Nelsinho e a vida na América

N

SÃO PAULO | Porque o tempo urge e a manhã foi quase premiada com a ausência da eletricidade por estas bandas, rápidas informações sobre Nelsinho Piquet.

Nelsinho realizou mais um teste pela Red Horse na última quarta-feira na Flórida, no oval de New Smyrna.  Também participou do teste Miguel Paludo, bicampeão da Porsche GT3. A equipe tenta conseguir patrocínio para que o piloto participe de toda a temporada da Truck Series, que terá 25 etapas. O próprio dono, Tom DeLoach, é quem está a cargo das negociações.

Mesmo se não conseguir o orçamento necessário a tempo, Piquet vai participar da etapa de abertura do campeonato em Daytona, em 12 de fevereiro. Uma semana antes, na mesma pista, também se fará presente no pontapé inicial da ARCA, junto com Danica Patrick. 

Os últimos contatos de Nelsinho com a F1 se deram através da Stefan, equipe que adquiriu o espólio da Toyota e torce desesperadamente para que uma das novatas chore pela provável desistência de participar do Mundial.

Sobre o Autor

20 Comentários

  • O Nelsinho foi o piloto brasileiro que mais pontuou em inicio de carreira. E com uma máquina ruim e um manager pior ainda…
    Êle vai voltar à F1 e vai mostrar que é bom, sim.

  • Hahahahaha!!! Na segunda corrida que jogarem o moleque no muro, ele pega o celular e liga: “Paiê, vem brigar com eles que eles tão batendo ni mim!!!”.
    SE for verdade que ele vai correr (não dá para confiar no tuíter dele ou na assessoria de imprensa dele), prevejo (como diria Mestre Carsughi) um clamoroso fracasso.
    Vai voltar pro Brasil e tomar pau do irmão mais velho na Truck.

  • Antes do Nelsinho entrar no carro,tem de avisar que se bater no muro,vai doer mais.Não pode se esquecer de falar isso pra ele(rs.).E na Nascar Truck Series eu duvido que ele irá colocar medo em alguem,os Americanos vão ferrar com ele,pode escrever o que eu tou falando.

  • Acho que ele fez uma enorme cagada ao participar da trama em 2008 e tá pagando caro (até demais) por isso pois tudo mundo sabe que na F1 sujeira faz parte da história da categoria. Na verdade acho que pegaram o cara pra cristo pra limpar a imagem da F1 que já não estava boa.

    Agora como piloto é uma sacanagem o cara não conseguir vaga … vai dizer que ele é pior que … Buemi, Glock, Kobayashi, Rosberg, e mais uns velhinhos Webber, Trulli e cia !!!!

    Abraço
    JCS

    • sim, em um ano e meio ele foi pior do que todos esses. Ficou na maioria dos Q1, mostrou escassos momentos de competividade, não colocou medo em ninguém.

  • Chulas,

    Torço pra você estar certo, visto que compartilho a mesma opinião do Marcos.
    Acho que Nelsinho foi sacaneado no seu tempo como piloto titular da Renault, e em uma equqipe que lhe passe confiança poderá mostrar que pode não ser gênio como era seu pai, mas é um piloto com totais condições de brigar com os que estão por aí.

  • Bom…as informações que eu tenho são bem diferentes, e conheço muita gente do meio (sou primo de um piloto) e dizem que a Ferrari barrou a contratação dele pela Sauber e Toro Rosso, que inclusive Nelsinho chegou a visitar a fábrica da Toro Rosso e impressionou os engenheiros…porém, sem o aval da Ferrari, nada foi acertado…e me garantiram que ele ainda tem muitas chances de correr esse ano na F-1, mas está dependendo de um fator (a fonte não me disse ao certo qual era)…então, tirem suas conclusões…

    • Contratar o cara que com certeza fez parte de trama pode.
      Tenho pena de alguns que pensam mais com o coração e menos com a razão. Torço para sua volta e que possa demonstrar todo o seu potêncial. Aqueles que pensam ao contrário, imaginem se o Senna na época em que revidou a batida do Prost fosse punido? Ou vão falar que uma batida entre carros a mais de 200 km/h não coloca a vida ninguém em risco?

  • Para mim o único sentido para o Nelsinho ter optado pela Nascar é poder rescindir o contrato rapidamente depois no caso de surgir uma vaga na F1. Pode ter feito uma tremenda burrada com I episódio de Singapura mas é um bom piloto. Eu queria ver o Nelsinho na Indy, Le Mans, Superleague, ou até no Europeu de Kart etc. , não guiando esses carros pesados.

  • Gostaria de vê-lo novamente na F1 em melhores condições. Pelo que fez no ano de estéria ou menos nas categorias de acesso, merece mais uma chance.

  • Quero que ele va com Deus e não volte mais !!!!!!
    O cara a carreira toda foi “pai” trocinado em equipe do papai,
    quando era pra mostrar algo não mostrou.
    Nesse caso não vou sentir um pingo de falta e para mim deveria ter sido escluido como briatore foi.
    De santo o cara não tem nada

  • Será que é uma jogada dos Nelsons, ficar um ano na America e retornar com equipe em parceria com a Stefan? Sendo que, uma das 3 novatas vai abrir o bico antes da metade do ano. A propria Campos Meta está passando o pires, ja a USF1 vai treinar separado……..rum. Na minha opiniao nao faz o menor sentido o Nelsinho correr de pick-up nos EUA, se era para ir para lá, que fosse na Indy, mesmo com a restrição de testes deste ano la tambem, mas andaria proximo dos cablocos da Indy.

  • Cara, sou um dos (poucos, eu sei) que defendem a permanência de Nelsinho na F-1.
    Penso que ele foi o menos culpado de tudo o que aconteceu, por motivos bem óbvios.
    Ele é bom piloto e pode mostrar isso, desde que numa equipe séria e que ofereça condições para que ele mostre isso na pista.
    O resto….

Por

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade