Senna assina com Campos

S

SÃO PAULO | Todas as informações que a revista alemã “Motorsport Magazin” trouxe nesta quinta-feira  a respeito de Bruno Senna na Campos são verdadeiras. O Blog Victal pode confirmar que o brasileiro assinou com a equipe espanhola para a temporada de 2010 e vai se tornar o terceiro brasileiro da categoria, ao lado de Rubens Barrichello e Felipe Massa.

A aproximação de Senna com Adrián Campos já era conhecida e mundialmente divulgada, e muitas publicações já davam como certa a assinatura do contrato. Que só aconteceu, de fato, no último domingo, à noite. O anúncio oficial acontece na semana que vem, se não for antecipado. O tempo do acordo ainda é mantido em sigilo, mas provavelmente é de uma temporada com opção de mais uma.

Blog Victal também apurou que Senna não vai entrar com nenhum dinheiro para uma das três — ou quatro, se deixarem a Sauber Qadbak, ou qualquer nome que venha a ter, entrar — novatas da F1 na próxima temporada, indo na mão oposta do que vinha sendo dito — de que Bruno levaria quantias que chegavam até a R$ 22 milhões.

A ratificação de Senna sem a necessidade de um vínculo financeiro termina com qualquer chance de a Campos formar uma dupla brasileira, no caso tendo Nelsinho Piquet em 2010. Campos vai precisar de algum forte patrocínio, que deve vir de uma empresa espanhola, que apoie Pedro Martínez de la Rosa. Para correr na F1, Piquet não aceitar a condição de ser pagante. E Nelsinho também já não está fazendo muita questão de correr na F1 por conta do ambiente da categoria.

Sobre o Autor

11 Comentários

Por

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade