O novo passo

O

SÃO PAULO | Em plena Copa das Copas, assim, acordar e ler que Schumacher saiu do coma… 169 dias depois do acidente na estação de esqui de Meribel, o alemão inicia um novo processo de reabilitação pela vida. A família não deu detalhes de como se encontra, se fala ou se mexe, mas adiantou que o mesmo esquema de distância criado será adotado no centro onde já está em Lausanne.

Não duvidaria que a data de hoje tivesse sido, digamos, acertada para a divulgação da notícia.  A preparação para que Schumacher deixasse Grenoble e fosse para um centro de reabilitação na Suíça levou alguns dias, talvez até uma semana, e hoje, a Alemanha estreia na Copa contra Portugal. A Alemanha, a querida, já tinha dito que jogaria por ele, relembrando, com sua ressalva, o que o Brasil fez por Senna em 1994. E com todos envolvidos com a Copa, ninguém estaria ali no hospital francês para atrapalhar a resguardada família.

Tem quem já diga que a Copa está tão boa que Schumacher quis ver. E não tem um que diga que não seja a melhor notícia que se poderia ler.


F1: Schumacher sai do coma e é transferido para centro de reabilitação na Suíça by Grande Prêmio

Sobre o Autor

Victor

Jornaleiro, dinamarquês, bebum, calhorda, galhofeiro, mulambo e autor de selfies com urnas. Tô sempre no Grande Prêmio e às vezes na ESPN

Adicione um Comentário

Por Victor

O dono da bola


É jornalista, palmeirense, dinamarquês por opção e sempre pensou que ia ter de cobrir futebol antes de chegar ao automobilismo, que acompanha desde os 7 anos. E desde que se formou, está na Agência Warm Up e no Grande Prêmio, isso há mais de 13 anos. Neste tempo, foi colunista do iG, escreveu para 'Folha de S.Paulo', 'Lance!' , 'Quatro Rodas' e 'Revista Audi', foi repórter da edição brasileira da 'F1 Racing', cobriu F1, Stock Car, DTM, a Indy e quatro edições das 500 Milhas de Indianápolis, e outras categorias ‘in loco’. Agora também é comentarista dos canais ESPN. Conheceu cidades como Magdeburgo, São Luís, São Bento do Sul e Nova Santa Rita, traduziu um livro da Ferrari e já plantou um monte de árvores. Tem quem fale que seria um grande ator, mas ter ganhado o Troféu ACEESP 2011 como 'Melhor repórter' da imprensa escrita mostrou a escolha menos errada. Adora comida japonesa, música eletrônica e odeia ovo, ervilha e esperar. “Necessariamente nessa ordem", diz.
ASSINE O RSS

Arquivos

Categorias

Tags

Twitter

Publicidade

Facebook

Publicidade