próprio não tem plural!!!

  • ….é ridículo essa coisa de “portuguesar” termos em inglês…geralmente os que usam são os que tem um “domínio” sofrível da língua inglesa. É muito comum a mídia que cobre automobilismo traduzir “it is a shame” como “é uma vergonha”…quando, na maioria dos casos, quer dizer “é uma pena”… Enfim…legal que a Ferrari “agendou” (ou “marcou”) o teste de Felipe pra semana que vem…ele estará de volta…e em breve.

Por

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade