Só amanhã

S

SÃO PAULO | Dia corrido. Se eu fosse um piloto, meu release seria assim: “Today was a disappointing and terrible day, as we couldn’t find the right set-up.” Mal deu para fazer a análise dos treinos spazo-francorchampenses — só vai a deixa de que Senna não começou deixando a melhor das impressões com aquela batida. Mas amanhã será outro dia, como diria alguém aí. Até lá.

Sobre o Autor

5 Comentários

  • Eu acho que ele fica com uma cara melhor se chover amanhã.

    Se não chover, pode ser que a cara de tadinho volte.

    Tomara que não.

    Vai Bruno!

  • Parece que tem gente aqui na torcida contra o rapaz, fica evidente. Nao acha que o menimo merece o credito por ter ficado 1 ano prado? Da um tempo,meu irmao. Hoje ele chegou em 9 no terceiro treino livre, bem a frente dos outros brazucas e do companheiro.

  • Eu me impressionei com a cara de assustado do Bruno ao dar entrevista. O cara tá sempre com cara de culpado. Coitado.

    Quando ele correu Le Mans 24h tava bem mais sonhador. Agora fica com essa cara de cachorro magro. ” ô moço, tem uma esmola pra eu? “

  • Acho que tem de ser dado um desconto ao Bruno, pois aquele ponto da pista é problemático. Foi assim que o Di Resta bateu, e até mesmo em 2008 o Nelsinho Piquet ficou no mesmo lugar, alguém lembrou pelo twitter. Eu que relevei quando ocorreu com o Nelsinho, relevo com o Bruno também.
    André / Piloto no http://www.f1bc.com

Por

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade