MENU

18 de fevereiro de 2010 - 17:29F1

Campos Parte, a ressurreição

SÃO PAULO | Ah, que saudade!… Sobe som de milagre.

Pois a Campos Meta vai correr. E a Campos Meta é só Meta, e não Campos. O dono da empresa, José Carabante, é quem vai assumir a equipe. E segundo um albatroz praiano, Collin Kolles está nesta parada e a Dallara corre para deixar seus chassis prontos e mandá-los para o Bahrein. E Bruno Senna não vai precisar passar pelo mesmo martírio de estar na bica para correr e lhe tirarem o doce.

A ressurreição da Campos vem no momento em que a USF1 entra em fase terminal. Logo ela, que parecia tão sólida, coitada. E agora quem passa a viver o que Senna viveu é José María López. Que tem dinheiro, como se nota, para comprar uma vaga. E que pode, por que não, fazer uma dupla latino-americana com Bruno. Ainda mais com a ajuda de Bernie Ecclestone.

E além disso, os próximos capítulos vão mostrar que a Stefan vem pra ficar ou se aos piratas restará o ouro dos tolos.

Compartilhar

16 comentários

  1. Anderson disse:

    A Globo vai chamar a equipe de Campos mesmo… infelizmente ela vai fazer isso…

  2. Glailson disse:

    Olá VM, só para lembrar, ano passado a Brawn treinou somente uma vez ou foi mais de uma vez??

    E a situação do Adrian Campos, como ele ficaria??

    Abraços.

  3. Old parts disse:

    DENTRO DO ASSUNTO, ESTE ANO TEM AQUELA REGRA DOS 107% DO TEMPO DO ULTIMO COLOCADO NO GRID EM RELAÇÃO AO POLE????

  4. Danilo Candido disse:

    Imagine, Victor e amigos do blog, se tudo isso realmente se concretizar e, uma hora dessas, o argentino Lopez começar a andar mais que o Bruno Senna…haaaaaa, vai ser um inferno aguentar os comentários nada ufanistas do Galvão !!! “Um brasileirinho contra tudo isso !” . Háháhá !!!

  5. Squa disse:

    Ótimo, aqueles cornos americanos tem que gastar dinheiro com caças, bombas e carros que só andam em círculos… e hambúrgueres.

  6. Douglas Amorim disse:

    O que é a Meta? É o nome do time ou nome de grupo de investimento. Caso da última opção, será que a Globo vai chamar a equipe de META?
    É um tipo de abacaxi que só o departamento comercial da Globo pode criar… Afinal, a conta tem que fechar. Por tanta ganância, acho que “nunca” fechou.

  7. Tiago S. disse:

    Tava meio na cara que a Campos daria um jeito, mas a USF1 mesmo nunca acreditei. Aquele videozinho até me enganou um pouco, mais depois a demora pra anunciar os patrocínios e os pilotos, deixaram na cara que a equipe tava matando cachorro a grito. Agora só falta confirmar a Stefan no lugar deles.

    Ano passado a Brawn participou dos testes? Já pensou a Dallara acerta a mão de prima? Aí sim, daria um livro.

  8. felipe antunis disse:

    não sei porque todo mundo torce pra Stefan GP… pra mim, o Zoran Stefanovich é só mais um Alex Schnaider, que comprou uma equipe que estava deixando a F1, não vai conseguir resultados (especialmente se contratar o Villeneuve como estão cogitando) e vai deixar a categoria no final do ano…. A Campos, pelo menos, é uma equipe estabelecida (só não tinha dinheiro), criada por um cara envolvido no esporte e, de certa forma, vitoriosa (GP2 e F3)… Fecha o grid com 12 equipes e pronto… pode deixar a Stefan e a USF1GPEDIFUDE de fora mesmo…

  9. PH di BH disse:

    Eu ia sugerir isso…Pechito com o Bruno na Meta…
    By the way, a Globo vai poder chamar de Meta??!?! rs

  10. Edgard disse:

    http://www.oconsumidoremdebate.blogspot.com

    Menos mal que o primeiro-sobrinho vai conseguir estrear…mas a que custo? Sem treino, sem shakedown, sem nada, vai ser sentar no carro, no primeiro GP (ou em um dos primeiros) e pronto. Isso é mais do que certo a frequencia na rabeira do pelotão…pelo menos que não termine 5 voltas atras, né.

  11. Thiers disse:

    FINALMENTE isso é confirmado… E aquela parada envolvendo a VW, Martins? Como ficou? Isso se algum dia ia ficar ou não…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *